21/01/2013 - 10h31min - Atualizado em 21/01/2013 - 10h31min

Prefeitura de Porto Velho beneficia 82 famílias com entrega de imóveis do Minha Casa Minha Vida

Para receber as chaves dos imóveis do conjunto Cidade de Todos II, no bairro Socialista, as famílias participaram de um sorteio realizado pela prefeitura em outubro de 2011.

Porto Velho, Rondônia - Oitenta e duas famílias que moravam em áreas de risco ou não tinham onde habitar, desde o último sábado,19, passaram a residir em um local mais digno. Elas foram as primeiras de um grupo de 716 que receberão imóveis pelo programa Minha Casa Minha Vida I, do governo federal, executado em Porto Velho pela prefeitura da capital.

Para receber as chaves dos imóveis do conjunto Cidade de Todos II, no bairro Socialista, as famílias participaram de um sorteio realizado pela prefeitura em outubro de 2011. As mais de 700 residências foram disputadas por mais de 11 mil famílias, que após averiguados os critérios de seleção, foram consideradas aptas a participarem do sorteio.

A solenidade de entrega das chaves foi coordenada pelo prefeito Mauro Nazif que estava acompanhado do vice-prefeito, Dalton di Franco, do secretário Christian Camurça, da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur), do governador Confúcio Moura, e do deputado federal Nilton Capixaba (PTB/RO).

Também participaram do evento o gerente regional da Caixa Econômica Federal, Wilson Alves e os vereadores Cabo Anjos (PDT), Chico Lata (PP), Marcio do Sitetuperon (PSB), Ellis Regina (PC do B), Aelcio da TV (PP), Dindim (PSL) e Fogaça PTB).

Esforço
O prefeito Mauro Nazif agradeceu o empenho da equipe da Semur para que as famílias não tivessem o sonho da casa própria frustrado por causa de problemas de última hora e todo o esforço para que a data da entrega das unidades habitacionais não fosse novamente mudada. Os moradores já eram para estar ocupando as casas desde o segundo semestre de 2011. “Temos em Porto Velho mais de trinta mil famílias sem casa e nossa missão é reduzir esse déficit habitacional garantindo moradia digna a quem realmente merece. A prefeitura está ombreada com o governo do estado e com o governo federal na busca de ampliar a oferta de moradia às famílias que não têm onde morar”, disse o prefeito.

O vice-prefeito Dalto di Franco falou da alegria estampada no rosto das pessoas que estavam prestes a receber a casa própria e também da burocracia que muita das vezes faz com que o processo seja demorado. “Nossa vontade era fazer a entrega imediatamente, mas a prefeitura tem que seguir os trâmites para quando a casa for entregue ela esteja toda documentada e a pessoa beneficiada tenha a garantia de que aquele imóvel é realmente seu”, afirmou o vice-prefeito.

Christian Camurça, da Semur, lembrou do esforço concentrado iniciado pela equipe de transição, para que as famílias beneficiárias não tivessem mais que esperar. Há mais de uma ano que elas aguardavam o momento de receber as chaves para ocupar as casas. “Foi um esforço conjunto que envolveu outras secretarias, como a Semfaz, a Caixa Econômica, a Caerd e a Eletronorte. As dificuldades foram superadas e conseguimos a liberação do Habite-se e a instalação das redes de água e de energia elétrica, entraves que estavam dificultando a liberação das casas para os moradores. Essa foi uma determinação passada pelo prefeito Mauro para acabar com a angústia dessas pessoas”, disse

Fim do Sofrimento

A primeira moradora a receber as chaves das mãos do prefeito Mauro Nazif foi a senhora Maria do Livramento, de 74 anos. Emocionada, ela agradeceu a Deus por ter conseguido o que disse ser uma graça divina. “Só Deus mesmo poderia permitir que eu recebesse essa casa. Agradeço também a prefeitura por ter lembrado de nós, que não tínhamos onde morar. Estou muito feliz. Agora já tenho onde viver com o meu marido”, disse.

Outra sorteada, Tanira Costa, de 72 anos, afirmou que chegou até a desconfiar de que tudo não passava de “embromação”, e quase desistiu de participar do programa. “Já fazia muito tempo que eu estava inscrita e nada de sair as casas. Já estava até desestimulada quando a minha nora me falou que o sorteio ia acontecer. E depois do sorteio tivemos que esperar mais de um ano até chegar este dia”, relembrou.

Sorteada com a casa de número 9497, no Cidade de Todos II, a moradora Ana Célia entrou em sua residência acompanhada do prefeito Mauro Nazif, que fez questão de conhecer a casa que a prefeitura acabava de entregar às famílias sorteadas. Dizendo-se muito feliz e satisfeita com o sonho realizado ela agradeceu pelo imóvel.

“Estou muito feliz e quero agradecer primeiro a Deus por ter conseguido realizar esse sonho e também ao pessoal da prefeitura. Demorou mas, felizmente, tudo acabou bem para nós que já estávamos cansados de esperar”, desabafou.

