28/08/2011 - 07h02min - Atualizado em 28/08/2011 - 07h02min

Sorteio da Minha Casa Minha Vida fugiu da pressão do QI, segundo prefeito

Milhares de pessoas concorreram ao sonho da casa própria.

A casa de shows Talismã 21 ficou pequena para receber as famílias que participaram do sorteio das unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), em Porto Velho. O sorteio aconteceu neste sábado, 27, do qual participaram 11.350 famílias selecionadas entre as mais de 36 mil inscritas no programa.

Acompanhando o prefeito Roberto Sobrinho no evento estavam os secretários municipais, Ian Kleber (Semur); Mônica Carvalho (adjunta da Semur), Sérgio Pacífico (Sempla), Wilson Alves e Jorge Mascarenhas, a chefe de gabinete, Miriam Saldaña, representantes da Caixa Econômica Federal, a deputada Epifânia Barbosa (PT), Agnaldo Nepomuceno (Semdestur), Itamar Ferreira (Semtran), Fátima Ferreira (Semed) e os vereadores Cabo Anjos, Cláudio da Padaria (PC do B), Cláudio Carvalho (PT), Eduardo Rodrigues (PV), Ramiro Negreiros (PMDB) e Sid Orleans (PT).

Para o prefeito Roberto Sobrinho, a realização do evento é a concretização do sonho dessas famílias de terem direito a uma casa. E o sorteio foi a forma mais democrática para não favorecer ninguém. “Eu poderia ter feito uma lista e escolhido os beneficiados. Mas para fugir da pressão do QI, o famoso ‘quem indica”, resolvi não fazer assim e optei pelo sorteio. Não dá para todo mundo ganhar, mas, pelo menos, todos concorreram em igualdade de condições”, afirmou.

O secretário Ian Kleber, da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur), lembrou que a expectativa por parte das famílias era muito grande, pois o sonho da casa própria é o que almejam muitas famílias.“Essa é uma data histórica para Porto Velho e que encerra uma expectativa de três anos. E a política habitacional do prefeito Roberto Sobrinho tem como princípio básico assegurar moradia digna a quem realmente necessita. Esse é um dos direitos fundamentais garantido na Constituição Federal”, disse.

Sorteio Pelo critério do programa, a destinação das moradias tem que obedecer a uma hierarquização nacional e local com a seguinte distribuição: 3% para idosos; e 6% das unidades para pessoas com necessidades especiais. Em seguida vêm o grupo geral que engloba as famílias residentes ou que tenham sido desabrigadas de áreas de riscos ou insalubres; famílias com mulheres responsáveis pelo sustento familiar; famílias inscritas no CADúnico; famílias com maior número de dependentes; e famílias beneficiárias do Bolsa Família.

A primeira a ser sorteada foi a senhora Eva Sólis, do grupo dos idosos. Ela não estava presente, mas não corre o risco de perder o imóvel, que só ocorrerá, caso ela não compareça à semur para apresentar a documentação, ou se prestou informação errada no ato da inscrição. Para o grupo dos idosos foram sorteadas 22 unidades habitacionais que foram disputados por 685 inscritos. Uma delas foi sorteada para Maria do Livramento, 74 anos, que emocionada subiu ao palco para abraçar o prefeito.“Agradeço muito a Deus por ter me permitido receber essa casa e ao prefeito que possibilitou que isso se realizasse. Estou muito feliz”, disse.

Outra sorteada, Tanira Costa, 71 anos. Para ela, o programa não tinha ido em frente e não acreditava mais em receber a casa. “Foi a minha nora que me disse que ia haver o sorteio. Eu já nem esperava mais. Faz muito tempo que me inscrevi”, disse.

Entre os portadores de necessidades especiais foram sorteados 43 imóveis com 585 participantes. O primeiro nome a ser sorteado foi de Valesca Farias de Souza, o segundo, Isabel de Andrade Castro e o terceiro, Natália Morais de Souza. Grupo geral a primeira sorteada foi Geziane Soares, seguida de Aline Ribeiro e Gilcileide da Cruz.

Imóveis Em Porto Velho estão sendo construídas 716 unidades habitacionais entre apartamentos e casas, mas para atender a um critério do programa, que exige uma lista excedente de 20% do total de unidades disponibilizadas, foram sorteadas mil famílias.

São dois empreendimentos que estão sendo construídos pela prefeitura na zona leste, um no Jardim Santana e outro no bairro Socialista. A previsão é de que as primeiras unidades comecem a ser entregues entre o final do segundo semestre deste ano e o primeiro semestre de 2012.

O número de unidades habitacionais por empreendimento é estabelecido em função da área e do projeto, limitado em 500 unidades por empreendimento. As unidades habitacionais apresentam tipologia de casas térreas ou apartamentos, as casas com 02 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e área útil mínima de 32 m². Os apartamentos com
02 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e área útil mínima de 37 m².

