13/03/2012 - 09h08min - Atualizado em 13/03/2012 - 09h08min

Parecer que deixou de fora demitidos por Bianco pode resultar em exonerações

“Se o próprio Estado é contrario a estabilidade desses servidores, vocês acham que o Governo Federal vai aceitá-los?! Quanto menos servidores forem transferidos, melhor para a União!”, observou Nazif

Após o parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), que foi traduzido como tentativa de “mais um golpe” contra os  servidores demitidos no governo Bianco - quando não reconhece a estabilidade destes e, conseguintemente, o direito à transposição para os quadros da União – , os sindicalistas reagiram: pediram ao governador Confúcio Moura exonerações imediata na PGE. O pedido foi feito por telefone, ao final da tarde desta segunda-feira (12).

Revoltados, os sindicalistas se reuniram entre as 16 e 18 horas na sede do Sindsaúde, em Porto Velho. O objetivo foi decidir por uma ação rápida em defesa dos servidores sob ameaça do parecer da PGE. A decisão foi por unanimidade. O ato da cúpula da Procuradora Geral do Estado, que causou pavor aos servidores marcados por um golpe no passado, foi considerado imperdoável pelos sindicalistas, que concordaram entre si em emitir ao governador pedido de exoneração imediata da Procuradora e sua equipe.

Foi então que, antes mesmo do término da reunião, o deputado federal Mauro Nazif (também presente na reunião, como representante da bancada federal) pegou o celular informando que ligaria naquele instante para o governador. E, diante de sindicalistas atentos, o deputado completou a ligação transmitindo ao governador Confúcio Moura o repúdio dos representantes dos servidores públicos de Rondônia manifestado através do pedido de exoneração.

Para a presidenta do Sintraer, Mirtes Feitosa (que convocou a reunião), o parecer da PGE é injusto. “É um absurdo emitir um parecer como esse, sustentando que os servidores demitidos não têm direito à transposição. Isso é muito cruel! Basta o que eles já sofreram no passado!”, declarou a sindicalista acrescentando: “agora vamos esperar par ver se a posição do governador é à favor desse parecer da PGE ou se é à favor dos servidores!”.
BOM PARA A UNIÃO No entendimento do deputado Mauro Nazif, o parecer não chega a gerar um precedente, “mas”, segundo ele, “é perigoso na medida em que o próprio Estado assume um posicionamento contrário a uma causa de tamanha importância para o Estado de Rondônia. “Se o próprio Estado é contrario a estabilidade desses servidores, vocês acham que o Governo Federal vai aceitá-los?! Quanto menos servidores forem transferidos, melhor para a União!”, observou Nazif.

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 02/10/2014 ás 10:41:00

Faltam 3 dias: hoje é o último dia de comícios, debates e da propaganda no rádio e na TV

Hoje é também o último dia para a promoção de comícios e a utilização de aparelhagem de sonorização fixa, que podem ocorrer entre 8h e 24h.

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 10:32:00

Pecuaristas de Minas e de Rondônia dão impulso à bacia leiteira de Porto Velho

Acordo entre pecuaristas firmado durante o "Dia de Campo Don Enrique", realizado no mês de agosto, prevê a produção de 1100 prenhezes somente este ano...

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:46:00

PORTO VELHO — SETENTA ANOS DE CUMPLICIDADES

Antônio Cândido da Silva

POLíTICA | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:42:00

Porto, meu Velho e amado Porto

Fátima Cleide

POLíTICA | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:39:00

Disque 100 recebe mais denúncias de homofobia em quatro dias que em três anos

Levy Fidelix classificou a homossexualidade como distúrbio psicológico, comparou homossexuais a pedófilos e chegou a conclamar a sociedade a “enfrentar” lésbicas, gays, bissexuais...

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:32:00

Minha cidade, 100 anos de descaso - Alan Alex

Muita gente pergunta porque critico tanto o ex-prefeito Roberto Sobrinho. A esses a resposta é simples, Roberto teve em suas mãos a oportunidade única de transformar minha cidade...

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:29:00

CENTENÁRIO DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

ANÍSIO GORAYEB

POLíTICA | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:19:00

Estudantes de Cacoal abraçam projeto Herói do Voto

A diretora do Sesi Escola Cacoal, Luciani Arnoldt, ressaltou que os estudantes estão empolgados com o projeto.

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:15:00

Furto de camisetas da Eletrobras gera alerta aos consumidores

A concessionária alerta seus clientes que fiquem atentos caso sejam abordados (as) em suas residências por pessoas se dizendo funcionários da Eletrobras e vestindo tal camiseta.

POLíTICA | matéria escrita em 01/10/2014 ás 21:57:00

Scheilla Cassol parabeniza Porto Velho pelos 100 anos

Torço para os os próximos anos sejam melhores, que a cidade supere esses obstáculos. Tenho certeza que isso vai melhorar a auto-estima da população", disse a vereadora Scheilla Cassol.

GERAL | matéria escrita em 01/10/2014 ás 21:53:00

Porto Velho: Prefeitura mantém superavit financeiro e equilíbrio fiscal

Para o secretário adjunto da Sempla, esse equilíbrio mostra a preocupação do município em manter a execução das despesas em nível compatível com a arrecadação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/10/2014 ás 21:51:00

Morosidade da Justiça é a principal reclamação recebida pela Ouvidoria do CNJ

Segundo o relatório da Ouvidoria, dos cidadãos que procuraram o órgão por causa da demora processual, 16% são idosos e 69%, homens.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/10/2014 ás 21:48:00

OAB Nacional obtém reajuste na tabela dos honorários dativos

A decisão do CJF vai ao encontro do que prega a OAB por sua Campanha Nacional pela Dignidade dos Honorários, coordenada pelo vice presidente nacional Claudio Lamachia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/10/2014 ás 18:26:00

Rondônia: Rapaz é condenado a 21 anos de reclusão por matar o pai

pena deverá ser cumprida inicialmente no regime fechado. A defesa do réu, caso queira, poderá recorrer da sentença ao Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/10/2014 ás 18:24:00

Sócio de firma dissolvida irregularmente responde também em execução fiscal não tributária

O STJ já havia analisado o tema em relação à execução fiscal de dívida ativa de natureza tributária.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com