Critérios

Pelo critério do programa, a destinação das moradias tem que obedecer a uma hierarquização nacional e local com a seguinte distribuição: 3% para idosos; e 6% para pessoas com necessidades especiais. Em seguida vêm o grupo geral que engloba as famílias residentes ou que tenham sido desabrigadas de áreas de riscos ou insalubres; famílias com mulheres responsáveis pelo sustento familiar; famílias inscritas no CADúnico; famílias com maior número de dependentes; e famílias beneficiárias do Bolsa Família.

Em Porto Velho serão construídas 716 unidades habitacionais na primeira fase do Minha Casa Minha Vida. São dois empreendimentos localizados na zona leste, o que Cidade de Todos II, entregue no último sábado, e outro no Jardim Santana.
O número de unidades habitacionais por empreendimento é estabelecido em função da área e do projeto, limitado em 500 unidades por empreendimento. As unidades habitacionais apresentam tipologia de casas térreas ou apartamentos. As casas com 02 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e área útil mínima de 32 m². Os apartamentos com
02 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e área útil mínima de 37 m².

Por Joel Elias
Fotos: Medeiros

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 24/05/2016 ás 09:34:00

Lei que regulamenta Bombeiros Civis em discussão durante audiência pública

Proposta pelo deputado Léo Moraes audiência debateu a Lei 3271/2013.

POLíTICA | matéria escrita em 24/05/2016 ás 09:29:00

Maurão indica ao DER a sinalização da Rodovia do Café, em Cacoal

Sinalização vai dar mais segurança aos motoristas, diz deputado.

GERAL | matéria escrita em 24/05/2016 ás 09:25:00

Defensoria Pública e Amdepro realizam mais de 100 atendimentos durante Ação Global

Esta é a primeira vez que a Defensoria Pública e a Associação dos Membros da Defensoria Pública(Amdepro) participam da Ação Global em Porto Velho.

POLíTICA | matéria escrita em 24/05/2016 ás 09:18:00

Deputado Jean Oliveira dá boas vindas aos novos policiais militares de Rondônia

O parlamentar destacou o esforço do Executivo Estadual para aumentar o contingente da Policia Militar e elogiou o trabalho do comandante-geral, coronel Enedy Dias de Araújo...

GERAL | matéria escrita em 24/05/2016 ás 09:12:00

Unidades do Ministério Público em Porto Velho e Vilhena não funcionarão nos dias 26 e 27 de maio

As unidades do MP dePorto Velho e Vilhena tiveram o feriado transferido...

GERAL | matéria escrita em 24/05/2016 ás 09:07:00

Fórum dos 33 anos do TCE-RO reúne mais de 1.200 participantes e 14 TCs representados

O evento teve, em seu encerramento a palestra do advogado e professor Rodrigo Pironti.

GERAL | matéria escrita em 24/05/2016 ás 09:04:00

Delegação brasileira se destaca e alcança o ápice na INTEL ISEF 2016

Estudantes conquistam 12 prêmios na maior feira internacional de ciências e engenharia; um deles é de Porto Velho, Rondônia.

GERAL | matéria escrita em 24/05/2016 ás 08:54:00

Embrapa faz lançamentos e leva tecnologias para a 5ª Rondônia Rural Show

A Embrapa Rondônia irá lançar e levar diversas tecnologias nas áreas da cafeicultura, produção animal, vegetal e florestal para uma das maiores feiras de agronegócios da Região Norte...

GERAL | matéria escrita em 24/05/2016 ás 08:52:00

Mais de 716 mil já estão na malha fina - Saiba o que fazer nessa situação!

E como o contribuinte deve agir quando isso ocorre come ele?

GERAL | matéria escrita em 24/05/2016 ás 08:48:00

Feempi apresenta reivindicações de micro e pequenos empresários ao prefeito da Capital

Mauro Nazif visitou a sede da entidade e prometeu empenho para agilizar demandas do setor na prefeitura.

POLíTICA | matéria escrita em 24/05/2016 ás 08:42:00

Aceitando o contraditório

Professor Nazareno*

POLíTICA | matéria escrita em 23/05/2016 ás 10:37:00

Com 20 partidos, lideranças do PSD lançam pré-candidatura de Junior Donadon a prefeito de Vilhena

O 1º encontro regional do PSD do Cone Sul, realizado na manhã de sábado, 21, na Câmara de Vilhena, superou expectativas.

POLíCIA | matéria escrita em 23/05/2016 ás 10:08:00

Mulher é morta com um tiro na cabeça dentro da própria residência; Namorado é o principal suspeito

Dentro da casa, os Policiais Militares encontraram uma cápsula deflagrada de calibre 38. Vizinhos informaram à polícia que ouviram um disparo de arma de fogo por volta das 05h00.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/05/2016 ás 09:14:00

CNJ determina que TJRO garanta direito de servidores a concurso de remoção

A liminar garante que a remoção deve preceder a nomeação nos próximos concursos, mas mantém a nomeação já feita de aprovados em concurso realizado em 2015.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 SRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Gonçalves Dias, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com