18/06/2013 - 16h47min - Atualizado em 18/06/2013 - 16h47min

Para votar em 2014, é necessário requerer título eleitoral até 7 de maio

Aqueles que já possuem o título mas mudaram de residência também devem procurar o cartório eleitoral até essa data para pedir a transferência de domicílio.

Em 5 de outubro do ano que vem, os brasileiros vão às urnas para escolher presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais ou distritais. Para votar no pleito de 2014, quem ainda não pediu a inscrição eleitoral tem até 7 de maio do próximo ano para procurar o cartório.

Aqueles que já possuem o título mas mudaram de residência também devem procurar o cartório eleitoral até essa data para pedir a transferência de domicílio. Dia 5 de outubro também é o último dia para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicite sua transferência para uma seção eleitoral especial.

O voto no Brasil é obrigatório para quem tem de 18 a 70 anos. A Constituição Federal faculta a inscrição e a votação a quem tem 16 e 17 anos, aos que têm mais de 70 anos e aos analfabetos.

Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral pode ficar sujeito a alguns impedimentos, correndo o risco de não poder tomar posse em órgão público e obter empréstimos em estabelecimento de crédito mantido pelo governo, entre outros. No entanto, como explica o secretário da Corregedoria-Geral Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Sergio Dias Cardoso, o maior impedimento para quem não tiver a inscrição eleitoral é não poder participar da escolha de seus representantes. “A inscrição eleitoral é a porta de entrada para a cidadania. Sem o título, não há como exercer o direito de escolher os seus representantes”, destaca o secretário.

Jovens
Sergio lembra aos jovens que, de acordo com levantamento do TSE sobre o perfil do eleitorado, nos últimos dias de inscrição dos anos anteriores, mais de 50% do atendimento foi destinado aos que tiraram o título pela primeira vez. Por isso, para que se evitem filas, quem tem 16 e 17 anos e deseja votar em 2014 deve requerer o seu título o quanto antes.

Título
Para facilitar e agilizar a emissão do título, os cidadãos podem iniciar a inscrição eleitoral no Portal do TSE, por meio do Título Net, que é um pré-atendimento. No entanto, para efetivar a inscrição e receber o documento impresso, é necessário comparecer ao cartório eleitoral que atenda a área de residência no prazo de até cinco dias corridos após a data de preenchimento do formulário pela internet ou na data do agendamento, caso o interessado faça esta opção. Caso o eleitor não tenha acesso à internet, pode dirigir-se diretamente ao cartório.

Quando do comparecimento ao cartório, é necessário apresentar: o número do protocolo gerado pelo Título Net; um documento oficial de identificação pessoal contendo, no mínimo, nome, filiação, data de nascimento e nacionalidade (não serão aceitos a Carteira Nacional de Habilitação nem o novo modelo de passaporte por não conterem, respectivamente, nacionalidade / naturalidade e filiação); um comprovante de residência; e o comprovante de quitação militar (obrigatório a partir de 30 de junho do ano em que completar 18 anos).

Transferência de domicílio
Para transferir o local de votação, o eleitor que mudou de endereço deve seguir os mesmos passos da inscrição eleitoral e estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, tem que apresentar os comprovantes de votação das eleições anteriores.

Recadastramento Biométrico
Já os eleitores das 490 cidades que identificarão os seus votantes por meio das digitais em 2014 têm de comparecer ao cartório eleitoral para fazer o recadastramento biométrico, de acordo com o calendário de seu município. Caso contrário, terá o seu título cancelado.

Para reaver o título, o eleitor que não comparecer à cidade onde vota e quiser continuar votando naquele local terá de ir ao seu cartório de origem até 7 de maio de 2014. Se o eleitor não puder ir à cidade onde vota, deve pedir a transferência do seu local de votação para o município onde estiver estabelecido. Após 7 de maio, não será mais possível regularizar a situação nem votar nas Eleições 2014.

O título do eleitor que não se recadastrar será cancelado porque o recadastramento biométrico não objetiva somente coletar as digitais para identificação no dia da eleição. No momento do recadastramento, faz-se também uma revisão eleitoral e todos os dados do eleitor são atualizados.

Clique aqui para saber se a sua cidade terá recadastramento biométrico e confira tudo sobre biometria.

