/ geral / jp ii

07/06/2013 - 19h20min - Atualizado em 07/06/2013 - 19h20min

Hospital Sírio Libanês ministra curso de especialização através de vídeo transmissão

A cerimônia da abertura nacional do curso de Especialização em Gestão de Emergências no Sistema Único de Saúde (SUS), foi realizada na manhã desta quinta-feira (6).

A cerimônia da abertura nacional do curso de Especialização em Gestão de Emergências no Sistema Único de Saúde (SUS), foi realizada na manhã desta quinta-feira (6), diretamente do Hospital Sírio Libanês de São Paulo, através de vídeo transmissão. A mesa foi composta pelo superintendente Corporativo do Hospital Sírio Libanês, Gonzalo Vecina; secretário de Atenção a Saúde do Ministério da Saúde, Gilson Coleman; coordenadora do Programa S.O.S Emergências, Ana Augusta; e do médico Roberto Padilha do Sírio Libanês, além dos consultores Matriciais do Ministério da Saúde, o médico Gilberto Scarazatti e Altair Massaro que marcaram presença.

Na ocasião o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, saudou os 480 especializandos dos 24 hospitais brasileiro que irão participar do curso, entre eles, os participantes do Núcleo ‘de Acesso a Qualidade Hospitalar (NAQH), do Pronto Socorro João Paulo II, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Serviço de Assistência Multidisciplinar Domiciliar (Samd) e profissionais estratégicos da Rede de Serviços onde se insere o pronto socorro.

O curso é desenvolvido através de uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Hospital Sírio Libanês, como parte do Programa S.O.S Emergências e visa qualificar os profissionais de saúde, para que a prestação dos serviços do SUS seja melhor e o cidadão seja atendido com dignidade. As aulas serão ministradas todas as quintas-feiras e terão a duração de um ano, sendo utilizadas diversas estratégias e utilização de ferramentas de gestão para atenção as emergências do SUS.

O secretario da Sesau, Williames Pimentel, que acompanhou a abertura do evento através de vídeo transmissão no João Paulo II, disse que o governo da cooperação, através da Sesau, está se empenhando para resolver os problemas relacionados ao setor de saúde de forma firme e eficiente. Ele agradeceu o apoio do Ministério da Saúde e a parceria do Hospital Sírio Libanês, que vem modernizar o aprendizado através de capacitações com os hospitais de excelência.

Para a apoiadora local, enfermeira Flávia Vernaschi, uma das estratégias pedagógicas do curso, é a utilização de vídeo conferencia com especialistas nacionalmente renomados, que farão discussões com os alunos, abordando tópicos específicos relacionados à gestão da emergência. “ Esse curso é realizado através das metodologias ativas de ensino aprendizagem, fazendo com que o aluno seja participante ativo da construção do seu conhecimento” explicou.

Texto: Bosco Cardoso
Fonte: Assessoria JP II

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 05/03/2015 ás 13:25:00

Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia cassa o mandato do governador Confúcio Moura por compra de votos

Distribuição de comida e guloseimas durante a convenção do PMDB resultou na cassação do mandato de Confúcio Moura e de seu vice, Daniel Pereira (PSB).

POLíTICA | matéria escrita em 05/03/2015 ás 12:23:00

Mosquini quer a liberação dos lagos das usinas para criação de peixes em tanque-rede

O projeto recebeu boa acolhida do ministro Hélder Barbalho, que afirmou que Rondônia é um estado estratégico para a piscicultura nacional, em especial no tocante às criações de tambaqui e pintado.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/03/2015 ás 10:43:00

Corte Especial admite recurso adesivo de quem ganha indenização por dano moral abaixo do valor pedido

O recurso julgado teve origem em ação de indenização por dano moral proposta por vítima de agressão física em uma casa noturna.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/03/2015 ás 10:41:00

Detentor de alvará de pesquisa tem direito a indenização por exploração irregular de jazidas

O particular obteve em 2002 direito à pesquisa de estanho por seis anos em área localizada no município de Ariquemes (RO). Em 2006, o proprietário da terra extraiu ilegalmente toneladas de minério.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/03/2015 ás 10:19:00

OAB/RO realiza I Encontro dos Advogados Públicos de Rondônia nesta sexta (06)

A certificação de 3 horas/aula será realizada pela ESA/RO. Mais informações pelo telefone: 69 3217-4213.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/03/2015 ás 09:31:00

Aprovada em 1º turno aposentadoria compulsória aos 75 para ministros do STF

A mudança, que ainda precisa ser votada em segundo turno, também valerá para ministros dos tribunais superiores e do TCU. Para os demais servidores públicos, dependerá da aprovação posterior...

POLíTICA | matéria escrita em 05/03/2015 ás 09:09:00

Só agora os deputados viram que as estradas estão ruins

Parlamentares não viram sucateamento do DER nos últimos anos.

POLíTICA | matéria escrita em 05/03/2015 ás 09:04:00

Lindomar Garçon comemora reinício das obras dos viadutos da capital

Garçon disse estar satisfeito com o resultado da audiência porque as máquinas do consórcio que ganhou a licitação já estão no local, fazendo com que as promessas do ministro tenham sido cumpridas.

POLíTICA | matéria escrita em 05/03/2015 ás 08:57:00

Luiz Cláudio vai ao Ministério da Pesca em busca de soluções para a piscicultura de Rondônia

Barbalho disse que o parlamentar tratou sobre a retomada da construção de um frigorífico no município de Rolim de Moura para que a produção do pescado seja garantida à população.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com