26/06/2012 - 17h59min - Atualizado em 26/06/2012 - 17h59min

Confúcio encaminha à ALE projeto para regulamentar licença prêmio

A licença prêmio por assiduidade foi aprovada em 92 (lei complementar 68), instituindo três meses de licença após cada cinco anos ininterruptos de efetivo serviço prestado.

DECOM

Um dos compromissos firmado pelo governador Confúcio Moura com o funcionalismo nas diversas reuniões das quais participou com servidores e dirigentes sindicais, antes e depois de sua eleição, a regulamentação da licença prêmio foi encaminhada na segunda-feira (25) à Assembléia Legislativa. O projeto de lei altera o regime jurídico dos servidores civis, com relação a concessão de licença prêmio por assiduidade ou sua substituição por pagamento em dinheiro (proveito pecuniário), conforme a disponibilidade orçamentária e financeira do órgão de lotação do servidor.

A licença prêmio por assiduidade foi aprovada em 92 (lei complementar 68), instituindo três meses de licença após cada cinco anos ininterruptos de efetivo serviço prestado, a título de prêmio com remuneração integral do cargo e função exercida. Ocorreu que no decorrer de sua vigência, a lei sofreu alterações que foram objeto de Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal – nº 1197, ainda em tramitação – por atentar contra a legalidade e moralidade administrativa, além dos próprios interesses do Estado.

Em julgamento liminar, o STF entendeu por bem suspender os efeitos da lei que promoveu alterações, até a decisão final da ação. Desde então, os servidores estaduais se encontram desamparados quando se fala da concessão de licença prêmio por assiduidade.

Para atender de algum modo os servidores, o governador Confúcio Moura propôs a aprovação do recebimento em dinheiro (pecúnia) aos pensionistas de servidor falecido referente aos períodos de licença prêmio não gozados, bem como aos servidores inativos o direito de receber o benefício quando do ingresso à inatividade e ainda, a possibilidade do servidor da ativa que tiver direito ao gozo de licença prêmio optar pela reversão do benefício em pagamento, “observada a disponibilidade orçamentária e financeira do Estado”.

De acordo com o projeto de lei enviado para apreciação dos deputados estaduais, “sempre que o servidor na ativa completar dois ou mais períodos de licença prêmio não gozados, poderá optar pela conversão de um dos períodos em pecúnia (dinheiro). Igualmente, em caso de falecimento, os beneficiários à pensão do servidor receberão em pecúnia tantos quantos períodos de licença prêmio adquiridos e não gozados em vida, benefício este também assegurado aos servidores inativos, ao ingressarem na inatividade”.

A proposta prevê ainda que “quando o servidor tiver adquirido apenas um período de licença prêmio por assiduidade e, por motivo de interesse do governo, demonstrada através de despacho fundamentado do seu chefe imediato, não tiver tido a oportunidade de gozá-lo, também poderá optar em reverter em pecúnia o benefício daí decorrente, observados sempre pelo administrador a disponibilidade orçamentária e financeira do órgão de lotação do servidor”.

Fonte: DECOM - Departamento de Comunicação Social

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/10/2014 ás 15:02:00

Limite de prazo na concessão de ajuda de custo para deslocamento de servidor é legítimo

A tese passa a orientar os tribunais de segunda instância em recursos que discutem a mesma questão.

GERAL | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:50:00

Sintero conquista elevação de nível para professores

Os professores aprovados em concurso com Magistério, que concluíram nível superior, terão direito à elevação de nível com mudança de classe.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:59:00

Promotora cujo filho foi contratado como advogado de defesa não cometeu crime

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), seguindo o voto do relator, ministro Sebastião Reis Júnior, reconheceu a falta de justa causa e concedeu habeas corpus para trancar a ação penal.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:58:00

Corregedor-geral pede a regionais que acompanhem de perto protesto de juízes

Em ofício enviado aos corregedores regionais nesta quarta-feira (22), o ministro também afirmou que eles devem adotar medidas preventivas e incentivar os magistrados a acabar com a paralisação.

POLíTICA | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:51:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

Confúcio diz que “cumpriu tudo” com a PM

GERAL | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:48:00

Bancários e movimentos sociais fazem ato público

O tema vem sendo discutido em vários debates na TV entre Dilma e Aécio.

GERAL | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:44:00

Quarta edição do Prêmio MP-RO de Jornalismo quer estimular produção acadêmica

O vencedor receberá um troféu e certificado. Também serão certificados todos os participantes inscritos na categoria.

GERAL | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:41:00

Prefeito anuncia procedimentos para a saúde de Cacoal

A construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Cacoal deve ser entregue em dezembro.

POLíTICA | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:41:00

HOSPITAL SANTA MARCELINA FALA EM FALÊNCIA E PODE FECHAR AS PORTAS

FOLLADOR PEDE UMA SOLUÇÃO DEFINITIVA DA SESAU.

POLíTICA | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:34:00

Expedito promete cumprir as metas do PNE, combater governo lento, pesado e corrupto

O projeto Escola de tempo Integral tem sobrecarregado de serviço os mesmos funcionários já existente para as escolas convencionais sem a devida compensação salarial...

POLíTICA | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:27:00

Deputado denuncia que Governo dá calote no Hospital Santa Marcelina, que já acumula R$ 5 milhões de prejuízos

“Recebi documento assinado pela Irmã Lina Ambiel, diretora do Santa Marcelina, informando que o Governo não repassou os valores dos serviços prestados pela unidade hospitalar desde julho".

POLíTICA | matéria escrita em 21/10/2014 ás 18:05:00

Sintero convida candidatos a governador para apresentarem propostas e assinarem termo de compromisso com a educação

Convites formais para o encontro foram protocolados junto às coordenações de ambos os candidatos.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 21/10/2014 ás 18:00:00

Réu é condenado a 33 anos por homicídio e estupro

Durante o julgamento o réu informou que não lembrava que havia cometido o crime.

POLíTICA | matéria escrita em 21/10/2014 ás 17:50:00

Expedito diz que Confúcio faz o governo da enrolação

O candidato Expedito Junior (PSDB) garantiu que tem como proposta melhorar a saúde implementando o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com