20/11/2013 - 01h11min - Atualizado em 20/11/2013 - 01h11min

Semob utiliza tecnologia mais eficiente na implantação da rede de drenagem em Porto Velho

As vantagens do PVC vão mais além. Marcelo Nascimento, arquiteto e urbanista da Semob, explica que a manilha de concreto tem muita rugosidade enquanto o tubo estruturado de PVC tem...

Assessoria/Prefeitura

Porto Velho, Rondônia - Em busca de soluções definitivas e eficientes para o escoamento das águas das chuvas a Secretaria Municipal de Obras (Semob) tem utilizado uma nova tecnologia na rede de drenagem pluvial do município: o Tubo Estruturado de PVC. Segundo técnicos da Semob o produto, que substitui as manilhas de concreto, é mais leve, de fácil manuseio, e aplicação menos onerosa e mais segura. “A manilha de concreto de um metro pesa, em média, mil quilos. É preciso uma máquina grande para colocá-las na vala e depois fazer a ligação entre elas. Cada tubo estruturado tem 12 metros e pesa muito menos. Quatro homens conseguem levantá-la e colocá-la manualmente na vala. É muito mais seguro para o trabalhador e muito mais rápido fazer o serviço”, detalha Antônio Melé, topógrafo da Semob e responsável pela equipe que trabalha na aplicação da nova tecnologia.

As vantagens do PVC vão mais além. Marcelo Nascimento, arquiteto e urbanista da Semob, explica que a manilha de concreto tem muita rugosidade enquanto o tuBo estruturado de PVC tem textura mais lisa, o que proporciona uma maior e mais rápida vazão da água. “Onde é preciso uma manilha de 80 centímetros podemos colocar um tupo de 60 centímetros e ter a mesma eficiência. Gastamos menos tempo de serviço para cavar as valas e ocupamos menos espaço na via”, exemplifica. A porosidade do concreto nas manilhas tradicionais é um problema também destacado por Marcelo Nascimento. “Essa porosidade permite que resíduos e sujeiras, levados pela chuva, se fixem nas paredes do encanamento e raízes de árvores se infiltrem, entupindo a rede de drenagem.”

Diante de tantas vantagens,  Gilson Nazif, secretário municipal de Obras, quer implantar os tubos estruturados de PVC em todas as obras da rede de drenagem de sua gestão. “Essa tecnologia é segura. Foi desenvolvida na Austrália há 40 anos e já é utilizada em muitos países como os Estados Unidos. O preço do tubo é praticamente o mesmo da manilha de concreto, mas sua instalação é mais barata, rápida e segura. Se a instalação for feita de acordo com as normas técnicas a tubulação dura gerações sem ter problemas. Vale muito a pena”, garante Nazif que também destaca a importância da correta aplicação do material. “Ano passado foram colocados esses tubos em algumas obras da prefeitura sem seguir as normas exigidas e logo deu problema. Mas, em nossa gestão, os funcionários da prefeitura passaram por treinamento e seguem um manual detalhado de colocação do produto.”

O projeto de pavimentação do Bairro Eletronorte é a primeira obra dessa gestão a utilizar os tubos estruturados de PVC. “Agora que aprendemos as normas corretas de aplicação do material estamos colocando os tubos, tapando as valas, e em seguida já passamos com as máquinas pesadas de preparo das ruas para receber o asfalto, e não tivemos problema algum”, conclui Antônio Melé.

Texto e foto: Comdecom

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Avatar de ALBERTO SANTOS

Postado por ALBERTO SANTOS em 20/11/2013 às 17:30

O DIÂMETRO DO TUBO EM PVC É PEQUENO. A VAZÃO NÃO SERÁ O SUFICIENTE. QUEM VIVER VERÁ. AGORA PERGUNTO, O QUE TOPÓGRAFO ENTENDE DE MANILHA PARA DAR OPINIÃO?

201.34.15.239

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 10/02/2016 ás 10:54:00

Transposição avança em 2016...para servidores de Roraima e Amapá

De acordo com dados do Ministério do Planejamento, em 2016 foram publicadas 8 atas sobre Rondônia , com um total de 169 servidores beneficiados. Referentes a Roraima e Amapá, foram publicadas cinco atas com 400 servidores transpostos só neste ano.

