27/04/2012 - 18h46min - Atualizado em 27/04/2012 - 18h46min

Quem precisa de Sobrinho?

Por Valdemir Caldas

Nem Lindomar Garçom, nem Miguel de Souza, nem José Augusto. O segundo turma da eleição para a prefeitura de Porto Velho será disputado entre o deputado federal Mauro Nazif (PSB) e a ex-senadora Fátima Cleide (PT). Isso, evidentemente, se Nazif não resolver jogar a toalha antes e debandar-se para o lado do PT. E a vereadora Mariana Carvalho (PSDB), perguntar-me-ia o leitor?

Bem. Mariana precisa parar, refletir e colocar de uma vez por todas na cabeça de que essa é uma briga de pesos pesados, recarregar as baterias e buscar a reeleição, cujo êxito logrará sem maiores óbices. A menos, é claro, que queira vestir o manto de Joana d’Arc, a heroína da Guerra dos Cem Anos, e acabar incinerada na fogueira das vaidades, construída por tucanos, que, no fundo, querem vê-la alijada do mapa político.

Filha de político e empresário bem-sucedido, Mariana deveria conversar mais com seu pai Aparício Carvalho sobre o assunto, e não deixar-se persuadir pelo canto de sereia de muitos que a cercam, pois essa gente não está nem um pouco preocupada com seu futuro político.

Enquanto o processo eleitoral avança na direção das convenções partidárias, obedecendo ao calendário eleitoral estabelecido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a imprensa anuncia a possibilidade de o prefeito Roberto Sobrinho vir a apoiar a candidatura do vereador Mário Sérgio (PMN), que faria um excelente negócio se, desde já, abandonasse essa idéia estapafúrdia e tentasse a reeleição, uma vez que, à semelhança de Mariana, também tem chances reais de se manter por mais quatro anos na Câmara Municipal.

É sabido (e jamais contestado) que Sobrinho não morre de amores pela ex-senadora Fátima Cleide. Tanto é verdade que, em vez de apoiá-la nas prévias do PT, como seria normal, já que reúne todas as condições para bem representar o partido, preferiu apostar todas as fichas numa candidatura neófita, sem a menor possibilidade de vitória. Por isso, vindo de Sobrinho, tudo é possível. Se esse apoio se materializar, não será de maneira espontânea, mas por imposição partidária. Por isso, Cleide deve esquecê-lo.

A dúvida, no entanto, é saber até que ponto a presença do prefeito ajudaria a alavancar a candidatura de Cleide. A essa altura do campeonato, com a imagem bastante chamuscada, por conta de fatos os mais variados, muita gente acredita, inclusive petistas de carteirinha, que o melhor para a ex-senadora seria desgrudar-se de seu companheiro de partido.

Afinal, quem precisa de Sobrinho quando se têm a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula como cabos eleitorais, capazes de fazer a diferença em qualquer eleição? Ou você acha que Cleide vai entrar nessa guerra sozinha? É claro, que não! Portanto, o melhor que ela tem a fazer e pular fora desse barco antes que ele afunde.

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2014 ás 19:16:00

Marina: país não pode desperdiçar espírito empreendedor dos jovens

Ela destacou os últimos resultados do desempenho da economia do país e ressaltou que a situação está prejudicando o desenvolvimento profissional da juventude.

POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2014 ás 19:13:00

Aécio adianta propostas de governo na área de segurança

Aécio disse que o objetivo é diminuir a “sensação de impunidade que hoje permeia a sociedade brasileira”.

POLíCIA | matéria escrita em 01/09/2014 ás 19:10:00

TRE-SP indefere candidatura de Maluf à Câmara dos Deputados

Em nota, Maluf disse que respeita a decisão do TRE-SP, mas, recorrerá ao TSE.

POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2014 ás 19:01:00

Odacir Soares defende unificação das polícias civil e militar

Segundo ele, a ditadura militar impôs às polícias uma atuação que colocasse os interesses da sociedade em segundo plano.

POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2014 ás 18:57:00

Candidatos encaram novas regras na campanha eleitoral

A distribuição de santinhos é permitida até as 22h do dia anterior à votação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 18:52:00

Terceira Seção afirma legitimidade do Ministério Público estadual para atuar no STJ

O colegiado, especializado em direito penal, concluiu que não se pode impedir o titular da ação pública de buscar a correção de julgados em ações provenientes de sua unidade federativa.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 18:49:00

Combate à morosidade não é obrigação só da Justiça, diz novo presidente do STJ

Segundo Falcão, o número de processos na Justiça brasileira “continua alarmante, e mais alarmante é que não para de crescer”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 18:46:00

Juízes e servidores devem ser valorizados, afirma presidente eleito do STF

Ao falar aos magistrados, o ministro Lewandowski reforçou a importância das escolas para o desenvolvimento do Judiciário.

POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2014 ás 18:36:00

MP investiga médicos da rede pública que teriam cobrado para fazer parto em hospital municipal

O MP vê indícios de improbidade administrativa e por isso instaurou inquérito cível público para investigar o caso.

POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2014 ás 14:20:00

Amir Lando é contra a flexibilização da Voz do Brasil e a favor das 30 horas semanais para enfermeiros

O parlamentar apresentou um requerimento de inclusão de pauta da matéria no Plenário da Câmara

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 11:27:00

TJRO mantém condenação de 10 anos por estupro

Ainda, segundo os desembargadores, a vítima conseguiu descrever minimamente as características do acusado e, diante disso, o pai o identificou como autor do delito.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 11:12:00

TJ-Rondônia mantém condenação de sindicalista que achacou empresa

Ele foi acusado pelo MP de ameaçar o dono da empresa de não mais homologar rescisões trabalhistas e ainda aumentar para 16% o pedido de reajuste salarial dos empregados, quando usualmente...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 10:28:00

TJ-Rondônia manda incluir membros de Comissão da Seduc em ação de improbidade administrativa

Na sua defesa, após recebida a denúncia, Pascoal Pascoal de Aguiar Gomes alegou ter sido induzido a erro pelos servidores integrantes da Comissão Especial designada para acompanhar a execução...

GERAL | matéria escrita em 01/09/2014 ás 09:55:00

Os piadistas do programa eleitoral - Valdemir Caldas

Paradoxalmente, vivemos numa democracia, mas ainda somos obrigados a votar e trabalhar no dia da eleição.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com