20/01/2014 - 08h48min - Atualizado em 20/01/2014 - 08h48min

Mantido sequestro de valores do Estado de Rondônia para tratamento de saúde

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido .

A Justiça rondoniense, por meio do desembargador Eurico Montenegro Júnior, que compõe a 1ª Câmara Especial do TJRO, negou provimento ao agravo de instrumento interposto pelo Estado de Rondônia, no qual se pretendia suspender o sequestro de R$ 22.554,17 e R$ 304,17, que servirão para custear o fornecimento de passagens de ida e volta a uma paciente, para fins de tratamento de saúde, e seu acompanhante, além da ajuda de custo. O despacho foi publicado no Diário da Justiça desta sexta-feira, 17 de janeiro de 2014.

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido sem a sua oitiva ou sem que lhe fosse permitido providenciar o solicitado. Além disso, sustentou a impossibilidade da adoção da medida quando não demonstrado o descumprimento da ordem judicial.

Em seu despacho, o desembargador Eurico Montenegro disse que não existem motivos para autorizar a suspensão da decisão, pois o direito à saúde é um direito fundamental, além de ser dever do Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. De acordo com o decano do TJRO, em 4 de setembro de 2013, o Juízo em questão deferiu medida liminar para que o agravante, em até 10 dias, providenciasse a realização do procedimento adequado, adotando as providências necessárias, inclusive tratamento fora do domicílio, sob pena de bloqueio de valores do Estado, sem prejuízo da adoção de outras medidas. Como não houve o cumprimento daquilo que foi determinado, o sequestro foi efetuado em 12 de novembro de 2013.

Dito isso, Eurico Montenegro pontuou ainda que, em prol de um bem maior que é a vida, "tenho por relevantes os motivos apresentados pelo Juiz, em razão do estado de necessidade do impetrante, que é portadora Arritmia Complexa Sintomática e necessita urgente de fazer o exame Estudo Eletrofisiológico (EEF), devido a extensão e gravidade da doença, sob o risco de síncope e óbito".


Agravo de instrumento n. 0000210-77.2014.8.22.0000

Assessoria de Comunicação Institucional

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/03/2015 ás 19:14:00

Prerrogativas: Projeto contra violações é apresentado no Senado

Por Andrey Cavalcante

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/03/2015 ás 11:27:00

Falsificador de CD e DVD não consegue redução de pena no Tribunal de Justiça de Rondônia

Para o relator, ainda de acordo com a decisão colegiada, embora exista uma aceitação popular da “pirataria” de CDs e DVDs, com certa tolerância das autoridades públicas, essa prática não escapa à sansão penal.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/03/2015 ás 10:35:00

Mulher que matou ex-amásio não consegue absolvição no TJRO

Ela foi condenada pelo Tribunal do Júri e recorreu da decisão.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/03/2015 ás 10:34:00

Novo CPC otimizará a atividade de Defensores Públicos (Art. 186, §2º)

Por Carlos Eduardo Rios do Amaral

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/03/2015 ás 10:20:00

Mandante da execução de advogado no Pará é condenado a 20 anos

A sentença definida pelo júri foi de 20 anos de reclusão a José Maria, em função da tipificação como homicídio duplamente qualificado já que houve contratação e pagamento a alguém para realizar a execução.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/03/2015 ás 10:18:00

Constituição veda antecipação de pena, defende OAB

Qualquer proposta que vá nesse sentido atinge uma cláusula pétrea da Constituição Federal, que em seu art. 5º, inciso 57, afirma que “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença..."

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 31/03/2015 ás 10:04:00

Judiciário Estadual não terá expediente nos dias 2 e 3 de abril

O plantão judiciário funcionará normalmente para os casos considerados urgentes .

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/03/2015 ás 10:17:00

Ex-prefeito e mais 10 ex-servidores são condenados por farra de combustível

Conforme relatório do TCE/RO, as irregularidades são relativas ao abastecimento da frota oficial e de veículos não identificados.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/03/2015 ás 09:18:00

Da intervenção obrigatória da Defensoria Pública nas ações possessórias (Art. 554, §1º, do NCPC)

Por Carlos Eduardo Rios do Amaral

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/03/2015 ás 09:06:00

Proteção da mulher vítima de violência doméstica no NCPC/2015

Por Carlos Eduardo Rios do Amaral

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2014 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com