/ GERAL /

00/00/0000 - 00h39min - Atualizado em 00/00/0000 - 00h39min

Sintero realiza assembléias com os servidores federais sobre isonomia, enquadramento, e ações do 3,17%, tícket alimentação e PSS

A direção do Sintero cumpre nesta semana em todo o Estado uma agenda de assembléias com os trabalhadores em educação federais do ex-território. A finalidade é repassar aos servidores informações atualizadas acerca da ação da isonomia, enquadramento dos técnicos e administrativos, segunda ação do ticket alimentação e ação dos 3,17%. Participam das assembléias, servidores filiados e não filiados ao Sintero. Durante as assembléias realizadas até agora, não houve sequer um questionamento de qualquer servidor sobre a condução dos processos.

Ontem (segunda-feira) pela manhã a assembléia foi realizada em Guajará-Mirim e à tarde em Porto Velho, reunindo mais de mil servidores. Nesta terça-feira as reuniões acontecem em Vilhena e Pimenta Bueno, e amanhã, quarta-feira (19/09), o encontro ocorre em Rolim de Moura, Ji-Paraná e Ariquemes. Conduzida pela presidente do Sintero, Claudir Mata, as assembléias têm a presença dos advogados Hélio Vieira e Orestes Muniz, que representa o advogado Luiz Felipe Belmonte.

Sobre a ação da isonomia as assembléias esclarecem que toda polêmica criada por dois deputados estaduais não passa de jogo político, pois o que interessa mesmo é a luta do Sintero e dos advogados para que todos recebam o que têm direito.

Na audiência de conciliação, solicitada pelo SINTERO e realizada no dia 17/08 na 2ª Vara do Trabalho de Porto Velho, ficou acordado que a assessoria jurídica do Sintero, através do advogado Hélio Vieira, fará um trabalho em conjunto com o advogado Luiz Felipe Belmonte, com a finalidade de sanar os problemas que ainda existem na ação da isonomia dos servidores federais do ex-Território. Na impossibilidade de ficar permanentemente em Rondônia, o advogado Luiz Felipe nomeou o advogado Orestes Muniz para desenvolver o trabalho em conjunto com o Sintero e com o advogado Hélio Vieira, sem custos extras para os servidores.

Para resolver todos os problemas de procurações outorgadas anteriormente aos advogados Luiz Felipe, Hélio Vieira e ao Sintero, ficou acordado que os servidores deverão assinar uma procuração única, que terá validade para o trabalho conjunto. Os advogados e a presidente do Sintero explicam nas assembléias que essa procuração única é necessária, para que os servidores não tenham problemas e por qualquer motivo não fiquem fora dos cálculos. “Alguns servidores assinaram procuração para o Luiz Felipe, outros assinaram para o doutor Hélio, e o Sintero não necessita de procuração, porque já representa os servidores”, esclareceu Claudir Mata.

Ainda sobre a ação da isonomia, os servidores tomam conhecimento de que o enquadramento dos técnicos e administrativos está sendo realizado pela União, e que a direção do Sintero e os advogados participam, periodicamente, de reuniões com os técnicos dos ministérios da Fazenda e do Orçamento e Gestão para tratar do assunto. Os advogados vão entrar com ação para executar a multa diária estabelecida pela Justiça contra a União visando reparar os prejuízos causados pela demora no enquadramento.

Sobre a ação do ticket alimentação, o Sintero já dispõe de lista com o cálculo individual . A ação do PSS continua tramitando na Justiça.

Já a ação dos 3,17% enfrenta problemas, porque alguns servidores entraram com ações individuais mesmo estando na ação do Sintero, o que gerou duplicidade na Justiça Federal. Segundo os advogados, há servidores que possuem até três ações requerendo o mesmo direito. Nas assembléias o Sintero esclarece que existem três listas desta ação, sendo a primeira dos servidores que já receberam a ação, uma lista dos que não receberam e uma terceira lista dos servidores que não estavam no processo, mas que teriam direito à ação. Uma dessas listas possui cálculos individuais

Mesmo enfrentando tumultos processuais a ação do 3,17% já foi julgada e encontra-se em poder de um contador para a realização dos cálculos. Os pedidos de desistência formulados para retirar da ação coletiva os servidores que tinham ação individual no Juizado Especial foram todos indeferidos pela União. Como condição para a desistência a União exigiu a renúncia dos servidores ao direito, o que não é recomendado pelo Sintero. A assessoria jurídica do SINTERO não aceita mais requerimentos de pedidos para sair do processo, pois o mesmo está em fase de conclusão.

