Com apoio da PM de Humaitá, Polícia Civil prende bandido covarde acusado de roubar e agredir médico na capital

A prisão aconteceu graças a  um trabalho conjunto de investigação das  polícias Civil de Rondônia e  PM da cidade de Humaitá-AM.

Da reportagem do Tudorondonia
Publicada em 21 de junho de 2017 às 20:28
Com apoio da PM de Humaitá, Polícia Civil prende bandido covarde acusado de roubar e agredir médico na capital

Elisafã Lima de Araújo, 25 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (21) em cumprimento  de  mandado de prisão preventiva expedido pela Vara de Execuções Penais de Porto Velho. Elisafã  roubou e agrediu covarde o médico José Hiran Gallo,  tesoureiro do Conselho Federal de Medicina e um dos gestores da Unimed-Rondônia,   em um estabelecimento comercial no último dia 03,  na região central da capital.

A prisão aconteceu graças a  um trabalho conjunto de investigação das  polícias Civil de Rondônia e  PM da cidade de Humaitá-AM. Os policiais civis do 1ºDP que investigam o caso receberam informações de que o bandido  estava escondido em uma residência na cidade vizinha no Amazonas e entraram em contato com a uma guarnição da Força Tática da cidade , que consegui surpreender o elemento. Ele  ainda tentou fugir, mas acabou sendo capturado.

Os policiais civis  recambiaram o criminoso  para Porto Velho. Ele foi levado para a delegacia e ouvido pelo delegado responsável pelas investigações,  Paulo Kakiones,  passou pelo  IML fazer exames de corpo delito e foi conduzido a um presídio da capital.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    DELEGADO FIGUEIREDO 22/06/2017

    COMO AFIRMADO ANTERIORMENTE A NOSSA PC IDENTIFICARIA O MARGINAL EM POUCOS DIAS. ESPERAMOS AGORA QUE A TAL "JUSTIÇA" NÃO SEJA LENIENTE COM O FACÍNORA. CONCORDO COM O COMENTÁRIO DO HENRY, NO ENTANTO, RESTA ESCLARECER QUE AS CONDIÇÕES PRECÁRIAS COM QUE TRABALHAMOS NOS OBRIGA AS VEZES A TRABALHAR COM CRITÉRIO DE SELETIVIDADE. NO CASO DO DR. HIRAM GALLO, HAVIA MUITAS EVIDÊNCIAS (FILMAGENS, PERÍCIAS PAPILOSCÓPICAS E INFORMAÇÕES) QUE FACILITARAM AS INVESTIGAÇÕES, CONQUANTO QUE EM OUTROS CASOS OS ELEMENTOS COLIGIDOS, AS VEZES, NÃO PERMITEM SEQUER INICIAR AS DILIGÊNCIAS.

  • 2
    image
    henry 21/06/2017

    Parabéns as equipes pela captura. Seria bom que esse esforço da polícia fosse ato corriqueiro, e não somente quando envolve pessoas da alta sociedade, como é o caso do médico citado. Certamente houve uma grande mobilização da polícia para prender esse marginal, nada contra, aliás, é obrigação da polícia. Agora, que seja dispensado o mesmo empenho a todos os casos de roubos, latrocínios, homicídios etc.. que ocorrem diuturnamente na nossa Capital, pois a sociedade está cada vez mais refém da bandidagem, sendo que nenhuma ação efetiva é tomada por parta da polícia para o combate a criminalidade.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook