Cassol consegue a liberação de curso de medicina para três municípios de Rondônia

Rolim de Moura, Ji-Paraná e Jaru irão oferecer os cursos  aos estudantes que queriam seguir a carreira médica. 

Assessoria
Publicada em 04 de outubro de 2017 às 16:46
Cassol consegue a liberação de curso de medicina para três municípios de Rondônia

Três municípios de Rondônia vão ganhar novos cursos de medicina.  A notícia foi confirmada pelo senador Ivo Cassol (PP-RO) que conseguiu obter a autorização junto ao ministério da Saúde.  Rolim de Moura, Ji-Paraná e Jaru irão oferecer os cursos  aos estudantes que queriam seguir a carreira médica.  A autorização foi dada pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros e comunicada em primeira mão ao senador Ivo Cassol. O parlamentar também pediu que o município de  Ariquemes seja comtemplado e possa oferecer a faculdade de medicina. Hoje Porto Velho e Cacoal já oferecem o curso de medicina aos estudantes.

No plenário do Senado, Cassol comemorou os novos cursos “ Eu venho lutando e cobrei do Ministro da Educação e, especialmente, do Ministério da Saúde, a liberação dos cursos de Medicina, porque hoje nós temos três cursos em Porto Velho – da São Lucas, da Fimca e da Unir – e temos um outro curso da Facimed, , na cidade de Cacoal. É uma excelente notícia para os nossos jovens de Rondônia que terão mais opções e chances de se tornarem médicos.  Teremos mais profissionais para atender a população nos quatro cantos de Rondônia que precisam muito de bons médicos”, destacou Cassol.

Durante a sessão plenária desta quarta-feira, (4), Cassol também destacou a presença do Prefeito de Alta Floresta d'Oeste, o empresário Carlos, comerciante.  “Prefeito de uma cidade que, além de tudo, tem um potencial agrícola extraordinário, o maior produtor de feijão da Região Norte, tem quase 3 mil quilômetros de estrada e tem, no Estado de Rondônia.  Carlos, é uma alegria tê-lo aqui no plenário do Senado Federal. Quero te desejar sucesso nessa administração. Temos trabalhado para botar recurso para que você possa ter sucesso naquela administração da cidade, junto com todos lá”, concluiu o senador.​

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Erineu 04/10/2017

          Que jovens terao acesso as estes cursos.?  A custo de aproximadamente R$ 6.000.00 s'o de mensalidade , fora custos adicionais.                                                                                                                                                                      A populacao menos assistida, o assalariado, funcionarios de alguns setores publicos certamente nao.                    Ah sim, tem o FIES.   O curso de medicina dura seis anos , com gasto aproximadamentede R$ 8.000,00 por mes, isto se residir no cidade, onde o curso sera administrado.                                                                                                         Nada contra mais cursos de medicina, conheco muitos jovens que realmente tem vocacao para serem bons medicos, mas jamais terao acesso com este sistema.  Porque nao uma escola publica de medicina, seja a nivel estadual ou mesmo federal, para dar acesso a populacao mais carente.                                                                        Apos seis anos de faculdade, tera mais dois ou tres anos  de residencia, com um salario aviltante. Apos 8 ou 9 anos, estara pronto para faze uma boa medicina como diz o senador. Dois anos de trabalho para pagar oFIES.           Precisamos de mais medicos, mais escolas de medicina, mas que sejam bancadas pelo Estado.   Metade dessas vagas serao ocupadas por alunos de outros estados, que certamente voltarao  a sua origem quando formados, e restante sera ocupada por filhos de uma elite que tem capital suficiente para bancar o curso.                     Neste sistema abrir uma escolade medicina no nosso pais e  muito facil.

  • 2
    image
    joao roberto 04/10/2017

    o senador devia e informar ao povo o dia da matricula e ainda mostrar o valor a ser cobrado pelo curso de medicina,

  • 3
    image
    Eliene vieira 04/10/2017

    Pra quando 2018? Ariquemes?

  • 4
    image
    Xandy Santos 04/10/2017

    Esse curso pra nossa cidade de Rolim de Moura será uma benção. Eu vou estar na primeira turma se assim Deus permitir. Parabéns a toda bancada....

  • 5
    image
    Figueiredo 04/10/2017

    Por enquanto só propaganda enganosa pois quem autoriza o funcionamento é o ME? Após o cumprimento de infindáveis requisitos.

  • 6
    image
    Paulo 04/10/2017

    Deveria expandir o curso gratuito de Medicina da unir pra outros municípios. Só assim os menos favorecidos vai poder cursar a medicina gratuitamente

  • 7
    image
    Adalberto Souza 04/10/2017

    O maior município da região metropolitana com uma faculdade "Enade 5" e os municípios vizinhos assistidos com hospitais universitários é o modelo praticado pelas melhores universidades do estado de São Paulo.

  • 8
    image
    Edson 04/10/2017

    O ideal seria extensão da universidade federal. Cursos da iniciativa privada são caros e de qualidade duvidosa. Vai atender pessoas de poder aquisitivo e de outros estados.

  • 9
    image
    Neusa Maria Afonso Biazatte 04/10/2017

    Muito bom! Esse curso trará vários estudantes de outros municípios e de outros estados! Vai contribuir com a situação financeira dos municípios! Parabéns!!!

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook