Ceron combate ‘gato’ de energia em Alto Paraiso

O furto de energia é crime, pode ocasionar danos materiais e graves acidentes além de aumenta o valor da tarifa de energia que todos os clientes pagam.

Ingrid Nascimento
Publicada em 27 de abril de 2019 às 10:18
Ceron combate ‘gato’ de energia em Alto Paraiso

No período de 23 a 25 de abril, as equipes da fiscalização da Ceron realizaram dezenas de inspeções nos bairros centrais do município de Alto Paraíso. A intenção foi identificar possíveis pontos de furtos de energia elétrica denunciados por moradores da região. No total foram 60 inspeções e dessas foram identificadas 38 irregularidades no sistema de medição da concessionária, caracterizando fraude ou furto de energia.

Os medidores de energia instalados nos imóveis foram inspecionados para checar se a energia consumida pelas residências e comércios estava sendo registradas corretamente. O furto acontece quando a unidade consumidora está ligada irregularmente na rede da concessionária e a fraude acontece quando o consumidor rompe os lacres da sua medição e manipula o consumo do seu relógio de energia com o objetivo de reduzi-lo. Ambos são crimes previstos no Código Penal: a fraude no Artigo 171 (estelionato) e o furto no Artigo 155. A pena para esses crimes é de 1 a 4 anos de reclusão.

O furto de energia é crime, pode ocasionar danos materiais e graves acidentes além de aumenta o valor da tarifa de energia que todos os clientes pagam. As denúncias podem ser feitas pelo Whatsapp (69) 98475-5307 ou também pelo 0800 647 0120. Não é preciso se identificar.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook