24/04/2012 - 09h47min - Atualizado em 24/04/2012 - 09h47min

Governo e comissão do Ministério da Saúde definem estratégia de ações

O representante direto do Ministério da Saúde (MS), o secretário-adjunto Adriano Massuda

Após dois dias de intensas visitas aos hospitais e unidades públicas de saúde de Porto Velho, a comitiva do Ministério da Saúde encerrou os trabalhos com uma reunião que ocorreu na tarde de segunda-feira (23), no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na presença do governador Confúcio Moura, do secretário de estado da Saúde (Sesau), Gilvan Ramos e de representantes de saúde de todos os municípios, foram definidas as ações a serem trabalhadas para adequar as políticas voltadas à saúde da população rondoniense.

O resultado final e a elaboração do documento com todas as ações e visitas só será elaborado após as visitas que irão ocorrer em todos os municípios do Estado. Uma das principais medidas passa pelo Programa de Saúde Básica hospitalar com as boas práticas incluídas no Sistema Único de Saúde (SUS) que terá que sofrer adequações, suprindo às necessidades da população. “Em todo o Brasil o grande problema do SUS é a sua má funcionalidade. Um desperdício de dinheiro jogado pelo ralo por um sistema que pouco segue as suas reais funções. A questão é a má distribuição de recursos que precisam ser repassados às áreas realmente necessitadas”, disse o governador

O representante direto do Ministério da Saúde (MS), o secretário-adjunto Adriano Massuda, destacou que a vinda da cúpula ministério “é um fator histórico e que espera que todas as exigências e ações apontadas aconteçam em conjunto”, destacou. Massuda também reafirmou que a saúde pública de Rondônia já não está com a mesma cara como da última vez em que esteve no Estado. Ele citou melhorias no Hospital de Base, onde o Estado realiza obras como a construção de 100 leitos reservas, caso ocorra nova demanda no Hospital João Paulo II e a melhoria dos centros cirúrgicos. Dentre essas, estão ainda as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) nas zonas Sul e Leste que serão inauguradas em junho.

Adriano Massuda anunciou a vinda do programa SOS-Urgências que é uma ação estratégica do Ministério da Saúde para a qualificação da gestão e do atendimento em grandes hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A meta do governo federal juntamente com os gestores locais é promover o enfrentamento das necessidades do hospital, qualificar a gestão, o acesso aos usuários em situações de urgência, total informatização e garantir atendimento ágil, humanizando e com acolhimento aos pacientes.

“Cada detalhe na área de urgência e emergência é motivo de atenção. Nosso objetivo é identificar os gargalos que atrapalham o bom funcionamento da unidade e fazer com que o atendimento seja feito de maneira mais humanizada e rápida”, explicou ele.

Para Adriano Massuda, o grande gargalo é a falta de “interligação das redes, que de acordo com ele precisam ter planos definidos, saber o que realmente querem”. Segundo o representante do Ministério da Saúde, a palavra chave é adequação. Tanto que o secretário-adjunto informou os novos projetos do governo do Estado em parceria com o MS, como a construção das UPAs que serão erguidas em Ariquemes, Ji-Paraná, Rolim de Moura e Vilhena.

Ao mesmo tempo em que ocorrem as visitas pela comissão do MS em Rondônia, atividades relacionadas à área da saúde serão desenvolvidas em breve. Um exemplo são as oficinas que debaterão o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PEMAQ-AB) entre os 20 municípios do Estado que aderiram ao benefício do governo federal. A atividade acontece nesta terça e quarta-feira (24 e 25), em Cacoal.

O PEMAQ-AB procura ampliar a capacidade das gestão nas esferas federal, estaduais e municipais, além de levar as equipes de Atenção Básica a ofertarem serviços que assegurem maior acesso e qualidade, de acordo com as necessidades concretas da população. Na quinta e sexta-feira (25 e 26), as Redes de Apoiadores irão detalhar sobre a Rede Cegonha e o Quadro de Atenção da Saúde da Mulher.

De 7 a 11 de maio, em Porto Velho, acontece o encontro de trabalho do Programa de Pactuação de Assistência e ainda de 7 a 18, acontecem reuniões dos apoiadores gerais da rede, urgência e emergência interfederativa e apoiadores de regulação, Rede Cegonha e Rede de Atenção Psicossocial, também na capital.

