20/01/2014 - 08h48min - Atualizado em 20/01/2014 - 08h48min

Mantido sequestro de valores do Estado de Rondônia para tratamento de saúde

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido .

A Justiça rondoniense, por meio do desembargador Eurico Montenegro Júnior, que compõe a 1ª Câmara Especial do TJRO, negou provimento ao agravo de instrumento interposto pelo Estado de Rondônia, no qual se pretendia suspender o sequestro de R$ 22.554,17 e R$ 304,17, que servirão para custear o fornecimento de passagens de ida e volta a uma paciente, para fins de tratamento de saúde, e seu acompanhante, além da ajuda de custo. O despacho foi publicado no Diário da Justiça desta sexta-feira, 17 de janeiro de 2014.

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido sem a sua oitiva ou sem que lhe fosse permitido providenciar o solicitado. Além disso, sustentou a impossibilidade da adoção da medida quando não demonstrado o descumprimento da ordem judicial.

Em seu despacho, o desembargador Eurico Montenegro disse que não existem motivos para autorizar a suspensão da decisão, pois o direito à saúde é um direito fundamental, além de ser dever do Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. De acordo com o decano do TJRO, em 4 de setembro de 2013, o Juízo em questão deferiu medida liminar para que o agravante, em até 10 dias, providenciasse a realização do procedimento adequado, adotando as providências necessárias, inclusive tratamento fora do domicílio, sob pena de bloqueio de valores do Estado, sem prejuízo da adoção de outras medidas. Como não houve o cumprimento daquilo que foi determinado, o sequestro foi efetuado em 12 de novembro de 2013.

Dito isso, Eurico Montenegro pontuou ainda que, em prol de um bem maior que é a vida, "tenho por relevantes os motivos apresentados pelo Juiz, em razão do estado de necessidade do impetrante, que é portadora Arritmia Complexa Sintomática e necessita urgente de fazer o exame Estudo Eletrofisiológico (EEF), devido a extensão e gravidade da doença, sob o risco de síncope e óbito".


Agravo de instrumento n. 0000210-77.2014.8.22.0000

Assessoria de Comunicação Institucional

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/12/2014 ás 11:11:00

Réu que acusou magistrado de já estar com sentença pronta contra ele não consegue suspender ação penal

Em audiência na Vara de Tóxicos ,Da Gata teria ofendido o juiz Arlen José Silva ao afirmar “que ele é amigo pessoal do governador, que ele estava comprado, que a sentença já estava pronta”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/12/2014 ás 10:17:00

Rondônia: Judiciário reintegra família separada há 27 anos

Após buscas por irmã, homem encontra sobrinha vivendo num abrigo em São Paulo; guarda foi concedida pela Justiça de Rondônia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/12/2014 ás 09:44:00

Suspenso julgamento sobre paridade no pagamento de pensão por morte

No RE, os recorrentes sustentam a impossibilidade de se estender aos pensionistas os aumentos concedidos aos servidores da ativa (paridade) .

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/12/2014 ás 18:58:00

CNJ ouve OAB na construção do novo PJe

Marcus Vinicius exaltou a iniciativa, que marca o momento de diálogo entre a OAB e o CNJ.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/12/2014 ás 18:05:00

MP recomenda exoneração de servidora condenada por crime contra administração pública dos quadros do Município de Ji-Paraná

Atualmente, a servidora está condenada criminalmente, com trânsito em julgado.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/12/2014 ás 17:52:00

Ministério Público do Trabalho acompanha o Judiciário e funcionará em regime de Plantão durante recesso forense

No período de Plantão estão escalados servidores e Procuradores do Trabalho, na modalidade de sobreaviso, para atender os casos em que a Lei estabelece como urgência.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/12/2014 ás 12:48:00

Poder Judiciário de Rondônia atende em regime plantão a partir do dia 20

Durante o período de recesso forense, ficam suspensos os prazos processuais, inclusive nos Juizados Especiais e na Turma Recursal, exceto em relação à matéria criminal.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/12/2014 ás 12:39:00

TJ atende OAB/RO e suspende prazos processuais de 7 a 16 de janeiro

Suspensão de prazos garante férias aos advogados de Rondônia, um dos maiores anseios da classe.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/12/2014 ás 12:28:00

Turma mantém valor de indenização a empregado destratado ao retornar do velório de colega

Mesmo liberado pela chefia para comparecer, ouviu do supervisor que "não valia o salário que recebia e que seu trabalho não tinha nenhum valor para a empresa".

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/12/2014 ás 11:54:00

Juízes devem emitir sentenças por ordem cronológica com novo CPC

A sequência cronológica tem como objetivo evitar que interesses externos possam influenciar a ordem dos julgamentos.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2014 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com