/ geral / STJ

11/05/2010 - 18h16min - Atualizado em 11/05/2010 - 18h16min

Rondônia: Optometrista não pode praticar atos privativos de médico

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) determinou que os profissionais deixassem de realizar consultas e receitar óculos sem o respectivo laudo médico.

A Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de dois profissionais de Rondônia que pretendiam continuar realizando consultas e exames optométricos e prescrevendo o uso de óculos e lentes de contato. O Ministério Público Federal havia entrado com ação civil para que os profissionais fossem impedidos de praticar atos privativos de médicos.

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) determinou que os profissionais deixassem de realizar consultas e receitar óculos sem o respectivo laudo médico. O tribunal também estabeleceu que eles deveriam adequar a publicidade da empresa.

Os optometristas recorreram ao STJ contra essa decisão da justiça de Rondônia. Eles questionavam a legalidade da Portaria n. 397/2002. Esse ato, editado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, teria alargado as atividades do optometrista em relação aos decretos n. 20.931/1932 e 24.492/1934, o que deveria levar ao reconhecimento da inconstitucionalidade da norma.

A relatora, ministra Eliana Calmon, considerou que no âmbito do recurso especial não é viável verificar a recepção (quando a Constituição recebe as leis já existentes e compatíveis com o texto constitucional e dá validade a elas) desses decretos pela Constituição Federal de 1988, uma vez que não compete ao STJ analisar questões de caráter constitucional. Entretanto, a ministra esclareceu que o Tribunal já se manifestou pela vigência dos dispositivos do Decreto n. 20.931/1932, que trata do profissional de optometria. A legislação que revogou esse decreto foi suspensa pelo Supremo Tribunal Federal, assim o decreto continua eficaz.

A relatora no STJ concluiu que a portaria editada pelo Ministério do Trabalho e Emprego extrapolou o que previa a legislação que trata do assunto, “ao permitir que os profissionais óticos realizem exames e consultas optométricos, bem como prescrevam a utilização de óculos e lentes”, arrematou a ministra. Por isso, ela concordou com o posicionamento do TJRO – no sentido de que os profissionais se abstenham de realizar consultas e prescrever óculos sem o respectivo laudo médico – e negou o pedido dos optometristas. Por unanimidade, os ministros da Segunda Turma acompanharam o voto da relatora.

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 01/04/2015 ás 18:50:00

Léo Moraes convoca audiência na Assembleia para discutir não convocação de aprovados em concurso público

Há cerca de duas semanas, Leo Moraes liderou um movimento dentro do Poder Legislativo para retirar de pauta um projeto criando 800 cargos para o Poder Executivo.

POLíTICA | matéria escrita em 01/04/2015 ás 17:44:00

Maurão volta a denunciar incentivos a frigoríficos e monopólio do JBS

Presidente da Assembleia Legislativa faz duro discurso no plenário e prometeu até criar CPI.

GERAL | matéria escrita em 01/04/2015 ás 17:40:00

UNIR divulga edital de processo seletivo para Mestrado em Letras

São ofertadas 25 vagas.

GERAL | matéria escrita em 01/04/2015 ás 17:22:00

Páscoa para crianças no Porto Velho Shopping

Evento promovido em parceria com a Casa Blanca Kids segue até este domingo.

GERAL | matéria escrita em 01/04/2015 ás 17:17:00

Serviços essenciais são mantidos; repartições públicas do estado não funcionam na quinta e sexta, 3

Nos feriados e pontos facultativos somente funcionam os serviços essenciais, como saúde e segurança pública, em regime de plantão.

POLíTICA | matéria escrita em 01/04/2015 ás 17:12:00

Assembleia aprova recomposição salarial para servidores do Judiciário

Percentual será de 5,87%para efetivos, comissionados e inativos com efeitos a partir de 1º de maio de 2015.

GERAL | matéria escrita em 01/04/2015 ás 17:05:00

Concurso Público da Prefeitura de Porto Velho teve baixo índice de ausência

O resultado final do concurso está previsto para o dia 24 de abril. Nesta terça-feira, 31 de março, foi publicado o gabarito da prova.

POLíTICA | matéria escrita em 01/04/2015 ás 17:00:00

Autismo é tema de discursos em sessão na Assembleia Legislativa

Deputado convida todos a comparecerem à programação vestidos de azul, cor que representa o autismo.

POLíTICA | matéria escrita em 01/04/2015 ás 16:53:00

Deputados solicitam do Governo vigilantes para as escolas

Parlamentares explicaram que algumas escolas estaduais já sofreram mais de 20 furtos.

POLíTICA | matéria escrita em 01/04/2015 ás 16:45:00

Vereadores de Rondônia “botam para derreter” nas diárias

A turma se esbalda em viagens para capital com justificativa de “protocolar documentos”.

GERAL | matéria escrita em 01/04/2015 ás 16:41:00

Governo de Rondônia promove 314 policiais civis em todos os cargos

O maior número de promoções foi de agentes de polícia, 176 para a 2ª classe e um para a 3ª classe, enquanto nove agentes de polícia foram para a classe especial.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/04/2015 ás 16:37:00

TJRO atualiza versão do PJe disponibilizada pelo CNJ

O mecanismo de atualização foi disponibilizado na última semana.

GERAL | matéria escrita em 01/04/2015 ás 10:59:00

Reunião coordenada pelo MP define prioridades para investimentos na área de Execução Penal

O diretor do CAOP-PPEP, Procurador de Justiça Carlos Grott, ressaltou o resultado positivo do encontro.

GERAL | matéria escrita em 01/04/2015 ás 10:57:00

HSBC promove nova onda de demissões em Rondônia e não perdoa nem portadores de LER/Dort

Somente até a manhã dessa quarta-feira houve três demissões em agências do banco inglês em Rondônia, sem reposição das vagas.

GERAL | matéria escrita em 01/04/2015 ás 10:11:00

SINTERO - Só o governo do Estado pode evitar a greve na Educação

Trabalhadores aprovam contraproposta com gratificação de 13,01% a ser apresentada ao governo.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com