29/08/2012 - 10h32min - Atualizado em 29/08/2012 - 10h32min

Desembargador Waltenberg diz que ação movida pelo MP é um alívio

Na semana passada, o Desembargador comunicou ao Tribunal Pleno que formalizaria denúncia contra o Promotor João Francisco Afonso junto ao Conselho Nacional do MP, por abuso do poder...

O Desembargador Waltenberg Junior, réu em ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público de Rondônia, afirmou estar aliviado com o ajuizamento da ação, encerrando uma investigação que parecia não ter fim.

Na semana passada, o Desembargador comunicou ao Tribunal Pleno que formalizaria denúncia contra o Promotor de Justiça João Francisco Afonso junto ao Conselho Nacional do Ministério Público, por abuso do poder de investigar. "A demora injustificada na conclusão de investigação iniciada em 2010, que ouviu, desnecessariamente, dezenas de pessoas, fere direitos constitucionais sensíveis que merecem pronta reparação".

Segundo o Desembargador, enquanto aguardava informações solicitadas ao Procurador Geral do MPRO e à Corregedoria, sobre o procedimento adotado pelo promotor do caso, foi surpreendido pelo ajuizamento desta ação, que tem também como réus o Prefeito Roberto Sobrinho e a ex-secretária da SEMUR, Dra. Fernanda Kopanakis. "Pesquisando o sistema para acompanhar outros processos, me deparei com este. Acho que foi um dos dias mais tristes da minha vida".

"Finalmente", disse o magistrado, "estabeleceu-se a certeza de que nenhum centavo foi gasto no Reconhecimento do Domínio. É claro que poderiam ter escolhido uma ação menos infamante para tentar desfazer o Reconhecimento de Domínio. A ação civil pública, ou mesmo uma ação ordinária, teria o mesmo efeito. Mas tenho imenso respeito pelo Ministério Público, e não vou comentar a razão desta escolha. Espero que minha carreira resista a mais esse impacto".

Assessoria de Comunicação Institucional

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:50:00

TRF-5 acata pedido da OAB e tranca ação contra advogados do Sertão

Após a decisão do TRF, o conselheiro federal, Carlos Frederico, destacou que mais uma vez a OAB-PB age rápido em defesa da advocacia paraibana.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 20:39:00

Justiça suspende afastamento e prefeita de Jaru deve voltar ao cargo imediatamente

Segundo o magistrado, a prefeita deve ser imediatamente reconduzida ao exercício do mandato.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 20:16:00

Prescrição de execuções individuais de ação coletiva conta do trânsito em julgado

No recurso ao STJ, o Ministério Público alegou ofensa ao artigo 94 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), ao argumento de que o prazo de prescrição deveria ser contado a partir da ampla divulgação da sentença coletiva nos meios de comunicação de massa..

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 20:13:00

Demora da Justiça não pode ser resolvida por mandado de segurança

Segundo a ministra, o mandado de segurança não é instrumento adequado para fazer valer o princípio constitucional da razoável duração do processo.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 20:12:00

Presidente do STJ avalia que anulação da Lava-Jato é pouco provável

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Francisco Falcão, afirmou na manhã desta sexta-feira (28) que considera improvável que a operação Lava-Jato venha a ser anulada pelo Judiciário.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 20:09:00

PGR questiona lei mineira que concede serviços de motorista e segurança a ex-governadores

O procurador-geral requer a concessão da cautelar para suspender a eficácia da norma para todos os ex-governadores do estado que tenham concluído o mandato há mais de quatro ou oito anos, a critério do STF.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 20:06:00

Rejeitado MS da Força Sindical contra omissão do governo em antecipar 13º a aposentados

A entidade alegava omissão ilegal das autoridades, diante de informações de que o decreto determinando o parcelamento não será editado este ano.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 19:47:00

Justiça de Rondônia: Servidor perde cargo e empresa deve pagar mais de 1 milhão ao Estado por fraude no sistema da SEDAM

De acordo com a decisão lavrada em 20 laudas, ele aproveitou-se do cargo público comissionado para falsificar dados e documentos com consequente favorecimento à madeireira.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:17:00

OAB luta pela regulamentação dos honorários da advocacia pública

No documento, a OAB afirma que os advogados públicos são afiliados à entidade e, por isso, devem ter garantidas as prerrogativas profissionais previstas no Estatuto da Advocacia, notadamente os honorários de sucumbência.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:15:00

Atendente será indenizada por ter sido revistada por escrivã em vestiário de academia

No final do expediente, a colega sentiu falta do dinheiro, e a suspeita caiu sobre a atendente.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com