21/09/2011 - 12h48min - Atualizado em 21/09/2011 - 12h48min

Adicional de insalubridade e periculosidade para policiais e bombeiros militares

Ao apresentar a proposta na ALE, o deputado Hermínio Coelho também se referiu novamente a questão salarial.

O deputado estadual Hermínio Coelho (PT) apresentou na Assembléia Legislativa de Rondônia indicação propondo ao Governo Estadual que envie ao parlamento projeto de lei, dispondo sobre a concessão de adicional de insalubridade, de periculosidade e de atividade penosa aos servidores públicos do polícia e bombeiro militar do estado de Rondônia.

De acordo com a proposta apresentada pelo deputado Hermínio Coelho, o servidor que habitualmente trabalhe em locais insalubres ou em contato permanente com substâncias tóxicas, radioativas ou com risco de contágio, ou, ainda, que exerça atividade penosa, fará jus em cada caso à adicional de insalubridade, periculosidade, ou a adicional por atividades penosas.

Segundo a propositura, o adicional de insalubridade e periculosidade ficará discriminado aos militares da Polícia Militar e Bombeiro Militar nas seguintes modalidades, além do que for detectado em perícia médica especifica, da seguinte forma: policiamento ou patrulhamento ostensivo; guarda ou guarnição de postos policiais ou prédios públicos; operações de preservação da ordem pública, em eventos, manifestações e tumultos; ações de intervenção tática; garantia do poder de polícia de órgãos públicos, para assegurar fiscalização ou cumprimento de ordem judicial ou administrativa; custódia, guarda, escolta ou transporte de presos; proteção ou escolta de autoridades e dignitários; inteligência e contra-inteligência; combate a incêndio; busca, salvamento e resgate; operações de defesa civil; músicos da banda de música da PM; operadores de rádio do Centro Integrado de Operações (CIOP); mergulho com escafandro ou aparelho; contato constante com substância tóxica ou radioativa; e trabalho com adestramento de animais.

Os adicionais serão fixados nos percentuais e nas formas a seguir: Insalubridade deverá ser calculada com os índices de 10% (dez por cento) grau mínimo; 20% (vinte por cento) grau médio e 30% (trinta por cento) grau máximo. Já a periculosidade deverá ser calculada com o índice de 30% (trinta por cento).Para o deputado Hermínio Coelho, embora a Constituição Federal faça alusão a atividades de risco e as exercidas sob condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física, o dispositivo não foi devidamente regulamentado por lei complementar.

“Dessa regulamentação é que adviria o conceito de atividades insalubres, penosas e perigosas, hoje limitado aos servidores estaduais da administração direta”, explicou ele.

Ao apresentar a proposta na ALE, o deputado Hermínio Coelho também se referiu novamente a questão salarial, destaca ele: “sabemos que os integrantes da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Rondônia não são bem remunerados como deveriam. Além dessa questão primordial, os integrantes da Policia Militar e Bombeiro Militar de Rondônia, exercem atividade de alto risco, por ser atividade perigosa e insalubre, pois, também atinge a saúde física, mental e psicológica desses servidores que no dia a dia enfrentam questões de segurança pública em defesa da população de nosso Estado, o que torna essa atividade perigosa”.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 19:39:00

Ibope: Roberto Sobrinho lidera disputa pela Prefeitura de Porto Velho com 22%; Léo e Nazif aparecem com 16%

Williames (PMDB) e Ribamar (PR) aparecem com 10%. Margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

POLíCIA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 17:53:00

Vítima de assalto, dentista é baleado em consultorio na capital; mulher dele teve o dedo decepado pelos bandidos , que levaram um anel

Segundo a polícia, pelo menos três homens se fazendo passar por clientes do consultório odontológico participaram do assalto.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/08/2016 ás 17:30:00

Banco coloca funcionária para transportar valores e é condenado a pagar danos

O Banco Bradesco S.A. foi condenado pela Justiça do Trabalho a pagar R$ 20 mil reais de indenização por danos morais a uma funcionária que fazia o transporte de valores no interior de Rondônia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/08/2016 ás 17:29:00

Eletrobras e Tribunal de Justiça fazem mutirão de negociação de débito de energia com condições especiais

“O Mutirão de Conciliação, será neste final de semana, e é destinado a clientes inadimplentes sem processos judiciais”.

GERAL | matéria escrita em 24/08/2016 ás 17:17:00

Titulação de lotes ganha novo impulso em Rondônia

O Incra e o Governo de Rondônia iniciaram negociação para intensificar as ações de titulação de lotes em assentamentos no estado.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/08/2016 ás 17:08:00

Justiça do Trabalho interdita hospital em Guajará-Mirim após inspeção judicial

A decisão foi motivada após inspeção judicial, que constatou a existência de grave e iminente risco à saúde e à manutenção dos trabalhadores que atuam na unidade.

POLíTICA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 17:05:00

Um choque DIGESTÃO

Professor Nazareno

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/08/2016 ás 15:37:00

É nula cláusula de arrendamento rural que fixa preço em quantidade de produtos

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) possui decisões que consideram nula cláusula contratual que fixa o preço do arrendamento rural em produtos agrícolas ou o equivalente a eles em dinheiro.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/08/2016 ás 15:31:00

Negado recurso em HC para vereador que alegava ausência de cela especial

A defesa do parlamentar alegava inexistência de cela especial e de condições mínimas de salubridade para o cumprimento da pena.

POLíTICA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 15:05:00

CCJR ouve cooperativas de garimpeiros e pede laudo de estudos no Madeira

Cooperados explicam que estão buscando trabalhar dentro da legalidade.

POLíTICA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 14:58:00

Ezequiel ressalta importância da regularização fundiária em Rondônia

Parlamentar afirma que 90 mil proprietários de terra precisam da documentação.

POLíTICA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 14:54:00

Follador quer informações sobre estudos no Rio Madeira

O deputado ressaltou o requerimento encaminhado ao Ibama, onde solicitou cópia das atas das audiências realizadas nos últimos dias 12 e 13 de agosto em Jacy-Paraná e Porto Velho...

POLíTICA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 14:39:00

Governo encaminha projeto da paridade dos policiais militares e bombeiros

Chefe da Casa Civil apresentou matéria, que já foi discutida com a categoria.

POLíTICA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 14:27:00

Ezequiel Júnior cobra reativação bancária dos Correios

População cobra volta dos serviços bancários nas agências dos Correios.

POLíTICA | matéria escrita em 24/08/2016 ás 14:13:00

Jesuíno agradece ao governo por encaminhar projeto

Matéria assegura paridade dos vencimentos dos policiais e bombeiros da reserva.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com