27/11/2012 - 17h36min - Atualizado em 27/11/2012 - 17h36min

SINTERO - Projetos de Lei da Licença Prêmio e dos Precatórios já estão na ALE

O presidente do Sintero ouviu do Líder do Governo que a Assembleia Legislativa fará tudo o que for possível para que os dois Projetos de Lei sejam votados e aprovados o mais rápido...

Já estão na Assembleia Legislativa de Rondônia os dois Projetos de Lei mais aguardados pelos trabalhadores em educação. As Mensagens encaminhando o Projeto de Lei que autoriza a conversão de Licença Prêmio em pecúnia, e o Projeto de Lei dos Precatórios, foram encaminhadas pelo governo do Estado à Casa de Leis após reunião da diretoria do Sintero com o governador Confúcio Moura, da qual participaram a secretária de Estado da Educação, o secretário Chefe da Casa Civil e a Procuradora Geral do Estado.

Nesta terça-feira, 27/11, o presidente do Sintero, Manoel Rodrigues, manteve contato com o Líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Edson Martins, oportunidade em que solicitou ao parlamentar empenho para uma rápida tramitação e votação dos Projetos de Lei.

Manoel explicou ao deputado que a aprovação das duas matérias atende aos anseios não só dos trabalhadores em educação, mas de todo o funcionalismo público estadual, visto que uma lei possibilitará a retomada do pagamento da licença prêmio em pecúnia, e a outra destravará o pagamento dos precatórios estaduais.

O presidente do Sintero ouviu do Líder do Governo que a Assembleia Legislativa fará tudo o que for possível para que os dois Projetos de Lei sejam votados e aprovados o mais rápido possível.

Licença Prêmio

O Projeto de Lei da Licença Prêmio altera o artigo 123 da Lei Complementar nº 68, de 9 de dezembro de 1992. Com a nova redação, a Lei permitirá que o servidor na ativa, ao completar dois ou mais períodos de licença prêmio não gozados, poderá optar pela conversão de um dos períodos em pecúnia.

Com a aprovação e sanção dessa Lei, a Seduc retomará o pagamento da Licença Prêmio suspenso em agosto, conforme compromisso firmado pela secretária Izabel da Luz durante audiência do Sintero com o governador Confúcio Moura. Na ocasião o governador afirmou que o pagamento não terá problemas quanto ao orçamento, já que os recursos são próprios da educação.

Precatórios

Já o Projeto de Lei dos precatórios é uma antiga reivindicação do Sintero e mereceu, inclusive, uma mobilização conjunta do Sintero com o Sinsepol e o Sindsaúde, com manifestações e passeatas de protesto.

O PL tem a finalidade de autorizar a flexibilização do pagamento dos precatórios resultantes de ações judiciais dos servidores estaduais. Quando estiver aprovada e sancionada, a Lei vai autorizar que seja utilizada a metade dos recursos destinados aos precatórios para que sejam realizados acordos diretos com os credores. Assim os servidores que possuem precatórios de natureza alimentar, poderão receber os seus créditos mais rápido do que se tivessem que esperar na fila única, como funciona hoje.

Por lei, o governo deposita mensalmente 1,5% das receitas correntes líquidas em uma conta judicial para pagamento de precatórios. Atualmente o Sintero vem cobrando o pagamento dos precatórios da ação do salário mínimo dos Técnicos Administrativos e da ação do salário mínimo dos Professores.

O advogado do Sintero, Hélio Vieira, explicou que o envio do Projeto de Lei à Assembleia Legislativa representa uma vitória importante dos trabalhadores em educação e dos servidores de uma forma geral, mas observou que o parágrafo 2º do artigo 1º ainda precisa de uma interpretação mais clara ou uma adequação.

O referido parágrafo veta acordo sobre parte do valor devido a um mesmo credor, devendo o acordo abranger a totalidade do crédito. Para o advogado Hélio Vieira existe uma diferença se o credor for considerado o servidor, individualmente, ou se for considerado o sindicato, como autor da ação.

“Essa preocupação será por nós manifestada antes da aprovação da lei para que os servidores não sejam prejudicados em uma futura negociação dos precatórios”, disse o advogado.

O secretário de Assuntos Jurídicos do Sintero, Nereu Klosinski, disse que o sindicato vai acompanhar de perto a tramitação dos dois Projetos pois os servidores aguardam ansiosos pelo direito de receberem a licença prêmio e os precatórios.

