/ geral / greve

19/09/2012 - 08h22min - Atualizado em 19/09/2012 - 08h22min

Greve é deflagrada no Sistema Penitenciário de Rondônia

Em reunião com a Diretoria do Singeperon, realizada no mesmo dia, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, declarou o apoio incondicional aos servidores.

ASCOM - SINGEPERON


Paralisação começa a valer a partir de sábado (22). PCCR, carteira funcional com porte de arma, cumprimento de ordens judiciais em ações já ganhas pelo Singeperon, pagamento de adicionais de insalubridade e periculosidade e melhores condições de trabalho são as principais reivindicações.
Os servidores do Sistema Penitenciário e Socioeducativo de Rondônia deflagraram greve em todo o estado nesta terça-feira (29). A decisão foi tomada por unanimidade em Assembleia Geral Extraordinária realizada na sede Social do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Socioeducadores, Técnicos Penitenciários e Agentes Administrativos Penitenciários do Estado de Rondônia (Singeperon). Com a decisão, a paralisação iniciará de fato no sábado (22), em cumprimento ao prazo legal de 72 horas.

Os filiados disseram um basta ao descaso apresentado pelo Governo Confúcio Moura com os anseios da categoria, no que se refere: ao Plano de Carreiras, Cargos e Remuneração (PCCR), que deveria ser aprovado com prioridade dentre outras categorias do funcionalismo público; entrega da Carteira Funcional com o respectivo porte de arma para os agentes penitenciários, conforme previsão em lei; pagamento do adicional de insalubridade e periculosidade; cumprimento de decisões judiciais em ações já ganhas pelo Singeperon, a exemplo do URV e risco de vida; e melhores condições de trabalho nas unidades prisionais, socioeducativas e órgãos onde existam servidores lotados e exercendo a função.

De acordo com o presidente do Singeperon, Anderson Pereira, a situação da maioria dos presídios e centros socioeducativos de Rondônia é lastimável. “São paredes caindo, coletes de proteção vencidos, depredação do sistema elétrico e hidráulico, viaturas sucateadas, falta de armamento, munição e de pessoal”, revelou.

Na pauta de reivindicações de greve, os filiados exigem também a saída dos secretários da Secretaria de Estado de Justiça, Fernando Oliveira (titular) e Zaqueu Vieira (adjunto), considerando que os mesmos não têm tomado as ações efetivas para garantir os direitos garantidos em lei para os servidores da pasta. Também está previsto na pauta o abono das possíveis faltas advindas da greve, bem como não ser aplicada qualquer sanção ou retaliação de ordem administrativa ou judicial.

Durante a assembleia, Anderson explicou que o diálogo junto ao Governo tem sido pouco efetivo para resolver os problemas dos servidores da Sejus. “Nos reunimos diversas vezes com os secretários no Gabinete, mas somente promessas nos são ditas. Estamos cansados de tanta enrolação. Os servidores e a segurança pública merecem respeito”, disse indignado.

Anderson disse que a situação financeira do estado não é desculpa para o cumprimento das pautas das categorias. “Muito do que pedimos já está garantido em lei e não onera os cofres públicos, como é o caso da entrega das carteiras funcionais, em cumprimento ao Estatuto do Desarmamento”, destacou.

Quanto aos auxílios já conquistados pelos servidores, o sindicalista falou da fragilidade do pagamento dos mesmos, pois podem ser retirados pela Administração a qualquer momento. “Somente a incorporação desses auxílios nos vencimentos resolverá o problema e garantirá que o servidor leve esse benefício para a sua aposentadoria”, explicou

“Em compromisso firmado com o Governo em 2011 já havia a ciência do mesmo que haveria a realização da greve com início em 01/10/2011, caso houvesse o descumprimento do acordo. E houve faz tempo, mas a categoria vem sistematicamente e pacientemente pleiteando e se submetendo a novos prazos e desculpas evasivas por parte do secretário de Justiça”, revelou o presidente do Singeperon.

Com o início da greve neste sábado, a visitação de familiares de apenados poderá ser prejudicada. Somente os serviços essenciais serão mantidos nas unidades prisionais e socioeducativas, por exemplo refeições, procedimentos médicos de urgência e emergência. A categoria irá manter os 30% de efetivo, conforme previsto legalmente.

Já o recebimento de presos das delegacias, escoltas aos Fóruns, atendimento a advogado, banho de sol, atividades laborais e escolares serão paralisados, conforme deliberado na Assembleia.

