06/07/2011 - 18h58min - Atualizado em 06/07/2011 - 18h58min

Judiciário não analisa liminar e contrato irregular da empresa ATTPS Informática com o Detran é renovado

A empresa, desde Março/2010, presta ao DETRAN/RO serviços de registro de contratos de financiamento de veículos automotores no Estado. O contrato foi firmado com o prazo inicial de 12 meses, podendo s

A última reunião da AND – Associação Nacional dos Departamentos de Trânsito, o XXXIII Encontro Nacional dos Órgãos Executivos dos Estados e do Distrito Federal, realizado em Goiânia/GO nos dias 29, 30/06 e 01/07, além de eleger o novo presidente da associação, causou espanto com a notícia do DETRAN de Rondônia de que o contrato com a empresa ATTPS INFORMÁTICA S.A foi renovado. 

A empresa, desde Março/2010, presta ao DETRAN/RO serviços de registro de contratos de financiamento de veículos automotores no Estado. O contrato foi firmado com o prazo inicial de 12 meses, podendo ser prorrogado sucessivamente por até 60 meses. 

Nesse caso particular seria prudente, todos esperavam que o DETRAN/RO não renovasse o contrato com a empresa ATTPS INFORMÁTICA S.A, já que os técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE), verificando diversas irregularidades no processo licitatório, já haviam recomendado a responsabilização dos responsáveis e o envio do processo para a Assembléia Legislativa para sustação do contrato. 

Em trecho do relatório, os próprios técnicos do TCE surpreendem-se com tamanha irregularidade:
“Em outras palavras, grosso modo, o Detran atestou para si mesmo que a empresa desempenhou satisfatoriamente as atividades compatíveis com o objeto da licitação. 

Infere-se, portanto, ante as inúmeras ilegalidades apontadas no presente relatório que o Detran tinha firme propósito de contratar empresa com a qual já possuía robustos vínculos: attps Informática S.A.” 

Além do Tribunal de Contas, a qualquer momento pode sair decisão judicial determinando a sustação do contrato. É que além da denúncia no TCE, também foi ajuizada Ação popular visando anular a licitação que resultou na contratação da empresa ATTPS INFORMÁTICA S.A, em razão das inúmeras irregularidades do processo licitatório. 

Absurdamente o pedido liminar formulado na Ação Popular, apesar de urgente, ainda não foi analisado, pendente de julgamento desde Maio/2010, quando a ação foi distribuída. 

Sinceramente o cidadão rondoniense espera que o Judiciário Estadual não se quede inerte diante de tantas ilegalidades apontadas na ação judicial, ou que ao menos se manifeste sobre o pedido liminar apresentado na ação popular, que aponta, dentre outros vícios, o que mais chama atenção são os flagrantes indícios de direcionamento e, portanto, ilegalidade da licitação com a contratação da empresa Attps Informática S.A., indicando, inclusive, envolvimento de funcionários do DETRAN nas irregularidades. 

Se o DETRAN não respeita o princípio da moralidade administrativa, pois renovou contrato completamente ilegal, não pode se quedar inerte o Judiciário, pois foi provocado a se manifestar há mais de UM ANO. 

O prejuízo ao Erário e à população com a manutenção do contrato ilegal é enorme. É indispensável que o Poder Judiciário, por meio do Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Porto Velho - RO, onde tramita a Ação Popular Processo nº: 009922-30.2010.8.22.0001, se manifeste com urgência sobre o pedido liminar formulado naqueles autos, para suspensão imediata do processo licitatório que resultou na contratação da empresa ATTPS INFORMÁTICA S.A., ou continuarão as ilegalidades e o prejuízo à população que adquire veículos financiados. 

Fonte: Rondoniadinamica.com

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:48:00

Assembleia abre período de sessões extraordinárias e Hermínio Coelho alerta servidores para projetos polêmicos

"...porque estão aqui verdadeiras maldades contra o funcionalismo público. Esse governo já tirou dinheiro de todos os cantos e, agora, quer mexer nos fundos para manuseá-los da maneira como quise".

POLíTICA | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:46:00

Uso de carro oficial fora do expediente normal constitui ato de improbidade administrativa

Valdemir Caldas

GERAL | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:43:00

Programa “Adote uma Praça” é apresentado à Câmara de Dirigentes Lojistas

O presidente da CDL, Edson Gazoni, elogiou o Adote uma Praça e reconheceu a necessidade de iniciativas como essa serem adotadas na cidade.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:41:00

STJ atende OAB e federaliza crime contra os direitos humanos

Pela terceira vez na história o STJ aceita o Incidente de Deslocamento de Competência em casos envolvendo direitos humanos.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:39:00

Novas sociedades de advogados podem solicitar o Simples na inscrição

As novas sociedades não precisam se preocupar com os prazos para as sociedades já existentes.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:28:00

CNJ acolhe pedido da OAB e assegura férias dos advogados

O presidente do CNJ, Ricardo Lewandowski, divergindo do relator, votou pelas férias aos advogados.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:26:00

Novo CPC é aprovado pelo Senado e assegura conquistas para a advocacia

Dentre os principais pontos constantes no texto aprovado está o fim da compensação de honorários, a sua percepção pela pessoa jurídica e os honorários recursais.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:24:00

Tribunais têm autonomia para suspender prazos processuais, decide CNJ

A discussão foi motivada pela adoção da suspensão de prazos em diversos tribunais durante o mês de janeiro.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:21:00

Senado mantém aplicação supletiva e subsidiária do novo CPC ao processo trabalhista

"O artigo em referência retiraria a autonomia do direito processual do trabalho, colocando em cheque a aplicabilidade daquela legislação", defendeu.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:15:00

TJRO supera meta do CNJ na instalação do PJe

Com 27,5% das comarcas instaladas, o TJRO também cumpriu o cronograma preestabelecido para 2014, definido pelo Comitê Estadual do PJe.

POLíTICA | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:07:00

Mantida condenação de acusados por escândalo de passagens na Assembleia de Rondônia

Na época, Silvernani era presidente da Assembleia Legislativa e Moreira Mendes atuava na procuradoria daquela casa, razão pela qual não poderia ser sócio da empresa de turismo.

GERAL | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:04:00

MPF participa de encontro técnico sobre Pré-Cheia 2015, no Sipam

No evento, foi apresentado o boletim técnico que relata as questões climáticas da Amazônia Legal. O procurador da República Raphael Bevilaqua representou o MPF no encontro.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:03:00

2ª Turma reafirma que delação anônima pode legitimar procedimento penal

No recurso, o condenado, flagrado com 1,6 gramas de maconha, alegava que a investigação seria ilegal por ser deflagrada com base apenas em denúncia anônima.

POLíTICA | matéria escrita em 17/12/2014 ás 16:49:00

Vereador pede a população de Abunã para que escolha o local de reassentamento

O vereador destacou a importância da população definir as áreas que poderão atender e respeitar a história e os costumes da localidade.

GERAL | matéria escrita em 17/12/2014 ás 16:44:00

Prazo de entrega da DCTF vence nesta sexta-feira, 19

Empresas que perderem o prazo não podem emitir certidão negativa de débitos.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com