/ geral / greve

19/09/2012 - 08h22min - Atualizado em 19/09/2012 - 08h22min

Greve é deflagrada no Sistema Penitenciário de Rondônia

Em reunião com a Diretoria do Singeperon, realizada no mesmo dia, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, declarou o apoio incondicional aos servidores.

ASCOM - SINGEPERON


Paralisação começa a valer a partir de sábado (22). PCCR, carteira funcional com porte de arma, cumprimento de ordens judiciais em ações já ganhas pelo Singeperon, pagamento de adicionais de insalubridade e periculosidade e melhores condições de trabalho são as principais reivindicações.
Os servidores do Sistema Penitenciário e Socioeducativo de Rondônia deflagraram greve em todo o estado nesta terça-feira (29). A decisão foi tomada por unanimidade em Assembleia Geral Extraordinária realizada na sede Social do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Socioeducadores, Técnicos Penitenciários e Agentes Administrativos Penitenciários do Estado de Rondônia (Singeperon). Com a decisão, a paralisação iniciará de fato no sábado (22), em cumprimento ao prazo legal de 72 horas.

Os filiados disseram um basta ao descaso apresentado pelo Governo Confúcio Moura com os anseios da categoria, no que se refere: ao Plano de Carreiras, Cargos e Remuneração (PCCR), que deveria ser aprovado com prioridade dentre outras categorias do funcionalismo público; entrega da Carteira Funcional com o respectivo porte de arma para os agentes penitenciários, conforme previsão em lei; pagamento do adicional de insalubridade e periculosidade; cumprimento de decisões judiciais em ações já ganhas pelo Singeperon, a exemplo do URV e risco de vida; e melhores condições de trabalho nas unidades prisionais, socioeducativas e órgãos onde existam servidores lotados e exercendo a função.

De acordo com o presidente do Singeperon, Anderson Pereira, a situação da maioria dos presídios e centros socioeducativos de Rondônia é lastimável. “São paredes caindo, coletes de proteção vencidos, depredação do sistema elétrico e hidráulico, viaturas sucateadas, falta de armamento, munição e de pessoal”, revelou.

Na pauta de reivindicações de greve, os filiados exigem também a saída dos secretários da Secretaria de Estado de Justiça, Fernando Oliveira (titular) e Zaqueu Vieira (adjunto), considerando que os mesmos não têm tomado as ações efetivas para garantir os direitos garantidos em lei para os servidores da pasta. Também está previsto na pauta o abono das possíveis faltas advindas da greve, bem como não ser aplicada qualquer sanção ou retaliação de ordem administrativa ou judicial.

Durante a assembleia, Anderson explicou que o diálogo junto ao Governo tem sido pouco efetivo para resolver os problemas dos servidores da Sejus. “Nos reunimos diversas vezes com os secretários no Gabinete, mas somente promessas nos são ditas. Estamos cansados de tanta enrolação. Os servidores e a segurança pública merecem respeito”, disse indignado.

Anderson disse que a situação financeira do estado não é desculpa para o cumprimento das pautas das categorias. “Muito do que pedimos já está garantido em lei e não onera os cofres públicos, como é o caso da entrega das carteiras funcionais, em cumprimento ao Estatuto do Desarmamento”, destacou.

Quanto aos auxílios já conquistados pelos servidores, o sindicalista falou da fragilidade do pagamento dos mesmos, pois podem ser retirados pela Administração a qualquer momento. “Somente a incorporação desses auxílios nos vencimentos resolverá o problema e garantirá que o servidor leve esse benefício para a sua aposentadoria”, explicou

“Em compromisso firmado com o Governo em 2011 já havia a ciência do mesmo que haveria a realização da greve com início em 01/10/2011, caso houvesse o descumprimento do acordo. E houve faz tempo, mas a categoria vem sistematicamente e pacientemente pleiteando e se submetendo a novos prazos e desculpas evasivas por parte do secretário de Justiça”, revelou o presidente do Singeperon.

Com o início da greve neste sábado, a visitação de familiares de apenados poderá ser prejudicada. Somente os serviços essenciais serão mantidos nas unidades prisionais e socioeducativas, por exemplo refeições, procedimentos médicos de urgência e emergência. A categoria irá manter os 30% de efetivo, conforme previsto legalmente.

Já o recebimento de presos das delegacias, escoltas aos Fóruns, atendimento a advogado, banho de sol, atividades laborais e escolares serão paralisados, conforme deliberado na Assembleia.

