08/11/2013 - 18h05min - Atualizado em 08/11/2013 - 18h05min

Sedam alerta para a vigência da proibição da pesca no período do defeso

Para a região do rio Guaporé será permitida a pesca amadora/esportiva sem direito ao transporte do pescado.

O período do defeso, época do fenômeno da piracema nas calhas dos rios Madeira e Guaporé, entra em vigor no próximo dia 15 de novembro de 2013. O fim das restrições está previsto para 15 de março de 2014. No período, fica proibida a captura de peixes como o surubim, caparari, pirapitinga, jatuarana, tambaqui, e outros como a dourada e o filhote em tamanho inferior a 65 cm, medido sem cabeça.
A Divisão de Recursos Pesqueiros da Sedam explicou que permanece em vigor a Portaria 280, de 12 de novembro de 2012, que proíbe a pesca profissional na calha do rio Madeira. Fica permitida apenas a pesca, com exceção das espécies citadas, no trecho compreendido desde a divisa entre os estados do Amazonas e de Rondônia até a boca do rio Mamoré, exceto nas áreas de segurança das usinas hidrelétricas, conforme legislação especifica.

A portaria também proíbe a pesca amadora e profissional de todas as espécies no rio Guaporé e seus afluentes, no trecho compreendido entre o rio São Miguel e o rio Cabixi. Marli Lustosa Nogueira afirmou que o objetivo é estabelecer normas de pesca para o período de proteção e à reprodução natural dos peixes. Todos os anos, de novembro a março, algumas espécies de peixes fazem esse longo percurso, vencendo os obstáculos naturais, como as corredeiras e cachoeiras no intuito de perpetuar suas espécies, vencendo também a pesca predatória, feita clandestinamente com armadilhas, redes, puçás e outros artifícios por pescadores sem a devida preocupação com o futuro dos peixes de nossas águas.

Na piracema, várias espécies de peixes migram para as cabeceiras dos rios para reprodução. As restrições que são impostas à atividade pesqueira são medidas de prevenção e proteção que deverão ser cumpridas por todos. Nesse período, a Sedam e os outros órgãos ambientais intensificam as ações de fiscalização. A cooperação das comunidades e dos próprios pescadores é de fundamental importância para que o equilíbrio seja mantido.

É liberada a cota de dez quilos de peixe por dia, por família, para subsistência das comunidades ribeirinhas locais, e de cinco quilos de pescado por dia, por família, para as regiões do rio Guaporé, ficando vedada a comercialização. O pescador amador não poderá transportar a cota individual de mais de 5 kg de peixe devidamente licenciado, e desde que capturado com os apetrechos de pesca permitidos, bem como, das espécies permitidas e nos locais permitidos;

Para a região do rio Guaporé será permitida a pesca amadora/esportiva sem direito ao transporte do pescado. Fica liberada a cota de cinco quilos de peixe por dia para subsistência do pescador artesanal, no rio Guaporé na região de Pimenteiras a Cabixi.



Texto: Marilza Rocha

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Avatar de ARGEU RIQUELME

Postado por ARGEU RIQUELME em 09/11/2013 às 19:23

eu tenho certeza que a proibiçao deveria ser di 15 de outubro pois os peixes estao subindo faz ums 20 dias eu peguei um cachara na altura do rio riozino com o riopalmeira perto de espigao d oeste ja estava bem ovado

177.7.65.92

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 05/02/2016 ás 14:45:00

Conta de luz ficará 7% mais barata; Mosquini quer reduçāo ainda maior em 2016

Mosquini está confiante de que a conta de luz continue caindo ao longo de 2016.

GERAL | matéria escrita em 05/02/2016 ás 10:24:00

De atleta a jornalista: conheça histórias de pessoas que vivem com microcefalia

A jornalista Ana Carolina Dias Cárcere, 24 anos, fala com propriedade sobre como é a vida com microcefalia.

GERAL | matéria escrita em 05/02/2016 ás 10:21:00

Fiocruz confirma presença do vírus zika em amostras de saliva e urina

Até então, a única via de transmissão do vírus, confirmada por autoridades sanitárias, é pela picada do mosquito Aedes aegypit

GERAL | matéria escrita em 05/02/2016 ás 10:19:00

Bancos fecham hoje e só reabrem na quarta-feira de cinzas, ao meio-dia

A Febraban lembra que as contas de consumo (água, energia, telefone etc) e carnês que tiverem os dias 8 ou 9 como data de vencimento poderão ser pagas no primeiro dia útil após o feriado (10), sem acréscimo de juros.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/02/2016 ás 10:13:00

OAB vai ao MPT por pleno funcionamento da Justiça Trabalhista

“Um tribunal fechar durante todo um turno e alegar que a medida e necessária para economizar gastos com energia é um completo absurdo".

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/02/2016 ás 10:09:00

CNJ Serviço: Conheça as ações judiciais contra crimes ambientais

Qualquer cidadão pode denunciar um crime ambiental por meio do serviço de linha verde do Ibama, que funciona por telefone ou e-mail.

GERAL | matéria escrita em 05/02/2016 ás 09:55:00

Governo de Rondônia decreta situação de emergência e declara guerra ao Aedes aegypti nos 52 municípios

A Sesau registra sinais de aumento em quase cem por cento de dengue no mês de janeiro, a chikungunya está controlada e quatro casos de zika foram confirmados em Rondônia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/02/2016 ás 09:51:00

JBS tem de reajustar salários com base em convenção coletiva mais favorável ao trabalhador

Em reclamação ajuizada na Vara do Trabalho de Cacoal (RO), o sindicato pedia que a JBS observasse o piso de R$ 792 e o reajuste de 6,5% aos trabalhadores com salário superior a este valor a partir de 1º/1/2014, data de início da vigência da convenção.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/02/2016 ás 09:46:00

STF decide que há prescrição em danos à Fazenda Pública decorrentes de ilícito civil

A maioria dos ministros acompanhou o voto do relator, ministro Teori Zavascki, que negou provimento ao recurso, bem como a tese proposta pelo ministro Luís Roberto Barroso no sentido de que, em se tratando de ilícitos civis, há a incidência da prescrição.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/02/2016 ás 09:41:00

Suspenso julgamento sobre pagamento de férias e 13º para prefeitos e vices

O recurso teve repercussão geral reconhecida pelo Plenário Virtual da Corte.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/02/2016 ás 09:39:00

Rondônia: 2ª Câmara Cível determina pagamento de indenização por desapropriação de posse

A ESBR contestou e disse que o sitiante é não identificado como proprietário ou possuidor de imóvel, logo não passível de desapropriação. Afirma que a área se trata de bem público dominical (que pertence ao Estado).

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/02/2016 ás 09:38:00

Emeron divulga lista de inscrições deferidas para o curso de Gestão da Qualidade

A Emeron informa que os inscritos deverão enviar via PROTOS o formulário de diárias e a Declaração de que atua na função, assinados pelo Juiz responsável da vara, até sexta-feira 05/02/2016.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 05/02/2016 ás 09:36:00

Rondônia: Acusada de falsificar documento não consegue trancar ação penal

...diante dos reiterados pedidos, chamando à atenção do Judiciário, o juízo de primeiro grau encaminhou o caso à promotoria de Justiça do Ministério Público de Rondônia para averiguações.

GERAL | matéria escrita em 04/02/2016 ás 19:23:00

MPF/RO ajuíza ações civil e criminal contra ex-prefeita de Primavera de Rondônia por fraude em licitação

Ex-prefeita e outros responderão por fraude na compra de medicamentos e materiais odontológicos.

POLíTICA | matéria escrita em 04/02/2016 ás 19:16:00

Secretário diz que sofre retaliações por não ceder à propostas indecorosas

Para o contrato emergencial, objeto de outra denúncia, o grupo ofertou outro preço que não dava nenhuma condição de ser executado, “inclusive com ofertas anteriores de propinas às pessoas que movimentam esses contratos aqui na prefeitura”.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com