20/01/2014 - 08h48min - Atualizado em 20/01/2014 - 08h48min

Mantido sequestro de valores do Estado de Rondônia para tratamento de saúde

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido .

A Justiça rondoniense, por meio do desembargador Eurico Montenegro Júnior, que compõe a 1ª Câmara Especial do TJRO, negou provimento ao agravo de instrumento interposto pelo Estado de Rondônia, no qual se pretendia suspender o sequestro de R$ 22.554,17 e R$ 304,17, que servirão para custear o fornecimento de passagens de ida e volta a uma paciente, para fins de tratamento de saúde, e seu acompanhante, além da ajuda de custo. O despacho foi publicado no Diário da Justiça desta sexta-feira, 17 de janeiro de 2014.

O agravante (Estado) pediu a suspensão da liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da comarca de Espigão do Oeste/RO, sob o argumento de que o sequestro não poderia ter sido deferido sem a sua oitiva ou sem que lhe fosse permitido providenciar o solicitado. Além disso, sustentou a impossibilidade da adoção da medida quando não demonstrado o descumprimento da ordem judicial.

Em seu despacho, o desembargador Eurico Montenegro disse que não existem motivos para autorizar a suspensão da decisão, pois o direito à saúde é um direito fundamental, além de ser dever do Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. De acordo com o decano do TJRO, em 4 de setembro de 2013, o Juízo em questão deferiu medida liminar para que o agravante, em até 10 dias, providenciasse a realização do procedimento adequado, adotando as providências necessárias, inclusive tratamento fora do domicílio, sob pena de bloqueio de valores do Estado, sem prejuízo da adoção de outras medidas. Como não houve o cumprimento daquilo que foi determinado, o sequestro foi efetuado em 12 de novembro de 2013.

Dito isso, Eurico Montenegro pontuou ainda que, em prol de um bem maior que é a vida, "tenho por relevantes os motivos apresentados pelo Juiz, em razão do estado de necessidade do impetrante, que é portadora Arritmia Complexa Sintomática e necessita urgente de fazer o exame Estudo Eletrofisiológico (EEF), devido a extensão e gravidade da doença, sob o risco de síncope e óbito".


Agravo de instrumento n. 0000210-77.2014.8.22.0000

Assessoria de Comunicação Institucional

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/01/2015 ás 17:19:00

Defesa de Cerveró pede substituição de Dilma como testemunha

A defesa de Cerveró arrolou oito testemunhas de defesa na ação penal em que o ex-diretor é acusado de receber propina para facilitar a compra de sondas de perfuração.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/01/2015 ás 15:19:00

1ª Câmara Especial do TJRO mantém a pena de ex-presidente da Assembleia Legislativa

Nenhum dos 25 réus foi absolvido e as penas decretadas variam entre dois anos e seis meses a 19 anos e um mês de prisão.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/01/2015 ás 11:32:00

Rondônia: Gestantes demitidas pedem reintegração, mas Justiça do Trabalho dá respostas diferentes

Antônia Pereira Mathias, que comprovou no processo estar grávida de sete semanas e dois dias, conseguiu reverter a demissão e retornar à função.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/01/2015 ás 09:18:00

OAB/RO integra Comissão de Direito Empresarial do Conselho Federal

Andrey Cavalcante destaca que Raimundo de Alencar Magalhães é um profissional íntegro e competente, que contribuirá muito com os trabalhos da Comissão.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/01/2015 ás 09:13:00

Valter Araújo pode voltar à prisão

Contra o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia ainda persiste uma ordem de prisão pelo crime de peculato.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2015 ás 12:21:00

Mais quatro envolvidos em fraude no exame da OAB/GO são condenados a devolver carteira

Candidatos chegaram a pagar até R$ 10 mil pela aprovação fraudulenta.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2015 ás 12:18:00

Justiça: Ouvidoria realizou mais de 2 mil atendimentos no ano de 2014

A Ouvidoria é um setor subordinado à Presidência do TJRO e funciona como um canal aberto ao cidadão.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2015 ás 12:17:00

Mais de 280 processos foram julgados pelo Tribunal do Júri na capital em 2014

Este ano, o número de sentenças de pronúncia (decisão que leva o réu a Júri) já proferidas, até o final deste mês, é de 70.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2015 ás 12:15:00

Tribunal de Justiça de Rondônia instala nova versão do PJe

Com o PJe , os processos judiciais são iniciados, tramitam e têm o julgamento de forma virtual, ou seja, unifica a forma como esses processos virtuais são julgados pela Justiça em todo o país.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2015 ás 10:33:00

Empresa indenizará empregado que ficou cego após usar colírio fornecido por ela

Ele, assim como os outros colegas, usava o medicamento duas ou três vezes por dia.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2014 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com