03/02/2012 - 09h38min - Atualizado em 03/02/2012 - 09h38min

Rondônia pode perder um quarto dos PMS num só dia, depois da transposição

O assunto está preocupando muito nossas autoridades, porque há ainda um fato concreto a ser analisado: não existe sequer projeto de concurso público.

Existem cerca de quatro mil policiais militares atuando hoje em Rondônia. A segurança pública é um verdadeira calcanhar de Aquiles por aqui e em qualquer outro canto do Brasil. Precisaríamos pelo menos mais uns dois mil homens e mulheres, para combater a violência e a criminalidade. Mas, ao contrário, corremos grande risco de regredir, porque, num só dia, pelo mil PMs poderão cair fora da corporação. Infelizmente, a realidade é essa e está próxima de acontecer. Será um dos resultados da transposição dos servidores do Estado para a folha de pagamento da União. Tão logo seja efetivada essa mudança, ou seja, esses soldados, cabos e oficiais que hoje são servidores do Estado de Rondônia e que passarão a receber soldos federais, pelo menos um quarto do atual efetivo pedirá aposentadoria. Todos já têm esse direito adquirido e só não o fizeram ainda porque estão esperando a transposição, quando, como federais, terão uma aposentadoria muito melhor, em termos de grana, do que receberiam do Estado. O assunto está preocupando muito nossas autoridades, porque há ainda um fato concreto a ser analisado: não existe sequer projeto de concurso público, ao menos a curto prazo, para suprir essas vagas que serão abertas na Polícia Militar. Embora a questão da transposição esteja sendo discutida há muito tempo e se sabia que, mais dia menos dia ela se tornaria realidade, não houve qualquer planejamento para que esse enorme número de PMs que vão deixar o trabalho, fossem substituídos de imediato.

A situação precisa ser levada a sério a partir de hoje, sem dúvida alguma. E há necessidade premente de se encontrar uma solução. Perder um quarto da tropa da noite para o dia pode ser terrível para o sistema de segurança pública rondoniense, que enfrenta índices de criminalidade cada vez piores (como, aliás, está acontecendo em todo o país). Não dá para postergar a busca da solução para esse problema. Tem que ser já!

VAI ENGROSSAR

Ainda repercute o pesado discurso do governador Confúcio Moura, feito em solenidade realizada na Esplanada das Secretarias, quarta-feira. Ouve-se que o desabafo, em tom duro e forte, sem selecionar palavras e batendo abaixo da linha da cintura, não ficará só na conversa. A caneta vai começar a ser usada. E em profusão. O tranquilo Confúcio já estaria com sua paciência esgotada, em relação a muitos dos seus assessores. A coisa vai engrossar...

GRANA É GRANA

Porque o Estado tem tanta dificuldade de contratar médicos, principalmente os especialistas? Resposta simples: dinheiro. Um anestesista, por exemplo, que seja contratado como servidor estadual, recebe pouco mais de seis mil reais por mês. Se trabalhar “free”, em cirurgias particulares, ele pode ganhar até 1.200 reais por ato cirúrgico, incluindo as mais simples, como as de catarata. Quem vai abrir mão de poder faturar até de mais de 30 mil reais por mês para ganhar cinco vezes menos?

NENHUM

A Sesau fez uma concorrência para contratar anestesistas. Ganhou uma empresa de da Bahia. Faz mais de um mês que o martelo foi batido, mas até agora o trabalho não começou. É que o vencedor do certame está lutando para contratar médicos de Rondônia e terceirizar o trabalho. Até ontem, não tinha conseguido arregimentar um único profissional.

CAMPANHA ABERTA

O Tribunal Regional Eleitoral anda de olho. Já tem gente fazendo campanha antecipada não só em Porto Velho, mas na maioria das cidades do Estado. A fiscalização vai ser dura e, depois, que ninguém diga que não houve aviso no prazo certo. Tem neguinho até fazendo discurso como candidato. Só falta distribuir santinho. A Justiça Eleitoral vai pegar pesado, ouve-se lá pelos lados do TRE.

DUREZA

O presidente da Assembleia, deputado José Hermínio Coelho, está trabalhando duro, reorganizando a Casa e a preparando para dar uma limpada geral. Tem sido visto entrando cedo em seu gabinete e só sai depois das dez da noite. É pauleira pura. Mas, ao que tudo indica, Hermínio está dando conta do recado. Agora, vai liderar outras mudanças, para mostrar à coletividade que a ALE está ao lado da população.

OS VELHOS 32

Eita! Agora os bandidos estão usando dinamite nos prédios públicos, para roubar caixas eletrônicos. Beleza. Aconteceu na Secretaria da Fazenda, na madrugada de ontem. E tem acontecido em agências bancárias com frequência. Como não há policiamento noturno, na área central da cidade, a bandidagem age livremente. E, quando são descobertos, os sujeitos tratam de usar armamento pesado contra os velhos calibre 32 que alguns PM ainda usam. Está uma moleza...

