27/11/2012 - 17h36min - Atualizado em 27/11/2012 - 17h36min

SINTERO - Projetos de Lei da Licença Prêmio e dos Precatórios já estão na ALE

O presidente do Sintero ouviu do Líder do Governo que a Assembleia Legislativa fará tudo o que for possível para que os dois Projetos de Lei sejam votados e aprovados o mais rápido...

Já estão na Assembleia Legislativa de Rondônia os dois Projetos de Lei mais aguardados pelos trabalhadores em educação. As Mensagens encaminhando o Projeto de Lei que autoriza a conversão de Licença Prêmio em pecúnia, e o Projeto de Lei dos Precatórios, foram encaminhadas pelo governo do Estado à Casa de Leis após reunião da diretoria do Sintero com o governador Confúcio Moura, da qual participaram a secretária de Estado da Educação, o secretário Chefe da Casa Civil e a Procuradora Geral do Estado.

Nesta terça-feira, 27/11, o presidente do Sintero, Manoel Rodrigues, manteve contato com o Líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Edson Martins, oportunidade em que solicitou ao parlamentar empenho para uma rápida tramitação e votação dos Projetos de Lei.

Manoel explicou ao deputado que a aprovação das duas matérias atende aos anseios não só dos trabalhadores em educação, mas de todo o funcionalismo público estadual, visto que uma lei possibilitará a retomada do pagamento da licença prêmio em pecúnia, e a outra destravará o pagamento dos precatórios estaduais.

O presidente do Sintero ouviu do Líder do Governo que a Assembleia Legislativa fará tudo o que for possível para que os dois Projetos de Lei sejam votados e aprovados o mais rápido possível.

Licença Prêmio

O Projeto de Lei da Licença Prêmio altera o artigo 123 da Lei Complementar nº 68, de 9 de dezembro de 1992. Com a nova redação, a Lei permitirá que o servidor na ativa, ao completar dois ou mais períodos de licença prêmio não gozados, poderá optar pela conversão de um dos períodos em pecúnia.

Com a aprovação e sanção dessa Lei, a Seduc retomará o pagamento da Licença Prêmio suspenso em agosto, conforme compromisso firmado pela secretária Izabel da Luz durante audiência do Sintero com o governador Confúcio Moura. Na ocasião o governador afirmou que o pagamento não terá problemas quanto ao orçamento, já que os recursos são próprios da educação.

Precatórios

Já o Projeto de Lei dos precatórios é uma antiga reivindicação do Sintero e mereceu, inclusive, uma mobilização conjunta do Sintero com o Sinsepol e o Sindsaúde, com manifestações e passeatas de protesto.

O PL tem a finalidade de autorizar a flexibilização do pagamento dos precatórios resultantes de ações judiciais dos servidores estaduais. Quando estiver aprovada e sancionada, a Lei vai autorizar que seja utilizada a metade dos recursos destinados aos precatórios para que sejam realizados acordos diretos com os credores. Assim os servidores que possuem precatórios de natureza alimentar, poderão receber os seus créditos mais rápido do que se tivessem que esperar na fila única, como funciona hoje.

Por lei, o governo deposita mensalmente 1,5% das receitas correntes líquidas em uma conta judicial para pagamento de precatórios. Atualmente o Sintero vem cobrando o pagamento dos precatórios da ação do salário mínimo dos Técnicos Administrativos e da ação do salário mínimo dos Professores.

O advogado do Sintero, Hélio Vieira, explicou que o envio do Projeto de Lei à Assembleia Legislativa representa uma vitória importante dos trabalhadores em educação e dos servidores de uma forma geral, mas observou que o parágrafo 2º do artigo 1º ainda precisa de uma interpretação mais clara ou uma adequação.

O referido parágrafo veta acordo sobre parte do valor devido a um mesmo credor, devendo o acordo abranger a totalidade do crédito. Para o advogado Hélio Vieira existe uma diferença se o credor for considerado o servidor, individualmente, ou se for considerado o sindicato, como autor da ação.

“Essa preocupação será por nós manifestada antes da aprovação da lei para que os servidores não sejam prejudicados em uma futura negociação dos precatórios”, disse o advogado.

O secretário de Assuntos Jurídicos do Sintero, Nereu Klosinski, disse que o sindicato vai acompanhar de perto a tramitação dos dois Projetos pois os servidores aguardam ansiosos pelo direito de receberem a licença prêmio e os precatórios.

