18/04/2012 - 16h32min - Atualizado em 18/04/2012 - 16h32min

Ex-secretária-adjunta de Saúde do Governo Cahulla se diz marcada para morrer

Ela é acusada de ter participado do pagamento de R$ 2 milhões à empresa Reflexo, que seria do deputado Valter Araújo. Assista o vídeo.

Tudorondonia

 

Porto Velho, Rondônia - “Meus amigos, na vida tem momento para tudo. Tem momento em que a gente tem que chorar e tem momento para sorrir. Esse é o momento de eu chorar. Estou aqui para pedir proteção à minha vida porque hoje sou uma mulher aos 42 anos marcada para morrer precocemente sem concluir meus projetos e sem criar minhas filhas”.

Assim começa um depoimento em vídeo postado na Internet, onde a ex-assessora técnica e ex-secretária-adjunta da Saúde nos governos Cassol e Cahulla, Josefa Nunes Ramos, de 42 anos, explica que há um grupo interessado em seu silêncio e outro querendo que ela fale. Os bens dela estão indisponíveis porque ela é acusada de ter participado do pagamento de R$ 2 milhões à empresa Reflexo, que seria do deputado Valter Araújo (PTB-Porto Velho).

No vídeo, Josefa Ramos conta que apesar de haver decisão judicial determinando que nada mais fosse pago, a Reflexo recebeu o dinheiro porque havia uma decisão de governo. “Eu não depositei R$ 6 milhões na conta de Valter Araújo. O dinheiro público anda por um sistema. Ele (o dinheiro) saiu na Secretaria da Fazenda Pública e caiu no sistema de pagamento da Secretaria de Estado da Saúde. O secretário fez uma ordem bancária, que foi para o Banco do Brasil e foi paga”, contou.

Ela explicou que o processo tem assinatura de representantes de todos os órgãos capazes de validar um processo administrativo. Acrescentou que o processo foi instruído e que houve um realinhamento de preços autorizado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) e pela Controladoria Geral do Estado (CGE). Detalhou, ainda, que tudo foi publicado em Diário Oficial e que foi feito um acordo de governo, para que em vez de ser pago R$ 23 milhões através de um realinhamento de preços, fosse pago R$ 2 milhões em duas parcelas.

“Foi uma decisão de governo. Se ele (o deputado Valter Araújo) praticava tráfico de influencia, se ele cometeu o crime que dizem que cometeu, eu não tenho nada a ver com isso. Não tenho dinheiro para pagar banca de advogado, não tenho dinheiro para comprar a imprensa. Só tenho a minha palavra. Se eu ficar calada, dirão que faço parte do bando de Valter Araújo. Se eu falar, a sociedade vai perguntar quem foi que mandou pagar o processo, quem foi que mandou transferir o dinheiro”, contou Josefa Ramos.

Ela pede para ser ouvida pela Justiça e acusa o governo Cassol de fazer recolhimento de dinheiro para calar a boca da imprensa. “Se calavam (os veículos de comunicação, segundo ela) porque era dado grão de milho todos os meses”, afirmou. Em seguida, Josefa Ramos contou que foi envolvida, segundo ela, injustamente na Operação Termópilas, em que o presidente da Assembleia Legislativa, Valter Araújo, foi preso.

A ex-secretária-adjunta da Sesau alegou, ainda, que em outubro de 2010 o então deputado Amauri dos Santos (PMDB-Jaru) teria ido ao gabinete dela e dito que se o processo fosse pago à empresa Reflexo, ela seria envolvida em uma trama que já estaria planejada e com uma liminar pronta. Josefa Ramos disse, ainda, que Amauri foi ao gabinete para intimidá-la.

Ela afirma que está denunciando o crime organizado em Rondônia, coisa que compete ao Ministério Público. Alegou, também, que aconselhou a não pagar (o processo), porque sabia que se envolveria em uma situação na qual se prejudicaria muito, porque ficaria sem direito a apresentar defesa.

