24/04/2012 - 09h47min - Atualizado em 24/04/2012 - 09h47min

Governo e comissão do Ministério da Saúde definem estratégia de ações

O representante direto do Ministério da Saúde (MS), o secretário-adjunto Adriano Massuda

Após dois dias de intensas visitas aos hospitais e unidades públicas de saúde de Porto Velho, a comitiva do Ministério da Saúde encerrou os trabalhos com uma reunião que ocorreu na tarde de segunda-feira (23), no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na presença do governador Confúcio Moura, do secretário de estado da Saúde (Sesau), Gilvan Ramos e de representantes de saúde de todos os municípios, foram definidas as ações a serem trabalhadas para adequar as políticas voltadas à saúde da população rondoniense.

O resultado final e a elaboração do documento com todas as ações e visitas só será elaborado após as visitas que irão ocorrer em todos os municípios do Estado. Uma das principais medidas passa pelo Programa de Saúde Básica hospitalar com as boas práticas incluídas no Sistema Único de Saúde (SUS) que terá que sofrer adequações, suprindo às necessidades da população. “Em todo o Brasil o grande problema do SUS é a sua má funcionalidade. Um desperdício de dinheiro jogado pelo ralo por um sistema que pouco segue as suas reais funções. A questão é a má distribuição de recursos que precisam ser repassados às áreas realmente necessitadas”, disse o governador

O representante direto do Ministério da Saúde (MS), o secretário-adjunto Adriano Massuda, destacou que a vinda da cúpula ministério “é um fator histórico e que espera que todas as exigências e ações apontadas aconteçam em conjunto”, destacou. Massuda também reafirmou que a saúde pública de Rondônia já não está com a mesma cara como da última vez em que esteve no Estado. Ele citou melhorias no Hospital de Base, onde o Estado realiza obras como a construção de 100 leitos reservas, caso ocorra nova demanda no Hospital João Paulo II e a melhoria dos centros cirúrgicos. Dentre essas, estão ainda as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) nas zonas Sul e Leste que serão inauguradas em junho.

Adriano Massuda anunciou a vinda do programa SOS-Urgências que é uma ação estratégica do Ministério da Saúde para a qualificação da gestão e do atendimento em grandes hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A meta do governo federal juntamente com os gestores locais é promover o enfrentamento das necessidades do hospital, qualificar a gestão, o acesso aos usuários em situações de urgência, total informatização e garantir atendimento ágil, humanizando e com acolhimento aos pacientes.

“Cada detalhe na área de urgência e emergência é motivo de atenção. Nosso objetivo é identificar os gargalos que atrapalham o bom funcionamento da unidade e fazer com que o atendimento seja feito de maneira mais humanizada e rápida”, explicou ele.

Para Adriano Massuda, o grande gargalo é a falta de “interligação das redes, que de acordo com ele precisam ter planos definidos, saber o que realmente querem”. Segundo o representante do Ministério da Saúde, a palavra chave é adequação. Tanto que o secretário-adjunto informou os novos projetos do governo do Estado em parceria com o MS, como a construção das UPAs que serão erguidas em Ariquemes, Ji-Paraná, Rolim de Moura e Vilhena.

Ao mesmo tempo em que ocorrem as visitas pela comissão do MS em Rondônia, atividades relacionadas à área da saúde serão desenvolvidas em breve. Um exemplo são as oficinas que debaterão o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PEMAQ-AB) entre os 20 municípios do Estado que aderiram ao benefício do governo federal. A atividade acontece nesta terça e quarta-feira (24 e 25), em Cacoal.

O PEMAQ-AB procura ampliar a capacidade das gestão nas esferas federal, estaduais e municipais, além de levar as equipes de Atenção Básica a ofertarem serviços que assegurem maior acesso e qualidade, de acordo com as necessidades concretas da população. Na quinta e sexta-feira (25 e 26), as Redes de Apoiadores irão detalhar sobre a Rede Cegonha e o Quadro de Atenção da Saúde da Mulher.