ANOS PERDIDOS

Milhares de estudantes voltam às aulas em Rondônia, milhões em todo o Brasil. O ano começa com alguns avanços, mas, no geral, grandes atrasos. Não só a estrutura de ensino está atrasada, como, principalmente, a qualidade. No Ministério da Educação, os anos perdidos sob o comando de Fernando Haddad certamente trarão um grande prejuízo a esse país, que só poderá ser salvo mesmo por uma educação de qualidade. Infelizmente, estamos ainda muito longe disso.

BEM VINDO!

Já não temos bandidões que chega por aqui, por isso, certamente, nos mandaram mais um para o presídio federal. Ninguém menos que Fernandinho Beira Mar, aquele mesmo. Mais um para organizar, de dentro da cadeia, crimes de todos os tipos, que podem nos fazer de vítimas. Não da para mandar essa tranqueira para outro lugar?

PERGUNTINHA

A ponte internacional ligando Guajará Mirim à Bolívia vai entrar para o rol das obras virtuais, anunciadas durante décadas pelos governos e nunca construídas?

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/09/2016 ás 13:12:00

Atuação do MP resulta na identificação e prisão de morador de Alta Floresta, condenado por sequestro, há mais de 20 anos

Joaquim Gumercindo Pereira, condenado por sequestro e foragido da Justiça há mais de 20  anos.

POLíTICA | matéria escrita em 26/09/2016 ás 13:00:00

Quebra de sigilos desmente senador Valdir Raupp, diz procurador geral Rodrigo Janot 

Parlamentar rondoniense teria recebido R$ 500 mil de operador.

POLíTICA | matéria escrita em 26/09/2016 ás 12:48:00

Cassol levanta barras da calça para desmentir boatos e faz desabafo em vídeo 

Senador disse que não responde processos por corrupção, mas por enfrentamento.

POLíTICA | matéria escrita em 26/09/2016 ás 12:28:00

VILHENA: TCE multa prefeito, secretários e primeira-dama por “farra das passagens”

Irregularidades foram apontadas no período de janeiro a outubro de 2011.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/09/2016 ás 12:08:00

Segunda Turma assegura direito de defesa a deputado que responde por improbidade

Ao reconhecer o cerceamento ao direito de defesa e à produção de prova testemunhal, os ministros da Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinaram o retorno à primeira instância de ação de improbidade...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/09/2016 ás 12:05:00

Desconsideração inversa combate abusos na utilização da pessoa jurídica

Por meio da interpretação teleológica (finalística) do artigo 50 do Código Civil (CC), diversos julgados do tribunal aplicam a desconsideração inversa da personalidade jurídica – que afasta a autonomia patrimonial da sociedade ...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/09/2016 ás 12:03:00

STJ determina bloqueio prévio de serviços como disque-sexo e disque-amizade

A decisão unânime foi proferida em processo sob a relatoria do ministro Herman Benjamin, que deu parcial provimento a recurso do Ministério Público Federal (MPF)...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/09/2016 ás 12:01:00

Suspensas em todo o país ações sobre alteração do índice de correção do FGTS

A suspensão vale até que a Primeira Seção do STJ julgue o REsp 1.614.874, afetado como recurso representativo da controvérsia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/09/2016 ás 11:59:00

Pena em local compatível com regime semiaberto afasta aplicação da SV 56

O relator entendeu que, como não ficou comprovado nos autos que o local em que a sentenciada se encontra seja incompatível com o regime semiaberto, é inviável a concessão da transferência.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 26/09/2016 ás 11:57:00

Magistradas e servidor do TJRO são aprovados para Mestrado em Direito

​Curso tem como objeto de estudo o Direito Econômico e Social.

GERAL | matéria escrita em 26/09/2016 ás 11:55:00

Corpo de Bombeiros de Rondônia conclui formação e 109 militares são promovidos a 3º sargento

Com duração de quatro meses, o curso é o primeiro realizado após a Lei nº 3.675 ser sancionada no ano passado, prevendo a ascensão de soldados e cabos para a patente de sargento...

GERAL | matéria escrita em 26/09/2016 ás 11:52:00

Em dois anos, Hospital de Base realizou mais de 180 transplantes de órgãos em Porto Velho

O último transplante de rim realizado no HB foi no dia 13 de agosto, e o mais recente de córnea aconteceu dia 8 deste mês.

GERAL | matéria escrita em 26/09/2016 ás 11:42:00

UNIR divulga processo seletivo simplificado para contratação de professor substituto para o Campus de Rolim de Moura

As inscrições para o processo seletivo deverão ser realizadas no período de 3 a 7 de outubro de 2016, das 8h30 às 12h e das 14h às 18h, pessoalmente, no Campus de Rolim de Moura

POLíTICA | matéria escrita em 26/09/2016 ás 10:59:00

Dr. Neidson propõe homenagem a oficiais do Corpo de Bombeiros em Guajará-Mirim

​Soldados do fogo são idealizadores de projetos que contribuíram com a cultura e o social da região.

POLíCIA | matéria escrita em 26/09/2016 ás 10:53:00

VEÍCULO CAPOTA COM TRÊS OCUPANTES NA BR 364. FOTOS

No acidente as duas mulheres, ocupantes do veículo, se feriram e precisaram de atendimentos médicos, sendo socorridas pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com