20/01/2014 - 08h48min - Atualizado em 20/01/2014 - 08h48min

Mantido sequestro de valores do Estado de Rondônia para tratamento de saúde

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido .

A Justiça rondoniense, por meio do desembargador Eurico Montenegro Júnior, que compõe a 1ª Câmara Especial do TJRO, negou provimento ao agravo de instrumento interposto pelo Estado de Rondônia, no qual se pretendia suspender o sequestro de R$ 22.554,17 e R$ 304,17, que servirão para custear o fornecimento de passagens de ida e volta a uma paciente, para fins de tratamento de saúde, e seu acompanhante, além da ajuda de custo. O despacho foi publicado no Diário da Justiça desta sexta-feira, 17 de janeiro de 2014.

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido sem a sua oitiva ou sem que lhe fosse permitido providenciar o solicitado. Além disso, sustentou a impossibilidade da adoção da medida quando não demonstrado o descumprimento da ordem judicial.

Em seu despacho, o desembargador Eurico Montenegro disse que não existem motivos para autorizar a suspensão da decisão, pois o direito à saúde é um direito fundamental, além de ser dever do Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. De acordo com o decano do TJRO, em 4 de setembro de 2013, o Juízo em questão deferiu medida liminar para que o agravante, em até 10 dias, providenciasse a realização do procedimento adequado, adotando as providências necessárias, inclusive tratamento fora do domicílio, sob pena de bloqueio de valores do Estado, sem prejuízo da adoção de outras medidas. Como não houve o cumprimento daquilo que foi determinado, o sequestro foi efetuado em 12 de novembro de 2013.

Dito isso, Eurico Montenegro pontuou ainda que, em prol de um bem maior que é a vida, "tenho por relevantes os motivos apresentados pelo Juiz, em razão do estado de necessidade do impetrante, que é portadora Arritmia Complexa Sintomática e necessita urgente de fazer o exame Estudo Eletrofisiológico (EEF), devido a extensão e gravidade da doença, sob o risco de síncope e óbito".


Agravo de instrumento n. 0000210-77.2014.8.22.0000

Assessoria de Comunicação Institucional

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 04/05/2016 ás 12:55:00

CNJ investiga se juiz que bloqueou WhatsApp cometeu abuso de autoridade

A corregedora nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi, instaurou uma reclamação disciplinar contra o juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto (SE), que determinou o bloqueio do aplicativo WhatsApp...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 04/05/2016 ás 12:42:00

Mantida nulidade de justa causa de empregada que permitiu que seu ponto fosse registrado por colega

A empregada foi demitida em julho de 2014, após cinco meses de emprego. Para a empresa de engenharia, a trabalhadora fraudou por meio de terceiros a marcação de seu cartão de ponto...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 04/05/2016 ás 12:38:00

Empresa pagará diferenças por reduzir salário de autônomo após formalização do vínculo de emprego

A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve decisão que reconheceu o vínculo de emprego no período de trabalho autônomo, comprovando a redução salarial após a formalização.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 04/05/2016 ás 12:28:00

Motorista que teve acesso proibido à CSN por mau uso de banheiro é indenizado

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve decisão que reconheceu o direito à indenização de R$ 20 mil a um motorista de caminhão proibido de ter acesso à Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) por mais de três anos, por mau uso de banheiro.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 04/05/2016 ás 12:22:00

Gestante não perde estabilidade por recusar transferência após término de contrato de prestação de serviço

A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o direito à estabilidade de uma gestante que recusou a transferência de Mogi das Cruzes para São José dos Campos (SP), a 65 km de distância...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 04/05/2016 ás 12:16:00

Turma suspende penhora de carro de ex-cônjuge que ainda mora com sócia de empresa agrícola

Embora sob o pretexto de que o casal ainda morava no mesmo endereço residencial mesmo após a separação judicial, foi desconstituído pela Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 04/05/2016 ás 12:07:00

Comarca de Pimenta Bueno terá quatro julgamentos do Tribunal do Júri em maio

As sessões são abertas ao público, com início às 8h, no plenário do Fórum Ministro Hermes Lima.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 04/05/2016 ás 08:18:00

Mantidas condenações de homens que algemaram e roubaram agente dentro de presídio

Mediante grave ameaça, os réus roubaram um revolver calibre 38 e cinco cartuchos pertencentes ao Estado de Rondônia; mais uma motocicleta e um relógio de pulso de propriedade do agente penitenciário e empreenderam fuga do local.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 03/05/2016 ás 14:06:00

Justiça manda liberar WhatsApp em todo o país

A liberação do serviço depende agora das operadoras de telefonia, que devem ser notificadas da decisão.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 03/05/2016 ás 12:42:00

Atuação do Tribunal de Contas na Saúde será tema debatido no VI Encontro de Direito Médico de Rondônia

Com o tema “A atuação do Tribunal de Contas e a governança na Saúde”, a palestra acontece nesta sexta-feira, 6 de maio, no auditório do Tribunal de Justiça de Rondônia, em Porto Velho.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2014 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com