De 7 a 11 de maio, em Porto Velho, acontece o encontro de trabalho do Programa de Pactuação de Assistência e ainda de 7 a 18, acontecem reuniões dos apoiadores gerais da rede, urgência e emergência interfederativa e apoiadores de regulação, Rede Cegonha e Rede de Atenção Psicossocial, também na capital.

O propósito do encontro é discutir as matrizes diagnósticas. O resultado será enviado em forma de relatório ao Ministério da Saúde (MS), que irá analisar as propostas e possíveis envios de recursos. Algumas equipes técnicas da Comissão do Ministério da Saúde vão continuar as vistorias em hospitais e unidades de saúde no interior do Estado. E só após a finalização de todos os trabalhos é que uma carta aberta de intenções será elaborada e enviada ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 30/01/2015 ás 22:30:00

Porto Velho: continuam as mentiras

Professor Nazareno*

GERAL | matéria escrita em 30/01/2015 ás 22:28:00

Governo recebe licença ambiental do novo Espaço Alternativo em Porto Velho

O governador destacou que se trata da obra mais bonita de Porto Velho e que a paralisação é prejudicial à população.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/01/2015 ás 22:22:00

Desembargadores mantêm condenação de Cahulla

Ex-governador usou carro e seguranças do Estado para ir à pescaria com amigos. A brincadeira acabou em tragédia.

GERAL | matéria escrita em 30/01/2015 ás 12:13:00

Sessões plenárias do TCE serão retomadas nesta terça-feira

Todas as pautas são publicadas no Diário Oficial eletrônico da Corte e disponibilizadas, em sua íntegra, no portal do Tribunal de Contas.

GERAL | matéria escrita em 30/01/2015 ás 12:08:00

Justiça condena Caixa a voltar a pagar gratificação em salário de bancária

A ação foi ajuizada e conduzida pela assessoria jurídica do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia – SEEB/RO.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:55:00

Michel Temer apoia OAB pela sanção dos honorários da advocacia pública

O projeto encontra-se no Senado para sua redação final e será enviado nos próximos dias à presidência da República para sanção.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:50:00

Sanção do novo Código de Processo Civil pode ficar para março

As novas regras processuais entram em vigor um ano após a publicação da lei.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:46:00

Fim do "auto de resistência" é defendido por ONG de direitos humanos

As normas atuais previstas no Código de Processo Penal (Decreto-Lei 3.689/1941) permitem o uso de quaisquer meios necessários para que o policial se defenda ou vença resistências.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:43:00

MPF/RO não envia e-mails com intimação

Ministério Público Federal alerta que ao clicar em links contidos no e-mail, um programa invade o computador do usuário e capturar dados, como senhas de contas bancárias e cartões de crédito

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:36:00

DER contratará 370 servidores em regime emergencial

As inscrições ficam abertas até 6 de fevereiro e podem realizadas pela internet.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:34:00

Auditoria do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) interdita Lavanderia que presta serviço para Governo e Prefeitura

Os auditores do MTE, em vistorias realizadas nos dias 23 e 26/01 , constataram situações de grave e de iminente risco aos profissionais da lavanderia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:30:00

Justiça reverte justa causa de empregado por suposta incitação a greve no Facebook

O assistente de produtos disse que foi demitido em 2012 por ter se insurgido, durante uma reunião, contra o início da jornada às 12h aos domingos.

POLíTICA | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:00:00

Deputado culpa Sobrinho e Nazif pelo título de uma das piores cidades do Brasil

Os itens que mais pesaram na péssima classificação de Porto Velho foram desenvolvimento, bem estar, qualidade de domicílios, educação e segurança.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:34:00

Especialistas descartam repetição de cheia catastrófica no rio Madeira

A coordenadora de Operações do Centro Regional do Sipam em Porto Velho, cientista Ana Cristina Strava Corrêa, admitiu terça-feira (26) a possibilidade de nova enchente do rio Madeira...

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:30:00

Prefeitura de Porto Velho retira famílias de áreas isoladas na zona rural de Abunã

De acordo com o secretário, a retirada das famílias faz parte da ação preventiva dentro do plano de contingência da prefeitura para atender as comunidades impactadas.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com