Apoio do Poder Legislativo Em reunião com a Diretoria do Singeperon, realizada no mesmo dia, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, declarou o apoio incondicional aos servidores da Sejus, sendo deflagrada ou não à greve.

“Não votaremos em nenhum projeto de lei que venha a prejudicar o servidor. É política irrenunciável da Assembleia Legislativa a valorização do funcionalismo público”, destacou Hermínio.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 29/08/2016 ás 17:16:00

Morte do ex-deputado Edison Gazoni: Em nota, Assembleria informa que velório será nesta terça, no salão nobre, a partir das 15 horas

O sepultamento será às 9h de quarta-feira (31), no cemitério Recanto da Paz.

GERAL | matéria escrita em 29/08/2016 ás 16:52:00

Rio Beni provocará novo repique do Rio Madeira na próxima semana

O baixo nível do rio Madeira nos últimos meses preocupa autoridades e setores ligados ao segmento da navegação. Seus impactos vão além do porto de Porto Velho e atinge também outros trechos...

POLíTICA | matéria escrita em 29/08/2016 ás 16:02:00

Deputado critica projeto de barragem e prevê desastre ambiental

Parlamentar afirma que poderá haver um desastre de grandes proporções.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/08/2016 ás 13:30:00

Prêmio de loteria inferior ao anunciado gera indenização por danos morais ao ganhador

O demandante, ao participar de concurso lotérico, recebeu o prêmio inferior ao que foi divulgado.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/08/2016 ás 13:25:00

CNJ facilita acesso ao Cadastro de Condenados por Improbidade

A API possibilita que o cadastro seja associado a outros serviços e produtos oferecidos ao público, sem a necessidade de consulta individual.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/08/2016 ás 13:23:00

CNJ Serviço: Quais as garantias para filhos de casais em conflito doméstico?

Os magistrados, com apoio dos núcleos multidisciplinares das varas especializadas em violência doméstica, têm trabalhado no sentido de fazer as avaliações em relação aos filhos ...

GERAL | matéria escrita em 29/08/2016 ás 13:21:00

Nota de pesar - Sebrae em Rondônia

O Sebrae em Rondônia vem a público externar seu pesar pelo falecimento do ex-deputado estadual...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/08/2016 ás 13:11:00

Temas relevantes à Defensoria Pública marcam workshop realizado pela Amdepro em Cacoal​

A ideia foi garantir o aprimoramento profissional dos defensores públicos de Rondônia sobre o Tribunal do Júri, matéria de grande interesse da classe.

GERAL | matéria escrita em 29/08/2016 ás 13:07:00

Vilhena sedia o 1º Portal do Agronegócio de Rondônia

Um dos momentos que também está gerando muita expectativa no 1º Portal do Agronegócio da Região Sul é a palestra da secretária adjunta da Seagri...

GERAL | matéria escrita em 29/08/2016 ás 13:04:00

Agroindústrias e artesanato movimentaram mais de R$ 70 mil na Portoagro

Cerca de 30 agroindústrias e 60 artesãos participaram do evento e ficaram satisfeitos com as vendas realizadas.

GERAL | matéria escrita em 29/08/2016 ás 13:00:00

Vereadores bolivianos de Trinidad querem apoio para fortalecer relações comerciais com Rondônia

A pauta inclui importação de sal e o fortalecimento do turismo, entre outros itens.

GERAL | matéria escrita em 29/08/2016 ás 12:50:00

Presidente da APRRO comemora sucesso da 2ª Portoagro

A feira que reúne cerca de 120 expositores do setor do artesanato, produtos da agricultura familiar, empresas que atuam no ramo agropecuário, concessionárias de veículos, máquinas e implementos agrícolas, além de um grande número de comerciantes em geral.

GERAL | matéria escrita em 29/08/2016 ás 12:02:00

Está aberto concurso de estágio do Ministério Público Federal

Inscrições podem ser feitas até 19 de setembro com vagas para Porto Velho, Ji-Paraná e Vilhena.

GERAL | matéria escrita em 29/08/2016 ás 11:59:00

Município de Seringueiras recebe mais 4,2 quilômetros de asfalto

O prefeito de Seringueiras, Armando Bernardo da Silva, destacou que a pavimentação da avenida principal e os 3,5 quilômetros de drenagem, que também estão sendo feitos pelo DER, são benefícios que melhoram a vida e o dia a dia da população.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/08/2016 ás 11:57:00

TJRO mantém prisão de mulher acusada de traficar drogas em Buritis

Ela comandava a comercialização das drogas feita pelos demais membros da família.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com