11/12/2013 - 18h12min - Atualizado em 11/12/2013 - 18h12min

TCE responde consulta sobre contribuição previdenciária e aposentadoria de servidor

Na decisão, o Tribunal diz que é competência da municipalidade definir, em lei própria, a base de cálculo da contribuição previdenciária .

Em sessão do Pleno, o Tribunal de Contas (TCE-RO) aprovou voto na Consulta-Processo nº 4537/2012, formulada pelo Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Machadinho do Oeste, relativamente a questões envolvendo, entre outros tópicos, contribuição previdenciária, aposentadoria, licença, auxílios e adicional de insalubridade.

No voto aprovado, o TCE expõe os questionamentos feitos pelo consulente, respondendo-os de forma condensada em 10 tópicos principais, esclarecendo, inicialmente, que o artigo 4º da Lei Federal nº 10.887/2004 aplica-se somente aos servidores federais. A norma equivalente para servidores municipais e estaduais é a Lei nº 9.717/1998, em seu artigo 1º, inciso X.

Na decisão, o Tribunal diz que é competência da municipalidade definir, em lei própria, a base de cálculo da contribuição previdenciária destinada ao seu regime próprio (RPPS). A lei local que instituir parcela remuneratória deve também dispor se é permanente ou não, se incorporável ou não e quais sofrerão a incidência da contribuição previdenciária.

A decisão plenária ainda esclarece que a aposentadoria dos servidores que ingressaram no serviço público até a data de publicação da Emenda Constitucional nº 41 (31 de dezembro de 2003) será regida por uma das regras constitucionais implementadas no momento de sua concessão e o sistema de cálculo dos proventos se dará com base na última remuneração do cargo efetivo, salvo as concedidas com base no artigo 2º da EC nº 41/03.

Dessa forma, as parcelas incorporadas passam a ser consideradas vantagem pessoal de natureza permanente e a integrar o conceito de remuneração do cargo efetivo, para efeito da incidência da contribuição previdenciária e da aposentadoria. Já as parcelas não incorporadas, de natureza transitória, não fazem parte da remuneração do cargo efetivo e não servem de base para o cálculo dos proventos.

Por outro lado, a aposentadoria dos servidores efetivos que ingressaram no serviço público após a publicação da EC 41/03 será regida pelo parágrafo 1º do artigo 40 da Constituição federal, o qual prevê que os proventos serão calculados com base na média aritmética simples das maiores contribuições, correspondente a 80% de todo o período contributivo, contado a partir de julho de 1994.

É possível, por opção do servidor, incluir na base de cálculo da contribuição, parcelas remuneratórias com caráter temporário, fixadas em lei, com a finalidade de aumentar a média das remunerações contributivas, e consequentemente do valor dos proventos. Cabe ao município observar, durante a elaboração dos cálculos dos proventos, os limites previstos na CF, uma vez que o valor apurado não pode exceder a remuneração do servidor no cargo efetivo em que se deu sua aposentadoria.

OUTRAS QUESTÕES
Na decisão, o Pleno também esclarece outras questões, como licença maternidade, auxílios doença e reclusão, adicional de insalubridade, retorno à atividade de servidor.

O voto e o parecer prévio aprovados - que estão disponibilizados no portal do Tribunal de Contas (www.tce.ro.gov.br) - passam a integrar a Consolidação de Entendimentos do TCE, firmando, assim, precedente normativo no âmbito de jurisdição da Corte de Contas rondoniense.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 02/10/2014 ás 10:41:00

Faltam 3 dias: hoje é o último dia de comícios, debates e da propaganda no rádio e na TV

Hoje é também o último dia para a promoção de comícios e a utilização de aparelhagem de sonorização fixa, que podem ocorrer entre 8h e 24h.

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 10:32:00

Pecuaristas de Minas e de Rondônia dão impulso à bacia leiteira de Porto Velho

Acordo entre pecuaristas firmado durante o "Dia de Campo Don Enrique", realizado no mês de agosto, prevê a produção de 1100 prenhezes somente este ano...

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:46:00

PORTO VELHO — SETENTA ANOS DE CUMPLICIDADES

Antônio Cândido da Silva

POLíTICA | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:42:00

Porto, meu Velho e amado Porto

Fátima Cleide

POLíTICA | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:39:00

Disque 100 recebe mais denúncias de homofobia em quatro dias que em três anos

Levy Fidelix classificou a homossexualidade como distúrbio psicológico, comparou homossexuais a pedófilos e chegou a conclamar a sociedade a “enfrentar” lésbicas, gays, bissexuais...

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:32:00

Minha cidade, 100 anos de descaso - Alan Alex

Muita gente pergunta porque critico tanto o ex-prefeito Roberto Sobrinho. A esses a resposta é simples, Roberto teve em suas mãos a oportunidade única de transformar minha cidade...

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:29:00

CENTENÁRIO DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

ANÍSIO GORAYEB

POLíTICA | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:19:00

Estudantes de Cacoal abraçam projeto Herói do Voto

A diretora do Sesi Escola Cacoal, Luciani Arnoldt, ressaltou que os estudantes estão empolgados com o projeto.

GERAL | matéria escrita em 02/10/2014 ás 07:15:00

Furto de camisetas da Eletrobras gera alerta aos consumidores

A concessionária alerta seus clientes que fiquem atentos caso sejam abordados (as) em suas residências por pessoas se dizendo funcionários da Eletrobras e vestindo tal camiseta.

POLíTICA | matéria escrita em 01/10/2014 ás 21:57:00

Scheilla Cassol parabeniza Porto Velho pelos 100 anos

Torço para os os próximos anos sejam melhores, que a cidade supere esses obstáculos. Tenho certeza que isso vai melhorar a auto-estima da população", disse a vereadora Scheilla Cassol.

GERAL | matéria escrita em 01/10/2014 ás 21:53:00

Porto Velho: Prefeitura mantém superavit financeiro e equilíbrio fiscal

Para o secretário adjunto da Sempla, esse equilíbrio mostra a preocupação do município em manter a execução das despesas em nível compatível com a arrecadação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/10/2014 ás 21:51:00

Morosidade da Justiça é a principal reclamação recebida pela Ouvidoria do CNJ

Segundo o relatório da Ouvidoria, dos cidadãos que procuraram o órgão por causa da demora processual, 16% são idosos e 69%, homens.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/10/2014 ás 21:48:00

OAB Nacional obtém reajuste na tabela dos honorários dativos

A decisão do CJF vai ao encontro do que prega a OAB por sua Campanha Nacional pela Dignidade dos Honorários, coordenada pelo vice presidente nacional Claudio Lamachia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/10/2014 ás 18:26:00

Rondônia: Rapaz é condenado a 21 anos de reclusão por matar o pai

pena deverá ser cumprida inicialmente no regime fechado. A defesa do réu, caso queira, poderá recorrer da sentença ao Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/10/2014 ás 18:24:00

Sócio de firma dissolvida irregularmente responde também em execução fiscal não tributária

O STJ já havia analisado o tema em relação à execução fiscal de dívida ativa de natureza tributária.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com