Em oração durante evento, pastor diz que “inimigo” está usando justiça e adversários para perseguir Rosani

Ontem, ela teve seu nome indeferido pelo juiz eleitoral de primeira instância.

Fonte: Folha do Sul
Publicada em 17 de maio de 2018 às 13:23
Em oração durante evento, pastor diz que “inimigo” está usando justiça e adversários para perseguir Rosani

Num evento realizado agora a pouco, no centro de Vilhena, a ex-prefeita Rosani Donadon (MDB) confirmou que vai manter sua candidatura no pleito suplementar, que acontece na cidade no dia 03 de junho. Ontem, ela teve seu nome indeferido pelo juiz eleitoral de primeira instância.

Cercada por apoiadores e emocionada, Rosani fez um discurso duro para confirmar que irá recorrer ao TRE de Rondônia a fim de garantir sua participação na disputa. O empresário Darci Cerutti (DEM), com quem a emedebista venceu a eleição de 2016, anulada pelo TSE, também participou da reunião e foi mantido na chapa.

Em sua fala, Rosani disse que ela e sua família são perseguidos pela justiça desde que colocaram os pés em Vilhena, mais de 20 anos atrás, quando seu marido, Melki Donadon (PDT), se elegeu prefeito pela primeira vez, em 1996. E lembrou que as autoridades sempre arrumam motivos para tirar seus familiares das disputas eleitorais.

Convidado para fazer uma oração por Rosani, o pastor evangélico Dionaldo Pereira disse: “Senhor, abençoe sua filha, porque o inimigo está usando a justiça e os adversários para persegui-la”.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook