24/04/2012 - 09h47min - Atualizado em 24/04/2012 - 09h47min

Governo e comissão do Ministério da Saúde definem estratégia de ações

O representante direto do Ministério da Saúde (MS), o secretário-adjunto Adriano Massuda

Após dois dias de intensas visitas aos hospitais e unidades públicas de saúde de Porto Velho, a comitiva do Ministério da Saúde encerrou os trabalhos com uma reunião que ocorreu na tarde de segunda-feira (23), no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na presença do governador Confúcio Moura, do secretário de estado da Saúde (Sesau), Gilvan Ramos e de representantes de saúde de todos os municípios, foram definidas as ações a serem trabalhadas para adequar as políticas voltadas à saúde da população rondoniense.

O resultado final e a elaboração do documento com todas as ações e visitas só será elaborado após as visitas que irão ocorrer em todos os municípios do Estado. Uma das principais medidas passa pelo Programa de Saúde Básica hospitalar com as boas práticas incluídas no Sistema Único de Saúde (SUS) que terá que sofrer adequações, suprindo às necessidades da população. “Em todo o Brasil o grande problema do SUS é a sua má funcionalidade. Um desperdício de dinheiro jogado pelo ralo por um sistema que pouco segue as suas reais funções. A questão é a má distribuição de recursos que precisam ser repassados às áreas realmente necessitadas”, disse o governador

O representante direto do Ministério da Saúde (MS), o secretário-adjunto Adriano Massuda, destacou que a vinda da cúpula ministério “é um fator histórico e que espera que todas as exigências e ações apontadas aconteçam em conjunto”, destacou. Massuda também reafirmou que a saúde pública de Rondônia já não está com a mesma cara como da última vez em que esteve no Estado. Ele citou melhorias no Hospital de Base, onde o Estado realiza obras como a construção de 100 leitos reservas, caso ocorra nova demanda no Hospital João Paulo II e a melhoria dos centros cirúrgicos. Dentre essas, estão ainda as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) nas zonas Sul e Leste que serão inauguradas em junho.

Adriano Massuda anunciou a vinda do programa SOS-Urgências que é uma ação estratégica do Ministério da Saúde para a qualificação da gestão e do atendimento em grandes hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A meta do governo federal juntamente com os gestores locais é promover o enfrentamento das necessidades do hospital, qualificar a gestão, o acesso aos usuários em situações de urgência, total informatização e garantir atendimento ágil, humanizando e com acolhimento aos pacientes.

“Cada detalhe na área de urgência e emergência é motivo de atenção. Nosso objetivo é identificar os gargalos que atrapalham o bom funcionamento da unidade e fazer com que o atendimento seja feito de maneira mais humanizada e rápida”, explicou ele.

Para Adriano Massuda, o grande gargalo é a falta de “interligação das redes, que de acordo com ele precisam ter planos definidos, saber o que realmente querem”. Segundo o representante do Ministério da Saúde, a palavra chave é adequação. Tanto que o secretário-adjunto informou os novos projetos do governo do Estado em parceria com o MS, como a construção das UPAs que serão erguidas em Ariquemes, Ji-Paraná, Rolim de Moura e Vilhena.

Ao mesmo tempo em que ocorrem as visitas pela comissão do MS em Rondônia, atividades relacionadas à área da saúde serão desenvolvidas em breve. Um exemplo são as oficinas que debaterão o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PEMAQ-AB) entre os 20 municípios do Estado que aderiram ao benefício do governo federal. A atividade acontece nesta terça e quarta-feira (24 e 25), em Cacoal.

O PEMAQ-AB procura ampliar a capacidade das gestão nas esferas federal, estaduais e municipais, além de levar as equipes de Atenção Básica a ofertarem serviços que assegurem maior acesso e qualidade, de acordo com as necessidades concretas da população. Na quinta e sexta-feira (25 e 26), as Redes de Apoiadores irão detalhar sobre a Rede Cegonha e o Quadro de Atenção da Saúde da Mulher.

De 7 a 11 de maio, em Porto Velho, acontece o encontro de trabalho do Programa de Pactuação de Assistência e ainda de 7 a 18, acontecem reuniões dos apoiadores gerais da rede, urgência e emergência interfederativa e apoiadores de regulação, Rede Cegonha e Rede de Atenção Psicossocial, também na capital.

