/ geral / jp ii

07/06/2013 - 19h20min - Atualizado em 07/06/2013 - 19h20min

Hospital Sírio Libanês ministra curso de especialização através de vídeo transmissão

A cerimônia da abertura nacional do curso de Especialização em Gestão de Emergências no Sistema Único de Saúde (SUS), foi realizada na manhã desta quinta-feira (6).

A cerimônia da abertura nacional do curso de Especialização em Gestão de Emergências no Sistema Único de Saúde (SUS), foi realizada na manhã desta quinta-feira (6), diretamente do Hospital Sírio Libanês de São Paulo, através de vídeo transmissão. A mesa foi composta pelo superintendente Corporativo do Hospital Sírio Libanês, Gonzalo Vecina; secretário de Atenção a Saúde do Ministério da Saúde, Gilson Coleman; coordenadora do Programa S.O.S Emergências, Ana Augusta; e do médico Roberto Padilha do Sírio Libanês, além dos consultores Matriciais do Ministério da Saúde, o médico Gilberto Scarazatti e Altair Massaro que marcaram presença.

Na ocasião o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, saudou os 480 especializandos dos 24 hospitais brasileiro que irão participar do curso, entre eles, os participantes do Núcleo ‘de Acesso a Qualidade Hospitalar (NAQH), do Pronto Socorro João Paulo II, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Serviço de Assistência Multidisciplinar Domiciliar (Samd) e profissionais estratégicos da Rede de Serviços onde se insere o pronto socorro.

O curso é desenvolvido através de uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Hospital Sírio Libanês, como parte do Programa S.O.S Emergências e visa qualificar os profissionais de saúde, para que a prestação dos serviços do SUS seja melhor e o cidadão seja atendido com dignidade. As aulas serão ministradas todas as quintas-feiras e terão a duração de um ano, sendo utilizadas diversas estratégias e utilização de ferramentas de gestão para atenção as emergências do SUS.

O secretario da Sesau, Williames Pimentel, que acompanhou a abertura do evento através de vídeo transmissão no João Paulo II, disse que o governo da cooperação, através da Sesau, está se empenhando para resolver os problemas relacionados ao setor de saúde de forma firme e eficiente. Ele agradeceu o apoio do Ministério da Saúde e a parceria do Hospital Sírio Libanês, que vem modernizar o aprendizado através de capacitações com os hospitais de excelência.

Para a apoiadora local, enfermeira Flávia Vernaschi, uma das estratégias pedagógicas do curso, é a utilização de vídeo conferencia com especialistas nacionalmente renomados, que farão discussões com os alunos, abordando tópicos específicos relacionados à gestão da emergência. “ Esse curso é realizado através das metodologias ativas de ensino aprendizagem, fazendo com que o aluno seja participante ativo da construção do seu conhecimento” explicou.

Texto: Bosco Cardoso
Fonte: Assessoria JP II

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 24/07/2014 ás 08:30:00

Transposição: Amir Lando alerta governo federal para uma “enxurrada” de ações judiciais

“Não é possível que o governo não perceba a gravidade jurídica pelo descumprimento à norma fundamental”.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 20:23:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

Coluna - Solidariedade emperra julgamento de Expedito.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 20:15:00

Sem pagamento de Licenças: Confúcio recomenda que servidores viagem

"Isso é muito proveitoso e faz bem à saúde", recomendou o governador, que é médico e candidato à reeleição. Ele fez uma vaga menção quanto ao pagamento dos direitos dos servidores.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 18:10:00

"Bob Marley " quer ser deputado em Rondônia

Bob Marley declarou que pode gastar até R$ 600 mil para tentar conseguir uma das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa de Rondônia.

GERAL | matéria escrita em 23/07/2014 ás 17:38:00

Cremero critica número de vagas abertas pela Sesau para a contratação de profissionais de diversas especialidades médicas

Segundo o presidente do Cremero, Rodrigo Almeida, há apenas uma vaga para as diversas especialidades médicas, que, na verdade, necessitam da contratação de vários profissionais.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 17:29:00

Responsabilidade Fiscal: Relatório do TCE mostra que prefeito de Ouro Preto cometeu dezenas de ilegalidades

O descalabro administrativo na administração municipal de Ouro Preto levou o TCE a determinar apuração da conduta do prefeito, Alex testoni.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/07/2014 ás 16:20:00

Projeto obriga candidato a informar eventual situação de 'ficha suja' na propaganda eleitoral

O autor acrescenta que, já nestas eleições, é possível ver candidatos pedindo votos embora tenham condenação por órgão judicial colegiado.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/07/2014 ás 16:17:00

Novas regras para processos trabalhistas entram em vigor em 60 dias

Entre outras medidas, a lei estabelece regras para a uniformização da jurisprudência no âmbito dos Tribunais Regionais do Trabalho, amplia o poder dos ministros relatores no TST...

GERAL | matéria escrita em 23/07/2014 ás 15:39:00

Associação eleitoreira dos Donadon é condenada a devolver quase R$ 700 mil aos cofres públicos

Segundo apurou o TCE, a fundação recebeu duas vezes pelos mesmos supostos serviços assistencialistas. Embolsou dinheiro federal repassado à Prefeitura de Vilhena e também do Estado.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 14:54:00

Juiz absolve deputada da acusação de propaganda eleitoral antecipada no Facebook

Segundo o juiz, "a propaganda eleitoral extemporânea se configura, segundo jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral, quando estas tem o propósito objetivo de angariar votos".

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com