/ GERAL /

00/00/0000 - 00h39min - Atualizado em 00/00/0000 - 00h39min

Sintero realiza assembléias com os servidores federais sobre isonomia, enquadramento, e ações do 3,17%, tícket alimentação e PSS

A direção do Sintero cumpre nesta semana em todo o Estado uma agenda de assembléias com os trabalhadores em educação federais do ex-território. A finalidade é repassar aos servidores informações atualizadas acerca da ação da isonomia, enquadramento dos técnicos e administrativos, segunda ação do ticket alimentação e ação dos 3,17%. Participam das assembléias, servidores filiados e não filiados ao Sintero. Durante as assembléias realizadas até agora, não houve sequer um questionamento de qualquer servidor sobre a condução dos processos.

Ontem (segunda-feira) pela manhã a assembléia foi realizada em Guajará-Mirim e à tarde em Porto Velho, reunindo mais de mil servidores. Nesta terça-feira as reuniões acontecem em Vilhena e Pimenta Bueno, e amanhã, quarta-feira (19/09), o encontro ocorre em Rolim de Moura, Ji-Paraná e Ariquemes. Conduzida pela presidente do Sintero, Claudir Mata, as assembléias têm a presença dos advogados Hélio Vieira e Orestes Muniz, que representa o advogado Luiz Felipe Belmonte.

Sobre a ação da isonomia as assembléias esclarecem que toda polêmica criada por dois deputados estaduais não passa de jogo político, pois o que interessa mesmo é a luta do Sintero e dos advogados para que todos recebam o que têm direito.

Na audiência de conciliação, solicitada pelo SINTERO e realizada no dia 17/08 na 2ª Vara do Trabalho de Porto Velho, ficou acordado que a assessoria jurídica do Sintero, através do advogado Hélio Vieira, fará um trabalho em conjunto com o advogado Luiz Felipe Belmonte, com a finalidade de sanar os problemas que ainda existem na ação da isonomia dos servidores federais do ex-Território. Na impossibilidade de ficar permanentemente em Rondônia, o advogado Luiz Felipe nomeou o advogado Orestes Muniz para desenvolver o trabalho em conjunto com o Sintero e com o advogado Hélio Vieira, sem custos extras para os servidores.

Para resolver todos os problemas de procurações outorgadas anteriormente aos advogados Luiz Felipe, Hélio Vieira e ao Sintero, ficou acordado que os servidores deverão assinar uma procuração única, que terá validade para o trabalho conjunto. Os advogados e a presidente do Sintero explicam nas assembléias que essa procuração única é necessária, para que os servidores não tenham problemas e por qualquer motivo não fiquem fora dos cálculos. “Alguns servidores assinaram procuração para o Luiz Felipe, outros assinaram para o doutor Hélio, e o Sintero não necessita de procuração, porque já representa os servidores”, esclareceu Claudir Mata.

Ainda sobre a ação da isonomia, os servidores tomam conhecimento de que o enquadramento dos técnicos e administrativos está sendo realizado pela União, e que a direção do Sintero e os advogados participam, periodicamente, de reuniões com os técnicos dos ministérios da Fazenda e do Orçamento e Gestão para tratar do assunto. Os advogados vão entrar com ação para executar a multa diária estabelecida pela Justiça contra a União visando reparar os prejuízos causados pela demora no enquadramento.

Sobre a ação do ticket alimentação, o Sintero já dispõe de lista com o cálculo individual . A ação do PSS continua tramitando na Justiça.

Já a ação dos 3,17% enfrenta problemas, porque alguns servidores entraram com ações individuais mesmo estando na ação do Sintero, o que gerou duplicidade na Justiça Federal. Segundo os advogados, há servidores que possuem até três ações requerendo o mesmo direito. Nas assembléias o Sintero esclarece que existem três listas desta ação, sendo a primeira dos servidores que já receberam a ação, uma lista dos que não receberam e uma terceira lista dos servidores que não estavam no processo, mas que teriam direito à ação. Uma dessas listas possui cálculos individuais

Mesmo enfrentando tumultos processuais a ação do 3,17% já foi julgada e encontra-se em poder de um contador para a realização dos cálculos. Os pedidos de desistência formulados para retirar da ação coletiva os servidores que tinham ação individual no Juizado Especial foram todos indeferidos pela União. Como condição para a desistência a União exigiu a renúncia dos servidores ao direito, o que não é recomendado pelo Sintero. A assessoria jurídica do SINTERO não aceita mais requerimentos de pedidos para sair do processo, pois o mesmo está em fase de conclusão.