TSE

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Avatar de JAIR

Postado por JAIR em 20/06/2013 às 19:18

Deveria sim, haver mudanças breves e justas no processo eleitoral,aceitar doações para campanha eleitoral é "formação de quadrilha"

187.6.94.67
publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 25/10/2014 ás 15:38:00

Senador Odacir Soares defende aumento salarial para servidores federais

Na próxima semana, durante as sessões deliberativas, o Senado Federal avaliará diversas demandas imprescindíveis para o trabalhador brasileiro.

GERAL | matéria escrita em 24/10/2014 ás 22:10:00

Receita Federal autua empresas em cerca de R$ 360 milhões por sonegação em Rondônia

Os sócios vão responder também por processos penais e podem ser presos.

POLíTICA | matéria escrita em 24/10/2014 ás 22:06:00

Controladora confirma cancelamento de contrato fajuto preparado pela Semusb

O prefeito Mauro Nazif (PSB), mais uma vez, ignorou o chamamento do Poder Legislativo, o mesmo acontecendo com os secretários da Semad e do Meio Ambiente.

POLíTICA | matéria escrita em 24/10/2014 ás 17:05:00

Pedida a cassação do vereador Léo Moraes

Centenas de recibos e cópias de cheques de delegados de polícia com doações supostamente ilegais para Léo Moraes foram apreendidos na sede do Sindicato da categoria

POLíTICA | matéria escrita em 24/10/2014 ás 12:16:00

Receita descobre sonegação de R$ 360 milhões por empresas em Rondônia

As empresas fizeram uma verdadeira "engenharia contábil e jurídica" para esconder o fato gerador e não pagar o tributo.

POLíTICA | matéria escrita em 24/10/2014 ás 08:29:00

Capixaba participa de comícios, reuniões e caminhadas em apoio a Confúcio Moura

“Confúcio tem compromisso e fidelidade. Por isso peço o apoio de todos para ajudá-lo na sua reeleição. Queremos ter dias melhores para o nosso Estado..."

POLíTICA | matéria escrita em 24/10/2014 ás 08:17:00

Sofrendo de debilidade física e mental, ex-presidente da ALE deve receber tratamento no João Paulo II

Justiça volta a negar liberdade a ex-parlamentar, que está preso desde setembro do ano passado. Defesa alega que ele sofre de síndrome do pânico e outros distúrbios mentais e físicos.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/10/2014 ás 06:38:00

Alterada carga horária obrigatória dos cursos para vitaliciamento de magistrados

De acordo com o ato normativo, a carga horária mínima exigida para tais cursos, a ser cumprida no segundo ano do estágio probatório, passa de 120 para 60 horas-aula.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/10/2014 ás 06:35:00

STF publica novas súmulas vinculantes no DJe

Não cabe ao Poder Judiciário, que não tem função legislativa, aumentar vencimentos de servidores públicos sob o fundamento de isonomia, diz uma das súmulas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/10/2014 ás 06:33:00

STF nega recurso sobre compensação de débitos tributários com RPVs

O recurso teve repercussão geral reconhecida e a decisão nele tomada será aplicada em mais de 123 casos sobrestados (suspensos) em instâncias inferiores.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/10/2014 ás 06:31:00

Suspenso julgamento que discute indenização por demora na nomeação em cargo público

Os candidatos aprovados em concurso público realizado em 1991 para provimento de vagas no cargo de auditor fiscal no Tesouro Nacional postulam, judicialmente, direito de receber indenização.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/10/2014 ás 06:29:00

Alteração do valor de indenização do DPVAT é constitucional, diz STF

O recurso teve repercussão geral reconhecida e a tese firmada será seguida em mais de 770 casos sobrestados (suspensos) em instâncias inferiores.

POLíTICA | matéria escrita em 23/10/2014 ás 17:54:00

Em processo de Confúcio contra o Tudorondonia, juiz volta atrás e mantém liberdade de imprensa

O jornal representado, baseado em documento realmente existente e levado a conhecimento público, mesmo sendo sigilosos, em linguagem jornalística própria, apenas exerceu o seu pleno direito...

POLíTICA | matéria escrita em 23/10/2014 ás 17:45:00

Expedito diz que Detran deixará de servir à indústria das multas

Expedito disse que fará uma administração respeitosa e chamou a atenção do atual governo que, segundo ele...

GERAL | matéria escrita em 23/10/2014 ás 17:44:00

Oficina debate implementação de atendimento ao autor de violência sexual infantojuvenil

O evento foi realizado em parceria com o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes...

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com