18/06/2013 - 16h47min - Atualizado em 18/06/2013 - 16h47min

Para votar em 2014, é necessário requerer título eleitoral até 7 de maio

Aqueles que já possuem o título mas mudaram de residência também devem procurar o cartório eleitoral até essa data para pedir a transferência de domicílio.

Em 5 de outubro do ano que vem, os brasileiros vão às urnas para escolher presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais ou distritais. Para votar no pleito de 2014, quem ainda não pediu a inscrição eleitoral tem até 7 de maio do próximo ano para procurar o cartório.

Aqueles que já possuem o título mas mudaram de residência também devem procurar o cartório eleitoral até essa data para pedir a transferência de domicílio. Dia 5 de outubro também é o último dia para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicite sua transferência para uma seção eleitoral especial.

O voto no Brasil é obrigatório para quem tem de 18 a 70 anos. A Constituição Federal faculta a inscrição e a votação a quem tem 16 e 17 anos, aos que têm mais de 70 anos e aos analfabetos.

Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral pode ficar sujeito a alguns impedimentos, correndo o risco de não poder tomar posse em órgão público e obter empréstimos em estabelecimento de crédito mantido pelo governo, entre outros. No entanto, como explica o secretário da Corregedoria-Geral Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Sergio Dias Cardoso, o maior impedimento para quem não tiver a inscrição eleitoral é não poder participar da escolha de seus representantes. “A inscrição eleitoral é a porta de entrada para a cidadania. Sem o título, não há como exercer o direito de escolher os seus representantes”, destaca o secretário.

Jovens
Sergio lembra aos jovens que, de acordo com levantamento do TSE sobre o perfil do eleitorado, nos últimos dias de inscrição dos anos anteriores, mais de 50% do atendimento foi destinado aos que tiraram o título pela primeira vez. Por isso, para que se evitem filas, quem tem 16 e 17 anos e deseja votar em 2014 deve requerer o seu título o quanto antes.

Título
Para facilitar e agilizar a emissão do título, os cidadãos podem iniciar a inscrição eleitoral no Portal do TSE, por meio do Título Net, que é um pré-atendimento. No entanto, para efetivar a inscrição e receber o documento impresso, é necessário comparecer ao cartório eleitoral que atenda a área de residência no prazo de até cinco dias corridos após a data de preenchimento do formulário pela internet ou na data do agendamento, caso o interessado faça esta opção. Caso o eleitor não tenha acesso à internet, pode dirigir-se diretamente ao cartório.

Quando do comparecimento ao cartório, é necessário apresentar: o número do protocolo gerado pelo Título Net; um documento oficial de identificação pessoal contendo, no mínimo, nome, filiação, data de nascimento e nacionalidade (não serão aceitos a Carteira Nacional de Habilitação nem o novo modelo de passaporte por não conterem, respectivamente, nacionalidade / naturalidade e filiação); um comprovante de residência; e o comprovante de quitação militar (obrigatório a partir de 30 de junho do ano em que completar 18 anos).

Transferência de domicílio
Para transferir o local de votação, o eleitor que mudou de endereço deve seguir os mesmos passos da inscrição eleitoral e estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, tem que apresentar os comprovantes de votação das eleições anteriores.

Recadastramento Biométrico
Já os eleitores das 490 cidades que identificarão os seus votantes por meio das digitais em 2014 têm de comparecer ao cartório eleitoral para fazer o recadastramento biométrico, de acordo com o calendário de seu município. Caso contrário, terá o seu título cancelado.

Para reaver o título, o eleitor que não comparecer à cidade onde vota e quiser continuar votando naquele local terá de ir ao seu cartório de origem até 7 de maio de 2014. Se o eleitor não puder ir à cidade onde vota, deve pedir a transferência do seu local de votação para o município onde estiver estabelecido. Após 7 de maio, não será mais possível regularizar a situação nem votar nas Eleições 2014.

O título do eleitor que não se recadastrar será cancelado porque o recadastramento biométrico não objetiva somente coletar as digitais para identificação no dia da eleição. No momento do recadastramento, faz-se também uma revisão eleitoral e todos os dados do eleitor são atualizados.