A direção do Sintero recomenda que os servidores que não puderem participar das assembléias compareçam a qualquer regional para assinarem a procuração única, e para obter informações detalhadas sobre as ações.

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 23/11/2014 ás 13:21:00

Lava-jato

Alma penada-Deve-se evitar dizer o nome de Fernando Baiano perto de Valdir Raupp. O senador peemedebista chega a passar mal com a simples menção ao lobista, sabe-se lá por quê.

POLíTICA | matéria escrita em 23/11/2014 ás 09:36:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

E Batista, pelo jeito, era o mais honesto. Confira a lista de secretários e ex-secretários que foram depor na PF sobre o maior escândalo de propinas da história de Rondônia.

POLíTICA | matéria escrita em 23/11/2014 ás 09:31:00

OPERAÇÃO PLATEIAS

Manhã cedo, quando foram pegar figurão de Rondônia para conduzi-lo a depor sob vara, policiais não encontraram sua mulher, que vive em outra cidade. Surpreenderam-no em outra companhia. Masculina.

POLíTICA | matéria escrita em 21/11/2014 ás 23:03:00

Veja as fotos da identificação criminal do secretário de Finanças de Rondônia e do cunhado do governador Confúcio Moura

Os dois saõ acusados de fazer parte de uma organização criminosa comandada pelo próprio governador de Rondônia.

POLíTICA | matéria escrita em 21/11/2014 ás 19:21:00

PF pediu a prisão de Confúcio Moura. Ministra do STJ analisa provas

Confúcio Moura é acusado pela Polícia Federal de participar de uma organização criminosa que desviou R$ 57 milhões dos cofres públicos.

GERAL | matéria escrita em 21/11/2014 ás 17:00:00

Marcus Edson é apresentado oficialmente aos membros como subdefensor geral

O subdefensor (E) Marcus Edson de Lima ao lado do defensor geral Antonio Fontoura Coimbra (D).

GERAL | matéria escrita em 21/11/2014 ás 16:58:00

Caravana da Juventude leva atividades socioeducativas a jovens apenados

O coordenador da CMPPJ, Bruno Eduardo, explicou que o projeto Caravana da Juventude é uma iniciativa recente, que deve ainda se desenvolver bastante ao longo do próximo ano.

GERAL | matéria escrita em 21/11/2014 ás 16:52:00

I Fórum sobre a Saúde do Homem em Porto Velho integrou ações do novembro azul

O evento contou ainda com a participação do psicólogo Antônio Neto, que trabalha no Núcleo de Atenção à Saúde da Família da zona sul.

GERAL | matéria escrita em 21/11/2014 ás 15:24:00

Fhemeron abre neste sábado em parceria com a Igreja Adventista

Essa é a quarta edição da campanha de doação de sangue, mobilizada pela comunidade adventista de Porto Velho e região, em parceria com o hemocentro.

POLíTICA | matéria escrita em 21/11/2014 ás 13:44:00

As duas eleições do governador estão comprometidas por crime eleitoral e outras práticas delituosas, afirma presidente da Assembleia

Diante das denúncias de corrupção, Hermínio levanta dúvidas sobre a diplomação e posse de Confúcio para um novo mandato e até sobre a conclusão do mandato atual.

POLíTICA | matéria escrita em 21/11/2014 ás 13:46:00

Resenha política

Robson Oliveira

POLíTICA | matéria escrita em 21/11/2014 ás 13:38:00

“Confúcio Moura é mentiroso, corrupto e o verdadeiro chefe da Organização Criminosa instalada no Governo Estadual”, diz Hermínio Coelho

Para o presidente da Assembleia, o governador Confúcio Moura "é um assaltante de alta periculosidade e chefia a organização criminosa, que tem como gestor seu próprio cunhado".

POLíTICA | matéria escrita em 21/11/2014 ás 13:36:00

Assembleia Legislativa recebe representação que pede afastamento do governador

O documento foi entregue ao presidente da Casa, deputado Hermínio Coelho, que segundo o regimento interno, tem 10 dias para fazer a tramitação.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com