12/01/2012 - 16h46min - Atualizado em 12/01/2012 - 16h46min

PCCR, insalubridade e transposição voltam à pauta de discussão entre Sindsaúde e Sesau

A revisão do PCCR foi elaborada por uma equipe de técnicos da própria Sesau e dos sindicatos representativos dos servidores da saúde estadual.


Caio Marin disse que todos os temas abordados são de extrema urgência para os servidores, mas ressalta que a questão do PCCR possui uma relevância maior, pois trata-se de um plano onde haverá ganho considerável nos vencimentos dos servidores da saúde.

Diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado de Rondônia se reuniu ontem (11.01) com o secretário de Estado da Saúde (Sesau), Ricardo Rodrigues, para mais uma rodada de negociação envolvendo temas de interesse do servidor público da saúde como a questão do PCCR, Insalubridade, Transposição, condições de trabalho, falta de funcionários nas unidades, e denúncias de assédio moral. A discussão envolveu também a questão da alimentação fornecida aos servidores que é de péssima qualidade.

Na reunião, o presidente do Sindsaúde, Caio Marin, disse que todos os temas abordados são de extrema urgência para os servidores, mas ressalta que a questão do PCCR possui uma relevância maior, pois trata-se de um plano onde haverá ganho considerável nos vencimentos dos servidores da saúde. “Uma das condicionantes da aprovação do Projeto das Organizações Sociais foi a aprovação da revisão do PCCR da Saúde. O que estamos pedindo do Governo é apenas agilidade neste processo e envio da matéria para aprovação na Assembleia”, disse.

Caio Marin disse que os trabalhos de revisão do PCCR já foi aprovado em 9 de agosto pelo Conselho Estadual de Saúde e, portanto, está pronto para ser transformado em Mensagem pelo Executivo. A revisão do PCCR foi elaborada por uma equipe de técnicos da própria Sesau e dos sindicatos representativos dos servidores da saúde estadual. A minuta de revisão do PCCR, segundo o secretário, será levado ao conhecimento do governador e logo após haverá uma outra reunião com o sindicato para efetivar as negociações.

Em relação à insalubridade, Caio pediu agilidade na análise dos processos que encontram-se na Secretaria de Estado da Administração há quase 3 anos. Segundo o presidente, o Governo do Estado formou uma comissão com esse objetivo, mas até agora não começaram as análises dos processos de insalubridade.

Outro ponto que foi alvo da discussão foi a falta de funcionários nas unidades, que tem levado servidores ao cumprimento de extensas jornadas de trabalho. Caio lembrou que já existe uma decisão da Vara da Fazenda Pública de Porto Velho para que a Sesau realize concurso público para evitar a prática do desvio de função nas unidades.

ASSÉDIO MORAL – Uma denúncia grave também foi feita pelos diretores do Sindsaúde ao secretário: a ocorrência de assédio moral contra servidores nas unidades de saúde, principalmente, Hospital de Base (setor de psiquiatria) e João Paulo II (pronto-socorro). A prática é uma constante, principalmente, feita por servidores comissionados. Trabalhar no João Paulo II já é difícil por causa da superlotação e a situação vexatória a que são submetidos os funcionários só piora a situação.

ALIMENTAÇÃO – Outra situação que tem gerado inúmeras denúncias de servidores é a alimentação servida pelas empresas que executam o serviço terceirizado. A comida, parece que não acompanhamento de nutricionista, pois é feita fora dos padrões gastronômicos que o serviço requer. A comida servida aos apenados no Estado, segundo os servidores, é bem melhor que a que é servida nas unidades de saúde.

Assessoria SINDSAÚDE

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 18/12/2014 ás 15:10:00

Fiscalização interdita setor de lavanderia do João Paulo II

Foram lavrados 20 (vinte) autos de infrações referentes à irregularidades constatadas na lavanderia e no hospital.

