26/06/2012 - 17h59min - Atualizado em 26/06/2012 - 17h59min

Confúcio encaminha à ALE projeto para regulamentar licença prêmio

A licença prêmio por assiduidade foi aprovada em 92 (lei complementar 68), instituindo três meses de licença após cada cinco anos ininterruptos de efetivo serviço prestado.

DECOM

Um dos compromissos firmado pelo governador Confúcio Moura com o funcionalismo nas diversas reuniões das quais participou com servidores e dirigentes sindicais, antes e depois de sua eleição, a regulamentação da licença prêmio foi encaminhada na segunda-feira (25) à Assembléia Legislativa. O projeto de lei altera o regime jurídico dos servidores civis, com relação a concessão de licença prêmio por assiduidade ou sua substituição por pagamento em dinheiro (proveito pecuniário), conforme a disponibilidade orçamentária e financeira do órgão de lotação do servidor.

A licença prêmio por assiduidade foi aprovada em 92 (lei complementar 68), instituindo três meses de licença após cada cinco anos ininterruptos de efetivo serviço prestado, a título de prêmio com remuneração integral do cargo e função exercida. Ocorreu que no decorrer de sua vigência, a lei sofreu alterações que foram objeto de Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal – nº 1197, ainda em tramitação – por atentar contra a legalidade e moralidade administrativa, além dos próprios interesses do Estado.

Em julgamento liminar, o STF entendeu por bem suspender os efeitos da lei que promoveu alterações, até a decisão final da ação. Desde então, os servidores estaduais se encontram desamparados quando se fala da concessão de licença prêmio por assiduidade.

Para atender de algum modo os servidores, o governador Confúcio Moura propôs a aprovação do recebimento em dinheiro (pecúnia) aos pensionistas de servidor falecido referente aos períodos de licença prêmio não gozados, bem como aos servidores inativos o direito de receber o benefício quando do ingresso à inatividade e ainda, a possibilidade do servidor da ativa que tiver direito ao gozo de licença prêmio optar pela reversão do benefício em pagamento, “observada a disponibilidade orçamentária e financeira do Estado”.

De acordo com o projeto de lei enviado para apreciação dos deputados estaduais, “sempre que o servidor na ativa completar dois ou mais períodos de licença prêmio não gozados, poderá optar pela conversão de um dos períodos em pecúnia (dinheiro). Igualmente, em caso de falecimento, os beneficiários à pensão do servidor receberão em pecúnia tantos quantos períodos de licença prêmio adquiridos e não gozados em vida, benefício este também assegurado aos servidores inativos, ao ingressarem na inatividade”.

A proposta prevê ainda que “quando o servidor tiver adquirido apenas um período de licença prêmio por assiduidade e, por motivo de interesse do governo, demonstrada através de despacho fundamentado do seu chefe imediato, não tiver tido a oportunidade de gozá-lo, também poderá optar em reverter em pecúnia o benefício daí decorrente, observados sempre pelo administrador a disponibilidade orçamentária e financeira do órgão de lotação do servidor”.

Fonte: DECOM - Departamento de Comunicação Social

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 23/04/2014 ás 11:21:00

Prefeitura faz mutirão para concluir iluminação nas principais avenidas de Porto Velho

Martins informa que o serviço será executado nas principais avenidas da região central, como Sete de Setembro, Carlos Gomes, Dom Pedro II, Almirante Barroso, Farquar, Jorge Teixeira, Calama e Abunã, dentre outras.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 10:43:00

Acir Gurgacz destaca a aprovação do marco civil da internet

- É uma matéria importante para toda a população. É um projeto que vale como a ‘constituição’ da internet, com direitos e deveres dos internautas e empresas do setor – afirmou.

GERAL | matéria escrita em 23/04/2014 ás 10:39:00

Dilma sanciona Marco Civil da Internet

A presidenta também destacou os mecanismos de defesa dos direitos dos usuários estabelecidos com a nova legislação.

GERAL | matéria escrita em 23/04/2014 ás 10:36:00

Bimotor desaparecido há 36 dias é localizado em meio à mata no Pará

De acordo com o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), um garimpeiro informou ter encontrado os destroços de um avião.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 10:33:00

Misturando o santo e o profano

Valdemir Caldas

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/04/2014 ás 10:23:00

Rondônia: Prefeita que usou servidores para trabalharem em sua casa como doméstica e jardineiro é condenada

A condenação resultou de ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público de Rondônia contra a ex-prefeita e os ex-servidores comissionados.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/04/2014 ás 10:08:00

Rondônia: Provido recurso de servidor que acumulou dois cargos públicos

TJ modificou a sentença que havia condenado servidores por suposto ato de improbidade administrativa.

GERAL | matéria escrita em 23/04/2014 ás 10:04:00

Semtran libera parte do tráfego de ruas que foram alagadas

O secretário da Semtran, Carlos Gutemberg, explica que é necessário manter um acompanhamento, já que as águas ocasionaram uma série de prejuízos ao asfalto das ruas.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 09:35:00

Resultado da 3ª pesquisa para pré-candidatos a deputado federal em Rondônia

Confira os nomes.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 09:06:00

Raupp quer retardar aposentadoria compulsória de servidor

Ele explicou que desde a constituição de 1946 o servidor é obrigado a se aposentar aos 70 anos, mesmo querendo e tendo condições de continuar trabalhando.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 08:50:00

Isonomia do Sintero: Amir Lando foi ao CNJ pedir liberação da multa dos técnicos-administrativos

Amir Lando lembrou ao representante do CNJ que as pessoas constantes no processo de isonomia, em sua maioria, já estão com idade avançada, tendo algumas delas já falecido e outras doentes.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/04/2014 ás 08:18:00

Falta tornozeleira em Rondônia para ex-deputado preso

Donadon estaria sofrendo ameaças na prisão, mas, mesmo assim, não poderá passar à frente dos demais presos mais antigos no recebimento do equipamento de monitoração elerônica.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/04/2014 ás 07:30:00

Mantida sentença que condenou o Estado de Rondônia ao pagamento de indenização por danos materiais

Ainda de acordo com o desembargador, o material fotográfico comprova, cabalmente, a negligência no suporte de segurança na estrutura da quadra esportiva do órgão escolar.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 07:28:00

Aprovado no Senado, marco civil da internet segue à sanção

O projeto estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para internautas e provedores na rede mundial de computadores no Brasil.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com