O presidente do Sintero, Manoel Rodrigues, destacou que esse é mais um resultado positivo da união e da luta dos trabalhadores em educação. “Os nossos filiados vem acompanhando a nossa luta tanto pelo pagamento do precatório quanto pelo pagamento da licença prêmio em pecúnia. Mais uma vez está provado que com a união e o apoio da categoria as vitórias sempre vêm”, disse Manoel.



Autor: Assessoria

 

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 15/04/2014 ás 18:26:00

Tributos ao Capital Inicial e O Rappa no Grego Original Pub

Em virtude do feriado da sexta-feira santa, a casa não abrirá, mas em compensação a casa retornará no sábado de aleluia com três apresentações de banda de rock locais.

GERAL | matéria escrita em 15/04/2014 ás 17:09:00

Fecomércio inicia discussão da Reconstrução de Rondônia-Pós Cheia

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia reúne setores produtivos, parlamentares e lideranças para discutir reconstrução de Rondônia e Acre.

GERAL | matéria escrita em 15/04/2014 ás 16:29:00

Primeiros servidores da Polícia Civil estão na folha de abril do Governo Federal

De acordo com a SAMF, já receberão seus salários pelo governo federal os 32 servidores que integram a primeira publicação do Diário Oficial da União.

GERAL | matéria escrita em 15/04/2014 ás 15:27:00

CRMV-RO alerta para o perigo pós- enchente

A situação de calamidade pública em Porto Velho já foi reconhecida pelo governo federal. Até o momento já foram confirmados 17 casos de leptospirose.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 15/04/2014 ás 15:25:00

Volume de processos novos impede Justiça de reduzir quantidade de ações

“O Setor Público é responsável por 51% das demandas judiciais em tramitação no País”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 15/04/2014 ás 15:24:00

Condenação de assassinos de juíza garante Estado de Direito

O presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, ressaltou a importância da atuação dos advogados de acusação. “

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 15/04/2014 ás 15:22:00

OAB sugere criação do Diário Eletrônico da entidade

Marcus Vinicius Furtado Coêlho, presidente nacional da OAB, ressalta benefícios que a criação de mais um meio oficial trará.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 15/04/2014 ás 15:19:00

Consorciados que se retiram antecipadamente de grupo devem receber saldo do fundo de reserva

No entanto, como lembra a ministra, o recebimento de tais valores não se dá de imediato, e sim em até 30 dias a contar do prazo previsto contratualmente para o encerramento do plano.

POLíTICA | matéria escrita em 15/04/2014 ás 15:10:00

Deputado critica fechamento de bases da PM nos bairros da periferia de Porto Velho

De acordo com o presidente da ALE, " enquanto o governo vinha se preocupando em perseguir adversários políticos, as sedes das bases comunitárias da PM foram abandonadas".

POLíTICA | matéria escrita em 15/04/2014 ás 14:26:00

Justiça obriga Donadon a usar tornozeleira; veja íntegra da decisão

Ex-deputado estadual vai para o regime semi-aberto por bom comportamento.

GERAL | matéria escrita em 15/04/2014 ás 13:35:00

Havan Porto Velho contrata Assistente de RH

O interessado precisa ter disponibilidade para trabalhar nos fins de semana e fazer treinamento em outra filial.

POLíTICA | matéria escrita em 15/04/2014 ás 13:28:00

Edwilson Negreiros e Ceará Miséria são condenados a 2 anos e meio de cadeia

Edwilson Negreiros e Ceará Miséria foram denunciados ao TRE através do disque denúncia 148 e presos em flagrantes no dia 7 de setembro de 2012, 28 dias antes das eleições.

POLíTICA | matéria escrita em 15/04/2014 ás 12:47:00

Eleições 2014: prazo para fazer inscrição eleitoral termina em 7 de maio

Também termina no dia 7 de maio o prazo para o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicitar a transferência do local de votação para uma Seção Eleitoral Especial.

POLíTICA | matéria escrita em 15/04/2014 ás 12:37:00

Raupp pede à ministra Ana Arraes do TCU celeridade no processo da Transposiç​ão

A ministra Ana Arraes assegurou ao senador Raupp que vai dar agilidade na liberação de seu parecer, encurtando o prazo concedido pela corte de contas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 15/04/2014 ás 11:02:00

Rondônia: Empresa de telefonia é condenada a indenizar cliente

De acordo com o relatório, a cliente afirma que teve o nome inscrito em cadastro de inadimplentes pela empresa, todavia, não tinha conhecimento da origem do débito.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 SRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Gonçalves Dias, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com