/ geral / greve

19/09/2012 - 08h22min - Atualizado em 19/09/2012 - 08h22min

Greve é deflagrada no Sistema Penitenciário de Rondônia

Em reunião com a Diretoria do Singeperon, realizada no mesmo dia, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, declarou o apoio incondicional aos servidores.

ASCOM - SINGEPERON


Paralisação começa a valer a partir de sábado (22). PCCR, carteira funcional com porte de arma, cumprimento de ordens judiciais em ações já ganhas pelo Singeperon, pagamento de adicionais de insalubridade e periculosidade e melhores condições de trabalho são as principais reivindicações.
Os servidores do Sistema Penitenciário e Socioeducativo de Rondônia deflagraram greve em todo o estado nesta terça-feira (29). A decisão foi tomada por unanimidade em Assembleia Geral Extraordinária realizada na sede Social do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Socioeducadores, Técnicos Penitenciários e Agentes Administrativos Penitenciários do Estado de Rondônia (Singeperon). Com a decisão, a paralisação iniciará de fato no sábado (22), em cumprimento ao prazo legal de 72 horas.

Os filiados disseram um basta ao descaso apresentado pelo Governo Confúcio Moura com os anseios da categoria, no que se refere: ao Plano de Carreiras, Cargos e Remuneração (PCCR), que deveria ser aprovado com prioridade dentre outras categorias do funcionalismo público; entrega da Carteira Funcional com o respectivo porte de arma para os agentes penitenciários, conforme previsão em lei; pagamento do adicional de insalubridade e periculosidade; cumprimento de decisões judiciais em ações já ganhas pelo Singeperon, a exemplo do URV e risco de vida; e melhores condições de trabalho nas unidades prisionais, socioeducativas e órgãos onde existam servidores lotados e exercendo a função.

De acordo com o presidente do Singeperon, Anderson Pereira, a situação da maioria dos presídios e centros socioeducativos de Rondônia é lastimável. “São paredes caindo, coletes de proteção vencidos, depredação do sistema elétrico e hidráulico, viaturas sucateadas, falta de armamento, munição e de pessoal”, revelou.

Na pauta de reivindicações de greve, os filiados exigem também a saída dos secretários da Secretaria de Estado de Justiça, Fernando Oliveira (titular) e Zaqueu Vieira (adjunto), considerando que os mesmos não têm tomado as ações efetivas para garantir os direitos garantidos em lei para os servidores da pasta. Também está previsto na pauta o abono das possíveis faltas advindas da greve, bem como não ser aplicada qualquer sanção ou retaliação de ordem administrativa ou judicial.

Durante a assembleia, Anderson explicou que o diálogo junto ao Governo tem sido pouco efetivo para resolver os problemas dos servidores da Sejus. “Nos reunimos diversas vezes com os secretários no Gabinete, mas somente promessas nos são ditas. Estamos cansados de tanta enrolação. Os servidores e a segurança pública merecem respeito”, disse indignado.

Anderson disse que a situação financeira do estado não é desculpa para o cumprimento das pautas das categorias. “Muito do que pedimos já está garantido em lei e não onera os cofres públicos, como é o caso da entrega das carteiras funcionais, em cumprimento ao Estatuto do Desarmamento”, destacou.

Quanto aos auxílios já conquistados pelos servidores, o sindicalista falou da fragilidade do pagamento dos mesmos, pois podem ser retirados pela Administração a qualquer momento. “Somente a incorporação desses auxílios nos vencimentos resolverá o problema e garantirá que o servidor leve esse benefício para a sua aposentadoria”, explicou

“Em compromisso firmado com o Governo em 2011 já havia a ciência do mesmo que haveria a realização da greve com início em 01/10/2011, caso houvesse o descumprimento do acordo. E houve faz tempo, mas a categoria vem sistematicamente e pacientemente pleiteando e se submetendo a novos prazos e desculpas evasivas por parte do secretário de Justiça”, revelou o presidente do Singeperon.

Com o início da greve neste sábado, a visitação de familiares de apenados poderá ser prejudicada. Somente os serviços essenciais serão mantidos nas unidades prisionais e socioeducativas, por exemplo refeições, procedimentos médicos de urgência e emergência. A categoria irá manter os 30% de efetivo, conforme previsto legalmente.

Já o recebimento de presos das delegacias, escoltas aos Fóruns, atendimento a advogado, banho de sol, atividades laborais e escolares serão paralisados, conforme deliberado na Assembleia.

