06/07/2011 - 18h58min - Atualizado em 06/07/2011 - 18h58min

Judiciário não analisa liminar e contrato irregular da empresa ATTPS Informática com o Detran é renovado

A empresa, desde Março/2010, presta ao DETRAN/RO serviços de registro de contratos de financiamento de veículos automotores no Estado. O contrato foi firmado com o prazo inicial de 12 meses, podendo s

A última reunião da AND – Associação Nacional dos Departamentos de Trânsito, o XXXIII Encontro Nacional dos Órgãos Executivos dos Estados e do Distrito Federal, realizado em Goiânia/GO nos dias 29, 30/06 e 01/07, além de eleger o novo presidente da associação, causou espanto com a notícia do DETRAN de Rondônia de que o contrato com a empresa ATTPS INFORMÁTICA S.A foi renovado. 

A empresa, desde Março/2010, presta ao DETRAN/RO serviços de registro de contratos de financiamento de veículos automotores no Estado. O contrato foi firmado com o prazo inicial de 12 meses, podendo ser prorrogado sucessivamente por até 60 meses. 

Nesse caso particular seria prudente, todos esperavam que o DETRAN/RO não renovasse o contrato com a empresa ATTPS INFORMÁTICA S.A, já que os técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE), verificando diversas irregularidades no processo licitatório, já haviam recomendado a responsabilização dos responsáveis e o envio do processo para a Assembléia Legislativa para sustação do contrato. 

Em trecho do relatório, os próprios técnicos do TCE surpreendem-se com tamanha irregularidade:
“Em outras palavras, grosso modo, o Detran atestou para si mesmo que a empresa desempenhou satisfatoriamente as atividades compatíveis com o objeto da licitação. 

Infere-se, portanto, ante as inúmeras ilegalidades apontadas no presente relatório que o Detran tinha firme propósito de contratar empresa com a qual já possuía robustos vínculos: attps Informática S.A.” 

Além do Tribunal de Contas, a qualquer momento pode sair decisão judicial determinando a sustação do contrato. É que além da denúncia no TCE, também foi ajuizada Ação popular visando anular a licitação que resultou na contratação da empresa ATTPS INFORMÁTICA S.A, em razão das inúmeras irregularidades do processo licitatório. 

Absurdamente o pedido liminar formulado na Ação Popular, apesar de urgente, ainda não foi analisado, pendente de julgamento desde Maio/2010, quando a ação foi distribuída. 

Sinceramente o cidadão rondoniense espera que o Judiciário Estadual não se quede inerte diante de tantas ilegalidades apontadas na ação judicial, ou que ao menos se manifeste sobre o pedido liminar apresentado na ação popular, que aponta, dentre outros vícios, o que mais chama atenção são os flagrantes indícios de direcionamento e, portanto, ilegalidade da licitação com a contratação da empresa Attps Informática S.A., indicando, inclusive, envolvimento de funcionários do DETRAN nas irregularidades. 

Se o DETRAN não respeita o princípio da moralidade administrativa, pois renovou contrato completamente ilegal, não pode se quedar inerte o Judiciário, pois foi provocado a se manifestar há mais de UM ANO. 

O prejuízo ao Erário e à população com a manutenção do contrato ilegal é enorme. É indispensável que o Poder Judiciário, por meio do Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Porto Velho - RO, onde tramita a Ação Popular Processo nº: 009922-30.2010.8.22.0001, se manifeste com urgência sobre o pedido liminar formulado naqueles autos, para suspensão imediata do processo licitatório que resultou na contratação da empresa ATTPS INFORMÁTICA S.A., ou continuarão as ilegalidades e o prejuízo à população que adquire veículos financiados. 

Fonte: Rondoniadinamica.com

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/05/2016 ás 09:07:00

Encontro de Direito Médico de Rondônia debate judicialização da medicina

A contribuição primordial do VI Encontro de Direito Médico de Rondônia é a abertura de temas para discussão.

POLíTICA | matéria escrita em 01/05/2016 ás 08:57:00

PMDB define pré-candidatura à Prefeitura de Ariquemes

Diretório municipal do partido faz opção pelo nome de Thiago Flores.

POLíTICA | matéria escrita em 01/05/2016 ás 08:54:00

Voto facultativo - Pedro Cardoso da Costa

Pior do que isso é a discussão a respeito da obrigatoriedade ou não do voto. O argumento dos defensores da obrigatoriedade limita-se e se esgota na tese de que o brasileiro não sabe votar e é desinteressado pela política.

POLíTICA | matéria escrita em 01/05/2016 ás 08:52:00

CIMCERO – Experiência arriscada?

Valdemir Caldas

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/05/2016 ás 08:35:00

Juiz do TJMA que mandou prender funcionários da TAM é afastado pelo CNJ

Para a corregedora, em todos os casos há fortes indícios de que o magistrado teria agido com abuso de autoridade ao determinar prisões arbitrárias, além de ser suspeito de ter cometido apropriação indébita de um lote de gado.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/05/2016 ás 08:29:00

Assembleias e câmaras têm capacidade processual limitada à defesa institucional

Para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), como as casas legislativas são órgãos integrantes de entes políticos, possuem capacidade processual limitada, podendo atuar apenas na defesa de interesses estritamente institucionais.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/05/2016 ás 08:27:00

Pesquisa Pronta traz princípio da insignificância nos atos de improbidade

Ele verificou que, para condenar os agentes, o tribunal de segundo grau considerara apenas o dolo genérico, com o argumento de que a aplicação de recursos públicos em obras e eventos religiosos viola a laicidade estatal.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/05/2016 ás 08:25:00

Justiça estadual deve julgar delito de apropriação ilegal de sinal de TV a cabo

O ministro relator do conflito, Joel Ilan Paciornik, destacou o ineditismo da demanda, sem precedentes no STJ.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/05/2016 ás 08:23:00

Combate à corrupção está entre os temas preferidos por juízes para cursos

Essa foi a constatação da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) por ocasião da pesquisa realizada com a magistratura nacional sobre suas demandas por ações educacionais.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/05/2016 ás 07:41:00

STJ define tese em repetitivo sobre inscrição em cadastro de inadimplentes

A decisão no repetitivo (tema 922) deverá embasar julgamentos em recursos semelhantes na Justiça brasileira.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/05/2016 ás 07:38:00

É válido acordo judicial em execução de alimentos sem a presença do advogado

O colegiado entendeu, mantendo o que decidido pelo TJSP, ser indiscutível a capacidade e a legitimidade do alimentante para transacionar, independentemente da presença de seu advogado no momento da realização do ato.

POLíCIA | matéria escrita em 30/04/2016 ás 20:00:00

Mecânico e roqueiro Heavy Nei é assassinado a tiros na capital

Ele foi morto no início da noite deste sábado em um bar da Zona Leste de Porto Velho.

POLíTICA | matéria escrita em 30/04/2016 ás 11:39:00

Raupp discute em Ariquemes importância da modernização agrícola

Segundo o senador, a tecnologia proporciona produção com melhor qualidade, em maior quantidade e área menor.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/04/2016 ás 11:14:00

Após novo requerimento da OAB, MEC analisará a retirada de cursos técnicos jurídicos do catálogo nacional

A decisão foi tomada em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (28), na sede do Ministério da Educação.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com