28/08/2011 - 07h02min - Atualizado em 28/08/2011 - 07h02min

Sorteio da Minha Casa Minha Vida fugiu da pressão do QI, segundo prefeito

Milhares de pessoas concorreram ao sonho da casa própria.

A casa de shows Talismã 21 ficou pequena para receber as famílias que participaram do sorteio das unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), em Porto Velho. O sorteio aconteceu neste sábado, 27, do qual participaram 11.350 famílias selecionadas entre as mais de 36 mil inscritas no programa.

Acompanhando o prefeito Roberto Sobrinho no evento estavam os secretários municipais, Ian Kleber (Semur); Mônica Carvalho (adjunta da Semur), Sérgio Pacífico (Sempla), Wilson Alves e Jorge Mascarenhas, a chefe de gabinete, Miriam Saldaña, representantes da Caixa Econômica Federal, a deputada Epifânia Barbosa (PT), Agnaldo Nepomuceno (Semdestur), Itamar Ferreira (Semtran), Fátima Ferreira (Semed) e os vereadores Cabo Anjos, Cláudio da Padaria (PC do B), Cláudio Carvalho (PT), Eduardo Rodrigues (PV), Ramiro Negreiros (PMDB) e Sid Orleans (PT).

Para o prefeito Roberto Sobrinho, a realização do evento é a concretização do sonho dessas famílias de terem direito a uma casa. E o sorteio foi a forma mais democrática para não favorecer ninguém. “Eu poderia ter feito uma lista e escolhido os beneficiados. Mas para fugir da pressão do QI, o famoso ‘quem indica”, resolvi não fazer assim e optei pelo sorteio. Não dá para todo mundo ganhar, mas, pelo menos, todos concorreram em igualdade de condições”, afirmou.

O secretário Ian Kleber, da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur), lembrou que a expectativa por parte das famílias era muito grande, pois o sonho da casa própria é o que almejam muitas famílias.“Essa é uma data histórica para Porto Velho e que encerra uma expectativa de três anos. E a política habitacional do prefeito Roberto Sobrinho tem como princípio básico assegurar moradia digna a quem realmente necessita. Esse é um dos direitos fundamentais garantido na Constituição Federal”, disse.

Sorteio Pelo critério do programa, a destinação das moradias tem que obedecer a uma hierarquização nacional e local com a seguinte distribuição: 3% para idosos; e 6% das unidades para pessoas com necessidades especiais. Em seguida vêm o grupo geral que engloba as famílias residentes ou que tenham sido desabrigadas de áreas de riscos ou insalubres; famílias com mulheres responsáveis pelo sustento familiar; famílias inscritas no CADúnico; famílias com maior número de dependentes; e famílias beneficiárias do Bolsa Família.

A primeira a ser sorteada foi a senhora Eva Sólis, do grupo dos idosos. Ela não estava presente, mas não corre o risco de perder o imóvel, que só ocorrerá, caso ela não compareça à semur para apresentar a documentação, ou se prestou informação errada no ato da inscrição. Para o grupo dos idosos foram sorteadas 22 unidades habitacionais que foram disputados por 685 inscritos. Uma delas foi sorteada para Maria do Livramento, 74 anos, que emocionada subiu ao palco para abraçar o prefeito.“Agradeço muito a Deus por ter me permitido receber essa casa e ao prefeito que possibilitou que isso se realizasse. Estou muito feliz”, disse.

Outra sorteada, Tanira Costa, 71 anos. Para ela, o programa não tinha ido em frente e não acreditava mais em receber a casa. “Foi a minha nora que me disse que ia haver o sorteio. Eu já nem esperava mais. Faz muito tempo que me inscrevi”, disse.

Entre os portadores de necessidades especiais foram sorteados 43 imóveis com 585 participantes. O primeiro nome a ser sorteado foi de Valesca Farias de Souza, o segundo, Isabel de Andrade Castro e o terceiro, Natália Morais de Souza. Grupo geral a primeira sorteada foi Geziane Soares, seguida de Aline Ribeiro e Gilcileide da Cruz.

Imóveis Em Porto Velho estão sendo construídas 716 unidades habitacionais entre apartamentos e casas, mas para atender a um critério do programa, que exige uma lista excedente de 20% do total de unidades disponibilizadas, foram sorteadas mil famílias.

São dois empreendimentos que estão sendo construídos pela prefeitura na zona leste, um no Jardim Santana e outro no bairro Socialista. A previsão é de que as primeiras unidades comecem a ser entregues entre o final do segundo semestre deste ano e o primeiro semestre de 2012.