GERAL | matéria escrita em 10/02/2016 ás 10:32:00

Acabou o Carnaval - é hora de colocar as finanças em ordem

Reter 10% dos rendimentos: para começar a construir a independência financeira, deve-se guardar 10% do que ganha. Com o tempo, pode-se partir para um plano de previdência privada para complementar o INSS.

GERAL | matéria escrita em 10/02/2016 ás 10:30:00

Veja as novidades do Imposto de Renda 2016

...os profissionais liberais (como médicos, dentistas, advogados, dentre outros) que estão obrigados a escriturar o livro caixa, deverão informar o CPF de seus clientes.

POLíTICA | matéria escrita em 10/02/2016 ás 10:27:00

Um país movido a galões de otimismo

Valdemir Caldas

POLíTICA | matéria escrita em 10/02/2016 ás 10:23:00

O problema não é Orleans, mas o PT

Vê-se, pois, que o problema não é Orleans, mas, sim, o PT, cuja imagem anda mais suja do que pau de galinheiro, com suas principais lideranças envolvidas até os fios de cabelo em bandalheiras

GERAL | matéria escrita em 10/02/2016 ás 10:19:00

Oito municípios de Rondônia estão em estado de alerta para dengue

São oito municípios em estado de alerta: Buritis, Cabixi, Chupinguaia, Pimenta Bueno, Rolim de Moura, Santa Luzia do Oeste, São Felipe do Oeste e São Miguel do Guaporé.

POLíTICA | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:34:00

Congresso promulgará emenda que abre janela para troca de partidos

...os detentores de mandatos eletivos poderão deixar os partidos pelos quais foram eleitos nos 30 dias seguintes à promulgação da emenda.

POLíTICA | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:30:00

Tempo da reforma agrária passou, diz pesquisador da Embrapa

- Os recursos seriam aplicados de maneira mais eficiente se extinguíssemos o Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária] e o programa de distribuição de terra e utilizássemos os recursos de outra forma para as famílias mais pobres — disse.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:23:00

Câmara Especial do TJRO mantém indenização a servidora que foi vítima de explosão de veículo

A servidora federal foi colocada à disposição do Estado para desempenhar suas funções no município de Porto Velho em atividades relacionadas ao controle de doenças e epidemiologia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:18:00

Ministro do STF nega seguimento à ação da Anamages contra resolução do CNJ

Na ADI, a entidade alegava que, ao editar a resolução que regulamentou a realização de audiências de custódia em todo o país, o CNJ teria usurpado a competência privativa do Congresso Nacional para legislar sobre matéria processual penal.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:16:00

Divergência entre testemunhas isenta churrascaria de condenação por discriminação a copeiro baiano

De acordo com o copeiro, o sócio da churrascaria e o maitre chamavam os trabalhadores locais de "baianos preguiçosos e nojentos" e chegavam a lavar as mãos com álcool em gel após cumprimentá-los.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:13:00

Lei que altera novo CPC e restabelece juízo de admissibilidade é sancionada

Com a mudança, os recursos só podem subir depois de uma análise prévia feita pelos tribunais de origem (estaduais e federais), na pessoa do presidente (que pode delegar ao vice-presidente da corte) o que já acontece hoje.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:11:00

Paternidade: filho tem direito ao nome do pai biológico no registro de nascimento

A ação de investigação e anulação de registro civil foi movida pelos filhos contra o pai biológico, quando eles já tinham mais de 40 anos de idade.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 10:05:00

É crime entregar veículo a não habilitados, mesmo quando não há acidente

Na causa, o Ministério Público recorreu ao STJ depois que o Juizado Especial Criminal absolveu um acusado que permitiu a condução de seu veículo por motorista sem habilitação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 08/02/2016 ás 09:59:00

Sexta Turma do STJ liberta preso acusado de furtar um vidro de creme de pentear

No caso citado, o ilícito, equivalente a R$ 5,0 (cinco reais) , mobilizou a Polícia, o Ministério Público , o Tribunal de Justiça , a Defensoria Pública, bem como o Ministério Público Federal e o STJ.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com