28/02/2011 - 16h14min - Atualizado em 28/02/2011 - 16h14min

Raupp diz que a Transposição vai até 1991 e que salários de servidores serão os da União

Para Valdir Raupp, segundo informou ao jornalista Maurício Calixto que o entrevistou, todas essas questões já haviam ficado bem claras quando anunciou o texto acordado em 29 de dezembro passado.

O senador Valdir Raupp (PMDB) elucidou, durante o programa “A Hora do Povo” desta segunda-feira (28), da “Rádio Rondônia”, em Porto Velho, duas das mais insistentes dúvidas dos servidores públicos rondonienses acerca da minuta do decreto que regulamente a Transposição: a que diz respeito ao alcance da medida (se até 1987 ou 1991) e a questão dos novos salários (se os do Estado ou os da União).

“Por que o Ministério do Planejamento inclui na minuta, no item III do Art. 2º (Constituirão, mediante opção, quadro em extinção da Administração federal, assegurados os direitos e vantagens a eles inerentes:), o texto: “III – os servidores e os policiais militares alcançados pelos efeitos do art. 36 da Lei Complementar nº 41, de 22 de dezembro de 1981?”, indagou.

De acordo com Valdir Raupp, não há outra interpretação possível, pois o Art. 36 diz claramente: “As despesas, até o exercício de 1991, inclusive, com os servidores de que tratam o parágrafo único do art. 18 e os arts. 22 e 29 desta Lei, serão de responsabilidade da União”.

“Então não há o que tergiversar: se não fosse para alcançar os servidores admitidos até 1991, era só o Ministério do Planejamento ter suprimido do texto da minuta o item III do Art. 2º . Esse item não tem outra finalidade a não ser a de fundamentar a inclusão dos servidores admitidos até 1991”, disse o senador.

Sobre os salários, o senador Valdir Raupp disse que não faria o menor sentido transpor o servidor do quadro estadual para os quadros da União e, em seguida, estabelecer para esse servidor o salário que ele já ganhava no Estado.

“Então para que transpor? Estaríamos criando uma terceira categoria de servidor, inédita e absolutamente estranha ao ordenamento jurídico-administrativo do país. Isso não existe e não vai ser agora que vai passar a existir”, arrematou.

Para Valdir Raupp, segundo informou ao jornalista Maurício Calixto que o entrevistou, todas essas questões já haviam ficado bem claras quando anunciou o texto acordado em 29 de dezembro passado, quando da reunião com o então secretário executivo do Ministério do Planejamento João Bernardo, encontro de que participaram também os deputados federais Mauro Nazif (PSB) e Marinha Raupp (PMDB), além do também senador Acir Gurgacz (PDT).


“Esse texto que saiu agora é igual. E é sobre ele que vamos bater o martelo nesta quarta-feira, em Brasília, numa reunião que teremos com a bancada federal e os sindicalistas representantes dos servidores”, informou Valdir Raupp.

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:48:00

Assembleia abre período de sessões extraordinárias e Hermínio Coelho alerta servidores para projetos polêmicos

"...porque estão aqui verdadeiras maldades contra o funcionalismo público. Esse governo já tirou dinheiro de todos os cantos e, agora, quer mexer nos fundos para manuseá-los da maneira como quise".

POLíTICA | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:46:00

Uso de carro oficial fora do expediente normal constitui ato de improbidade administrativa

Valdemir Caldas

GERAL | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:43:00

Programa “Adote uma Praça” é apresentado à Câmara de Dirigentes Lojistas

O presidente da CDL, Edson Gazoni, elogiou o Adote uma Praça e reconheceu a necessidade de iniciativas como essa serem adotadas na cidade.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:41:00

STJ atende OAB e federaliza crime contra os direitos humanos

Pela terceira vez na história o STJ aceita o Incidente de Deslocamento de Competência em casos envolvendo direitos humanos.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:39:00

Novas sociedades de advogados podem solicitar o Simples na inscrição

As novas sociedades não precisam se preocupar com os prazos para as sociedades já existentes.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:28:00

CNJ acolhe pedido da OAB e assegura férias dos advogados

O presidente do CNJ, Ricardo Lewandowski, divergindo do relator, votou pelas férias aos advogados.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:26:00

Novo CPC é aprovado pelo Senado e assegura conquistas para a advocacia

Dentre os principais pontos constantes no texto aprovado está o fim da compensação de honorários, a sua percepção pela pessoa jurídica e os honorários recursais.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:24:00

Tribunais têm autonomia para suspender prazos processuais, decide CNJ

A discussão foi motivada pela adoção da suspensão de prazos em diversos tribunais durante o mês de janeiro.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:21:00

Senado mantém aplicação supletiva e subsidiária do novo CPC ao processo trabalhista

"O artigo em referência retiraria a autonomia do direito processual do trabalho, colocando em cheque a aplicabilidade daquela legislação", defendeu.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:15:00

TJRO supera meta do CNJ na instalação do PJe

Com 27,5% das comarcas instaladas, o TJRO também cumpriu o cronograma preestabelecido para 2014, definido pelo Comitê Estadual do PJe.

POLíTICA | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:07:00

Mantida condenação de acusados por escândalo de passagens na Assembleia de Rondônia

Na época, Silvernani era presidente da Assembleia Legislativa e Moreira Mendes atuava na procuradoria daquela casa, razão pela qual não poderia ser sócio da empresa de turismo.

GERAL | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:04:00

MPF participa de encontro técnico sobre Pré-Cheia 2015, no Sipam

No evento, foi apresentado o boletim técnico que relata as questões climáticas da Amazônia Legal. O procurador da República Raphael Bevilaqua representou o MPF no encontro.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/12/2014 ás 17:03:00

2ª Turma reafirma que delação anônima pode legitimar procedimento penal

No recurso, o condenado, flagrado com 1,6 gramas de maconha, alegava que a investigação seria ilegal por ser deflagrada com base apenas em denúncia anônima.

POLíTICA | matéria escrita em 17/12/2014 ás 16:49:00

Vereador pede a população de Abunã para que escolha o local de reassentamento

O vereador destacou a importância da população definir as áreas que poderão atender e respeitar a história e os costumes da localidade.

GERAL | matéria escrita em 17/12/2014 ás 16:44:00

Prazo de entrega da DCTF vence nesta sexta-feira, 19

Empresas que perderem o prazo não podem emitir certidão negativa de débitos.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com