O número de unidades habitacionais por empreendimento é estabelecido em função da área e do projeto, limitado em 500 unidades por empreendimento. As unidades habitacionais apresentam tipologia de casas térreas ou apartamentos, as casas com 02 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e área útil mínima de 32 m². Os apartamentos com
02 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e área útil mínima de 37 m².

O programa O Minha Casa Minha Vida é um programa do Governo Federal executado em Porto Velho em parceria com a prefeitura. É destinado à família com renda mensal de zero a três salários mínimos. O valor da prestação corresponde a 10% dessa renda, sendo que o menor prestação é de R$ 50 e o maior de R$ 160.O beneficiado não precisa antecipar nenhum pagamento para obter o imóvel, como entrada ou pagar taxa de inscrição. As prestações só começam a ser pagas após a entrega do imóvel. Após o sorteio, o beneficiário tem 60 dias para comprovar que atendente aos critérios do programa.
Para isso ela deverá procurar a Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur) munido dos documentos pessoais (CPF, RG e comprovante de renda). Também será verificado se o sorteado está inscrito no Cadastro único e no Cadastro Nacional de Mutuário. Essa exigência é necessária para consolidar os dados dos proponentes sorteados, que se dará por meio de apresentação documental de todas as informações fornecidas no ato da inscrição no programa. A lista completa dos sorteados poderá ser acessada neste site, a partir de segunda feira, 29.


Por Joel Elias

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Avatar de ISABELA

Postado por ISABELA em 27/02/2013 às 08:07

eu queria saber ser o werbeson da silva santos foi sortiado

201.10.162.225

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:55:00

Michel Temer apoia OAB pela sanção dos honorários da advocacia pública

O projeto encontra-se no Senado para sua redação final e será enviado nos próximos dias à presidência da República para sanção.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:50:00

Sanção do novo Código de Processo Civil pode ficar para março

As novas regras processuais entram em vigor um ano após a publicação da lei.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:46:00

Fim do "auto de resistência" é defendido por ONG de direitos humanos

As normas atuais previstas no Código de Processo Penal (Decreto-Lei 3.689/1941) permitem o uso de quaisquer meios necessários para que o policial se defenda ou vença resistências.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:43:00

MPF/RO não envia e-mails com intimação

Ministério Público Federal alerta que ao clicar em links contidos no e-mail, um programa invade o computador do usuário e capturar dados, como senhas de contas bancárias e cartões de crédito

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:36:00

DER contratará 370 servidores em regime emergencial

As inscrições ficam abertas até 6 de fevereiro e podem realizadas pela internet.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:34:00

Auditoria do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) interdita Lavanderia que presta serviço para Governo e Prefeitura

Os auditores do MTE, em vistorias realizadas nos dias 23 e 26/01 , constataram situações de grave e de iminente risco aos profissionais da lavanderia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:30:00

Justiça reverte justa causa de empregado por suposta incitação a greve no Facebook

O assistente de produtos disse que foi demitido em 2012 por ter se insurgido, durante uma reunião, contra o início da jornada às 12h aos domingos.

POLíTICA | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:00:00

Deputado culpa Sobrinho e Nazif pelo título de uma das piores cidades do Brasil

Os itens que mais pesaram na péssima classificação de Porto Velho foram desenvolvimento, bem estar, qualidade de domicílios, educação e segurança.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:34:00

Especialistas descartam repetição de cheia catastrófica no rio Madeira

A coordenadora de Operações do Centro Regional do Sipam em Porto Velho, cientista Ana Cristina Strava Corrêa, admitiu terça-feira (26) a possibilidade de nova enchente do rio Madeira...

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:30:00

Prefeitura de Porto Velho retira famílias de áreas isoladas na zona rural de Abunã

De acordo com o secretário, a retirada das famílias faz parte da ação preventiva dentro do plano de contingência da prefeitura para atender as comunidades impactadas.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:25:00

Ministério Público Estadual acompanha ações para prevenção contra enchentes

Na reunião, ficou deliberada a participação do Ministério Público Estadual na Sala de Situação instalada pelo município para monitorar as possíveis áreas de alagamento.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:18:00

Mantida condenação pela prática do crime de roubo

A defesa requereu a absolvição por falta de provas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:17:00

Ariquemes: Mulher acusada de obter lucro com exploração sexual de adolescentes permanecerá presa

Danielle atua na administração do “negócio” oferencendo moradia e alimentação às adolescentes em troca de parte do dinheiro relativos aos “programas” realizados pelas meninas.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 08:22:00

CUT denuncia que Energia Sustentável desrespeita direitos de trabalhadores na Usina de Jirau

O STICCERO vem tentando há meses negociar com a Energia Sustentável do Brasil (ESBR) e com as terceirizadas, mas até agora este grave problema não teria sido resolvido.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com