21/09/2011 - 12h48min - Atualizado em 21/09/2011 - 12h48min

Adicional de insalubridade e periculosidade para policiais e bombeiros militares

Ao apresentar a proposta na ALE, o deputado Hermínio Coelho também se referiu novamente a questão salarial.

O deputado estadual Hermínio Coelho (PT) apresentou na Assembléia Legislativa de Rondônia indicação propondo ao Governo Estadual que envie ao parlamento projeto de lei, dispondo sobre a concessão de adicional de insalubridade, de periculosidade e de atividade penosa aos servidores públicos do polícia e bombeiro militar do estado de Rondônia.

De acordo com a proposta apresentada pelo deputado Hermínio Coelho, o servidor que habitualmente trabalhe em locais insalubres ou em contato permanente com substâncias tóxicas, radioativas ou com risco de contágio, ou, ainda, que exerça atividade penosa, fará jus em cada caso à adicional de insalubridade, periculosidade, ou a adicional por atividades penosas.

Segundo a propositura, o adicional de insalubridade e periculosidade ficará discriminado aos militares da Polícia Militar e Bombeiro Militar nas seguintes modalidades, além do que for detectado em perícia médica especifica, da seguinte forma: policiamento ou patrulhamento ostensivo; guarda ou guarnição de postos policiais ou prédios públicos; operações de preservação da ordem pública, em eventos, manifestações e tumultos; ações de intervenção tática; garantia do poder de polícia de órgãos públicos, para assegurar fiscalização ou cumprimento de ordem judicial ou administrativa; custódia, guarda, escolta ou transporte de presos; proteção ou escolta de autoridades e dignitários; inteligência e contra-inteligência; combate a incêndio; busca, salvamento e resgate; operações de defesa civil; músicos da banda de música da PM; operadores de rádio do Centro Integrado de Operações (CIOP); mergulho com escafandro ou aparelho; contato constante com substância tóxica ou radioativa; e trabalho com adestramento de animais.

Os adicionais serão fixados nos percentuais e nas formas a seguir: Insalubridade deverá ser calculada com os índices de 10% (dez por cento) grau mínimo; 20% (vinte por cento) grau médio e 30% (trinta por cento) grau máximo. Já a periculosidade deverá ser calculada com o índice de 30% (trinta por cento).Para o deputado Hermínio Coelho, embora a Constituição Federal faça alusão a atividades de risco e as exercidas sob condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física, o dispositivo não foi devidamente regulamentado por lei complementar.

“Dessa regulamentação é que adviria o conceito de atividades insalubres, penosas e perigosas, hoje limitado aos servidores estaduais da administração direta”, explicou ele.

Ao apresentar a proposta na ALE, o deputado Hermínio Coelho também se referiu novamente a questão salarial, destaca ele: “sabemos que os integrantes da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Rondônia não são bem remunerados como deveriam. Além dessa questão primordial, os integrantes da Policia Militar e Bombeiro Militar de Rondônia, exercem atividade de alto risco, por ser atividade perigosa e insalubre, pois, também atinge a saúde física, mental e psicológica desses servidores que no dia a dia enfrentam questões de segurança pública em defesa da população de nosso Estado, o que torna essa atividade perigosa”.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/07/2015 ás 17:55:00

Empresas de viagem devem garantir passagem com desconto para idosos, diz MPF

Idosos com renda igual ou inferior a dois salários-mínimos têm direito a passagens para viagens terrestres com desconto de 50%, mas empresas não estão respeitando o direito.

GERAL | matéria escrita em 01/07/2015 ás 17:49:00

Empossados novo presidente e diretores da Fiero

Nova diretoria terá mandato de quatro anos até julho de 2019.

GERAL | matéria escrita em 01/07/2015 ás 17:48:00

Fecomércio pede redução no horário para utilização da faixa de ônibus na Calama

A gerente Executiva da Fecomércio explicou ao secretário que a partir das 14 horas há uma redução no número de veículos em trânsito na Calama, o que permitiria a utilização da faixa.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/07/2015 ás 17:41:00

Juiz federal manda Suframa liberar mercadorias de comerciantes de Rondônia

Greve dos servidores vem ameaçando zerar o estoque de comércios que importam produtos da Zona Franca de Manaus. Por meio do advogado Paulo Rogério José, Fecomércio foi à justiça e obteve a liberação.

POLíTICA | matéria escrita em 01/07/2015 ás 17:19:00

Deputado denuncia possível direcionamento de licitação

Na opinião do deputado Laerte Gomes, o fato tem que ser apreciado pelo Ministério Público, já que os preços que ele considera abusivos estão sendo praticado.

GERAL | matéria escrita em 01/07/2015 ás 16:23:00

Defesa Civil realiza estudos sobre desbarrancamentos em Calama

O secretário Vicente Bessa disse que a Defesa Civil Municipal fará os monitoramentos necessários acerca do fenômeno dos desbarrancamentos.

POLíTICA | matéria escrita em 01/07/2015 ás 16:20:00

Governo Dilma é considerado ruim ou péssimo por 68% da população, diz CNI-Ibope

De acordo com o levantamento, o percentual de pessoas que consideram o governo ótimo ou bom caiu de 12% para 9% no mesmo período. Para 21%, o governo da presidenta é avaliado como regular.

GERAL | matéria escrita em 01/07/2015 ás 16:15:00

SINGEPERON intervém e conquista início de curso de formação de agentes penitenciários

Representando o presidente da entidade, Anderson Pereira, participaram os advogados sindicais Cristiano Polla e Gabriel Tomasete, quando se mostraram satisfeitos com este primeiro resultado.

POLíTICA | matéria escrita em 01/07/2015 ás 16:11:00

Deputada Lúcia Tereza lamenta sequestro em Espigão e cobra mais segurança

Deputada pediu a contratação de policiais civis e militares, bombeiros, legistas, peritos e papiloscopistas.

POLíTICA | matéria escrita em 01/07/2015 ás 16:08:00

Assembleia aprova LDO para elaboração do orçamento estadual de 2016

Com o pedido de aprovação do projeto de lei, o governador Confúcio Moura (PMDB) justificou aos deputados que a posição é peça fundamental no planejamento, na gestão e na transparência da alocação e aplicação dos recurso.

GERAL | matéria escrita em 01/07/2015 ás 15:05:00

Manutenção da maioridade penal foi vitória da democracia, diz OAB

A OAB entende que a maioridade penal é cláusula pétrea da Constituição Federal, portanto qualquer proposta de alteração de seu conteúdo seria derrubada pelo Supremo Tribunal Federal.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/07/2015 ás 15:02:00

Construtora indenizará mecânico obrigado a levantar blusa e barra da calça na saída do trabalho

... diariamente, todos os trabalhadores, homens ou mulheres, tinham de levantar a blusa e a bainha da calça, retirar os calçados, abrir a bolsa e passar por apalpes na saída da empresa.

POLíTICA | matéria escrita em 01/07/2015 ás 14:55:00

Luiz Cláudio vai levar o Banco de Desenvolvimento da América Latina para Rondônia

O CAF é um banco de desenvolvimento constituído desde 1970 e atua em 19 países, dos quais, 17 são da América latina.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/07/2015 ás 14:52:00

A maioridade penal perdeu, mas a questão permanece

Por Andrey Cavalcante

POLíTICA | matéria escrita em 01/07/2015 ás 14:48:00

PEC: Mosquini foi favorável à redução da maioridade para crimes hediondos

O texto original da proposta, que reduz a maioridade para todos os tipos de crimes, deve ser votado em agosto.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com