“(Essa situação) Envolve o deputado foragido Valter Araújo. Eu não tenho nenhuma ligação com ele. O que fiz foi o mesmo procedimento que adotei em mais de 20 mil processos. Dei despachos e assinei. O processo foi pago porque não caberia a mim impedir de pagar. A liminar determinava que não fosse paga a segunda parte do processo, mas houve uma decisão de governo para que fosse paga”, acrescentou Josefa Ramos.

O processo tramita na Primeira Vara da Fazenda Pública sob o número 001054, de 29/11/2011, envolvendo o ex-secretário de Estado da Saúde, Milton Moreira, a empresa Reflexo e Josefa Nunes Ramos. “Posso até estar morta amanhã, mas minhas filhas não se envergonharão de mim. A sociedade não se envergonhará de mim”, destacou.

Nilton Salina

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 17:43:00

Concurso do TJ/RO: Confira lista com as inscrições deferidas

As provas serão realizadas no dia 20 de setembro.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 17:30:00

Semtran retira rotatória da Lauro Sodré com Imigrantes

Essa mudança descongestionará o trânsito desse local.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 17:25:00

Prefeitura de Porto Velho realoca permissionários da praça Marechal Rondon

A mudança acontece até o dia 12 de setembro.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2015 ás 17:20:00

Prefeitura e Justiça fazem acordo para absorver mão de obra de beneficiados por penas alternativas

Para o prefeito Mauro Nazif , a reunião foi proveitosa tanto para a Prefeitura como para a Justiça no que se refere a ampliação da rede social.

POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2015 ás 17:05:00

Senadores criticam "preços abusivos" de passagens aéreas para a Amazônia

O senador mostrou passagens compradas por consumidores na mesma época, no ano passado, demonstrando que voos Brasília-Tóquio, ida e volta, custaram R$ 1,3 mil. Já um voo Brasília-Rio Branco saiu por mais de R$ 3 mil.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 17:00:00

Abav Expo bate novo recorde e já tem mais de 10 mil inscritos prévios

A edição deste ano tem alterações importantes no calendário e na programação.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 17:03:00

Ações para identificação de moradores de rua serão intensificadas em Porto Velho

Na primeira ação realizada na noite de sexta-feira foram identificadas várias pessoas em situação de risco.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 16:59:00

Rua Açaí, no Jardim Eldorado, é asfaltada pelo DER e facilita acesso de moradores, em Porto Velho

Com extensão de dois quilômetros, a obra interligará a chamada Rua Três e Meio, no bairro Floresta, com os bairros Jardim Eldorado e Castanheira.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 16:51:00

MP alerta para horário de prova para seleção de estágio de Direito

Mais informações podem ser obtidas junto à Secretaria de Comissão de Concurso pelo telefone (69) 3216-3803.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 16:47:00

Pesquisador que testa cura para autismo pode ir ao Senado em outubro

Moutri é brasileiro, integra grupo de pesquisa do Instituto Salk, nos Estados Unidos, e virá a Brasília para atividades promovidas pela Humane Society Internacional.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 16:44:00

Prefeitura de Porto Velho e DNIT firmam parceria para conclusão de obras de marginais

Nazif disponibilizou inteiramente a Prefeitura para ajudar no que for necessário para o sucesso das obras.

GERAL | matéria escrita em 01/09/2015 ás 16:36:00

Porto Velho Shopping realiza exposição com alunos de escola pública

Estudantes da Escola Estadual Araújo Lima expõem obras de arte até o dia 8 de setembro.

POLíCIA | matéria escrita em 01/09/2015 ás 16:34:00

Embrapa Rondônia desenvolve nova tecnologia para secagem de café

É o terreiro secador com cobertura móvel, conhecido como Barcaça SECA CAFÉ, desenvolvido pela Embrapa Rondônia com apoio do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café.

POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2015 ás 16:29:00

Laerte pede convênio para sinalizar ruas de Ji-Paraná

“Nossa proposta tem a finalidade de evitar os constantes acidentes que ocorrem naquele município, que ainda necessita de sinalização vertical e horizontal”, justificou o parlamentar.

POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2015 ás 16:25:00

ALE aprova voto de louvor aos paratletas de Rondônia

Homenageados foram medalhistas no Panamericano de Toronto, no Canadá.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com