/ geral / iptu

09/12/2013 - 16h41min - Atualizado em 09/12/2013 - 16h41min

Porto Velho: Semfaz divulga atualização do valor do IPTU para 2014

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa.

Porto Velho, Rondônia - A atualização anual do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no município de Porto Velho acontece em conformidade à Lei Complementar 199/2004. Para o caso dos imóveis edificados, que se constituem na parte mais expressiva do total da arrecadação, a base de cálculo para os valores é composta pela alíquota de 0,5 % do valor venal dos imóveis, para a qual podem ser aplicados percentuais redutores, e pela Unidade de Padrão Fiscal (UPF) relativa ao período passado desde a última atualização. No exercício de 2014 a atualização será correspondente a 11,71%.

De acordo com Adão Colombo, diretor em exercício da Divisão de Administração de Tributos da Secretaria Municipal de Fazenda (DAT/Semfaz), a base de cálculo para depreensão do valor venal dos imóveis em Porto Velho está defasada em função da Planta Genérica de Valores (PGV) ter sido atualizada pela última vez em 2003. Para atualizar a PGV é preciso imagens aéreas de toda a cidade, segundo um processo de fotos em alta definição chamado de aerofotogrametria. É por meio dessas imagens que são verificadas as mudanças ocorridas nos imóveis e são analisadas suas áreas construídas de acordo com os valores atualizados pelo mercado imobiliário.

Em 2003, quando ocorreu a última atualização da PGV, foi adotado um percentual redutor na Base de 35%, porque naquele momento o IPTU passava a ficar muito alto em relação ao ano anterior. Assim, de ano a ano o redutor deveria diminuir, até que não fosse mais adotado. Um imóvel no valor de R$ 100.000,00, por exemplo, passava a ser avaliado para efeitos de tributação por R$ 65.000,00. A cada ano o índice redutor deveria abaixar até que o imóvel pudesse ser considerado de acordo com a realidade demonstrada na PGV de 2003. À Semfaz caberia levar anualmente à Câmara Municipal um anteprojeto de lei propondo qual seria a taxa de redução. No caso do lançamento de 2014, o redutor deveria estar zerado, mas o prefeito, porém, pediu a manutenção do índice redutor em 5%.

Quanto ao percentual relativo à UPF, o calculo é feito pela média do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período passado desde a última verificação até a data de lançamento do próximo período. Para o exercício de 2014, considerando-se a data de novembro de 2012 a outubro de 2013, o índice encontrado foi de 5,83%. O secretário da Semfaz, Marcelo Siqueira, explicou que a adequação aos diversos casos específicos para a cobrança do IPTU possibilitou o resultado geral de 11,83%.

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa. O valor orçado era de 11,59 milhões, mas em outubro já se verificava uma arrecadação superior a 12 milhões. “O pagamento desse imposto é uma obrigação dos cidadãos. Em todo o território nacional ele é cobrado pelos municípios. Embora ainda tenhamos um índice muito alto de inadimplência, percebemos que em Porto Velho as pessoas estão se tornando mais conscientes de suas obrigações. Isso é bom para o município, mas também é bom para os contribuintes que não passa a acumular juros e multas aos seus impostos”, observou Adão Colombo.

De acordo com o secretário da Semfaz, os carnês do IPTU 2014 já foram licitados e, até a primeira quinzena de janeiro, deverão estar todos entregues nas residências. Nos primeiros dias de janeiro estarão também disponíveis pela WEB os valores relativos a cada imóvel. “Neste ano, a arrecadação foi quase maior pela WEB. Sabemos que esse é o melhor meio para arrecadação, porque ajuda ao contribuinte que não precisa mais se deslocar e vir à Semfaz, entrar em filas e esperar pelo atendimento. Contudo, de acordo com lei, a notificação do IPTU ocorre com a entrega dos carnês, essa é a forma oficial de notificação pessoal, de forma que não é pensado, ao menos por enquanto, a não emissão de carnês”, explicou Siqueira, que também informou que para o exercício de 2015 deverá haver mudanças na cobrança do imposto, porque uma nova Planta Genérica de Valores (PGV) deverá ser efetuada durante 2014, o que fará com que os valores venais sejam atualizados de acordo com as mudanças acontecidas na cidade e com a realidade do mercado imobiliário.