O presidente do Sintero, Manoel Rodrigues, destacou que esse é mais um resultado positivo da união e da luta dos trabalhadores em educação. “Os nossos filiados vem acompanhando a nossa luta tanto pelo pagamento do precatório quanto pelo pagamento da licença prêmio em pecúnia. Mais uma vez está provado que com a união e o apoio da categoria as vitórias sempre vêm”, disse Manoel.



Autor: Assessoria

 

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/11/2014 ás 08:47:00

Empresa é condenada por revista discriminatória de bolsas e armários

Segundo o trabalhador, contratado inicialmente como auxiliar de operador de carnes, diretores e gerentes não eram submetidos a revistas, e entravam na loja pela porta da frente.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/11/2014 ás 08:45:00

Ser humano x mercadoria: Itaú é condenado por colocar empregado em ócio forçado e contribuir para AVC

Com a decisão da Quinta Turma, o Itaú Unibanco terá de pagar R$ 50 mil por dano moral e, a título de dano material, pensão em pagamento único no valor de 50% do salário do bancário em outubro de 2009...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/11/2014 ás 08:41:00

Homem enganado consegue cancelar registro de paternidade reconhecida voluntariamente

Ele foi induzido a acreditar que era o pai do bebê.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/11/2014 ás 08:38:00

ESPECIAL - A fotografia no foco da jurisprudência

Mas nem sempre a fotografia esteve protegida no domínio do direito do autor.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/11/2014 ás 08:36:00

É indispensável a comunicação ao devedor antes de sua inscrição no Cadin

O recurso era contra decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) que entendeu ser desnecessária a comunicação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/11/2014 ás 08:33:00

Procurador afastado por ter publicado carta em rede social impetra MS no Supremo; no Facebook, ele elogiou o golpe militar de 64

O motivo do ato do CNMP foi uma carta de Rocha publicada no seu perfil na rede social Facebook, em setembro de 2013, na qual ele elogia o golpe militar de 1964.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/11/2014 ás 08:31:00

Suspenso julgamento sobre Cofins de escritório de advocacia

O julgamento suspenso no Plenário trata de embargos de divergência apresentados pela União contra decisão da Primeira Turma do STF.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 28/11/2014 ás 08:29:00

Intervalo de 15 minutos para mulheres antes de hora extra é compatível com a Constituição

O voto do relator ressaltou que as disposições constitucionais e infraconstitucionais não impedem que ocorram tratamentos diferenciados.

POLíTICA | matéria escrita em 28/11/2014 ás 07:40:00

Cidadão protocola novo pedido de impeachment de Confúcio e promete ir à Justiça para que seja apreciado pelo legislativo

Como consequência da omissão de Confúcio, os esquemas continuaram e até o beneficiaram.

POLíTICA | matéria escrita em 28/11/2014 ás 07:35:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

Grampos da Apocalipse continuam sendo investigados. E ainda: A folha de pagamento que tinha Pelé e Martha Rocha também.

POLíTICA | matéria escrita em 28/11/2014 ás 07:28:00

Deu no Jornal O Estado de São Paulo: Governador de Rondônia prometeu contratos em troca de financiamento de campanha, diz MPF

Segundo a Procuradoria da República, “deixou-se, nesse momento, de pedir a prisão temporária de Confúcio Moura.”

GERAL | matéria escrita em 27/11/2014 ás 18:36:00

MP acompanhará todas as licitações e todos os projetos de leis municipais em Vilhena

O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Vilhena (Curadoria da Probidade Administrativa)...

POLíTICA | matéria escrita em 27/11/2014 ás 18:31:00

Senador diz que Operação Plateias faz rondoniense passar nova vergonha nacional

Odacir Soares relembrou que o fato de o governador de Rondônia ter sido conduzido coercitivamente à Polícia Federal, além de sua prisão já ter sido requerida, ainda que ainda não deferida...

GERAL | matéria escrita em 27/11/2014 ás 18:06:00

Transposição do servidores de Rondônia vai tramitar junto com a de Amapá e Roraima

Os sindicalistas vão pedir a criação de outra comissão de acompanhamento, e vão propor que a nova Comissão dos Ex-Territórios acelere a análise dos processos de Rondônia...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/11/2014 ás 15:37:00

Comissão de Execução Penal do Condege se reúne pela primeira vez em RO

Defensores públicos discutem Termo de Parceria com MJ e Depen.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 SRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Gonçalves Dias, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com