27/04/2012 - 18h47min - Atualizado em 27/04/2012 - 18h47min

‘Máquina de moer gente’ perde ação de R$ 111 mil na Justiça Trabalhista

A bancária foi representada pela advogada Karoline Monteiro, do Escritório Fonseca & Assis Associados.

O Bradesco, um dos bancos mais ricos do continente, foi mais uma vez derrotado na Justiça Trabalhista local por uma trabalhadora demitida injustamente e que estava gozando de estabilidade provisória.

Desta vez, o banco, que por sua conduta histórica de demitir funcionários acometidos de doenças adquiridas no exercício da função, acabou sendo apelidado de “máquina de moer gente”, teve que reintegrar ao trabalho uma bancária demitida em dezembro de 2011, e pagar a ela indenização por danos morais no valor de R$ 71.682,40.

Além disso, o Bradesco terá que arcar com o pagamento de todos os títulos (salários, férias acrescidas de um terço, 13º salário, gratificações, adicionais e FGTS) à que a bancária tem direito, no período compreendido entre a dispensa e a reintegração, pagar os honorários advocatícios no valor de 15% da condenação total e os valores relativos à perícia médica da trabalhadora. Pelo descumprimento de determinação judicial em sentença anterior, o banco terá que pagar mais uma multa no valor de R$ 40 mil. Todos estes valores, juntos, chegam a aproximadamente R$ 111 mil de ‘castigo’ para o banco que é recordista em demissões no Estado.

“Sopesando a capacidade econômica do reclamado (trata-se de um dos maiores bancos do Brasil), para fins de prudente quantificação do dano moral, o grau de responsabilidade; o espírito pedagógico voltado à coibição da conduta (omissiva ou comissiva) patronal tendente a, na irrefreável sanha por lucros crescentes, propiciar o fenômeno das lesões por esforços repetitivos na categoria dos bancários...”. Este é um dos trechos da sentença contra o Bradesco e que, para o Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB/RO), comprova que a fama da máxima dos “lucros em detrimento às pessoas” já é amplamente conhecida no seio da Justiça Trabalhista nacional.

A bancária foi representada pela advogada Karoline Monteiro, do Escritório Fonseca & Assis Associados.

“A Justiça Trabalhista está de parabéns pelo seu entendimento em favor de trabalhadores que são sucessivamente injustiçados pelas instituições financeiras. Com essa decisão, mostra-se ainda a valiosa celeridade nos processos da justiça local, que visa minimizar as perdas e o sofrimento de muitos pais e mães de famílias vítimas deste desrespeito dos bancos”, avalia Euryale Brasil, presidente em exercício do SEEB/RO.

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 23/01/2017 ás 16:30:00

Justiça decreta sigilo de investigações do acidente que matou Teori

A Aeronáutica informou hoje que o gravador de voz do avião sofreu danos ao chocar-se com o mar, mas que o equipamento possui duas partes e que o aparelho é altamente protegido.

GERAL | matéria escrita em 23/01/2017 ás 15:55:00

Prefeitura vai reconstruir Pronto Atendimento José Adelino da Silva, que pegou fogo no domingo

Três salas pegaram fogo na noite do último domingo, com possibilidade da causa ter sido a rede elétrica.

POLíTICA | matéria escrita em 23/01/2017 ás 15:37:00

Prefeitura vai pagar quinquênio tão logo acabe o recesso forense

Financeiro no valor de R$ 12 milhões existe e está numa conta judicial aguardando liberação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 15:34:00

Santo Antônio Energia deve pagar auxílio às famílias do assentamento Joana D\'Arc

Recomendação do MPF/RO e MP/RO aponta que a proliferação do mosquito Mansonia tem prejudicado a saúde, o trabalho, o lazer e a qualidade de vida dos moradores do Joana D'Arc I, II e III.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 15:33:00

MPF/RO consegue sentença favorável em ação contra Unir

Universidade terá que cumprir medidas que garantam a imparcialidade na correção das provas .

POLíTICA | matéria escrita em 23/01/2017 ás 15:11:00

Hildon Chaves esclarece polêmica sobre doação de área à particular

Prefeito explicou que projeto de lei trata de doação de um traçado de rua, não de terreno público.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 12:20:00

Justiça Rápida faz triagens em Itapuã e Triunfo no mês de fevereiro

De 21 a 24 de fevereiro, a população da região de Itapuã do Oeste e do distrito de Triunfo, em Candeias do Jamari...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 12:16:00

Comissão Permanente avalia documentos do Poder Judiciário de Rondônia

O Poder Judiciário de Rondônia iniciou a implementação da política de gestão documental.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 12:11:00

“O Homem do Direito”

Por Andrey Cavalcante

GERAL | matéria escrita em 23/01/2017 ás 12:06:00

Fecomércio-RO é parceira da Fundação Cultural na comemoração dos 102 anos de Porto Velho

Segundo o presidente Raniery Coelho, a Federação se sente honrada em ser parceira de um evento que resgata a nossa história, sua cultura e suas tradições.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 11:49:00

OAB quer redistribuição da Lava Jato antes de indicação de Temer

Claudio Lamachia, presidente da Ordem, alerta que aguardar nomeação do substituto de Teori vai 'agravar o ambiente político-institucional do país'.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 11:46:00

Comunicado: funcionamento da OAB/RO no feriado de 24 de janeiro

A Seccional Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RO) comunica aos advogados e comunidade...

POLíTICA | matéria escrita em 23/01/2017 ás 11:42:00

Cleiton Roque acompanha presidente em associação de servidores públicos

Cleiton e Fábio foram até associação dos servidores públicos municipais de Pimenta Bueno.

GERAL | matéria escrita em 23/01/2017 ás 11:39:00

Pagamentos de gratificação e verba de representação são alvo de notificações recomendatórias do MPC-RO

Ainda segundo o órgão ministerial, o pagamento tanto da gratificação quanto da verba de representação configura despesa irregular e patentemente lesiva ao erário.

GERAL | matéria escrita em 23/01/2017 ás 11:36:00

Rescisão indireta – veja 11 situações que o empregado pode demitir o patrão

A rescisão indireta é a falta de cumprimento das obrigações do empregador ou da empresa.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com