11/06/2013 - 09h36min - Atualizado em 11/06/2013 - 09h36min

Procon Rondônia passa a integrar o Sistema Nacional de Informação de Defesa do Consumidor

Com a implantação do Sistema, as reclamações e sugestões feitas pelos consumidores passam a integrar o banco de dados do Sistema Nacional de Informação de Defesa do Consumidor (Sindec), ligado ao Ministério da Justiça (MJ).

A ferramenta trará agilidade nas informações prestadas pelos consumidores colaborando para a sua resolução. Além de ser uma fonte valiosa para a elaboração da Política Nacional das Relações de Consumo, para informação aos consumidores e aos diversos interessados na proteção e defesa do consumidor, bem como incentivo aos fornecedores.

Em Porto Velho, o lançamento da ferramenta aconteceu na tarde de terça-feira (10), no auditório do Proncon, na presença de servidores públicos das cinco unidades do Estado onde, durante uma semana, serão capacitados e orientados a trabalharem com o novo sistema. “E já na próxima segunda-feira (17), os servidores estarão, além de aptos, fazendo uso da ferramenta”, informa o coordenador do Pronco Unidade Porto Velho, Anderson Aguiar de Lima

O repasse de informações, treinamento, e a parte de capacitação estão sendo realizados por colaboradas, ligadas ao Ministério da Justiça, e o Procon do Espírito Santo, Estado referência na utilização da ferramenta.

Para o secretário Estadual de Assistência Social (Seas), Márcio Félix, “a chegada do sistema coloca o Estado na vanguarda de informações relacionadas ao Código de Defesa do Consumidor, agindo conforme previsto em lei”, disse Félix que ainda enfatizou a atual integração do Procon que agora é ligado a Seas

A ferramenta se faz por meio de um acordo do governo de Rondônia com o Ministério da Justiça (MJ), firmado entre o governador Confúcio Moura em 2012, em uma fusão com o sistema de 26 federações, contando agora com Rondônia, além de está em 246 Procons de 508 unidades em todo o Brasil.

“O Sindec permite o registro dos atendimentos individuais a consumidores, a instrução dos procedimentos de atendimento e dos processos de reclamação, além da gestão das políticas de atendimento e fluxos internos dos Procons integrados e a elaboração de cadastros estaduais e nacional de reclamações fundamentadas”, esclarece a analista do Ministério da Justiça, Daniele Cardoso

O (Sindec), na linha do que determinam os artigos 105 e 106 da Lei 8.078, é uma política pública que, por meio de um conjunto de soluções tecnológicas, representa um eixo fundamental de junção do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC) e de fortalecimento da ação coordenada e harmônica entre seus órgãos.

“O que leva em conta é o fato de que a implantação da ferramenta não traz demanda financeira alguma ao Estado por fazer parte de um convênio, apenas benefícios, lembra o coordenador Estadual do Procon, Rui Costa

Essa base nacional é uma fonte valiosa de informações para elaboração da Política Nacional das Relações de Consumo, para informação aos consumidores e aos diversos interessados na proteção e defesa do consumidor, bem como incentivo aos fornecedores para aperfeiçoarem cada dia mais o seu relacionamento com os consumidores.

Com a implantação do Sindec nos Procons daqui, Rondônia é o 26º Estado da federação a contar com o sistema, faltando apenas Roraima a fechar o ciclo da integração nacional o que ocorrerá em breve.

O Sindec é a demonstração de como um trabalho integrado, feito a partir da lógica da parceria, construiu uma política que permite amplificar a voz de milhões de consumidores em todo o Brasil.

Texto: Emerson Barbosa
Fotos: Marcos Freire
Fonte: Decom

Fonte: DECOM - Departamento de Comunicação Social

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:34:00

Congresso promulgará emenda que abre janela para troca de partidos

...os detentores de mandatos eletivos poderão deixar os partidos pelos quais foram eleitos nos 30 dias seguintes à promulgação da emenda.

POLíTICA | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:30:00

Tempo da reforma agrária passou, diz pesquisador da Embrapa

- Os recursos seriam aplicados de maneira mais eficiente se extinguíssemos o Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária] e o programa de distribuição de terra e utilizássemos os recursos de outra forma para as famílias mais pobres — disse.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:23:00

Câmara Especial do TJRO mantém indenização a servidora que foi vítima de explosão de veículo

A servidora federal foi colocada à disposição do Estado para desempenhar suas funções no município de Porto Velho em atividades relacionadas ao controle de doenças e epidemiologia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:18:00

Ministro do STF nega seguimento à ação da Anamages contra resolução do CNJ

Na ADI, a entidade alegava que, ao editar a resolução que regulamentou a realização de audiências de custódia em todo o país, o CNJ teria usurpado a competência privativa do Congresso Nacional para legislar sobre matéria processual penal.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:16:00

Divergência entre testemunhas isenta churrascaria de condenação por discriminação a copeiro baiano

De acordo com o copeiro, o sócio da churrascaria e o maitre chamavam os trabalhadores locais de "baianos preguiçosos e nojentos" e chegavam a lavar as mãos com álcool em gel após cumprimentá-los.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:13:00

Lei que altera novo CPC e restabelece juízo de admissibilidade é sancionada

Com a mudança, os recursos só podem subir depois de uma análise prévia feita pelos tribunais de origem (estaduais e federais), na pessoa do presidente (que pode delegar ao vice-presidente da corte) o que já acontece hoje.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:11:00

Paternidade: filho tem direito ao nome do pai biológico no registro de nascimento

A ação de investigação e anulação de registro civil foi movida pelos filhos contra o pai biológico, quando eles já tinham mais de 40 anos de idade.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:05:00

É crime entregar veículo a não habilitados, mesmo quando não há acidente

Na causa, o Ministério Público recorreu ao STJ depois que o Juizado Especial Criminal absolveu um acusado que permitiu a condução de seu veículo por motorista sem habilitação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 09:59:00

Sexta Turma do STJ liberta preso acusado de furtar um vidro de creme de pentear

No caso citado, o ilícito, equivalente a R$ 5,0 (cinco reais) , mobilizou a Polícia, o Ministério Público , o Tribunal de Justiça , a Defensoria Pública, bem como o Ministério Público Federal e o STJ.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 09:55:00

Ministro nega revogação de prisão preventiva do ex-deputado Luiz Argolo

Na avaliação do relator, embora relevantes as questões suscitadas pela defesa, elas “não evidenciam hipóteses que autorizem, liminarmente, a revogação da prisão preventiva”.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com