A direção do Sintero recomenda que os servidores que não puderem participar das assembléias compareçam a qualquer regional para assinarem a procuração única, e para obter informações detalhadas sobre as ações.

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 13/07/2014 ás 14:47:00

Transposição: Amir Lando refuta “tese” do TCU e pretende fazer sustenção oral em defesa dos servidores

“Não podemos aceitar o desrespeito à Constituição Federal por parte de quem tem o dever de cuidá-la”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 11/07/2014 ás 17:28:00

Mulher que matou Zezinho Maranhão será julgada em setembro

A ré aguarda o julgamento presa. De acordo com os autos, a denunciada foi extremamente cruel, pois golpeou a vítima várias vezes, totalizando 17 perfurações

GERAL | matéria escrita em 11/07/2014 ás 17:24:00

DIREITO DE RESPOSTA EXTRAJUDICIAL

EX- DEPUTADO FEDERAL AMORIM faz declarações a respeito da suposta denúncia do MPF por Trabalho Escravo.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 11/07/2014 ás 17:05:00

Itaú Unibanco S/A terá de pagar danos morais e pensão por doença do trabalho e demissão arbitrária a ex-empregado

O ex-bancário Josias Cardoso da Silva, após 21 anos de serviços prestados ao Itaú Unibanco, foi demitido sem justa causa

GERAL | matéria escrita em 11/07/2014 ás 15:11:00

Escola Municipal de Música Jorge Andrade realizou uma Mostra Musical na noite de quinta-feira

O público lotou a rua Elias Gorayeb, fechada no trecho entre as avenidas Calama e Abunã, onde um carro de som foi montado para a apresentação dos alunos.

GERAL | matéria escrita em 11/07/2014 ás 14:59:00

Semusb intensifica limpeza dos galpões da Estrada de Ferro Madeira Mamoré

A terra que estava acumulada nos galpões já foi retirada. Nos próximos dias, a equipe da Semusb intensificará o trabalho de retirada da terra que está na área externa.

POLíTICA | matéria escrita em 11/07/2014 ás 14:42:00

TRE reunirá juízes e imprensa para debater a propaganda eleitoral

Especificamente, a reunião vai tratar dos limites da propaganda eleitoral e orientar os participantes sobre os limites impostos pela Lei 9504/97.

POLíTICA | matéria escrita em 11/07/2014 ás 14:40:00

Lei da Ficha Limpa completa quatro anos e será aplicada pela primeira vez em eleições gerais

A Lei da Ficha Limpa entrou em vigor no dia 7 de junho de 2010, data de sua publicação no Diário Oficial da União, mas somente passou a ser aplicada nas eleições municipais de 2012.

GERAL | matéria escrita em 11/07/2014 ás 14:40:00

Prefeitura organiza o Coral Canta Porto Velho

A funcultural está providenciando a identidade visual do coral, que inclui logomarca e demais materiais gráficos.

POLíTICA | matéria escrita em 11/07/2014 ás 14:25:00

Recursos de Amir Lando e da prefeitura garantem recuperação de estradas vicinais para zona rural de Cerejeiras

Nesta fase inicial, as máquinas de patrolmanento e cascalhamento fazem o trabalho nas estradas para, em seguida, a estrada receber a camada final.

POLíTICA | matéria escrita em 11/07/2014 ás 14:17:00

Justiça Eleitoral rejeitas prestação de contas de Fátima Cleide

Diante da irregularidade, o juiz eleitoral Sebastião Albuquerque da Rosa, da 2ª Zona Eleitoral de Rondônia, reprovou as contas de Fátima Cleide.

POLíTICA | matéria escrita em 11/07/2014 ás 12:42:00

TRE reunirá juízes e imprensa para debater a propaganda eleitoral

Especificamente, a reunião vai tratar dos limites da propaganda eleitoral e orientar os participantes sobre os limites impostos pela Lei 9504/97.

GERAL | matéria escrita em 11/07/2014 ás 12:39:00

MPE/RO abre procedimento administrativo para apurar denúncia feita pelo Crea-RO

"Apesar da atuação fiscalizatória do Crea , os servidores insistem em supervisionar, impor alterações e/ou desaprovar peças puramente técnicas, elaboradas por profissionais habilitados..."

GERAL | matéria escrita em 11/07/2014 ás 10:19:00

MP realiza audiência coletiva sobre infrequência, indisciplina e evasão escolar com 87 famílias

A reunião ocorrida nesta quinta-feira (10), na sede do MPRO, foi conduzida pelo Promotor de Justiça Marcelo Lima de Oliveira

POLíTICA | matéria escrita em 11/07/2014 ás 11:10:00

Transposição virou sinônimo de palhaçada

Valdemir Caldas

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com