20/01/2014 - 08h48min - Atualizado em 20/01/2014 - 08h48min

Mantido sequestro de valores do Estado de Rondônia para tratamento de saúde

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido .

A Justiça rondoniense, por meio do desembargador Eurico Montenegro Júnior, que compõe a 1ª Câmara Especial do TJRO, negou provimento ao agravo de instrumento interposto pelo Estado de Rondônia, no qual se pretendia suspender o sequestro de R$ 22.554,17 e R$ 304,17, que servirão para custear o fornecimento de passagens de ida e volta a uma paciente, para fins de tratamento de saúde, e seu acompanhante, além da ajuda de custo. O despacho foi publicado no Diário da Justiça desta sexta-feira, 17 de janeiro de 2014.

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido sem a sua oitiva ou sem que lhe fosse permitido providenciar o solicitado. Além disso, sustentou a impossibilidade da adoção da medida quando não demonstrado o descumprimento da ordem judicial.

Em seu despacho, o desembargador Eurico Montenegro disse que não existem motivos para autorizar a suspensão da decisão, pois o direito à saúde é um direito fundamental, além de ser dever do Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. De acordo com o decano do TJRO, em 4 de setembro de 2013, o Juízo em questão deferiu medida liminar para que o agravante, em até 10 dias, providenciasse a realização do procedimento adequado, adotando as providências necessárias, inclusive tratamento fora do domicílio, sob pena de bloqueio de valores do Estado, sem prejuízo da adoção de outras medidas. Como não houve o cumprimento daquilo que foi determinado, o sequestro foi efetuado em 12 de novembro de 2013.

Dito isso, Eurico Montenegro pontuou ainda que, em prol de um bem maior que é a vida, "tenho por relevantes os motivos apresentados pelo Juiz, em razão do estado de necessidade do impetrante, que é portadora Arritmia Complexa Sintomática e necessita urgente de fazer o exame Estudo Eletrofisiológico (EEF), devido a extensão e gravidade da doença, sob o risco de síncope e óbito".


Agravo de instrumento n. 0000210-77.2014.8.22.0000

Assessoria de Comunicação Institucional

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2016 ás 10:22:00

OAB/RO lança ‘Comitê de Combate ao Caixa 2 e à Corrupção Eleitoral’, com a presença de candidatos

A iniciativa visa intensificar a valorização do voto livre e pelo exercício de votar com sentido de responsabilidade social.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2016 ás 10:12:00

TJ apresenta na Fiero sua nova ferramenta de solução de conflitos

‘Resolva Aqui’ é um canal disponibilizado pelo Tribunal de Justiça que reduz o tempo de resolução de conflitos entre empresas e o consumidor.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2016 ás 09:41:00

Vídeo: Mutirão fiscal já passou, mas a dívida pode ser negociada até 31 de outubro

Porém quem não teve tempo de ir ate a Ello eventos, ainda tem chance, pois a negociação das dívidas com o fisco estadual continuará pela internet...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2016 ás 09:15:00

Justiça do Trabalho em Ariquemes promove campanha para ajudar pacientes com câncer

As doações serão recebidas até 25 de novembro de 2016, no Fórum Trabalhista de Ariquemes...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2016 ás 08:56:00

Novo Desembargador do Trabalho é empossado no TRT da 14ª Região

O ato de posse contou com o ineditismo de ser a primeira posse de um Desembargador por meio eletrônico videoconferência, e com assinatura eletrônica...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/08/2016 ás 15:04:00

Assembleia e governo estadual não devem legalizar garimpo no rio Madeira, recomendam MPF e MP/RO

Recomendação também é para que Decreto Legislativo nº 66 seja cancelado imediatamente.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/08/2016 ás 12:48:00

Condenado por estupro de vulnerável não teve absolvição no TJRO

O réu era padrinho de uma das vítimas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/08/2016 ás 11:07:00

OAB ajuizará Ação Direta de Inconstitucionalidade contra aumento de custas judiciais aprovado pela Assembleia

Infelizmente, nossos alertas não foram ouvidos e agora teremos que utilizar a legitimidade constitucional da entidade por via do manejo de Adin, disse o presidente da Seccional, Andrey Cavalcante.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/08/2016 ás 10:50:00

Publicada resolução sobre aproveitamento de candidatos aprovados em magistratura em outros TRTs

A nova regra é válida para aqueles concursos onde os prazos de validade ainda estejam em vigor.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/08/2016 ás 10:41:00

STJ reconhece validade da corretagem de imóvel, mas declara taxa Sati abusiva

A taxa Sati é o valor cobrado pelas construtoras com base em 0,8% sobre o preço do imóvel novo adquirido pelo consumidor.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2014 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com