11/12/2013 - 18h12min - Atualizado em 11/12/2013 - 18h12min

TCE responde consulta sobre contribuição previdenciária e aposentadoria de servidor

Na decisão, o Tribunal diz que é competência da municipalidade definir, em lei própria, a base de cálculo da contribuição previdenciária .

Em sessão do Pleno, o Tribunal de Contas (TCE-RO) aprovou voto na Consulta-Processo nº 4537/2012, formulada pelo Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Machadinho do Oeste, relativamente a questões envolvendo, entre outros tópicos, contribuição previdenciária, aposentadoria, licença, auxílios e adicional de insalubridade.

No voto aprovado, o TCE expõe os questionamentos feitos pelo consulente, respondendo-os de forma condensada em 10 tópicos principais, esclarecendo, inicialmente, que o artigo 4º da Lei Federal nº 10.887/2004 aplica-se somente aos servidores federais. A norma equivalente para servidores municipais e estaduais é a Lei nº 9.717/1998, em seu artigo 1º, inciso X.

Na decisão, o Tribunal diz que é competência da municipalidade definir, em lei própria, a base de cálculo da contribuição previdenciária destinada ao seu regime próprio (RPPS). A lei local que instituir parcela remuneratória deve também dispor se é permanente ou não, se incorporável ou não e quais sofrerão a incidência da contribuição previdenciária.

A decisão plenária ainda esclarece que a aposentadoria dos servidores que ingressaram no serviço público até a data de publicação da Emenda Constitucional nº 41 (31 de dezembro de 2003) será regida por uma das regras constitucionais implementadas no momento de sua concessão e o sistema de cálculo dos proventos se dará com base na última remuneração do cargo efetivo, salvo as concedidas com base no artigo 2º da EC nº 41/03.

Dessa forma, as parcelas incorporadas passam a ser consideradas vantagem pessoal de natureza permanente e a integrar o conceito de remuneração do cargo efetivo, para efeito da incidência da contribuição previdenciária e da aposentadoria. Já as parcelas não incorporadas, de natureza transitória, não fazem parte da remuneração do cargo efetivo e não servem de base para o cálculo dos proventos.

Por outro lado, a aposentadoria dos servidores efetivos que ingressaram no serviço público após a publicação da EC 41/03 será regida pelo parágrafo 1º do artigo 40 da Constituição federal, o qual prevê que os proventos serão calculados com base na média aritmética simples das maiores contribuições, correspondente a 80% de todo o período contributivo, contado a partir de julho de 1994.

É possível, por opção do servidor, incluir na base de cálculo da contribuição, parcelas remuneratórias com caráter temporário, fixadas em lei, com a finalidade de aumentar a média das remunerações contributivas, e consequentemente do valor dos proventos. Cabe ao município observar, durante a elaboração dos cálculos dos proventos, os limites previstos na CF, uma vez que o valor apurado não pode exceder a remuneração do servidor no cargo efetivo em que se deu sua aposentadoria.

OUTRAS QUESTÕES
Na decisão, o Pleno também esclarece outras questões, como licença maternidade, auxílios doença e reclusão, adicional de insalubridade, retorno à atividade de servidor.

O voto e o parecer prévio aprovados - que estão disponibilizados no portal do Tribunal de Contas (www.tce.ro.gov.br) - passam a integrar a Consolidação de Entendimentos do TCE, firmando, assim, precedente normativo no âmbito de jurisdição da Corte de Contas rondoniense.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 20:48:00

Rover confirma preferência por Luizinho e descarta candidatura de primo-secretário

Se no início do ano a candidatura do Secretário de Governo do Município, Gustavo Valmórbida, era favas contadas, agora isso está praticamente descartado.

POLíCIA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 20:40:00

Integrantes do MST provocam “quebra-quebra” na agência da Receita Federal em Ji-Paraná; seis foram presos

Durante a ação, alguns integrantes do MST tentaram contra a vida de alguns policiais e acabaram presos.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 20:36:00

Decisão de Moro não é uma caça às bruxas, mas sim aos saqueadores dos cofres do Estado

Por Antônio Serpa do Amaral Filho

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 20:28:00

Everaldo Fogaça diz que CPI dos Shows está fazendo um trabalho isento

A CPI investiga denúncias de irregularidades na contratação, pela Prefeitura, de shows da banda Cidade Negra e do cantor Alceu Valença.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 20:20:00

Vereador Jair Montes é vaiado ao tentar discursar na Câmara

Jair foi preso durante a Operação Apocalipse acusado de envolvimento com uma quadrilha de narcotraficantes e estelionatários que aplicava golpes utilizando cartões de crédito.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 20:17:00

José Wildes diz CPI dos Shows não parou e que está dentro do prazo

A CPI investiga denúncias de irregularidades na contratação dos shows da Banda Cidade Negra e do cantor Alceu Valença pela Prefeitura de Porto Velho.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 03/08/2015 ás 19:06:00

Agosto, Mês do Advogado

Marcus Vinicius Furtado Coêlho

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 19:02:00

Acir Gurgacz registra sanção de lei que isenta tratores e máquinas agrícolas

Segundo Acir Gurgacz, a medida também vale para veículos artesanais, como os jericos, muito utilizados em Rondônia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 03/08/2015 ás 18:59:00

Aplicação do princípio da insignificância deve ser analisado caso a caso

O Plenário entendeu, por maioria, que a aplicação ou não desse princípio deve ser analisada caso a caso pelo juiz de primeira instância, e que a Corte não deve fixar tese sobre o tema.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 18:56:00

CPI da evasão fiscal quer apoio de órgãos de controle e fiscalização

Comissão realizou a primeira reunião na reabertura do período legislativo, após o recesso parlamentar.

GERAL | matéria escrita em 03/08/2015 ás 18:52:00

Rondônia se prepara para monitorar águas de superfícies em 31 pontos do estado

A iniciativa visa contribuir para a gestão sistemática dos recursos hídricos, por meio da divulgação de dados sobre a qualidade das águas superficiais brasileiras a toda a população.

POLíTICA | matéria escrita em 03/08/2015 ás 18:49:00

Chefe da Casa Civil diz que reforma administrativa do governo de Rondônia atende a setores essenciais

Rondônia vinha sendo administrada com uma estrutura definida há 32 anos, na época da emancipação como Estado.

GERAL | matéria escrita em 03/08/2015 ás 18:46:00

Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão divulga gabarito das provas de seleção de estagiários

Também foi publicado no portal o caderno de provas dos candidatos.

GERAL | matéria escrita em 03/08/2015 ás 18:44:00

Segunda fase do Método Canguru quer fortalecer cuidados com pré-natal e controle de doenças evitáveis

Dados divulgados recentemente pelo Ministério da Saúde (MS) apontam que mais de 32% da população de Rondônia, num 388,3 mil pessoas possuem pelo menos uma doença crônica não transmissível (DCNT).

GERAL | matéria escrita em 03/08/2015 ás 18:42:00

Distribuição de calcário ajuda na produtividade das lavouras e áreas de pastagem em Rondônia

O transporte do calcário continua sendo feito pela Seagri, com o apoio da Emater, que controla a distribuição nas associações e presta toda orientação e assistência técnica aos agricultores.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com