Por Renato Menghi

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 24/04/2014 ás 09:21:00

Deputado quer recursos destinados a Desastres Naturais para atender Rondônia

“Antes da MP ser votada no Senado, eu vou cobrar do ministro da Integração Nacional, Francisco Coelho, para que atenda Rondônia".

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/04/2014 ás 09:08:00

Vereador que foi preso acusado de assédio sexual contra servidoras pode retornar à Câmara

Ele poderá participar de todas as sessões da Câmara, podendo ter acesso ao local em que se realizam até 30 minutos antes, e dele devendo retirar-se, no máximo, 30 minutos após o encerramento.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/04/2014 ás 08:47:00

MP tem julgada procedente ação para reenquadramento de procuradores do município de Porto Velho

A sentença foi proveniente de ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pelo Promotor de Justiça Alzir Marques Cavalcante Júnior.

POLíTICA | matéria escrita em 24/04/2014 ás 08:44:00

Câmara aprova proposta que facilita registro de nomes tradicionais indígenas

O deputado Padre Ton (PT-RO), coordenador da Frente Parlamentar de Apoio aos Povos Indígenas, comemora o projeto votado.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/04/2014 ás 08:37:00

MINISTRO NEGA TRÂMITE E RECURSO DE JUIZ QUE QUER SER CHAMADO DE "DOUTOR" EM CONDOMÍNIO ONDE MORA

Nos autos, o magistrado alegou ter sofrido danos e que, por isso, esperava a procedência do pedido inicial “para dar a ele e suas visitas o tratamento de ‘doutor’, ‘senhor’, ‘doutora’, ‘senhora’.

POLíTICA | matéria escrita em 24/04/2014 ás 08:33:00

Cassol elogia patrocínio do esporte amador por prefeituras de pequenas cidades

- Estava lá o Ivo Cassol, senador do povo do Estado de Rondônia, participando mais uma vez de uma atividade esportiva junto com seus amigos e colegas.

POLíTICA | matéria escrita em 24/04/2014 ás 08:31:00

Anibal Diniz comemora aprovação de indenização a soldados da borracha

Atualmente, os soldados da borracha recebem uma pensão vitalícia de dois salários mínimos. A indenização prevista no projeto é de R$ 25 mil, valor que poderá ser recebido também pelos dependentes.

POLíTICA | matéria escrita em 24/04/2014 ás 08:27:00

Transposição: Aprovada em 2º turno PEC sobre reenquadramento de servidores de ex-territórios

A proposta, de autoria da deputada Dalva Figueiredo (PT-AP), vale para os admitidos entre outubro de 1988 e outubro de 1993.

POLíTICA | matéria escrita em 24/04/2014 ás 08:17:00

Brito do Incra e Euclides indicam ao governador necessidade de atendimento das reivindicações dos técnicos tributários

Parlamentares defenderam realização de concurso público para a categoria.

GERAL | matéria escrita em 24/04/2014 ás 08:09:00

EDUCAÇÃO: SAERO, O SEGREDO DE ESTADO...

FRANCISCO XAVIER GOMES

POLíCIA | matéria escrita em 00/00/0000 ás 00:00:00

Rondônia: PM prende acusado de estelionato investigado pela Policia Federal

Ele estava na agência do Bradesco e se preparava para sacar R$ 14.000,00 referentes a um retroativo de benefício do INSS de pensão por morte de uma suposta esposa.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 19:06:00

Senado aprova indenização a 'soldados da borracha'

A PEC 61/2013, que tem o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) como primeiro signatário, prevê que a eles seja pago um benefício único de R$ 25 mil.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 18:32:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX - Valter Araújo afirma que deputados levaram R$ 1 milhão cada um por isenção das usinas

Valter Araújo deu um longo depoimento ao procurador da República Reginaldo Trindade, invocando o recurso da “delação premiada” e explicou como funcionou a aprovação da isenção.

POLíTICA | matéria escrita em 23/04/2014 ás 18:29:00

Maurão pede recuperação de vicinal e recapeamento da RO-471, em Ministro Andreazza

"A prefeitura de Andreazza, a exemplo das demais, enfrenta dificuldades e estamos solicitando apoio do Governo para que essa vicinal, importante para a economia do município”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/04/2014 ás 18:25:00

Santander é condenado em R$ 500 mil por não observar jornada de trabalho

A SDI-1 acolheu recurso do Ministério Público do Trabalho, autor de ação civil pública contra o banco, e restabeleceu decisão do Tribunal Regional do Trabalho .

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com