GERAL | matéria escrita em 18/12/2014 ás 15:07:00

Barcos serão usados em ações de fiscalização de fronteira

Delimitando 73% dos 1.444 quilômetros de extensão de fronteiras entre o Estado de Rondônia e a Republica da Bolívia, as bacias do Rio Guaporé e Mamoré são por vezes a única via de transporte.

GERAL | matéria escrita em 18/12/2014 ás 15:03:00

Cerca de 50% dos partos de alto risco poderiam ser evitados

Elas dão entrada na unidade de saúde com infecção urinária, doença que poderia ser tratada ainda no início.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 18/12/2014 ás 15:01:00

Rondônia: Padrasto terá de cumprir pena de 12 anos por estuprar criança

Em grau de recurso, o apelante, por meio do seu advogado, negou ter abusado de sua enteada, porém confessou que retirou a roupa da vítima e alisou o corpo dela porque ficou excitado.

POLíTICA | matéria escrita em 18/12/2014 ás 14:56:00

MPF denuncia Valter Araújo e sócios por fraude na previdência social

Os sócios da empresa Reflexo Limpeza são Vanuza Araújo, Wanderley Araújo e Poliana Siqueira também fizeram parte do esquema.

POLíTICA | matéria escrita em 18/12/2014 ás 14:55:00

Forasteiros X Beiradeiros

Professor Nazareno*

POLíCIA | matéria escrita em 18/12/2014 ás 10:26:00

Investigado como chefe de quadrilha, Confúcio anuncia nomes de futuros secretários. CONFIRA

A relação anunciada pelo governador Confúcio Moura não trouxe nenhum nome de expressão.

GERAL | matéria escrita em 18/12/2014 ás 09:53:00

Confúcio garante honrar compromisso firmado com a Defensoria

O governador se comprometeu também a enviar à Assembleia Legislativa proposta de lei autorizativa para abrir financiamento por meio do PMAE/BNDEs em favor da Defensoria Pública.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 18/12/2014 ás 09:26:00

Aprovada aposentadoria especial para servidores portadores de deficiência

— Esse projeto oferece uma solução definitiva de equidade, já que todos os do Regime Geral já tinham esse benefício e o projeto traz isonomia para colocar fim a uma discriminação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 18/12/2014 ás 09:24:00

Novo Código de Processo Civil vai à sanção

A chamada penhora on-line, que leva esse nome porque os juízes podem usar sistema de integração bancária para agilizar o procedimento, já é amparada pelo código vigente...

POLíTICA | matéria escrita em 18/12/2014 ás 09:21:00

Parlamentares e ministros do STF receberão subsídio de R$ 33.763

O aumento para os ministros do STF eleva o teto salarial do funcionalismo público brasileiro, que, por lei, é fixado como idêntico ao subsídio dos ministros.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 18/12/2014 ás 09:19:00

STJ acolhe pleito da OAB: processos com vista retornarão em 60 dias

Segundo o presidente do STJ, ministro Francisco Falcão, a medida inibirá o pedido de vistas, que só será feito agora quando houver grande dúvida ou em uma matéria extremamente importante.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 18/12/2014 ás 09:15:00

Procurador que fez comentários racistas em site de jornal não consegue suspender ação penal

No recurso em habeas corpus interposto no STJ, o procurador, que atua em causa própria, alegou que a acusação não deveria ser pelo crime de racismo, mas de injúria racial.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 18/12/2014 ás 09:12:00

Estado não é obrigado a fornecer medicamento a paciente com boa condição financeira

Não se trata de pessoa carente, uma vez que as condições financeiras do enfermo, possuidor de vários bens e elevadas aplicações financeiras, são mais do que o bastante para a aquisição.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 18/12/2014 ás 09:10:00

STF decide que processos penais em curso não podem ser considerados maus antecedentes

No recurso se discutia a possibilidade de considerar como maus antecedentes, para fins de dosimetria da pena, a existência de procedimentos criminais em andamento contra o sentenciado.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com