24/04/2012 - 18h48min - Atualizado em 24/04/2012 - 18h48min

Demora no pagamento de precatórios em Rondônia terá atenção especial do CNJ

Entre os problemas do Poder Judiciário de Rondônia, discutidos na audiência pública realizada nesta terça-feira (24/04), a demora no pagamento de precatórios foi o tema mais recorrente.

A audiência pública teve a presença da ministra Eliana Calmon, Corregedora Nacional de Justiça, e faz parte da inspeção que o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) faz no Tribunal de Justiça de Rondônia.

A demora no pagamento dos precatórios dos trabalhadores em educação já havia sido motivo de reclamação do advogado Hélio Vieira à própria ministra Eliana Calmon quando da sua participação em programação da OAB.

Logo na abertura da audiência pública, realizada no auditório do Tribunal de Justiça, em Porto Velho, Eliana Calmon anunciou que no período de 21 a 25 de maio deste ano, a Corregedoria Nacional de Justiça instalará uma equipe em Porto Velho para verificar quais são os problemas dos precatórios em Rondônia.

Ela disse que tem conhecimento dos problemas, e admite que o pagamento está muito demorado.
Os trabalhadores em educação esperam há mais de 10 anos pelo pagamento do precatório da ação do salário mínimo. Boa parte dessa demora foi apenas para o Tribunal de Justiça reconhecer a preferência do precatório de natureza alimentar.
O peresidente do Sintero, Manoel Rodrigues da Silva, encaminhou ofício ao Palácio do Governo solicitando uma audiência com o governador Confúcio Moura com a finalidade de discutir o pagamento dos precatórios conforme determina a Emenda Constitucional nº 62 e o cumprimento da Emenda Constitucional nº 60, que determina a transposição de servidores para o governo federal.

Durante a audiência, cuja data ainda precisa ser confirmada pelo Gabinete do Governador, a direção do Sintero vai questionar quanto ao cumprimento da Emenda Constitucional que determina o repasse de recursos para pagamento de precatórios.

Os trabalhadores em educação querem saber se o governo do Estado está repassando ao Poder Judiciário Estadual o percentual correto, pois, a nova lei dos precatórios foi sancionada há mais de dois anos e até agora não foi pago o precatório da ação do salário mínimo dos trabalhadores em educação, entre outras ações que estão na fila para serem pagas.
Se o governo está cumprindo a emenda constitucional, o Sintero vai querer saber quanto já foi repassado e onde estão os recursos.

Autor: Assessoria do Sintero

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 18:53:00

Advogados têm benefícios na Caixa Econômica via convênio com a OAB

Dentre as principais vantagens estão: linhas de crédito especiais para aquisição de imóveis, subsídios para equipar escritórios, cartão de crédito com certificação digital e programa de milhagem que poderá ser utilizada...

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 18:46:00

Prefeitura prossegue com remoção de árvores que entopem sistema de drenagem

No caso das Nações Unidas, falta a prefeitura retirar somente uma árvore que está localizada na direção da Rua Elias Gorayeb, no canteiro central da pista.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:30:00

Cássio Cunha Lima quer tornar crime violação de prerrogativas

De acordo com o presidente nacional da OAB, o projeto tipifica penalmente as violações de prerrogativas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:27:00

CNJ decide pela remoção de magistrado

O presidente do CNJ, ministro Ricardo Lewandowski, reforçou a decisão ao considerar, no caso específico, a remoção como “o melhor remédio previsto pela legislação”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:26:00

Auxiliar de limpeza que higienizava banheiros de supermercado receberá adicional de insalubridade

Admitida em março de 2007, a empregada limpava sanitários, recolhia o lixo, varria o piso e limpava a área administrativa. A partir de 2010, passou a trabalhar apenas no setor administrativo, limpando o vestiário feminino.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:23:00

Administração deve justificar proporcionalidade entre infração e sanção

Ao analisar o mandado de segurança impetrado pela defesa, a desembargadora convocada Marga Tessler, relatora, concluiu que os 33 anos de carreira pública do servidor deveriam ter sido considerados...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:20:00

REs em causas de juizados especiais cíveis são admitidos apenas em situações excepcionais

O entendimento foi firmado no exame de três recursos extraordinários com agravo (AREs) da relatoria do ministro Teori Zavascki.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:12:00

Inscrições para o concurso público da Defensoria Pública encerram na segunda,30

As provas para ambos os cargos serão realizadas no dia 24 de maio em Porto Velho.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:03:00

Trabalhadores em educação do município aguardam resposta da Prefeitura até segunda-feira

Esse será o último prazo aprovado pela categoria para que a administração municipal responda se aceita ou não a contraproposta apresentada na rodada de negociações realizada na última segunda-feira.

POLíTICA | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:00:00

Empresários querem ajustes na revisão de lei do ICMS

Os empresários manifestaram preocupação com a possível retirada dos voos que atendem Ji-Paraná e região.

POLíTICA | matéria escrita em 27/03/2015 ás 16:55:00

Em Ji-Paraná, Maurão volta a cobrar fim de isenção fiscal a frigoríficos

Presidente da Assembleia se reúne com a imprensa e reforça críticas ao benefício tributário aos frigoríficos.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 16:52:00

Presidente da FEBRAFISCO esteve em Rondônia e reuniu-se com Técnicos Tributários

O Presidente aproveitou a oportunidade para mostrar que a tentativa de excluir cargos que pertencem à carreira fazendária, mas que não possuem a denominação de Auditor Fiscal, ocorre em vários Estados .

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 13:30:00

Em ação da ACV, Justiça condena concessionárias de veículos em 100 mil por propaganda enganosa

As concessionárias La Villette, Saga, LF Imports, Via Pinheiro, Porto Nissan, Sabenauto, Porto Renault e Autovema foram alvos de uma ação civil pública, impetrada em agosto de 2010, pela Associação Cidade Verde.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 12:10:00

Pai adotivo garantiu direito a salário-maternidade em Rondônia

Previdência social concedeu quatro de meses para convivência entre pai e filha.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 12:07:00

Assembleia apoia causa do autismo e promove audiência pública

Deputados debatem no dia 9 os direitos das pessoas que estão no espectro autista.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com