24/04/2012 - 18h48min - Atualizado em 24/04/2012 - 18h48min

Demora no pagamento de precatórios em Rondônia terá atenção especial do CNJ

Entre os problemas do Poder Judiciário de Rondônia, discutidos na audiência pública realizada nesta terça-feira (24/04), a demora no pagamento de precatórios foi o tema mais recorrente.

A audiência pública teve a presença da ministra Eliana Calmon, Corregedora Nacional de Justiça, e faz parte da inspeção que o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) faz no Tribunal de Justiça de Rondônia.

A demora no pagamento dos precatórios dos trabalhadores em educação já havia sido motivo de reclamação do advogado Hélio Vieira à própria ministra Eliana Calmon quando da sua participação em programação da OAB.

Logo na abertura da audiência pública, realizada no auditório do Tribunal de Justiça, em Porto Velho, Eliana Calmon anunciou que no período de 21 a 25 de maio deste ano, a Corregedoria Nacional de Justiça instalará uma equipe em Porto Velho para verificar quais são os problemas dos precatórios em Rondônia.

Ela disse que tem conhecimento dos problemas, e admite que o pagamento está muito demorado.
Os trabalhadores em educação esperam há mais de 10 anos pelo pagamento do precatório da ação do salário mínimo. Boa parte dessa demora foi apenas para o Tribunal de Justiça reconhecer a preferência do precatório de natureza alimentar.
O peresidente do Sintero, Manoel Rodrigues da Silva, encaminhou ofício ao Palácio do Governo solicitando uma audiência com o governador Confúcio Moura com a finalidade de discutir o pagamento dos precatórios conforme determina a Emenda Constitucional nº 62 e o cumprimento da Emenda Constitucional nº 60, que determina a transposição de servidores para o governo federal.

Durante a audiência, cuja data ainda precisa ser confirmada pelo Gabinete do Governador, a direção do Sintero vai questionar quanto ao cumprimento da Emenda Constitucional que determina o repasse de recursos para pagamento de precatórios.

Os trabalhadores em educação querem saber se o governo do Estado está repassando ao Poder Judiciário Estadual o percentual correto, pois, a nova lei dos precatórios foi sancionada há mais de dois anos e até agora não foi pago o precatório da ação do salário mínimo dos trabalhadores em educação, entre outras ações que estão na fila para serem pagas.
Se o governo está cumprindo a emenda constitucional, o Sintero vai querer saber quanto já foi repassado e onde estão os recursos.

Autor: Assessoria do Sintero

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/06/2016 ás 16:32:00

OAB/RO repudia ato de violência contra advogado

Os relatos e imagens do ocorrido evidenciam conduta das autoridades policiais mais que criminosa, um inaceitável atentado às garantias fundamentais que não se admitirá que passe em branco.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/06/2016 ás 15:49:00

Grupo dos Supermercados Gonçalves entra na justiça com pedido de recuperação judicial

A medida tem como objetivo evitar a falência do grupo que tem dez supermercados em Rondônia e Acre e emprega duas mil pessoas.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 14:37:00

DNIT: ponte de Abunã e viadutos têm recursos assegurados em 2016

Para os viadutos, os recursos de R$ 19 milhões, já reservados pelo Ministério dos Transportes, são suficientes para a conclusão, até com alguma folga, das etapas selecionadas.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 14:06:00

MPT consegue barrar contratação irregular em porto no Rio Madeira

O Procurador do Trabalho oficiante ressalta que o uso de terminais portuários fora da área do Porto Organizado de Porto Velho - RO coloca em risco a saúde e segurança dos trabalhadores e atenta contra toda a organização legal do trabalho portuário.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 13:41:00

Prefeitura dá prosseguimento à licitação cheia de suspeitas

Imprensa acertou em cheio ao antecipar o nome da empresa que lidera consórcio que deverá ser o vencedor.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 13:35:00

COMISSÃO DO CONCURSO DA SEFIN/RO É INSTITUÍDA

Os cargos pertencem à carreira Tributação, Arrecadação e Fiscalização e ambos exigem nível superior.

POLíTICA | matéria escrita em 24/06/2016 ás 13:25:00

Gurgacz registra participação do ministro da Agricultura em audiência na CRA

Quanto à defesa agropecuária, o ministro se comprometeu em investir em vigilância, fiscalização e defesa sanitária.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:58:00

Hospitais particulares firmam acordo para pagar por bolsas de sangue em Rondônia

Os hospitais particulares do estado concordaram em pagar R$ 428 por cada bolsa de sangue recebida da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia...

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:52:00

Alunos da Escola Estadual Murilo Braga doam cães, gatos abandonados e maltratados nas ruas de Porto Velho

Cerca de 50 bichos foram expostos ao público, no pátio do estabelecimento, na Avenida Sete de Setembro, em Porto Velho.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:43:00

DIREITO DE RESPOSTA: Segundo reclamações dos Prefeitos, Procurador Geral do DER-RO não estaria dando atenção e o devido respeito aos representantes municipais

Em relação às reclamações, tenho a informar que este Procurador jamais dispensou qualquer tratamento desrespeitoso...

POLíTICA | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:36:00

Maurão quer recuperação de asfalto urbano em Alto Alegre

Pavimento antigo apresenta muitos buracos e precisa de reparos com urgência.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:16:00

Começam hoje as inscrições para o Fies

O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:13:00

Plano Nacional de Educação completa dois anos com atraso no cumprimento de metas

O PNE prevê que todas as crianças e jovens de 4 a 17 anos devem estar matriculados nas escolas até o fim deste ano.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/06/2016 ás 11:59:00

Juizado da Infância realiza audiências concentradas nos abrigos de Porto Velho e Candeias

A ação do Judiciário será realizada com a participação de promotores de justiça, defensores públicos, equipe técnica e psicossocial do Juizado da Infância, assistentes sociais, gestores das unidades de acolhimento e órgãos públicos ligados à área.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com