O propósito do encontro é discutir as matrizes diagnósticas. O resultado será enviado em forma de relatório ao Ministério da Saúde (MS), que irá analisar as propostas e possíveis envios de recursos. Algumas equipes técnicas da Comissão do Ministério da Saúde vão continuar as vistorias em hospitais e unidades de saúde no interior do Estado. E só após a finalização de todos os trabalhos é que uma carta aberta de intenções será elaborada e enviada ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 30/09/2014 ás 20:34:00

Oposição sim, mas com responsabilidade! - Valdemir Caldas

Assisti aos mais recentes debates eleitorais pela Televisão. E o que vi fui um Confúcio sendo alvo preferencial da artilharia adversária, como se ele fosse o responsável por tudo de ruim que acontece .

POLíTICA | matéria escrita em 30/09/2014 ás 20:30:00

Contratação de obras e serviços públicos será feita com transparência e publicidade, diz Padre Ton

Padre Ton e demais candidatos presentes – Jaqueline Cassol e Pimenta de Rondônia – responderam três perguntas da organização do evento, e considerações finais.

POLíTICA | matéria escrita em 30/09/2014 ás 20:26:00

TRE defere pedido de MP e proíbe som nos arredores da emissora que realizará o último debate em RO

ÍNTEGRA DA DECISÃO

POLíTICA | matéria escrita em 30/09/2014 ás 17:41:00

Debate 2014: Liminar proíbe propaganda sonora próximo à TV Rondônia

O debate entre os candidatos ao governo vai ocorrer hoje, 30 de setembro. Para PRE, o objetivo é que não ocorra aglomeração de cabos eleitorais, após 22h, congestionando trânsito .

GERAL | matéria escrita em 30/09/2014 ás 15:02:00

Porto Velho - Cem Anos de História

Antes habitada por tribos valentes... De grandes nações guerreiras... Estou falando de Porto Velho... Gerada nas barrancas do madeira...

GERAL | matéria escrita em 30/09/2014 ás 14:29:00

Greve dos bancários em Rondônia começa com 71 agências fechadas

Das mais de 130 agências espalhadas no Estado, 71 foram fechadas nesta terça-feira, 30/9, o que representa aproximadamente 55% de unidades com as portas fechadas.

GERAL | matéria escrita em 30/09/2014 ás 13:26:00

Prefeito Mauro Nazif decreta ponto facultativo no dia 03 de outubro

O ponto facultativo nesta data, que é precedida pelo dia da comemoração dos 100 anos de criação da cidade de Porto Velho (02/10/1914), visa...

POLíTICA | matéria escrita em 30/09/2014 ás 13:18:00

As Eleições e os Candidatos que não Deveriam Ser

Por Reginaldo Trindade[1]

POLíTICA | matéria escrita em 30/09/2014 ás 13:13:00

Em Linhas Gerais: Cadê o MP eleitoral que não fala nada das promessas estapafúrdias de Gurgacz?

Gessi Taborda

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/09/2014 ás 13:10:00

OAB repudia projeto de lei que extingue o Exame de Ordem

Se aprovado o projeto, haverá uma classe de subadvogados e quem perde é a sociedade.

GERAL | matéria escrita em 30/09/2014 ás 11:55:00

MP e parceiros concluem primeira etapa de implementação da Polícia Comunitária

O projeto, iniciado em 10 de julho de 2014, consiste na presença diária da Policia Comunitária em bairro pré-selecionado

GERAL | matéria escrita em 30/09/2014 ás 11:52:00

Educação na cultura digital é tema de palestra oferecida pela UNIR

O professor Nelson de Luca Pretto vem a Porto Velho especialmente para ministrar, juntamente com o professor José Lucas Pedreira Bueno (UNIR)

GERAL | matéria escrita em 30/09/2014 ás 11:46:00

Semusb prepara Parque da Cidade para comemorações do centenário

Fávaro afirma que além da estrutura do parque, a prefeitura também está beneficiando as ruas do entorno.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/09/2014 ás 10:34:00

Promotor recorre à justiça contra ato do procurador geral que teria lhe impedido de investigar deputados

O desembargador Raduam Miguel , do Tribunal de Justiça, deu 10 dias para que o procurador geral de justiça preste informações sobre o caso.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/09/2014 ás 10:10:00

Suspensas cobranças de telefone no período de cheia em São Carlos e Nazaré

O período de cheia para as comunidades está estabelecido de março a agosto, com exceção de São Carlos, distrito que ficou totalmente submerso pelo Rio Madeira.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com