29/06/2010 - 06h18min - Atualizado em 29/06/2010 - 06h18min

Prefeitura é convocada para explicar irregularidades no "lixão"

Magistrado aplicará sequestro de verba, caso município não cumpra condenação de 2005.

Audiência realizada na última quinta-feira, dia 24, na 1ª Vara da Fazenda Pública, em Porto Velho , põe a prefeitura mais uma vez em cheque sobre a situação do aterro sanitário. Desde que foi condenada a mudar o local do "lixão", em 2005, a administração municipal não cumpriu a sentença que determinava, entre outros pontos, a abertura de um novo local para o aterro, o monitoramento físico-químicos dos igarapés próximos, a adequação e fiscalização do depósito do lixo e a suspensão da coleta feita a céu aberto.

A prefeitura da capital não teria cumprido a sentença, além de não justificar satisfatoriamente a desobediência, por isso foi novamente convocada pela Justiça para explicar-se e tomar as medidas determinadas pelo juiz Alexandre Miguel à época. A sentença também condenava a Prefeitura a regularizar a atividade dos catadores, a impedir o acesso ao lixo por pessoas sem botas, luvas ou a lixo tóxico, a apresentar relatório técnico de análise de área danificada e plano de recuperação e recomposição ambiental, além de ressarcir e indenizar os danos causados ao meio ambiente em razão das constantes violações e degradações.

"Ocorre que de lá para cá nada foi realizado pelo requerido, no que se refere ao exato cumprimento da sentença condenatória", escreveu o Juiz no despacho, por isso fixou multa que segundo a última apuração chegava ao valor de 7 milhões 416 mil e 115 reais, e que se fosse corrigido até hoje poderia chegar a 10 milhões. A administração nunca pagou a multa e mais uma vez tentou apresentar documentos que, segundo os magistrados e promotores do caso, não justificam em nada a falta de atitude com relação a um problema tão sério que atinge a população da capital.

Dois secretários municipais, o de obras, Marcelo Fernandes, e o de serviços públicos, Jair Ramires, compareceram à audiência, acompanhados dos procuradores do município. Cada qual tentou se isentar de responsabilidades, mas o magistrado e o representante do Ministério Público foram incisivos ao cobrar das autoridades o cumprimento da determinação judicial. "Vários documentos foram juntados sem, contudo, especificar, indicar ou provar que a decisão foi cumprida a contento", esclareceu no despacho Alexandre Miguel.

Para o magistrado, a concorrência pública, que o município alega ser o gargalo para a resolução do problema, não pode ser a única alternativa para o cumprimento da decisão. "Já se passaram quase cinco anos do trânsito em julgado (quando a condenação não tem mais possibilidade de recursos) e o município não conseguiu e não me convém expor as razões disso para concluir tal concorrência. Nem mesmo há indicativo de que, realizada esta concorrência, o julgado estará cumprido integralmente", argumentou o magistrado.

Diante da falta de plano convincente, o Juízo concedeu prazo para o município apresentar relatório circunstanciado do que vem desenvolvendo para melhorar a coleta do lixo na cidade e o que está sendo cumprindo pelo município, segundo a sentença, bem como para apresentar uma agenda indicando os prazos para o cumprimento das demais obrigações.

Também o prefeito deverá ser convocado para dar explicações, já que, para o magistrado e para o Ministério Público, as secretarias municipais estão se eximindo de suas responsabilidades. Quanto à multa, o Ministério Público requererá a execução, nos termos da lei, ou seja, o sequestro do valor das contas públicas.

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 25/11/2014 ás 16:29:00

Aneel concede redução de 3,78% na tarifa de energia elétrica de Rondônia

Para os consumidores do grupo B, contemplando a classe Residencial, o efeito médio será de -3,58%.

POLíTICA | matéria escrita em 25/11/2014 ás 16:24:00

Resenha Política

Robson Oliveira

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 25/11/2014 ás 15:00:00

Especialista em direito tributário ministrará palestra no CARF

O evento ocorrerá na próxima quinta-feira (27) em Porto Velho.

POLíTICA | matéria escrita em 25/11/2014 ás 14:06:00

PM mata um e fere outro no centro da capital

Polícia diz que os dois homens baleados estavam numa moto e tentaram um assalto no centro da capital no início da tarde desta terça-feira. Um morreu e outro ficou gravemente ferido.

POLíTICA | matéria escrita em 25/11/2014 ás 13:53:00

Em Linhas Gerais: Um roubo leva a outro

Gessi Taborda

GERAL | matéria escrita em 25/11/2014 ás 11:31:00

Casa Família Rosetta recebe ônibus adaptado

O ônibus é adaptado podendo agora fazer o transporte dos 80 pacientes de maneira adequada, o que não acontecia, segundo a diretora-geral, Giusi Fulco.

GERAL | matéria escrita em 25/11/2014 ás 11:29:00

Projeto do executivo municipal que reestrutura Semepe e Defesa Civil é aprovado

O líder do prefeito na Câmara, vereador Jair Montes, enalteceu a iniciativa do executivo municipal e pediu aos colegas que aprovassem o projeto.

GERAL | matéria escrita em 25/11/2014 ás 11:27:00

Simpósio de Direito Ambiental discutirá a bioética na experimentação animal, em Porto Velho

O I Simpósio de Direito Ambiental trará como tema "A bioética na experimentação animal".

GERAL | matéria escrita em 25/11/2014 ás 11:25:00

A Jornada Científica CEDSA acontecerá nos dias 27, 28 e 29 de novembro

Essa edição abordará o contexto da Amazônia como um dos biomas mais importantes do planeta devido à sua dinâmica ambiental.

GERAL | matéria escrita em 25/11/2014 ás 11:24:00

Magistrado de Rondônia inova ao intimar parte de processo pelo Whatsapp

O Juizado é oral, informal e célere, portanto não vejo impedimento de usar essas ferramentas”, destacou Valério.

POLíTICA | matéria escrita em 25/11/2014 ás 09:39:00

Tá dominado: cunhado e secretário de Finanças de Confúcio são soltos

O cunhado do governador, o secretário de finanças de Rondônia e o próprio Confúcio são acusados de participar de um esquema que desviou R$ 57 milhões em Rondônia.

POLíTICA | matéria escrita em 24/11/2014 ás 19:19:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

Até CEO da Brasil Telecom teria pago propina ao governo da cooperação. Haroldinho, que havia sido preso na Operação Dominó também aparece na Operação Platéias.

GERAL | matéria escrita em 24/11/2014 ás 18:13:00

Semusa receberá do Dnit área na margem esquerda do Rio Madeira que servirá para ações de ESF

É esperado que o novo espaço seja um ponto de apoio na assistência à saúde para ribeirinhos das comunidades Vila DNIT, Novo Engenho e Morrinhos.

GERAL | matéria escrita em 24/11/2014 ás 17:41:00

Semob trabalha na ampliação da rede de drenagem pluvial em quatro bairros de Porto Velho

Na rua Vaticano com Pinheiro Machado, no bairro Nova Caiari, uma outra equipe da secretaria também trabalha na ampliação da rede de drenagem pluvial em um trecho de quase 400 metros.

GERAL | matéria escrita em 24/11/2014 ás 17:39:00

Fhemeron comemora o Dia Nacional do Doador de Sangue

Em Porto Velho, o evento começa a partir das 9h, no pátio da instituição.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com