20/11/2012 - 15h00min - Atualizado em 20/11/2012 - 15h00min

Quem entra na Assembleia Legislativa é revistado por causa do " Movimento Queremos a Aninha"

Cobradores da deputada Ana da 8 voltam a organizar manifestação contra a parlamentar. Manifestantes "contratados" gritam a palavra de ordem "Queremos a Aninha!".

Da reportagem do Tudorondônia

Porto Velho, Rondônia – Policiais militares e servidores lotados do Departamento de Polícia Legislativa (Depol) revistam nesta terça-feira (20) todos os que visitam a Assembleia Legislativa. A medida foi adotada devido aos protestos contra a deputada Ana da Oito (PT do B-Nova Mamoré), que recebeu propina do deputado cassado Valter Araújo e foi “penalizada” com perda temporária do mandato por um mês.

Nesta terça-feira, cerca de cem pessoas que exigem a cassação do mandato de Ana da Oito estão nos arredores da Assembleia Legislativa. Eles usam camisetas com a foto da deputada e exigem providências dos demais parlamentares.

Os coordenadores do movimento seriam pessoas de quem Ana da Oito teria emprestado dinheiro para sua campanha. Como ela não teria pago o que deve, eles encontraram uma forma inusitada de cobrar a parlamentar.

Todas as terças e quintas a Assembleia é tomada pelos "manifestantes" do " Movimento Queremos a Aninha", que ganhou este nome devido a palavra de ordem gritada no plenário: "Queremos a Aninha!".

As pessoas que usam as camisetas parecem nem saber direito qual a razão do protesto contra Ana da Oito. Se limitam a dizer que ela recebeu propina, por isso não merece continuar sendo deputada.

Os protestos causam constrangimento nos demais deputados. Quando eles começam a falar durante as sessões, as pessoas que usam as camisetas com a foto de Ana da Oito começam a gritar. Assim, quando alguém chega na Assembleia Legistiva precisa explicar qual assunto irá tratar e passar por uma revista.

A medida estaria sendo utilizada porque, no período que antecedeu a cassação do mandato do deputado Valter Araújo, um homem foi flagrado tentando entrar na Assembleia Legislativa com saquinhos contendo fezes, dentro de uma mochila.

Não foi divulgado se as fezes eram humanas, mas existe a suspeita de que a intenção seria atirar o material com odor indigesto em alguns parlamentares. Agora, para garantir a segurança de Ana da Oito, foi instituída a revista.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 27/04/2015 ás 21:19:00

Léo Moraes representa Rondônia em Conferência de Direitos Humanos

Este é um evento histórico promovido pela OAB Nacional e que reunirá grandes nomes da política, especialistas e militantes do Brasil e do mundo.

POLíTICA | matéria escrita em 27/04/2015 ás 21:13:00

Deputado Ezequiel Júnior intercederá por Etnia Tupari junto à SEDUC

Luiz Gonzaga lembrou que na “Etnia Tupari” de Alta Floresta reúne 5 aldeias e que todos estão muito insatisfeitos com a retirada da REN de localidade.

POLíTICA | matéria escrita em 27/04/2015 ás 21:11:00

Léo Moraes pede recuperação de asfalto em Porto Velho

O deputado citou, ainda, que no local existem extensos buracos que atrapalham o trânsito, criam poeira ou lama e colocam em risco a vida de motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.

POLíTICA | matéria escrita em 27/04/2015 ás 21:08:00

Deputado Dr. Neidson quer sinal de satélite em Nova Dimensão

Dr. Neidson explicou que, se houver sinal via satélite, a escola terá condições de implantar o diário eletrônico, o que possibilitará grandes benefícios tanto para os professores quanto para os alunos.

POLíTICA | matéria escrita em 27/04/2015 ás 21:06:00

Laerte Gomes solicita a construção de pontes

Em relação à ponte de concreto em Castanheiras, o parlamentar explicou que a extensão é de 70 metros e que há quatro anos a falta de condições de tráfego tem impossibilitado o escoamento de produtos agrícolas.

POLíTICA | matéria escrita em 27/04/2015 ás 21:02:00

Maurão de Carvalho discute projetos com gestores da Secel

Presidente da Assembleia e deputado Lebrão se reúnem com superintendente da pasta.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:52:00

Advogados do Cone sul recebem as novas salas de inclusão digital

Antes da inauguração de Vilhena, a OAB/RO já oficializou a entrega de salas nas Subseções de Ariquemes, Machadinho, Jaru, Ouro Preto D´Oeste, Ji-Paraná, Presidente Médici e Alvorada D´Oeste...

POLíTICA | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:51:00

Mais respeito aos que cuidam da nossa saúde

Valdemir Caldas

GERAL | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:49:00

Faculdade São Lucas alerta para a conscientização sobre o ruído de trânsito

O tema é de suma importância, pois pesquisas apontam que o ruído urbano, principalmente o de trânsito, é fator importante a ser considerado por autoridades e gestores na mitigação dos efeitos da exposição ao ruído não ocupacional.

GERAL | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:48:00

Rondônia se une à Suframa na divulgação dos incentivos fiscais e tributários na Amazônia

O evento antecederá a abertura da 4ª edição da Feira de Agronegócios Rondônia Rural Show, que será realizada no período de 27 a 30 de maio de 2015, no município.

GERAL | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:43:00

Práticas de ensino inclusivo melhoram indicadores em escola estadual de Ariquemes

Com base no projeto, os professores trocam práticas didáticas tradicionais pelo uso do teatro musical como método de ensino.

GERAL | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:38:00

Programa Título Já beneficiará 3 mil famílias em Ji-Paraná; cadastramento será até 30 de abril

O Programa Título Já tem o objetivo de legalizar imóveis urbanos em várias cidades rondonienses a custo zero para as famílias carentes.

GERAL | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:36:00

Jaru: Contribuintes têm até o dia 30 para pagar IPTU com 50% de desconto

Quem ainda não recebeu em casa a guia para pagamento deve procurar o setor de arrecadação da prefeitura para retirá-la.

GERAL | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:33:00

INFORME DA CUT: Trabalhadores de Jirau entram em greve e de Santo Antônio aprovam uma nova contraproposta

Em Santo Antônio a proposta também foi rejeitada, mas os trabalhadores optaram por aprovar uma contrapostas de 8,8% e continuar trabalhando.

GERAL | matéria escrita em 27/04/2015 ás 19:30:00

Prefeitura de Jaru embarga obra de empresa que quebrou e não consertou asfalto

A empresa já foi notificada três vezes, mas não acatou, por isso está proibida de continuar os serviços até que tome as devidas providências. Caso não cumpra novamente, a empresa será multada.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 SRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Gonçalves Dias, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com