05/12/2011 - 13h22min - Atualizado em 05/12/2011 - 13h22min

Com doentes no chão e PM em greve, Confúcio fala em comprar avião

Mas, de forma sincera, Confúcio admite que não manda no Governo: “Governador pensa que manda, chega até a se iludir...”

Da reportagem do TUDORONDONIA


A Polícia Militar e os bombeiros de Rondônia estão em greve. Os policiais civis ameaçam paralisar. O mesmo ocorre com os servidores da Saúde. No João Paulo II os pacientes ainda continuam jogados no chão um ano depois que o governador prometeu que iria resolver o problema. Agora, a situação naquele hospital se agravou com a constante falta de energia elétrica. Enquanto isso...

O governador Confúcio Moura (PMDB) anuncia, em seu blog, que vai comprar aviões novos para o seu transporte e de secretários.
O anúncio foi feito em seu blog em um texto em que reclama de mais uma licitação frustrada em seu Governo por irregularidades detectadas pelo Tribunal de contas.

Em mais uma tirada demagógica, após reclamar do cancelamento do pregão para a contratação de aeronaves, Confúcio saiu-se com a seguinte conversa: “Só tem uma coisa. Não vou alugar mais aludar (sic) coisa nenhuma. Nem avião, nem urubu. Vou viajar agora é na asa da Internet. Da videoconferencia. Quem me quiser no interior que me leve. No mais eu vou é de carro mesmo. Vai demorar mais, claro que vai. Rondon fez o que fez no lombo do burro, porque não posso fazer o mesmo agora?”.

ELE NÃO MANDA NADA No texto postado no blog nesta segunda-feira, Confúcio pelo menos teve coragem de falar uma verdade: “Governador pensa que manda, chega até a se iludir...”



AVIÕES NO PREGÃO
Tags: AVIAÇÃO PARA O GOVERNO
Postado por: Admin | 5 dezembro , 2011 | 

Já fiz muito pregão eletronico. Já tive mil e um problemas com eles. É bom e é ruim. Ruim porque ganha cada empresa deste Brasil sem porteira, que só Jesus na causa.
Quando Prefeito comprei umas ambulâncias pelo pregão. Ganhou um empresa do Paraná. Foi enrolando pra entregar. Mandei um procurador lá dar uma olhada. Era um espelunca de fundo de quintal, que não tinha dinheiro nem pra comprar uma arruela quanto mais ambulância. Cancelei.
Outra de medicamento. Tudo bem. Ganhou empresa do interior de São Paulo. Quando mandei ligar para entregar, ela me disse que não poderia mais manter o preço. Que foi um rapaz da empresa desavisado que baixou o valor naquele nível. Que seria impossível. Fiquei com a cara no chão enquanto povo lá fora ficou mais alguns meses à mingua.
É assim. Tem empresa boa. Tem empresa péssima. Que entra no circuito para encher o saco.
Agora, chegou a minha vez no Governo. A contratação dos aviões. Gastamos quase o ano inteiro estudando a melhor maneira. Decidido – seria uma empresa que cobriria o governo em suas necessidades, modelo do Acre e de Mato Grosso. Tudo bem. Pregão. O mais transparente possível.
A empresa perdedora de Porto Velho, a mesma que vinha nos atendendo, por termos aditivos, entrou com a denúncia, o Tribunal de Contas puxou o processo e mandou reparar e cancelar.
Sem problemas – cancelei e será publicado shoje. Agora, vamos começar do zero. Só tem uma coisa. Não vou alugar mais aludar (sic) coisa nenhuma. Nem avião, nem urubu. Vou viajar agora é na asa da Internet. Da videoconferencia. Quem me quiser no interior que me leve. No mais eu vou é de carro mesmo. Vai demorar mais, claro que vai. Rondon fez o que fez no lombo do burro, porque não posso fazer o mesmo agora?
Vou comprar para o governo aviões novos. Vai demorar. Sem problemas. Mas, vou comprar, isto tudo se me deixarem comprar. Porque querer é uma coisa e poder é outra. Governador pensa que manda, chega até a se iludir, mas, tem contrapesos poderosos, forças que puxam o governo pra trás, pra frente e para os lados. Mais ou menos com um cavalo arreado, espora, freio na boca e rédea.
Mas, comigo é assim, é tudo ou nada. Avião novo e do Estado. Não queria fazer isto. Mas, só tenho este caminho. Voto vencido não se discute.

Leia também:

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro a comentar!
GERAL | matéria escrita em 20/04/2014 ás 14:49:00

Entrevista da Semana - A história de uma existência dedicada a ajudar a devolver vida a quem perdeu para as drogas

Antes do crack, o índice de recuperação dos internos era de até 30%. Mas, depois do advento dessa droga, baixou para uns 13%, revela dona Francisca Magalhães, presidente da Apatox. (CONCEDIDA A CARLOS ARAÚJO)

GERAL | matéria escrita em 20/04/2014 ás 14:21:00

LEMBRANÇAS DE OUTRAS SEMANAS SANTAS

Lúcio Albuquerque

POLíTICA | matéria escrita em 20/04/2014 ás 12:17:00

Regional do PT da Zona da Mata debate dois nomes para indicar um pré-candidato a deputado estadual

Itamar Ferreira anunciou sua pré-candidatura a deputado federal e se propôs a trabalhar em conjunto com o pré-candidato a estadual da Zona da Mata.

GERAL | matéria escrita em 19/04/2014 ás 19:08:00

Jogos do Brasileirão terão um minuto de silêncio em homenagem a Luciano do Valle

"Ele era, sobretudo, um amigo da CBF. Luciano foi um ícone da televisão, um verdadeiro patrimônio da nossa imprensa", disse Marin, em nota.

GERAL | matéria escrita em 19/04/2014 ás 19:05:00

Morre aos 66 anos o narrador Luciano do Valle

Ele passou mal durante uma viagem de avião para Uberlândia (MG), onde narraria a partida entre Atlético-MG e Corinthians pela primeira rodada do Brasileirão.

POLíTICA | matéria escrita em 19/04/2014 ás 18:50:00

Procuradoria Geral Eleitoral pede a cassação do diploma de Cassol

senadora Fátima Cleide, do PT, pode assumir no lugar de Ivo Cassol.

POLíCIA | matéria escrita em 19/04/2014 ás 18:34:00

Várias ações da PM resultam na apreensão de 18 quilos de maconha

Na Delegacia infratora telefona para comparsa e diz: " sai daí!"

GERAL | matéria escrita em 19/04/2014 ás 17:22:00

V Fórum IEL de Gestão empresarial debaterá riscos e oportunidades na era digital

A especialista lembra que muitas empresas criam uma resistência a este novo recurso no início, mas depois a evolução tecnológica torna a disputa mais acirrada.

POLíTICA | matéria escrita em 19/04/2014 ás 17:16:00

“A luta armada durante a ditadura foi um erro”, diz Franklin Martins

Convidado para contar sua experiência na luta armada durante a ditadura, o jornalista acredita ter sido um erro do movimento ter pego em armas contra as forças militares.

GERAL | matéria escrita em 19/04/2014 ás 17:13:00

Após quatro dias internado, José Serra recebe alta

No final de janeiro deste ano, José Serra passou por uma cirurgia de próstata também no Sírio-Libanês.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2011 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Lauro Sodré, 1108- sala 05 – bairro Olaria – Porto Velho, Rondônia – CEP 78900-00