/ geral / greve

19/09/2012 - 08h22min - Atualizado em 19/09/2012 - 08h22min

Greve é deflagrada no Sistema Penitenciário de Rondônia

Em reunião com a Diretoria do Singeperon, realizada no mesmo dia, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, declarou o apoio incondicional aos servidores.

ASCOM - SINGEPERON


Paralisação começa a valer a partir de sábado (22). PCCR, carteira funcional com porte de arma, cumprimento de ordens judiciais em ações já ganhas pelo Singeperon, pagamento de adicionais de insalubridade e periculosidade e melhores condições de trabalho são as principais reivindicações.
Os servidores do Sistema Penitenciário e Socioeducativo de Rondônia deflagraram greve em todo o estado nesta terça-feira (29). A decisão foi tomada por unanimidade em Assembleia Geral Extraordinária realizada na sede Social do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Socioeducadores, Técnicos Penitenciários e Agentes Administrativos Penitenciários do Estado de Rondônia (Singeperon). Com a decisão, a paralisação iniciará de fato no sábado (22), em cumprimento ao prazo legal de 72 horas.

Os filiados disseram um basta ao descaso apresentado pelo Governo Confúcio Moura com os anseios da categoria, no que se refere: ao Plano de Carreiras, Cargos e Remuneração (PCCR), que deveria ser aprovado com prioridade dentre outras categorias do funcionalismo público; entrega da Carteira Funcional com o respectivo porte de arma para os agentes penitenciários, conforme previsão em lei; pagamento do adicional de insalubridade e periculosidade; cumprimento de decisões judiciais em ações já ganhas pelo Singeperon, a exemplo do URV e risco de vida; e melhores condições de trabalho nas unidades prisionais, socioeducativas e órgãos onde existam servidores lotados e exercendo a função.

De acordo com o presidente do Singeperon, Anderson Pereira, a situação da maioria dos presídios e centros socioeducativos de Rondônia é lastimável. “São paredes caindo, coletes de proteção vencidos, depredação do sistema elétrico e hidráulico, viaturas sucateadas, falta de armamento, munição e de pessoal”, revelou.

Na pauta de reivindicações de greve, os filiados exigem também a saída dos secretários da Secretaria de Estado de Justiça, Fernando Oliveira (titular) e Zaqueu Vieira (adjunto), considerando que os mesmos não têm tomado as ações efetivas para garantir os direitos garantidos em lei para os servidores da pasta. Também está previsto na pauta o abono das possíveis faltas advindas da greve, bem como não ser aplicada qualquer sanção ou retaliação de ordem administrativa ou judicial.

Durante a assembleia, Anderson explicou que o diálogo junto ao Governo tem sido pouco efetivo para resolver os problemas dos servidores da Sejus. “Nos reunimos diversas vezes com os secretários no Gabinete, mas somente promessas nos são ditas. Estamos cansados de tanta enrolação. Os servidores e a segurança pública merecem respeito”, disse indignado.

Anderson disse que a situação financeira do estado não é desculpa para o cumprimento das pautas das categorias. “Muito do que pedimos já está garantido em lei e não onera os cofres públicos, como é o caso da entrega das carteiras funcionais, em cumprimento ao Estatuto do Desarmamento”, destacou.

Quanto aos auxílios já conquistados pelos servidores, o sindicalista falou da fragilidade do pagamento dos mesmos, pois podem ser retirados pela Administração a qualquer momento. “Somente a incorporação desses auxílios nos vencimentos resolverá o problema e garantirá que o servidor leve esse benefício para a sua aposentadoria”, explicou

“Em compromisso firmado com o Governo em 2011 já havia a ciência do mesmo que haveria a realização da greve com início em 01/10/2011, caso houvesse o descumprimento do acordo. E houve faz tempo, mas a categoria vem sistematicamente e pacientemente pleiteando e se submetendo a novos prazos e desculpas evasivas por parte do secretário de Justiça”, revelou o presidente do Singeperon.

Com o início da greve neste sábado, a visitação de familiares de apenados poderá ser prejudicada. Somente os serviços essenciais serão mantidos nas unidades prisionais e socioeducativas, por exemplo refeições, procedimentos médicos de urgência e emergência. A categoria irá manter os 30% de efetivo, conforme previsto legalmente.

Já o recebimento de presos das delegacias, escoltas aos Fóruns, atendimento a advogado, banho de sol, atividades laborais e escolares serão paralisados, conforme deliberado na Assembleia.

