/ geral / STJ

11/05/2010 - 18h16min - Atualizado em 11/05/2010 - 18h16min

Rondônia: Optometrista não pode praticar atos privativos de médico

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) determinou que os profissionais deixassem de realizar consultas e receitar óculos sem o respectivo laudo médico.

A Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de dois profissionais de Rondônia que pretendiam continuar realizando consultas e exames optométricos e prescrevendo o uso de óculos e lentes de contato. O Ministério Público Federal havia entrado com ação civil para que os profissionais fossem impedidos de praticar atos privativos de médicos.

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) determinou que os profissionais deixassem de realizar consultas e receitar óculos sem o respectivo laudo médico. O tribunal também estabeleceu que eles deveriam adequar a publicidade da empresa.

Os optometristas recorreram ao STJ contra essa decisão da justiça de Rondônia. Eles questionavam a legalidade da Portaria n. 397/2002. Esse ato, editado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, teria alargado as atividades do optometrista em relação aos decretos n. 20.931/1932 e 24.492/1934, o que deveria levar ao reconhecimento da inconstitucionalidade da norma.

A relatora, ministra Eliana Calmon, considerou que no âmbito do recurso especial não é viável verificar a recepção (quando a Constituição recebe as leis já existentes e compatíveis com o texto constitucional e dá validade a elas) desses decretos pela Constituição Federal de 1988, uma vez que não compete ao STJ analisar questões de caráter constitucional. Entretanto, a ministra esclareceu que o Tribunal já se manifestou pela vigência dos dispositivos do Decreto n. 20.931/1932, que trata do profissional de optometria. A legislação que revogou esse decreto foi suspensa pelo Supremo Tribunal Federal, assim o decreto continua eficaz.

A relatora no STJ concluiu que a portaria editada pelo Ministério do Trabalho e Emprego extrapolou o que previa a legislação que trata do assunto, “ao permitir que os profissionais óticos realizem exames e consultas optométricos, bem como prescrevam a utilização de óculos e lentes”, arrematou a ministra. Por isso, ela concordou com o posicionamento do TJRO – no sentido de que os profissionais se abstenham de realizar consultas e prescrever óculos sem o respectivo laudo médico – e negou o pedido dos optometristas. Por unanimidade, os ministros da Segunda Turma acompanharam o voto da relatora.

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:50:00

TRF-5 acata pedido da OAB e tranca ação contra advogados do Sertão

Após a decisão do TRF, o conselheiro federal, Carlos Frederico, destacou que mais uma vez a OAB-PB age rápido em defesa da advocacia paraibana.

POLíTICA | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:46:00

Lúcio Mosquini participa de reunião com moradores de Jorge Teixeira e presta contas de seu mandato

Reunião foi realizada no plenário da Câmara de Vereadores.

GERAL | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:44:00

Prefeitura reinaugura neste sábado a Unidade de Saúde da Família de Cujubim Grande

Ao todo foram investidos R$154.102,44 com recursos ordinários da Prefeitura de Porto Velho na reforma e reestruturação da unidade.

GERAL | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:42:00

Prefeitura substitui mais de 15 mil pontos de iluminação em Porto Velho

Na zona Sul de Porto Velho, segundo Martins, só falta realizar reparos na iluminação pública dos bairros Aeroclube e Novo Horizonte.

GERAL | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:39:00

Concurso de estágio: MPF/RO aplicará provas neste domingo

Portões serão fechados às 8h.

POLíTICA | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:37:00

Sinalização, semáforo e lama asfáltica para Ministro Andreazza

Com apoio de Maurão de Carvalho, município vai ser contemplado.

POLíTICA | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:35:00

Deputado reivindica Residência do DER em Nova Mamoré

Trabalho será fomentado com a instalação de uma parte do DER no município .

POLíTICA | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:33:00

Deputado pede voadeira para Comunidade Ricardo Franco

Embarcação é para atender deslocamentos de alunos residentes em comunidades à beira rio .

GERAL | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:30:00

Inscrições para estágio administrativo do Ministério Público de Rondônia se encerram no dia 9 de setembro

As inscrições devem ser confirmadas na sede do Ministério Público do município para o qual o candidato concorre.

GERAL | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:28:00

MPC-RO adere à campanha das 10 medidas contra corrupção recolhendo assinaturas em Porto Velho

Realizada nesta sexta-feira (28) nas dependências do órgão ministerial e também do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO), a ação colheu assinaturas de membros e servidores das duas instituições.

GERAL | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:25:00

Parlamentar garante apoio para ampliação dos serviços da DPE

A cooperação resultará, entre outros benefícios, na construção e ampliação do posto de atendimento da Defensoria Pública na zona leste da Capital, que atualmente funciona na Rua Plácido de Castro, 8742 - Bairro São Francisco.

POLíTICA | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:22:00

Senador Valdir Raupp visita obras da BR-425 e da construção da ponte Rondônia/Acre

As obras estão em fase de conclusão e foram executadas devido à ação política do senador e da deputada federal Marinha Raupp, que pediram ao governo federal os recursos necessários a execução dessas obras rodoviárias.

POLíTICA | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:20:00

Dr. Neidson fará audiência pública em Guajará-Mirim

Audiência será realizada em 18 de setembro para discutir a situação dos atingidos pela enchente de 2014.

POLíTICA | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:18:00

Assembleia aprova incentivo tributário e suplementação orçamentária

Outros projetos foram aprovados pelos parlamentares que, também, rejeitaram veto governamental.

POLíTICA | matéria escrita em 28/08/2015 ás 21:15:00

Glaucione pede ampliação da sinalização de trânsito

De acordo com a parlamentar, especialmente nas proximidades de escolas e áreas de grande fluxo como bancos, hospitais, igrejas e órgãos públicos, a necessidade e inclusão de redutores de velocidade é de essencial importância.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com