/ geral / jp ii

07/06/2013 - 19h20min - Atualizado em 07/06/2013 - 19h20min

Hospital Sírio Libanês ministra curso de especialização através de vídeo transmissão

A cerimônia da abertura nacional do curso de Especialização em Gestão de Emergências no Sistema Único de Saúde (SUS), foi realizada na manhã desta quinta-feira (6).

A cerimônia da abertura nacional do curso de Especialização em Gestão de Emergências no Sistema Único de Saúde (SUS), foi realizada na manhã desta quinta-feira (6), diretamente do Hospital Sírio Libanês de São Paulo, através de vídeo transmissão. A mesa foi composta pelo superintendente Corporativo do Hospital Sírio Libanês, Gonzalo Vecina; secretário de Atenção a Saúde do Ministério da Saúde, Gilson Coleman; coordenadora do Programa S.O.S Emergências, Ana Augusta; e do médico Roberto Padilha do Sírio Libanês, além dos consultores Matriciais do Ministério da Saúde, o médico Gilberto Scarazatti e Altair Massaro que marcaram presença.

Na ocasião o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, saudou os 480 especializandos dos 24 hospitais brasileiro que irão participar do curso, entre eles, os participantes do Núcleo ‘de Acesso a Qualidade Hospitalar (NAQH), do Pronto Socorro João Paulo II, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Serviço de Assistência Multidisciplinar Domiciliar (Samd) e profissionais estratégicos da Rede de Serviços onde se insere o pronto socorro.

O curso é desenvolvido através de uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Hospital Sírio Libanês, como parte do Programa S.O.S Emergências e visa qualificar os profissionais de saúde, para que a prestação dos serviços do SUS seja melhor e o cidadão seja atendido com dignidade. As aulas serão ministradas todas as quintas-feiras e terão a duração de um ano, sendo utilizadas diversas estratégias e utilização de ferramentas de gestão para atenção as emergências do SUS.

O secretario da Sesau, Williames Pimentel, que acompanhou a abertura do evento através de vídeo transmissão no João Paulo II, disse que o governo da cooperação, através da Sesau, está se empenhando para resolver os problemas relacionados ao setor de saúde de forma firme e eficiente. Ele agradeceu o apoio do Ministério da Saúde e a parceria do Hospital Sírio Libanês, que vem modernizar o aprendizado através de capacitações com os hospitais de excelência.

Para a apoiadora local, enfermeira Flávia Vernaschi, uma das estratégias pedagógicas do curso, é a utilização de vídeo conferencia com especialistas nacionalmente renomados, que farão discussões com os alunos, abordando tópicos específicos relacionados à gestão da emergência. “ Esse curso é realizado através das metodologias ativas de ensino aprendizagem, fazendo com que o aluno seja participante ativo da construção do seu conhecimento” explicou.

Texto: Bosco Cardoso
Fonte: Assessoria JP II

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:36:00

Professor acusado de pedofilia tem liminar negada

Um professor de informática acusado de prática de pedofilia contra aluno de 13 anos deve continuar preso preventivamente.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:34:00

Valor do DPVAT será descontado de indenização a idosa que se acidentou em ônibus

O juiz de primeira instância julgou improcedente o pedido de indenização.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:32:00

Defensor público só pode ser designado após esgotamento de tentativas de localizar acusado

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, deferiu pedido de liminar para determinar a realização de diligências para localizar uma mulher acusada de cometer crimes de injúria e difamação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:31:00

Furto de celular em hospital não gera dano moral

O furto de aparelho celular do paciente no interior do hospital onde estava internado não é suficiente para gerar dano moral.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:25:00

Presidente do TJRO apresenta relatório de atividades da presidência no ano de 2016

A maioria das propostas do Plano de Gestão do Biênio 2016-2017 foi cumprida e as demais estão em andamento.

POLíTICA | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:19:00

Desembargador do TJ manda autos para Vilhena e ex-prefeito deve retornar à cidade 

Rover passa a responder a processo em primeira instância.

GERAL | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:14:00

Rondônia participa de debate sobre a erradicação do trabalho escravo no Brasil

Um novo passo foi dado na direção da erradicação do trabalho escravo no Brasil.

GERAL | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:10:00

Seduc abre mais de quatro mil vagas para novos alunos em Ji-Paraná e região

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) abriu 4.321 vagas para novos alunos que desejar estudar na rede pública estadual a partir deste ano.

GERAL | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:04:00

Hospital Infantil Cosme e Damião recebe demanda de postos de saúde

Unidade deveria atender apenas alta complexidade.

GERAL | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:00:00

Estado assume gestão do Museu Histórico de Guajará-Mirim

O governo de Rondônia está reordenando o Museu Histórico de Guajará-Mirim para atendimento ao público. As novas adequações e serviços passarão a funcionar a partir de fevereiro.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com