Apoio do Poder Legislativo Em reunião com a Diretoria do Singeperon, realizada no mesmo dia, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, declarou o apoio incondicional aos servidores da Sejus, sendo deflagrada ou não à greve.

“Não votaremos em nenhum projeto de lei que venha a prejudicar o servidor. É política irrenunciável da Assembleia Legislativa a valorização do funcionalismo público”, destacou Hermínio.

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 11/02/2016 ás 19:07:00

Rover contesta pedido de afastamento e ex-secretários tentam anular condenações

Tese da defesa menciona prerrogativa de foro.

GERAL | matéria escrita em 11/02/2016 ás 19:05:00

Médico afirma que surto de dengue em Vilhena é grave: “Pode ser um caso por hora”

Apenas na última semana de janeiro a SEMUSA realizou 180 notificações de suspeita de Dengue, além de cinco do Zika Vírus e 10 de Febre Chikungunya.

GERAL | matéria escrita em 11/02/2016 ás 18:54:00

MP acompanha ações do Poder Público contra Aedes Aegypti em Pimenta Bueno, São Felipe e Primavera

Nos próximos dias, o Ministério Público realizará reuniões com os prefeitos de Pimenta Bueno, Primavera de Rondônia e São Felipe do Oeste...

POLíTICA | matéria escrita em 11/02/2016 ás 18:48:00

Valdir Raupp defende melhor preço para arroba do boi em Rondônia

A diferença entre São Paulo e Rondônia, que já foi de R$ 12 há algum tempo, hoje chega a R$ 40, disse o senador, para quem o problema está na concentração do mercado de frigoríficos no país.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:59:00

Corte Especial analisa resolução que regula o processamento de reclamação no STJ

O objetivo era evitar a manutenção de decisões conflitantes a respeito da interpretação da legislação infraconstitucional no âmbito do Judiciário.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:57:00

União estável é tema da nova edição de Jurisprudência em Teses do STJ

Uma delas define que a existência de casamento válido não obsta o reconhecimento da união estável, desde que haja separação de fato ou judicial entre os casados

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:56:00

Nome do advogado que utiliza certificado digital deve constar na procuração

O tema foi reunido pela Pesquisa Pronta, ferramenta disponibilizada no site do STJ para facilitar o trabalho de quem deseja conhecer o entendimento da corte sobre casos semelhantes.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:53:00

Escola Judicial do TJRO realiza sexto módulo do Curso sobre o novo CPC

Esses primeiros cinco módulos apresentaram as mudanças trazidas pela Lei 13.105/2015, que instituiu o novo CPC.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:51:00

Mantida prisão preventiva do ex-deputado federal André Vargas

Segundo a defesa do deputado, a prisão preventiva não se justifica porque os fatos investigados teriam ocorrido até 2013 e não há risco de influência política nas apurações, pois o político se desfiliou do Partido dos Trabalhadores em abril de 2014 e perd

GERAL | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:48:00

Uso de câmeras de monitoramento ajuda a reduzir criminalidade em Machadinho do Oeste

Segundos dados da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), houve redução de aproximadamente 28% nos crimes de homicídio.

GERAL | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:46:00

Basa vai investir até R$ 1 bi no agronegócio rondoniense em 2016

O superintendente anunciou para 1º de março a presença do presidente da instituição, Marinaldo Melo, em Rondônia, para assinar com o governador Confúcio Moura Termo de Cooperação .

GERAL | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:44:00

FORÇA TAREFA SANEARÁ PRECATÓRIO DA ISONOMIA DO SINTERO EM BRASÍLIA

POR: DOMINGOS BORGES DA SILVA

POLíTICA | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:40:00

Maurão anuncia que novo prédio da Assembleia será entregue neste ano

Durante entrevista, presidente disse que obra segue em ritmo acelerado...

POLíTICA | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:37:00

Assembleia Legislativa reabre os trabalhos na próxima terça-feira

Às 9h o presidente da Casa de Leis, Maurão de Carvalho, recebe a imprensa para um café da manhã.

POLíTICA | matéria escrita em 11/02/2016 ás 15:32:00

Maurão de Carvalho recebe projeto básico do TCE criando plantão pedagógico

Assembleia, MP, TJ e Corte de Contas promoverão evento voltado aos gestores municipais em final de mandato.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com