O propósito do encontro é discutir as matrizes diagnósticas. O resultado será enviado em forma de relatório ao Ministério da Saúde (MS), que irá analisar as propostas e possíveis envios de recursos. Algumas equipes técnicas da Comissão do Ministério da Saúde vão continuar as vistorias em hospitais e unidades de saúde no interior do Estado. E só após a finalização de todos os trabalhos é que uma carta aberta de intenções será elaborada e enviada ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 03/07/2015 ás 15:21:00

Nas Entranhas da História - Das Cavernas a Dom Quixote

Este mundo está estressado... O passado, o presente e o futuro... Serão meus parceiros no caminhado...

GERAL | matéria escrita em 03/07/2015 ás 11:39:00

Beer House - Casa de cerveja especial inaugura dia 15 em Ariquemes

A casa vai trabalhar com o mesmo sistema do ‘Novo Boteco’, que é referência em matéria de cervejas especiais na cidade de Porto Velho.

POLíTICA | matéria escrita em 03/07/2015 ás 10:44:00

Odacir Soares: Porto Velho precisa de uma revolução de competência

Para Odacir Soares, é inadmissível que recursos venham para Porto Velho e que, como tenho conhecimento, retornem por erros de elaboração de projetos ou, então, porque não se fez projeto nenhum.

POLíTICA | matéria escrita em 03/07/2015 ás 10:40:00

Constituição agredida

Andrey Cavalcante

POLíCIA | matéria escrita em 03/07/2015 ás 02:32:00

TRIPLO HOMICÍDIO - Família é executada a tiros no interior de Rondônia. Entre as vítimas está uma criança de 4 anos

Atrás do sofá, os PM’s encontraram o corpo do pequeno Ruan Pablo Sabino Hudziak, de 04 anos de idade.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:53:00

Conciliação na Justiça do Trabalho garante mais de 1 milhão de reais a trabalhadores do Transporte Coletivo Rio Madeira

Os funcionários laboravam como motorista e mecânico da empresa e ao longo do tempo adquiriram doença relacionada à coluna, por conta dos serviços exerciam.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:50:00

Vilhena: ACIV se posiciona contra repasse de verbas públicas para Aviagro

Os diretores da ACIV se posicionaram contra o repasse, diante da atual situação econômica pela qual passa o poder executivo municipal.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:48:00

Claro leva tecnologia 3G para a zona rural de Rondônia

Operadora investe no estado rondoniense e passa a atender localidades rurais e escolas situadas nessa região .

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:46:00

Porto Velho: Semob realiza obra de pavimentação no bairro Teixeirão

Atualmente, várias ruas já estão com a rede de drenagem implantada, o que vai facilitar a chegada mais rápida do asfalto.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:44:00

FEEMPI/RO sugere uso de micro-ônibus para melhorar o transporte público de Porto Velho

Serviço poderia oferecer uma opção mais barata e confortável aos ônibus convencionais da cidade.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:40:00

Pedras de usina hidrelétrica podem ser utilizadas na pavimentação de ruas em Porto Velho

A meta é o governo e a prefeitura de Porto Velho atuarem juntos na melhoria dos espaços para pedestres nas principais ruas e avenidas de alguns bairros da Capital e municípios vizinhos.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:36:00

Machadinho receberá quase R$ 2 milhões para fazer tapa-buraco, recapeamento asfáltico e recuperação de vicinais

O convênio quanto à emenda foram assinados nesta semana pelo diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), Lioberto Caetano, e pelo deputado Ezequiel Júnior.

POLíTICA | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:35:00

Lei para elaboração do Orçamento de 2016 do governo estadual é aprovada na Assembleia Legislativa

Alguns ajustes foram feitos ao projeto da LDO pelo relator, acatado pelo Plenário.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:33:00

Rondônia é o terceiro estado a ter telefonia móvel e internet em 100% dos municípios

O prazo é final para que as sedes dos municípios e cidades localizadas num raio de 30 quilômetros destas sedes sejam contempladas com telefonia móvel e internet é o final de 2015.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com