Contrário à retomada das aulas presenciais, Confúcio sugere prudência

Ele disse entender a dificuldade dos gestores públicos acerca de uma decisão dessa natureza, uma vez que envolve diversos fatores, como a definição de protocolos e até a pressão de pais

Fonte: Agência Senado
Publicada em 17 de setembro de 2020 às 16:31
Contrário à retomada das aulas presenciais, Confúcio sugere prudência

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) afirmou, em pronunciamento nesta quinta-feira (17), ser radicalmente contra a volta às aulas presenciais até que se tenha certeza de que a pandemia esteja controlada.

Ele disse entender a dificuldade dos gestores públicos acerca de uma decisão dessa natureza, uma vez que envolve diversos fatores, como a definição de protocolos e até a pressão de pais.

No entanto, o senador lembrou que o momento exige prudência, pois um estudante infectado em sala de aula pode transmitir a doença para seus familiares e vizinhos.

— Este é um ano em que a gente tem de levar nessa base que estamos, nesse "chove, não molha", nesse "marche, marche", fingindo que tem aula, mas não tem aula. O certo é que ele vai nos enganando, mas é melhor do que morrer. Então, vai lá, e, no ano que vem, a gente pode fazer uma grande composição de 2020 com 2021, juntando os dois anos em um, e intensificando as aulas, sem férias, para compensar um no outro. E, neste ano, ninguém reprova — defendeu.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook