/ geral / iptu

09/12/2013 - 16h41min - Atualizado em 09/12/2013 - 16h41min

Porto Velho: Semfaz divulga atualização do valor do IPTU para 2014

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa.

Porto Velho, Rondônia - A atualização anual do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no município de Porto Velho acontece em conformidade à Lei Complementar 199/2004. Para o caso dos imóveis edificados, que se constituem na parte mais expressiva do total da arrecadação, a base de cálculo para os valores é composta pela alíquota de 0,5 % do valor venal dos imóveis, para a qual podem ser aplicados percentuais redutores, e pela Unidade de Padrão Fiscal (UPF) relativa ao período passado desde a última atualização. No exercício de 2014 a atualização será correspondente a 11,71%.

De acordo com Adão Colombo, diretor em exercício da Divisão de Administração de Tributos da Secretaria Municipal de Fazenda (DAT/Semfaz), a base de cálculo para depreensão do valor venal dos imóveis em Porto Velho está defasada em função da Planta Genérica de Valores (PGV) ter sido atualizada pela última vez em 2003. Para atualizar a PGV é preciso imagens aéreas de toda a cidade, segundo um processo de fotos em alta definição chamado de aerofotogrametria. É por meio dessas imagens que são verificadas as mudanças ocorridas nos imóveis e são analisadas suas áreas construídas de acordo com os valores atualizados pelo mercado imobiliário.

Em 2003, quando ocorreu a última atualização da PGV, foi adotado um percentual redutor na Base de 35%, porque naquele momento o IPTU passava a ficar muito alto em relação ao ano anterior. Assim, de ano a ano o redutor deveria diminuir, até que não fosse mais adotado. Um imóvel no valor de R$ 100.000,00, por exemplo, passava a ser avaliado para efeitos de tributação por R$ 65.000,00. A cada ano o índice redutor deveria abaixar até que o imóvel pudesse ser considerado de acordo com a realidade demonstrada na PGV de 2003. À Semfaz caberia levar anualmente à Câmara Municipal um anteprojeto de lei propondo qual seria a taxa de redução. No caso do lançamento de 2014, o redutor deveria estar zerado, mas o prefeito, porém, pediu a manutenção do índice redutor em 5%.

Quanto ao percentual relativo à UPF, o calculo é feito pela média do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período passado desde a última verificação até a data de lançamento do próximo período. Para o exercício de 2014, considerando-se a data de novembro de 2012 a outubro de 2013, o índice encontrado foi de 5,83%. O secretário da Semfaz, Marcelo Siqueira, explicou que a adequação aos diversos casos específicos para a cobrança do IPTU possibilitou o resultado geral de 11,83%.

No caso do ano de 2013, a arrecadação do IPTU superou a expectativa. O valor orçado era de 11,59 milhões, mas em outubro já se verificava uma arrecadação superior a 12 milhões. “O pagamento desse imposto é uma obrigação dos cidadãos. Em todo o território nacional ele é cobrado pelos municípios. Embora ainda tenhamos um índice muito alto de inadimplência, percebemos que em Porto Velho as pessoas estão se tornando mais conscientes de suas obrigações. Isso é bom para o município, mas também é bom para os contribuintes que não passa a acumular juros e multas aos seus impostos”, observou Adão Colombo.

De acordo com o secretário da Semfaz, os carnês do IPTU 2014 já foram licitados e, até a primeira quinzena de janeiro, deverão estar todos entregues nas residências. Nos primeiros dias de janeiro estarão também disponíveis pela WEB os valores relativos a cada imóvel. “Neste ano, a arrecadação foi quase maior pela WEB. Sabemos que esse é o melhor meio para arrecadação, porque ajuda ao contribuinte que não precisa mais se deslocar e vir à Semfaz, entrar em filas e esperar pelo atendimento. Contudo, de acordo com lei, a notificação do IPTU ocorre com a entrega dos carnês, essa é a forma oficial de notificação pessoal, de forma que não é pensado, ao menos por enquanto, a não emissão de carnês”, explicou Siqueira, que também informou que para o exercício de 2015 deverá haver mudanças na cobrança do imposto, porque uma nova Planta Genérica de Valores (PGV) deverá ser efetuada durante 2014, o que fará com que os valores venais sejam atualizados de acordo com as mudanças acontecidas na cidade e com a realidade do mercado imobiliário.

Por Renato Menghi

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:21:00

Coluna da Jussara Gottlieb - Hiran Gallo Comemora

O médico Hiran Gallo reuniu familiares e amigos para comemorar seu aniversário; Airton Pedro Marin Filho, Novo Procurador Geral do MPF; O dermatologista Alessandro Alarcão na Master Plástica.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 18:16:00

Câmara aprova pena maior para crime contra policial; matéria vai ao Senado

O Plenário aprovou nesta quinta-feira projeto que torna crime hediondo o assassinato de policiais, militares das Forças Armadas, entre outros, quando eles estiverem em serviço.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 18:12:00

Caso Naiara volta à pauta com julgamento de acusados

Estupro e assassinato de jovem até hoje não foi esclarecido pela Polícia Civil, que se perdeu no meio das investigações e conseguiu esvaziar o inquérito.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:48:00

Câmara de Porto Velho também pagou diárias para motorista do presidente participar de Seminário de Fortalecimento do Legislativo Municipal da Região Norte

Bengala não foi sozinho. Levou a tiracolo o funcionário que dirige para ele na Câmara. O motorista de Bengala também foi de avião com as despesas pagas pelos contribuintes. Recebeu 2.656,80 em diárias concedidas pelo chefe.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:09:00

Precatórios: 8 vitórias da OAB para a sociedade

Leia abaixo as 8 vitórias para a cidadania conquistadas no julgamento desta quarta-feira (25).

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:08:00

OAB é contra a coincidência de eleições e prorrogação de mandatos

O relator da matéria no Plenário da OAB, conselheiro federal José Luis Wagner, elencou os cinco pontos fundamentais nos quais a Ordem discorda da matéria que tramita no Congresso.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:06:00

Turma afasta contribuição previdenciária sobre abono de 1/3 de férias

Ao recorrer ao TST, a União alegou que as férias gozadas e o adicional constitucional de 1/3 têm natureza salarial e, assim, devem compor a base de cálculo da contribuição previdenciária.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 17:01:00

Provimento uniformiza registro de regularizações fundiárias urbanas

O provimento mostrou-se necessário com a promulgação da Lei 11.977/2009, que dispõe sobre a regularização fundiária de assentamentos localizados em áreas urbanas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:58:00

Prazo prescricional para rateio de honorários advocatícios é de dez anos

Um advogado ajuizou ação de arbitramento de honorários contra um colega. Requereu o cálculo e o recebimento de parcela referente à divisão proporcional de honorários advocatícios contratuais...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:56:00

Ofendido terá de fornecer URLs se quiser que Google identifique origem de mensagens

O prefeito havia ajuizado ação cautelar com pedido de liminar para que o Google rastreasse e identificasse todos os IPs dos computadores por meio dos quais foram postadas ofensas contra ele em um blog...

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:53:00

Lojas de automóveis terão de informar tributos e situação de regularidade dos veículos

Segundo a lei, deverão constar do contrato de compra e venda informações sobre furto, multas, débitos ou qualquer outro registro que limite ou impeça a circulação do veículo.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:51:00

Sancionada licença-maternidade de seis meses para mulheres militares

De acordo com a lei, a militar terá direito a licença-maternidade de 120 dias, prorrogáveis por mais 60, conforme previsto na Lei 11.770/2008.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:48:00

Ministério da Educação garante renovação de todos os contratos do Fies

A presidente da União Nacional dos Estudantes, Virgínia Barros, cobrou uma solução urgente do governo e relatou o drama dos estudantes que já haviam iniciado o curso.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/03/2015 ás 16:46:00

Lei Maria da Penha também pode enquadrar mulher como agressora

Apesar de a Lei Maria da Penha estabelecer que sua proteção independe de orientação sexual, apenas mulheres costumam ser enquadradas como vítimas de violência doméstica e familiar.

POLíTICA | matéria escrita em 26/03/2015 ás 15:51:00

Vereador dá piti porque não saiu na foto; na sua revolta, sobra até para a Associação dos Cornos. ÁUDIO

O vereador lembrou, porém, que chegou a aparecer na foto, só que de forma tão acanhada que ninguém o reconheceria. “Só eu sei que sou eu naquela fotografia”.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com