O programa O Minha Casa Minha Vida é um programa do Governo Federal executado em Porto Velho em parceria com a prefeitura. É destinado à família com renda mensal de zero a três salários mínimos. O valor da prestação corresponde a 10% dessa renda, sendo que o menor prestação é de R$ 50 e o maior de R$ 160.O beneficiado não precisa antecipar nenhum pagamento para obter o imóvel, como entrada ou pagar taxa de inscrição. As prestações só começam a ser pagas após a entrega do imóvel. Após o sorteio, o beneficiário tem 60 dias para comprovar que atendente aos critérios do programa.
Para isso ela deverá procurar a Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur) munido dos documentos pessoais (CPF, RG e comprovante de renda). Também será verificado se o sorteado está inscrito no Cadastro único e no Cadastro Nacional de Mutuário. Essa exigência é necessária para consolidar os dados dos proponentes sorteados, que se dará por meio de apresentação documental de todas as informações fornecidas no ato da inscrição no programa. A lista completa dos sorteados poderá ser acessada neste site, a partir de segunda feira, 29.


Por Joel Elias

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Avatar de ISABELA

Postado por ISABELA em 27/02/2013 às 08:07

eu queria saber ser o werbeson da silva santos foi sortiado

201.10.162.225

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 18:53:00

Advogados têm benefícios na Caixa Econômica via convênio com a OAB

Dentre as principais vantagens estão: linhas de crédito especiais para aquisição de imóveis, subsídios para equipar escritórios, cartão de crédito com certificação digital e programa de milhagem que poderá ser utilizada...

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 18:46:00

Prefeitura prossegue com remoção de árvores que entopem sistema de drenagem

No caso das Nações Unidas, falta a prefeitura retirar somente uma árvore que está localizada na direção da Rua Elias Gorayeb, no canteiro central da pista.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:30:00

Cássio Cunha Lima quer tornar crime violação de prerrogativas

De acordo com o presidente nacional da OAB, o projeto tipifica penalmente as violações de prerrogativas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:27:00

CNJ decide pela remoção de magistrado

O presidente do CNJ, ministro Ricardo Lewandowski, reforçou a decisão ao considerar, no caso específico, a remoção como “o melhor remédio previsto pela legislação”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:26:00

Auxiliar de limpeza que higienizava banheiros de supermercado receberá adicional de insalubridade

Admitida em março de 2007, a empregada limpava sanitários, recolhia o lixo, varria o piso e limpava a área administrativa. A partir de 2010, passou a trabalhar apenas no setor administrativo, limpando o vestiário feminino.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:23:00

Administração deve justificar proporcionalidade entre infração e sanção

Ao analisar o mandado de segurança impetrado pela defesa, a desembargadora convocada Marga Tessler, relatora, concluiu que os 33 anos de carreira pública do servidor deveriam ter sido considerados...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:20:00

REs em causas de juizados especiais cíveis são admitidos apenas em situações excepcionais

O entendimento foi firmado no exame de três recursos extraordinários com agravo (AREs) da relatoria do ministro Teori Zavascki.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:12:00

Inscrições para o concurso público da Defensoria Pública encerram na segunda,30

As provas para ambos os cargos serão realizadas no dia 24 de maio em Porto Velho.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:03:00

Trabalhadores em educação do município aguardam resposta da Prefeitura até segunda-feira

Esse será o último prazo aprovado pela categoria para que a administração municipal responda se aceita ou não a contraproposta apresentada na rodada de negociações realizada na última segunda-feira.

POLíTICA | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:00:00

Empresários querem ajustes na revisão de lei do ICMS

Os empresários manifestaram preocupação com a possível retirada dos voos que atendem Ji-Paraná e região.

POLíTICA | matéria escrita em 27/03/2015 ás 16:55:00

Em Ji-Paraná, Maurão volta a cobrar fim de isenção fiscal a frigoríficos

Presidente da Assembleia se reúne com a imprensa e reforça críticas ao benefício tributário aos frigoríficos.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 16:52:00

Presidente da FEBRAFISCO esteve em Rondônia e reuniu-se com Técnicos Tributários

O Presidente aproveitou a oportunidade para mostrar que a tentativa de excluir cargos que pertencem à carreira fazendária, mas que não possuem a denominação de Auditor Fiscal, ocorre em vários Estados .

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 13:30:00

Em ação da ACV, Justiça condena concessionárias de veículos em 100 mil por propaganda enganosa

As concessionárias La Villette, Saga, LF Imports, Via Pinheiro, Porto Nissan, Sabenauto, Porto Renault e Autovema foram alvos de uma ação civil pública, impetrada em agosto de 2010, pela Associação Cidade Verde.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 12:10:00

Pai adotivo garantiu direito a salário-maternidade em Rondônia

Previdência social concedeu quatro de meses para convivência entre pai e filha.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 12:07:00

Assembleia apoia causa do autismo e promove audiência pública

Deputados debatem no dia 9 os direitos das pessoas que estão no espectro autista.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com