Apoio do Poder Legislativo Em reunião com a Diretoria do Singeperon, realizada no mesmo dia, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho, declarou o apoio incondicional aos servidores da Sejus, sendo deflagrada ou não à greve.

“Não votaremos em nenhum projeto de lei que venha a prejudicar o servidor. É política irrenunciável da Assembleia Legislativa a valorização do funcionalismo público”, destacou Hermínio.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 18:16:00

Câmara aprova pena maior para crime contra policial; matéria vai ao Senado

O Plenário aprovou nesta quinta-feira projeto que torna crime hediondo o assassinato de policiais, militares das Forças Armadas, entre outros, quando eles estiverem em serviço.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 18:12:00

Caso Naiara volta à pauta com julgamento de acusados

Estupro e assassinato de jovem até hoje não foi esclarecido pela Polícia Civil, que se perdeu no meio das investigações e conseguiu esvaziar o inquérito.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:48:00

Câmara de Porto Velho também pagou diárias para motorista do presidente participar de Seminário de Fortalecimento do Legislativo Municipal da Região Norte

Bengala não foi sozinho. Levou a tiracolo o funcionário que dirige para ele na Câmara. O motorista de Bengala também foi de avião com as despesas pagas pelos contribuintes. Recebeu 2.656,80 em diárias concedidas pelo chefe.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:09:00

Precatórios: 8 vitórias da OAB para a sociedade

Leia abaixo as 8 vitórias para a cidadania conquistadas no julgamento desta quarta-feira (25).

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:08:00

OAB é contra a coincidência de eleições e prorrogação de mandatos

O relator da matéria no Plenário da OAB, conselheiro federal José Luis Wagner, elencou os cinco pontos fundamentais nos quais a Ordem discorda da matéria que tramita no Congresso.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:06:00

Turma afasta contribuição previdenciária sobre abono de 1/3 de férias

Ao recorrer ao TST, a União alegou que as férias gozadas e o adicional constitucional de 1/3 têm natureza salarial e, assim, devem compor a base de cálculo da contribuição previdenciária.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:01:00

Provimento uniformiza registro de regularizações fundiárias urbanas

O provimento mostrou-se necessário com a promulgação da Lei 11.977/2009, que dispõe sobre a regularização fundiária de assentamentos localizados em áreas urbanas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:58:00

Prazo prescricional para rateio de honorários advocatícios é de dez anos

Um advogado ajuizou ação de arbitramento de honorários contra um colega. Requereu o cálculo e o recebimento de parcela referente à divisão proporcional de honorários advocatícios contratuais...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:56:00

Ofendido terá de fornecer URLs se quiser que Google identifique origem de mensagens

O prefeito havia ajuizado ação cautelar com pedido de liminar para que o Google rastreasse e identificasse todos os IPs dos computadores por meio dos quais foram postadas ofensas contra ele em um blog...

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:53:00

Lojas de automóveis terão de informar tributos e situação de regularidade dos veículos

Segundo a lei, deverão constar do contrato de compra e venda informações sobre furto, multas, débitos ou qualquer outro registro que limite ou impeça a circulação do veículo.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:51:00

Sancionada licença-maternidade de seis meses para mulheres militares

De acordo com a lei, a militar terá direito a licença-maternidade de 120 dias, prorrogáveis por mais 60, conforme previsto na Lei 11.770/2008.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:48:00

Ministério da Educação garante renovação de todos os contratos do Fies

A presidente da União Nacional dos Estudantes, Virgínia Barros, cobrou uma solução urgente do governo e relatou o drama dos estudantes que já haviam iniciado o curso.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:46:00

Lei Maria da Penha também pode enquadrar mulher como agressora

Apesar de a Lei Maria da Penha estabelecer que sua proteção independe de orientação sexual, apenas mulheres costumam ser enquadradas como vítimas de violência doméstica e familiar.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 15:51:00

Vereador dá piti porque não saiu na foto; na sua revolta, sobra até para a Associação dos Cornos. ÁUDIO

O vereador lembrou, porém, que chegou a aparecer na foto, só que de forma tão acanhada que ninguém o reconheceria. “Só eu sei que sou eu naquela fotografia”.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 15:28:00

“Governo precisa ter compromisso com municípios de Rondônia”, diz Odacir Soares

Na visão do senador, Estado tem obrigação de criar um Fundo de Financiamento Emergencial de Apoio aos Municípios para todas as cidades que não têm mais como contar só com ajuda da União.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com