/ geral / STJ

11/05/2010 - 18h16min - Atualizado em 11/05/2010 - 18h16min

Rondônia: Optometrista não pode praticar atos privativos de médico

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) determinou que os profissionais deixassem de realizar consultas e receitar óculos sem o respectivo laudo médico.

A Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de dois profissionais de Rondônia que pretendiam continuar realizando consultas e exames optométricos e prescrevendo o uso de óculos e lentes de contato. O Ministério Público Federal havia entrado com ação civil para que os profissionais fossem impedidos de praticar atos privativos de médicos.

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) determinou que os profissionais deixassem de realizar consultas e receitar óculos sem o respectivo laudo médico. O tribunal também estabeleceu que eles deveriam adequar a publicidade da empresa.

Os optometristas recorreram ao STJ contra essa decisão da justiça de Rondônia. Eles questionavam a legalidade da Portaria n. 397/2002. Esse ato, editado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, teria alargado as atividades do optometrista em relação aos decretos n. 20.931/1932 e 24.492/1934, o que deveria levar ao reconhecimento da inconstitucionalidade da norma.

A relatora, ministra Eliana Calmon, considerou que no âmbito do recurso especial não é viável verificar a recepção (quando a Constituição recebe as leis já existentes e compatíveis com o texto constitucional e dá validade a elas) desses decretos pela Constituição Federal de 1988, uma vez que não compete ao STJ analisar questões de caráter constitucional. Entretanto, a ministra esclareceu que o Tribunal já se manifestou pela vigência dos dispositivos do Decreto n. 20.931/1932, que trata do profissional de optometria. A legislação que revogou esse decreto foi suspensa pelo Supremo Tribunal Federal, assim o decreto continua eficaz.

A relatora no STJ concluiu que a portaria editada pelo Ministério do Trabalho e Emprego extrapolou o que previa a legislação que trata do assunto, “ao permitir que os profissionais óticos realizem exames e consultas optométricos, bem como prescrevam a utilização de óculos e lentes”, arrematou a ministra. Por isso, ela concordou com o posicionamento do TJRO – no sentido de que os profissionais se abstenham de realizar consultas e prescrever óculos sem o respectivo laudo médico – e negou o pedido dos optometristas. Por unanimidade, os ministros da Segunda Turma acompanharam o voto da relatora.

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 23/10/2014 ás 10:54:00

Em Espigão d'Oeste, Confúcio fala sobre projetos para novo mandato

O candidato realizou caminhada no centro comercial da cidade, onde conversou com lojistas, vendedores, mototaxistas e ambulantes.

POLíTICA | matéria escrita em 23/10/2014 ás 10:53:00

Campanha de Confúcio recebe novas adesões partidárias

O evento aconteceu na sede do PMDB em Porto Velho, e contou com a presença do candidato a vice Daniel Pereira.

GERAL | matéria escrita em 23/10/2014 ás 10:51:00

Governo de Rondônia dá início à força-tarefa para assumir a saúde de Cacoal

O secretário disse que será feita a transição até março, onde o Estado irá contribuir para o fortalecimento da atenção básica como a porta de entrada.

GERAL | matéria escrita em 23/10/2014 ás 10:47:00

Prefeitura abre processo seletivo para novas permissões do serviço de mototáxi

O processo seletivo simplificado nº001/Semtran/2014 para mototáxi foi publicado no Diário Oficial do Município de nº4.832, no dia 20 de outubro de 2014.

POLíTICA | matéria escrita em 23/10/2014 ás 10:45:00

O Senador Odacir Soares defende medidas para estimular desenvolvimento da Região Norte

“O Norte brasileiro abarca estados de dimensões colossais, alguns deles com áreas dezenas de vezes maiores que a de países europeus”, destacou em discurso.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/10/2014 ás 15:02:00

Limite de prazo na concessão de ajuda de custo para deslocamento de servidor é legítimo

A tese passa a orientar os tribunais de segunda instância em recursos que discutem a mesma questão.

GERAL | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:50:00

Sintero conquista elevação de nível para professores

Os professores aprovados em concurso com Magistério, que concluíram nível superior, terão direito à elevação de nível com mudança de classe.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:59:00

Promotora cujo filho foi contratado como advogado de defesa não cometeu crime

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), seguindo o voto do relator, ministro Sebastião Reis Júnior, reconheceu a falta de justa causa e concedeu habeas corpus para trancar a ação penal.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:58:00

Corregedor-geral pede a regionais que acompanhem de perto protesto de juízes

Em ofício enviado aos corregedores regionais nesta quarta-feira (22), o ministro também afirmou que eles devem adotar medidas preventivas e incentivar os magistrados a acabar com a paralisação.

POLíTICA | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:51:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

Confúcio diz que “cumpriu tudo” com a PM

GERAL | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:48:00

Bancários e movimentos sociais fazem ato público

O tema vem sendo discutido em vários debates na TV entre Dilma e Aécio.

GERAL | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:44:00

Quarta edição do Prêmio MP-RO de Jornalismo quer estimular produção acadêmica

O vencedor receberá um troféu e certificado. Também serão certificados todos os participantes inscritos na categoria.

GERAL | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:41:00

Prefeito anuncia procedimentos para a saúde de Cacoal

A construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Cacoal deve ser entregue em dezembro.

POLíTICA | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:41:00

HOSPITAL SANTA MARCELINA FALA EM FALÊNCIA E PODE FECHAR AS PORTAS

FOLLADOR PEDE UMA SOLUÇÃO DEFINITIVA DA SESAU.

POLíTICA | matéria escrita em 22/10/2014 ás 14:34:00

Expedito promete cumprir as metas do PNE, combater governo lento, pesado e corrupto

O projeto Escola de tempo Integral tem sobrecarregado de serviço os mesmos funcionários já existente para as escolas convencionais sem a devida compensação salarial...

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com