06/10/2011 - 17h15min - Atualizado em 06/10/2011 - 17h15min

Assembleia aprova projeto de Ribamar Araújo que facilita ingresso de aprovados em concurso público

O problema maior está no exagero de exames médicos e laboratoriais, bem como as avaliações médicas necessárias ao exame (oito laudos, baseados em mais de uma dezena de exames).

Carlos Neves
Cabe à Junta Médica do Estado de Rondônia promover o encaminhamento para exames médicos e laboratoriais do candidato aprovado em concurso público, de prova e/ou de prova e título realizado pelo governo do Estado. É o que determina projeto de lei, de autoria do deputado Ribamar Araújo (PT), aprovado pela Assembleia Legislativa na sessão plenária de quarta-feira (5). A matéria segue agora para sanção governamental, já que o objetivo é facilitar o ingresso do aprovado no quadro do governo de Rondônia.

Ao comentar a aprovação do projeto de lei, Ribamar Araújo fez questão de reiterar que o cidadão que almeja ingressar no serviço público quer trabalhar. A pessoa, após lograr êxito em concurso público de provas e/ou de provas e título tem em mente que, assim que ocorrer a homologação e a convocação para posse, o ingresso é automático e de forma facilitada. “Não é o que vem ocorrendo. Ao contrário, tem enfrentado inúmeras dificuldades para tomar posse”.

O problema maior está no exagero de exames médicos e laboratoriais, bem como as avaliações médicas necessárias ao exame (oito laudos, baseados em mais de uma dezena de exames laboratoriais). É obrigado correr contra o tempo, já que deve apresentar tudo em 30 dias. No entanto, “o Estado não facilita em nada a vida do futuro servidor. Pelo contrário, tem dificultado ao máximo, pois a rede pública (tanto faz ser laboratórios quantos médicos) opta pelo agendamento para o atendimento dos aprovados e isso pode inviabilizar sua posse, além do desconforto de ficar correndo de um lado para o outro sem poder fazer outra coisa se não esperar o agendamento”.

Se desejar celeridade, “o candidato aprovado tem que pagar para ser atendido pela rede privada, importando em novos gastos para quem busca o emprego. Sob a responsabilidade da Junta Médica do Estado, tudo será facilitado”, disse o deputado.

Na concepção de Ribamar Araújo, quando da convocação para posse, no mínimo, o Governo de Rondônia precisa dar preferência ao candidato aprovado no encaminhamento para a realização dos exames médicos e laboratoriais, bem como as avaliações médicas necessárias ao exame. “A Junta Médica do Estado, que é composta por profissionais médicos de diversas especialidades, vai poder agilizar essa parte, não apenas ficar com a incumbência de expedir o Certificado de Capacidade Física e Mental, já que o candidato é examinado pelos Médicos Peritos”, assegura o deputado.

Conforme estabelece o projeto aprovado pela Assembleia Legislativa, o encaminhamento deverá ser feito para a rede pública ou para a rede privada, atendidas as especialidades médicas e laboratoriais exigidas para a concessão de exames, avaliações ou laudos médicos ou laboratoriais do candidato aprovado, sendo, no entanto, preferencialmente para a rede pública que deverá dar prioridade ao candidato aprovado em concurso público de prova e/ou de prova e título realizado pelo Governo do Estado de Rondônia.

Caso não seja possível obter toda a avaliação médica e/ou laboratorial em 30 dias, o candidato aprovado terá prorrogado automaticamente, por mais 30 dias, o prazo para tomar posse no cargo público para o qual fora aprovado. E, em caso de força maior, o candidato poderá solicitar a prorrogação por mais 30 dias para tomar posse no cargo que fora aprovado em concurso público de prova e/ou de prova e título realizado pelo Governo do Estado de Rondônia.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:21:00