Apoio do Poder Legislativo Em reunião com a Diretoria do Singeperon, realizada no mesmo dia, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, declarou o apoio incondicional aos servidores da Sejus, sendo deflagrada ou não à greve.

“Não votaremos em nenhum projeto de lei que venha a prejudicar o servidor. É política irrenunciável da Assembleia Legislativa a valorização do funcionalismo público”, destacou Hermínio.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 03/08/2015 ás 14:21:00

Coluna da Jussara Gottlieb - Festa comemora os 15 anos do Hospital 9 de Julho de Rondônia

A festa de comemoração foi linda - o clima de amizade e paixão pelo que cada um faz esteve presente em cada sorriso, em cada abraço, em cada aperto de mão - exatamente como uma família!

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 11:14:00

Ex-senadora Fátima Cleide se diz indignada com a prisão do companheiro Dirceu

Para Fátima Cleide, Sérgio Moro é um “juiz sem limites”, que quer “exterminar o PT”, e quem apóia a prisão não passa de "inocente últil".

GERAL | matéria escrita em 03/08/2015 ás 10:57:00

Processo Seletivo 2015 – UNIR divulga edital de 2ª chamada de matrículas para ingresso no 2º semestre

Confira a lista de candidatos convocados na 2ª chamada de matrícula.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 10:32:00

Deputado de RO diz que “Eduardo Cunha é a personificação do diabo na terra”

Neto disse que a reforma política ficará aquém do esperado.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 10:25:00

Esquema de corrupção na Petrobras foi iniciado por José Dirceu, diz PF e MPF

Ao lado de Dirceu, Fernando Moura é apontado pela força-tarefa da Lava Jato como um dos principais “líderes” do esquema de corrupção. Foi ele quem levou o nome de Renato Duque a José Dirceu.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 10:17:00

Luiz Cláudio visita secretária de educação e reivindica ações

Na oportunidade, solicitou à secretária que desenvolvesse ações voltadas para a área rural, uma vez que os filhos dos agricultores precisam de maiores condições ...

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 10:06:00

Ezequiel Junior entrega trator com implemento em Vista Alegre do Abunã

A entrega do trator com implementos aconteceu na ASPRUVAN (Associação dos Produtores Vista Alegre do Abunã).

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 09:55:00

Dr. Neidson discute projetos visando o progresso de Guajará

Em reunião na Sepog, parlamentar afirma que fará o possível para que a cidade volte a se desenvolver.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 09:51:00

Follador defende concessão da 364 e fim da cobrança de IPVA

Deputado afirma não ser justo que a população pague duas vezes por um serviço.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 09:46:00

Grande Loja Maçônica recolhe assinaturas para Ação Popular

Em Rondônia, a campanha "Corrupção Nunca Mais" ainda está restrita aos membros da maçonaria, mas a Comissão formada pela Glomaron para coordenar os trabalhos começa a ampliar seu alcance.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 09:40:00

Expedito Netto parabeniza liberação de crédito para o FIES

Da quantia destinada ao Fies, R$ 4,2 bilhões serão utilizados para concessão de contratos do programa. Para a pós-graduação e educação superior, foram liberados R$ 35,8 milhões.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 03/08/2015 ás 09:34:00

Advogados e servidores da OAB-RO são capacitados para multiplicar o sistema PJe

O Processo Judicial Eletrônico possibilita maior celeridade no andamento dos processos. Isso porque etapas burocráticas existentes na tramitação dos processos físicos nas Varas Estaduais deixarão de ser necessárias.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 03/08/2015 ás 07:32:00

Convênio entre OAB e Caixa Econômica Federal beneficia advogados

A Caixa trabalha em parceria com a Ordem para o desenvolvimento de um sistema informatizado que fará a conferência do cadastro do profissional, simplificando o procedimento.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 03/08/2015 ás 07:28:00

Judiciário retoma julgamento de processos criminais contra a mulher

“A mobilização ajuda a diminuir a sensação de impunidade em relação ao feminicídio. Constatar que os processos relativos à temática da violência contra a mulher têm tido maior julgamento fortalece o sentimento de justiça”...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 03/08/2015 ás 07:25:00

Precatório eletrônico dará transparência para operações com verba pública

Segundo Jaelson Ferreira, do TRF5, o principal objetivo do sistema de precatório online é facilitar o controle dos juízes, dos demais atores do sistema de Justiça e da própria sociedade sobre a requisição de pagamentos expedidas pelo Judiciário.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com