Clique aqui para saber se a sua cidade terá recadastramento biométrico e confira tudo sobre biometria.

TSE

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Avatar de JAIR

Postado por JAIR em 20/06/2013 às 19:18

Deveria sim, haver mudanças breves e justas no processo eleitoral,aceitar doações para campanha eleitoral é "formação de quadrilha"

187.6.94.67

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 03/07/2015 ás 15:21:00

Nas Entranhas da História - Das Cavernas a Dom Quixote

Este mundo está estressado... O passado, o presente e o futuro... Serão meus parceiros no caminhado...

GERAL | matéria escrita em 03/07/2015 ás 11:39:00

Beer House - Casa de cerveja especial inaugura dia 15 em Ariquemes

A casa vai trabalhar com o mesmo sistema do ‘Novo Boteco’, que é referência em matéria de cervejas especiais na cidade de Porto Velho.

POLíTICA | matéria escrita em 03/07/2015 ás 10:44:00

Odacir Soares: Porto Velho precisa de uma revolução de competência

Para Odacir Soares, é inadmissível que recursos venham para Porto Velho e que, como tenho conhecimento, retornem por erros de elaboração de projetos ou, então, porque não se fez projeto nenhum.

POLíTICA | matéria escrita em 03/07/2015 ás 10:40:00

Constituição agredida

Andrey Cavalcante

POLíCIA | matéria escrita em 03/07/2015 ás 02:32:00

TRIPLO HOMICÍDIO - Família é executada a tiros no interior de Rondônia. Entre as vítimas está uma criança de 4 anos

Atrás do sofá, os PM’s encontraram o corpo do pequeno Ruan Pablo Sabino Hudziak, de 04 anos de idade.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:53:00

Conciliação na Justiça do Trabalho garante mais de 1 milhão de reais a trabalhadores do Transporte Coletivo Rio Madeira

Os funcionários laboravam como motorista e mecânico da empresa e ao longo do tempo adquiriram doença relacionada à coluna, por conta dos serviços exerciam.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:50:00

Vilhena: ACIV se posiciona contra repasse de verbas públicas para Aviagro

Os diretores da ACIV se posicionaram contra o repasse, diante da atual situação econômica pela qual passa o poder executivo municipal.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:48:00

Claro leva tecnologia 3G para a zona rural de Rondônia

Operadora investe no estado rondoniense e passa a atender localidades rurais e escolas situadas nessa região .

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:46:00

Porto Velho: Semob realiza obra de pavimentação no bairro Teixeirão

Atualmente, várias ruas já estão com a rede de drenagem implantada, o que vai facilitar a chegada mais rápida do asfalto.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:44:00

FEEMPI/RO sugere uso de micro-ônibus para melhorar o transporte público de Porto Velho

Serviço poderia oferecer uma opção mais barata e confortável aos ônibus convencionais da cidade.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:40:00

Pedras de usina hidrelétrica podem ser utilizadas na pavimentação de ruas em Porto Velho

A meta é o governo e a prefeitura de Porto Velho atuarem juntos na melhoria dos espaços para pedestres nas principais ruas e avenidas de alguns bairros da Capital e municípios vizinhos.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:36:00

Machadinho receberá quase R$ 2 milhões para fazer tapa-buraco, recapeamento asfáltico e recuperação de vicinais

O convênio quanto à emenda foram assinados nesta semana pelo diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), Lioberto Caetano, e pelo deputado Ezequiel Júnior.

POLíTICA | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:35:00

Lei para elaboração do Orçamento de 2016 do governo estadual é aprovada na Assembleia Legislativa

Alguns ajustes foram feitos ao projeto da LDO pelo relator, acatado pelo Plenário.

GERAL | matéria escrita em 02/07/2015 ás 21:33:00

Rondônia é o terceiro estado a ter telefonia móvel e internet em 100% dos municípios

O prazo é final para que as sedes dos municípios e cidades localizadas num raio de 30 quilômetros destas sedes sejam contempladas com telefonia móvel e internet é o final de 2015.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com