11/12/2013 - 18h12min - Atualizado em 11/12/2013 - 18h12min

TCE responde consulta sobre contribuição previdenciária e aposentadoria de servidor

Na decisão, o Tribunal diz que é competência da municipalidade definir, em lei própria, a base de cálculo da contribuição previdenciária .

Em sessão do Pleno, o Tribunal de Contas (TCE-RO) aprovou voto na Consulta-Processo nº 4537/2012, formulada pelo Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Machadinho do Oeste, relativamente a questões envolvendo, entre outros tópicos, contribuição previdenciária, aposentadoria, licença, auxílios e adicional de insalubridade.

No voto aprovado, o TCE expõe os questionamentos feitos pelo consulente, respondendo-os de forma condensada em 10 tópicos principais, esclarecendo, inicialmente, que o artigo 4º da Lei Federal nº 10.887/2004 aplica-se somente aos servidores federais. A norma equivalente para servidores municipais e estaduais é a Lei nº 9.717/1998, em seu artigo 1º, inciso X.

Na decisão, o Tribunal diz que é competência da municipalidade definir, em lei própria, a base de cálculo da contribuição previdenciária destinada ao seu regime próprio (RPPS). A lei local que instituir parcela remuneratória deve também dispor se é permanente ou não, se incorporável ou não e quais sofrerão a incidência da contribuição previdenciária.

A decisão plenária ainda esclarece que a aposentadoria dos servidores que ingressaram no serviço público até a data de publicação da Emenda Constitucional nº 41 (31 de dezembro de 2003) será regida por uma das regras constitucionais implementadas no momento de sua concessão e o sistema de cálculo dos proventos se dará com base na última remuneração do cargo efetivo, salvo as concedidas com base no artigo 2º da EC nº 41/03.

Dessa forma, as parcelas incorporadas passam a ser consideradas vantagem pessoal de natureza permanente e a integrar o conceito de remuneração do cargo efetivo, para efeito da incidência da contribuição previdenciária e da aposentadoria. Já as parcelas não incorporadas, de natureza transitória, não fazem parte da remuneração do cargo efetivo e não servem de base para o cálculo dos proventos.

Por outro lado, a aposentadoria dos servidores efetivos que ingressaram no serviço público após a publicação da EC 41/03 será regida pelo parágrafo 1º do artigo 40 da Constituição federal, o qual prevê que os proventos serão calculados com base na média aritmética simples das maiores contribuições, correspondente a 80% de todo o período contributivo, contado a partir de julho de 1994.

É possível, por opção do servidor, incluir na base de cálculo da contribuição, parcelas remuneratórias com caráter temporário, fixadas em lei, com a finalidade de aumentar a média das remunerações contributivas, e consequentemente do valor dos proventos. Cabe ao município observar, durante a elaboração dos cálculos dos proventos, os limites previstos na CF, uma vez que o valor apurado não pode exceder a remuneração do servidor no cargo efetivo em que se deu sua aposentadoria.

OUTRAS QUESTÕES
Na decisão, o Pleno também esclarece outras questões, como licença maternidade, auxílios doença e reclusão, adicional de insalubridade, retorno à atividade de servidor.

O voto e o parecer prévio aprovados - que estão disponibilizados no portal do Tribunal de Contas (www.tce.ro.gov.br) - passam a integrar a Consolidação de Entendimentos do TCE, firmando, assim, precedente normativo no âmbito de jurisdição da Corte de Contas rondoniense.

Leia também:

comentários
publicidade

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/06/2016 ás 15:49:00

Grupo dos Supermercados Gonçalves entra na justiça com pedido de recuperação judicial

A medida tem como objetivo evitar a falência do grupo que tem dez supermercados em Rondônia e Acre e emprega duas mil pessoas.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 14:37:00

DNIT: ponte de Abunã e viadutos têm recursos assegurados em 2016

Para os viadutos, os recursos de R$ 19 milhões, já reservados pelo Ministério dos Transportes, são suficientes para a conclusão, até com alguma folga, das etapas selecionadas.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 14:06:00

MPT consegue barrar contratação irregular em porto no Rio Madeira

O Procurador do Trabalho oficiante ressalta que o uso de terminais portuários fora da área do Porto Organizado de Porto Velho - RO coloca em risco a saúde e segurança dos trabalhadores e atenta contra toda a organização legal do trabalho portuário.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 13:41:00

Prefeitura dá prosseguimento à licitação cheia de suspeitas

Imprensa acertou em cheio ao antecipar o nome da empresa que lidera consórcio que deverá ser o vencedor.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 13:35:00

COMISSÃO DO CONCURSO DA SEFIN/RO É INSTITUÍDA

Os cargos pertencem à carreira Tributação, Arrecadação e Fiscalização e ambos exigem nível superior.

POLíTICA | matéria escrita em 24/06/2016 ás 13:25:00

Gurgacz registra participação do ministro da Agricultura em audiência na CRA

Quanto à defesa agropecuária, o ministro se comprometeu em investir em vigilância, fiscalização e defesa sanitária.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:58:00

Hospitais particulares firmam acordo para pagar por bolsas de sangue em Rondônia

Os hospitais particulares do estado concordaram em pagar R$ 428 por cada bolsa de sangue recebida da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia...

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:52:00

Alunos da Escola Estadual Murilo Braga doam cães, gatos abandonados e maltratados nas ruas de Porto Velho

Cerca de 50 bichos foram expostos ao público, no pátio do estabelecimento, na Avenida Sete de Setembro, em Porto Velho.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:43:00

DIREITO DE RESPOSTA: Segundo reclamações dos Prefeitos, Procurador Geral do DER-RO não estaria dando atenção e o devido respeito aos representantes municipais

Em relação às reclamações, tenho a informar que este Procurador jamais dispensou qualquer tratamento desrespeitoso...

POLíTICA | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:36:00

Maurão quer recuperação de asfalto urbano em Alto Alegre

Pavimento antigo apresenta muitos buracos e precisa de reparos com urgência.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:16:00

Começam hoje as inscrições para o Fies

O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano.

GERAL | matéria escrita em 24/06/2016 ás 12:13:00

Plano Nacional de Educação completa dois anos com atraso no cumprimento de metas

O PNE prevê que todas as crianças e jovens de 4 a 17 anos devem estar matriculados nas escolas até o fim deste ano.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/06/2016 ás 11:59:00

Juizado da Infância realiza audiências concentradas nos abrigos de Porto Velho e Candeias

A ação do Judiciário será realizada com a participação de promotores de justiça, defensores públicos, equipe técnica e psicossocial do Juizado da Infância, assistentes sociais, gestores das unidades de acolhimento e órgãos públicos ligados à área.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/06/2016 ás 11:55:00

Desembargador do TJRO ministra curso em Escola Judicial do Rio Grande do Norte

A participação do desembargador Alexandre Miguel como professor convidado na Esmarn engrandece a Emeron, uma vez que aquela é uma das Escolas Judiciais mais atuantes e tida como referência na educação judicial...

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com