27/11/2012 - 17h36min - Atualizado em 27/11/2012 - 17h36min

SINTERO - Projetos de Lei da Licença Prêmio e dos Precatórios já estão na ALE

O presidente do Sintero ouviu do Líder do Governo que a Assembleia Legislativa fará tudo o que for possível para que os dois Projetos de Lei sejam votados e aprovados o mais rápido...

Já estão na Assembleia Legislativa de Rondônia os dois Projetos de Lei mais aguardados pelos trabalhadores em educação. As Mensagens encaminhando o Projeto de Lei que autoriza a conversão de Licença Prêmio em pecúnia, e o Projeto de Lei dos Precatórios, foram encaminhadas pelo governo do Estado à Casa de Leis após reunião da diretoria do Sintero com o governador Confúcio Moura, da qual participaram a secretária de Estado da Educação, o secretário Chefe da Casa Civil e a Procuradora Geral do Estado.

Nesta terça-feira, 27/11, o presidente do Sintero, Manoel Rodrigues, manteve contato com o Líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Edson Martins, oportunidade em que solicitou ao parlamentar empenho para uma rápida tramitação e votação dos Projetos de Lei.

Manoel explicou ao deputado que a aprovação das duas matérias atende aos anseios não só dos trabalhadores em educação, mas de todo o funcionalismo público estadual, visto que uma lei possibilitará a retomada do pagamento da licença prêmio em pecúnia, e a outra destravará o pagamento dos precatórios estaduais.

O presidente do Sintero ouviu do Líder do Governo que a Assembleia Legislativa fará tudo o que for possível para que os dois Projetos de Lei sejam votados e aprovados o mais rápido possível.

Licença Prêmio

O Projeto de Lei da Licença Prêmio altera o artigo 123 da Lei Complementar nº 68, de 9 de dezembro de 1992. Com a nova redação, a Lei permitirá que o servidor na ativa, ao completar dois ou mais períodos de licença prêmio não gozados, poderá optar pela conversão de um dos períodos em pecúnia.

Com a aprovação e sanção dessa Lei, a Seduc retomará o pagamento da Licença Prêmio suspenso em agosto, conforme compromisso firmado pela secretária Izabel da Luz durante audiência do Sintero com o governador Confúcio Moura. Na ocasião o governador afirmou que o pagamento não terá problemas quanto ao orçamento, já que os recursos são próprios da educação.

Precatórios

Já o Projeto de Lei dos precatórios é uma antiga reivindicação do Sintero e mereceu, inclusive, uma mobilização conjunta do Sintero com o Sinsepol e o Sindsaúde, com manifestações e passeatas de protesto.

O PL tem a finalidade de autorizar a flexibilização do pagamento dos precatórios resultantes de ações judiciais dos servidores estaduais. Quando estiver aprovada e sancionada, a Lei vai autorizar que seja utilizada a metade dos recursos destinados aos precatórios para que sejam realizados acordos diretos com os credores. Assim os servidores que possuem precatórios de natureza alimentar, poderão receber os seus créditos mais rápido do que se tivessem que esperar na fila única, como funciona hoje.

Por lei, o governo deposita mensalmente 1,5% das receitas correntes líquidas em uma conta judicial para pagamento de precatórios. Atualmente o Sintero vem cobrando o pagamento dos precatórios da ação do salário mínimo dos Técnicos Administrativos e da ação do salário mínimo dos Professores.

O advogado do Sintero, Hélio Vieira, explicou que o envio do Projeto de Lei à Assembleia Legislativa representa uma vitória importante dos trabalhadores em educação e dos servidores de uma forma geral, mas observou que o parágrafo 2º do artigo 1º ainda precisa de uma interpretação mais clara ou uma adequação.

O referido parágrafo veta acordo sobre parte do valor devido a um mesmo credor, devendo o acordo abranger a totalidade do crédito. Para o advogado Hélio Vieira existe uma diferença se o credor for considerado o servidor, individualmente, ou se for considerado o sindicato, como autor da ação.

“Essa preocupação será por nós manifestada antes da aprovação da lei para que os servidores não sejam prejudicados em uma futura negociação dos precatórios”, disse o advogado.

O secretário de Assuntos Jurídicos do Sintero, Nereu Klosinski, disse que o sindicato vai acompanhar de perto a tramitação dos dois Projetos pois os servidores aguardam ansiosos pelo direito de receberem a licença prêmio e os precatórios.