Coluna da Jussara Gottlieb - Hiran Gallo Comemora

O médico Hiran Gallo reuniu familiares e amigos para comemorar seu aniversário; Airton Pedro Marin Filho, Novo Procurador Geral do MPF; O dermatologista Alessandro Alarcão na Master Plástica.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 18:16:00

Câmara aprova pena maior para crime contra policial; matéria vai ao Senado

O Plenário aprovou nesta quinta-feira projeto que torna crime hediondo o assassinato de policiais, militares das Forças Armadas, entre outros, quando eles estiverem em serviço.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 18:12:00

Caso Naiara volta à pauta com julgamento de acusados

Estupro e assassinato de jovem até hoje não foi esclarecido pela Polícia Civil, que se perdeu no meio das investigações e conseguiu esvaziar o inquérito.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:48:00

Câmara de Porto Velho também pagou diárias para motorista do presidente participar de Seminário de Fortalecimento do Legislativo Municipal da Região Norte

Bengala não foi sozinho. Levou a tiracolo o funcionário que dirige para ele na Câmara. O motorista de Bengala também foi de avião com as despesas pagas pelos contribuintes. Recebeu 2.656,80 em diárias concedidas pelo chefe.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:09:00

Precatórios: 8 vitórias da OAB para a sociedade

Leia abaixo as 8 vitórias para a cidadania conquistadas no julgamento desta quarta-feira (25).

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:08:00

OAB é contra a coincidência de eleições e prorrogação de mandatos

O relator da matéria no Plenário da OAB, conselheiro federal José Luis Wagner, elencou os cinco pontos fundamentais nos quais a Ordem discorda da matéria que tramita no Congresso.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:06:00

Turma afasta contribuição previdenciária sobre abono de 1/3 de férias

Ao recorrer ao TST, a União alegou que as férias gozadas e o adicional constitucional de 1/3 têm natureza salarial e, assim, devem compor a base de cálculo da contribuição previdenciária.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:01:00

Provimento uniformiza registro de regularizações fundiárias urbanas

O provimento mostrou-se necessário com a promulgação da Lei 11.977/2009, que dispõe sobre a regularização fundiária de assentamentos localizados em áreas urbanas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:58:00

Prazo prescricional para rateio de honorários advocatícios é de dez anos

Um advogado ajuizou ação de arbitramento de honorários contra um colega. Requereu o cálculo e o recebimento de parcela referente à divisão proporcional de honorários advocatícios contratuais...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:56:00

Ofendido terá de fornecer URLs se quiser que Google identifique origem de mensagens

O prefeito havia ajuizado ação cautelar com pedido de liminar para que o Google rastreasse e identificasse todos os IPs dos computadores por meio dos quais foram postadas ofensas contra ele em um blog...

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:53:00

Lojas de automóveis terão de informar tributos e situação de regularidade dos veículos

Segundo a lei, deverão constar do contrato de compra e venda informações sobre furto, multas, débitos ou qualquer outro registro que limite ou impeça a circulação do veículo.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:51:00

Sancionada licença-maternidade de seis meses para mulheres militares

De acordo com a lei, a militar terá direito a licença-maternidade de 120 dias, prorrogáveis por mais 60, conforme previsto na Lei 11.770/2008.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:48:00

Ministério da Educação garante renovação de todos os contratos do Fies

A presidente da União Nacional dos Estudantes, Virgínia Barros, cobrou uma solução urgente do governo e relatou o drama dos estudantes que já haviam iniciado o curso.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:46:00

Lei Maria da Penha também pode enquadrar mulher como agressora

Apesar de a Lei Maria da Penha estabelecer que sua proteção independe de orientação sexual, apenas mulheres costumam ser enquadradas como vítimas de violência doméstica e familiar.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 15:51:00

Vereador dá piti porque não saiu na foto; na sua revolta, sobra até para a Associação dos Cornos. ÁUDIO

O vereador lembrou, porém, que chegou a aparecer na foto, só que de forma tão acanhada que ninguém o reconheceria. “Só eu sei que sou eu naquela fotografia”.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com