27/04/2012 - 18h46min - Atualizado em 27/04/2012 - 18h46min

Quem precisa de Sobrinho?

Por Valdemir Caldas

Nem Lindomar Garçom, nem Miguel de Souza, nem José Augusto. O segundo turma da eleição para a prefeitura de Porto Velho será disputado entre o deputado federal Mauro Nazif (PSB) e a ex-senadora Fátima Cleide (PT). Isso, evidentemente, se Nazif não resolver jogar a toalha antes e debandar-se para o lado do PT. E a vereadora Mariana Carvalho (PSDB), perguntar-me-ia o leitor?

Bem. Mariana precisa parar, refletir e colocar de uma vez por todas na cabeça de que essa é uma briga de pesos pesados, recarregar as baterias e buscar a reeleição, cujo êxito logrará sem maiores óbices. A menos, é claro, que queira vestir o manto de Joana d’Arc, a heroína da Guerra dos Cem Anos, e acabar incinerada na fogueira das vaidades, construída por tucanos, que, no fundo, querem vê-la alijada do mapa político.

Filha de político e empresário bem-sucedido, Mariana deveria conversar mais com seu pai Aparício Carvalho sobre o assunto, e não deixar-se persuadir pelo canto de sereia de muitos que a cercam, pois essa gente não está nem um pouco preocupada com seu futuro político.

Enquanto o processo eleitoral avança na direção das convenções partidárias, obedecendo ao calendário eleitoral estabelecido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a imprensa anuncia a possibilidade de o prefeito Roberto Sobrinho vir a apoiar a candidatura do vereador Mário Sérgio (PMN), que faria um excelente negócio se, desde já, abandonasse essa idéia estapafúrdia e tentasse a reeleição, uma vez que, à semelhança de Mariana, também tem chances reais de se manter por mais quatro anos na Câmara Municipal.

É sabido (e jamais contestado) que Sobrinho não morre de amores pela ex-senadora Fátima Cleide. Tanto é verdade que, em vez de apoiá-la nas prévias do PT, como seria normal, já que reúne todas as condições para bem representar o partido, preferiu apostar todas as fichas numa candidatura neófita, sem a menor possibilidade de vitória. Por isso, vindo de Sobrinho, tudo é possível. Se esse apoio se materializar, não será de maneira espontânea, mas por imposição partidária. Por isso, Cleide deve esquecê-lo.

A dúvida, no entanto, é saber até que ponto a presença do prefeito ajudaria a alavancar a candidatura de Cleide. A essa altura do campeonato, com a imagem bastante chamuscada, por conta de fatos os mais variados, muita gente acredita, inclusive petistas de carteirinha, que o melhor para a ex-senadora seria desgrudar-se de seu companheiro de partido.

Afinal, quem precisa de Sobrinho quando se têm a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula como cabos eleitorais, capazes de fazer a diferença em qualquer eleição? Ou você acha que Cleide vai entrar nessa guerra sozinha? É claro, que não! Portanto, o melhor que ela tem a fazer e pular fora desse barco antes que ele afunde.

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíCIA | matéria escrita em 29/09/2016 ás 07:35:00

Centenas de garimpeiros bloqueiam ruas em Porto Velho

Eles protestam contra a repressão policial à garimpagem de ouro no rio Madeira.

POLíTICA | matéria escrita em 29/09/2016 ás 07:17:00

Debate eleitoral de hoje na TV Rondônia pode ser decisivo para as eleições em Porto Velho

Expectativa é que os eleitores indecisos possam definir o voto a partir de hoje e " desembolar" a disputa entre Léo Moraes, Nazif, Roberto Sobrinho e Pimentel. Pimenta de Rondônia fica de fora, mas advogado Diego Vasconcellos tenta colocá-lo no debate.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/09/2016 ás 06:00:00

Senador Ivo Cassol é condenado novamente por fraude em licitação para favorecer empresas de amigos, familiares e empregados

Licitação feita na administração Cassol era tão viciada que as propostas de todas as empresas continham os mesmos erros de português e só eram diferentes nos preços.

POLíTICA | matéria escrita em 29/09/2016 ás 05:23:00

PSOL recorre ao Supremo para barrar MP do Ensino Médio

Para o partido, as mudanças desrespeitam o acesso à educação e dificulta a redução das desigualdades, "promovendo verdadeiro retrocesso social".

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/09/2016 ás 05:21:00

Banco do Brasil diz à OAB que terá aplicativo para facilitar pagamento de alvarás

A gerente-executiva da diretoria de governo do Banco do Brasil, Daniela Hora, afirmou que o banco do Brasil já está desenvolvendo um aplicativo de celular pelo qual os advogados poderão solicitar o pagamento dos alvarás apenas se identificando e enviando

POLíTICA | matéria escrita em 29/09/2016 ás 05:18:00

Baleado em carreata, vice-governador de GO não corre risco de morte, diz governo

Além de José Gomes da Rocha, que tentava voltar ao cargo de prefeito de Itumbiara, também morreram no atentado o policial militar Vanilson Rodrigues, qua fazia parte da segurança do vice-governador, e o atirador.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/09/2016 ás 04:48:00

Juiz acusado de parcialidade recebe pena de censura do CNJ

Em 2012, o magistrado da comarca de Trairi/CE julgou procedente um pedido para a Companhia Energética do Ceará (Coelce) reativar o fornecimento de energia elétrica da residência oficial do Poder Judiciário no município...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/09/2016 ás 04:44:00

CNJ anula promoção por merecimento de juíza

Com a decisão, ficou anulado o ato de promoção da juíza Stella Simonne Ramos e determinado que o TJAP, no prazo de 15 dias, refaça integralmente o procedimento de escolha/votação para provimento do respectivo cargo.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/09/2016 ás 04:39:00

Ausência de membro do MP não obriga adiamento de julgamento, decide CNJ

A presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, também acompanhou a divergência, reforçando a importância de se seguir com os atos processuais.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/09/2016 ás 04:34:00

Gravação de conversa entre gerente e diretor da empresa por viva-voz comprova humilhação de vendedora

Exposta a essa "situação incômoda, humilhante e constrangedora", como definiu a vendedora, e tendo o caso chegado ao conhecimento dos colegas, ela acabou pedindo demissão 12 dias depois.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/09/2016 ás 04:31:00

Só prova contra um dos genitores impede guarda compartilhada, diz Terceira Turma

O entendimento foi proferido pela Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ao julgar recurso originado em ação de divórcio.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/09/2016 ás 04:22:00

Psicólogos e assistentes sociais do Judiciário se aprimoram em congressos e pós-graduação

O objetivo é aprofundar o conhecimento sobre a temática da família, presente em todas as intervenções psicossociais, possibilitando aos profissionais de serviço social e psicologia momentos específicos de supervisão da prática...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/09/2016 ás 22:08:00

Venda de liminares era negociada em aplicativo de mensagens

Batizada de Cappuccino, essa fase da investigação revelou que os envolvidos se organizavam em três núcleos, cada um atuando em torno de um magistrado.

GERAL | matéria escrita em 28/09/2016 ás 22:05:00

Greve dos bancários continua após reunião com Fenaban terminar sem acordo

Comando Nacional rejeitou a proposta dos bancos e convocou assembleia para segunda-feira.

POLíTICA | matéria escrita em 28/09/2016 ás 20:28:00

FALSA COMUNICAÇÃO DE CRIME ELEITORAL - Armação contra Léo Moraes  é desmontada por depoimentos na Polícia Federal

Adversários políticos, que podem estar por trás da farsa, aproveitaram para espalhar a mentira  nas redes sociais, principalmente no Facebook.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com