O presidente do Sintero, Manoel Rodrigues, destacou que esse é mais um resultado positivo da união e da luta dos trabalhadores em educação. “Os nossos filiados vem acompanhando a nossa luta tanto pelo pagamento do precatório quanto pelo pagamento da licença prêmio em pecúnia. Mais uma vez está provado que com a união e o apoio da categoria as vitórias sempre vêm”, disse Manoel.



Autor: Assessoria

 

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 27/08/2015 ás 20:51:00

Negocie direto com a Alphaville Urbanismo

Empresa oferece oportunidade única de negociar os lotes do Alphaville Porto Velho

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:17:00

OAB luta pela regulamentação dos honorários da advocacia pública

No documento, a OAB afirma que os advogados públicos são afiliados à entidade e, por isso, devem ter garantidas as prerrogativas profissionais previstas no Estatuto da Advocacia, notadamente os honorários de sucumbência.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:15:00

Atendente será indenizada por ter sido revistada por escrivã em vestiário de academia

No final do expediente, a colega sentiu falta do dinheiro, e a suspeita caiu sobre a atendente.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:11:00

Segunda Turma afirma competência do Procon para interpretar cláusulas contratuais

No recurso ao STJ, a empresa sustentou que a competência para interpretar cláusulas contratuais seria exclusiva do Poder Judiciário, o que tornaria ilegal a multa aplicada pelo Procon mineiro.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:10:00

Para o STJ, estupro de menor de 14 anos não admite relativização

Na apelação, entretanto, o réu foi absolvido ao fundamento de que o conceito de vulnerabilidade deveria ser analisado em cada caso, pois não se deveria considerar apenas o critério etário.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:07:00

Valores devidos pela Fazenda Pública em razão de MS devem ser pagos por precatório

A jurisprudência da Corte, afirmou, é consolidada no sentido de que os pagamentos devidos pela Fazenda Pública devem ser feitos via precatório, mesmo as verbas de caráter alimentar.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:06:00

Mantido processo disciplinar instaurado pelo CNJ contra juiz de Teresina (PI)

O CNJ determinou a abertura de processo administrativo disciplinar para apurar indícios de grave violação dos deveres funcionais pelo magistrado, que teria, reiteradamente, ofendido o princípio da imparcialidade ao supostamente favorecer partes processuai

POLíTICA | matéria escrita em 27/08/2015 ás 17:03:00

Comissão vai apurar compra de terreno pelo governo do Estado

Conforme denúncia, Executivo teria investido R$ 4 milhões em uma área que valeria R$ 60 mil.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 14:29:00

Advogados são condenados acusados de cometerem crimes contra juiz; um deles teria chamado o magistrado de "burro"

Advogados acusaram o juiz de ter se ausentado da Comarca durante o plantão, mas provou-se que a acusação não era verdadeira.

POLíTICA | matéria escrita em 27/08/2015 ás 13:17:00

Presidente da ALE defende redução da tarifa de energia

Presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia diz que Estado produz energia e não pode ter tarifa com bandeira vermelha.

GERAL | matéria escrita em 27/08/2015 ás 10:47:00

Presidente da Comissão dos ex-Territórios vem a Rondônia para assinar novos atos de transposição de servidores

Em reunião na Casa Civil, membros da Comissão Estadual e assessores do governo definiram agenda.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/08/2015 ás 10:29:00

Combate à corrupção

Por Andrey Cavalcante, presidente da OAB-Rondônia.

POLíTICA | matéria escrita em 27/08/2015 ás 10:24:00

Bancada federal se reúne com procurador da República em defesa dos índios Cinta Larga

Nilton Capixaba disse que vai marcar audiências com o ministro da Justiça e da Casa Civil, solicitando que o governo federal intervenha em favor dos Cinta Larga.

POLíTICA | matéria escrita em 27/08/2015 ás 10:21:00

Rejeição de Mauro Nazif é de 65%, segundo pesquisa

A julgar pela antipatia que possui junto ao eleitorado, Nazif terá sérios problemas para conquistar sua reeleição.

GERAL | matéria escrita em 27/08/2015 ás 10:18:00

Congresso das Testemunhas de Jeová destaca princípios para ajudar as famílias

O primeiro dia do congresso será 28, sexta-feira, e vai até domingo.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 SRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Gonçalves Dias, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com