11/12/2013 - 18h12min - Atualizado em 11/12/2013 - 18h12min

TCE responde consulta sobre contribuição previdenciária e aposentadoria de servidor

Na decisão, o Tribunal diz que é competência da municipalidade definir, em lei própria, a base de cálculo da contribuição previdenciária .

Em sessão do Pleno, o Tribunal de Contas (TCE-RO) aprovou voto na Consulta-Processo nº 4537/2012, formulada pelo Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Machadinho do Oeste, relativamente a questões envolvendo, entre outros tópicos, contribuição previdenciária, aposentadoria, licença, auxílios e adicional de insalubridade.

No voto aprovado, o TCE expõe os questionamentos feitos pelo consulente, respondendo-os de forma condensada em 10 tópicos principais, esclarecendo, inicialmente, que o artigo 4º da Lei Federal nº 10.887/2004 aplica-se somente aos servidores federais. A norma equivalente para servidores municipais e estaduais é a Lei nº 9.717/1998, em seu artigo 1º, inciso X.

Na decisão, o Tribunal diz que é competência da municipalidade definir, em lei própria, a base de cálculo da contribuição previdenciária destinada ao seu regime próprio (RPPS). A lei local que instituir parcela remuneratória deve também dispor se é permanente ou não, se incorporável ou não e quais sofrerão a incidência da contribuição previdenciária.

A decisão plenária ainda esclarece que a aposentadoria dos servidores que ingressaram no serviço público até a data de publicação da Emenda Constitucional nº 41 (31 de dezembro de 2003) será regida por uma das regras constitucionais implementadas no momento de sua concessão e o sistema de cálculo dos proventos se dará com base na última remuneração do cargo efetivo, salvo as concedidas com base no artigo 2º da EC nº 41/03.

Dessa forma, as parcelas incorporadas passam a ser consideradas vantagem pessoal de natureza permanente e a integrar o conceito de remuneração do cargo efetivo, para efeito da incidência da contribuição previdenciária e da aposentadoria. Já as parcelas não incorporadas, de natureza transitória, não fazem parte da remuneração do cargo efetivo e não servem de base para o cálculo dos proventos.

Por outro lado, a aposentadoria dos servidores efetivos que ingressaram no serviço público após a publicação da EC 41/03 será regida pelo parágrafo 1º do artigo 40 da Constituição federal, o qual prevê que os proventos serão calculados com base na média aritmética simples das maiores contribuições, correspondente a 80% de todo o período contributivo, contado a partir de julho de 1994.

É possível, por opção do servidor, incluir na base de cálculo da contribuição, parcelas remuneratórias com caráter temporário, fixadas em lei, com a finalidade de aumentar a média das remunerações contributivas, e consequentemente do valor dos proventos. Cabe ao município observar, durante a elaboração dos cálculos dos proventos, os limites previstos na CF, uma vez que o valor apurado não pode exceder a remuneração do servidor no cargo efetivo em que se deu sua aposentadoria.

OUTRAS QUESTÕES
Na decisão, o Pleno também esclarece outras questões, como licença maternidade, auxílios doença e reclusão, adicional de insalubridade, retorno à atividade de servidor.

O voto e o parecer prévio aprovados - que estão disponibilizados no portal do Tribunal de Contas (www.tce.ro.gov.br) - passam a integrar a Consolidação de Entendimentos do TCE, firmando, assim, precedente normativo no âmbito de jurisdição da Corte de Contas rondoniense.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 01/09/2014 ás 14:20:00

Amir Lando é contra a flexibilização da Voz do Brasil e a favor das 30 horas semanais para enfermeiros

O parlamentar apresentou um requerimento de inclusão de pauta da matéria no Plenário da Câmara

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 11:27:00

TJRO mantém condenação de 10 anos por estupro

Ainda, segundo os desembargadores, a vítima conseguiu descrever minimamente as características do acusado e, diante disso, o pai o identificou como autor do delito.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 11:12:00

TJ-Rondônia mantém condenação de sindicalista que achacou empresa

Ele foi acusado pelo MP de ameaçar o dono da empresa de não mais homologar rescisões trabalhistas e ainda aumentar para 16% o pedido de reajuste salarial dos empregados, quando usualmente...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 10:28:00

TJ-Rondônia manda incluir membros de Comissão da Seduc em ação de improbidade administrativa

Na sua defesa, após recebida a denúncia, Pascoal Pascoal de Aguiar Gomes alegou ter sido induzido a erro pelos servidores integrantes da Comissão Especial designada para acompanhar a execução...

GERAL | matéria escrita em 01/09/2014 ás 09:55:00

Os piadistas do programa eleitoral - Valdemir Caldas

Paradoxalmente, vivemos numa democracia, mas ainda somos obrigados a votar e trabalhar no dia da eleição.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 01/09/2014 ás 09:14:00

TJRO realiza seminário “A Lei Maria da Penha, o Judiciário e a Segurança Pública”

São 150 vagas que devem ser preenchidas até 3 de setembro, válidas para qualquer pessoa que se interesse pelo tema.

POLíTICA | matéria escrita em 30/08/2014 ás 16:20:00

PF prende duas pessoas acusadas de tentar extorquir o prefeito Alex Testoni em R$ 50 mil

A PF estava monitorando, com autorização da Justiça , todos os passos das duas pessoas que foram presas em flagrante.

POLíTICA | matéria escrita em 30/08/2014 ás 16:07:00

Objeto de mito, voto nulo não invalida eleição

O boato circula na internet há anos e ganha força durante o período eleitoral.

GERAL | matéria escrita em 30/08/2014 ás 16:03:00

Medidas preventivas podem evitar 90% dos acidentes com crianças

Prevenção de acidentes deve começar cedo, alertam especialistas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/08/2014 ás 16:00:00

STF decide questões trabalhistas apresentadas em 1.672 processos

O tribunal havia reconhecido o direito de um servidor de receber gratificação prevista em lei municipal, pelo princípio da isonomia, mesmo sem preencher os requisitos legais.

POLíTICA | matéria escrita em 30/08/2014 ás 15:54:00

Acir lidera caminhada em Porto Velho

Acir percorreu boa parte do trajeto falando ao microfone. Ele saudou os comerciantes e populares e falou dos investimentos de seu mandato em Rondônia.

POLíTICA | matéria escrita em 30/08/2014 ás 15:45:00

Coordenadores dos Jogos Escolares realizam ato de desgravo contra críticas de Jaqueline Cassol ao torneio

Com isso não podemos concordar e protestamos, pois quem reeditou os Joer e fez inovações foi Confúcio Moura, disse a coordenadora.

POLíTICA | matéria escrita em 30/08/2014 ás 15:32:00

Ivone Cassol, candidata ao Senado, se reúne com moradores de bairro em Porto Velho

Ivone foi recebida pelo candidato a deputado estadual Pastor Célio Di Goes (PSL) e por moradores do bairro.

POLíTICA | matéria escrita em 30/08/2014 ás 15:28:00

Em Linhas Gerais: Força de Jaqueline Cassol quebra polarização entre Expedito e Confúcio

Gessi Taborda

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2013 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com