Crianças do Lar do Bebê visitam Quartel dos Bombeiros através de programa de apadrinhamento

Programa "Apadrinhando uma História" busca desenvolver atividades de ensino voltadas às crianças institucionalizadas

Semasf Foto: Semasf
Publicada em 26 de julho de 2022 às 15:51
Crianças do Lar do Bebê visitam Quartel dos Bombeiros através de programa de apadrinhamento

Crianças tiveram a oportunidade de conhecer rotina dos profissionais

Buscando oportunizar novas perspectivas de futuro, as crianças e adolescentes do Lar do Bebê receberam convites para conhecerem de perto o trabalho de uma das profissões mais heroicas do mundo: a dos bombeiros. A visita aconteceu no Quartel do 1º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) de Porto Velho.

A ação é resultado de uma parceria do Núcleo de Cidadania de Adolescentes do Selo Unicef do município de Porto Velho (Nuca) com o quartel militar, através do Programa "Apadrinhando uma História". Durante a visita, as crianças conheceram a rotina de trabalho dos profissionais, que foi apresentada pelo Tenente Elinton Buratti Nogueira e pelo Sargento Hendricks, e ainda desenvolveram atividades recreativas.

“O objetivo primordial da ação é proporcionar às crianças que vivem em instituições de acolhimento um olhar humanizado e participativo na sociedade, provocando novas perspectivas de futuro e construções de novos sonhos. Por isso a importância de conhecer essa profissão tão heroica e cheia de aventuras, que despertam a curiosidade de todos nós”, explicou a coordenadora e psicóloga do programa, Aciê Iguchi.

APADRINHANDO UMA HISTÓRIA

O projeto “Apadrinhando Uma História”, desenvolvido no Lar do Bebê, consiste em receber pessoas físicas e jurídicas dispostas a desenvolverem atividades de ensino voltadas às crianças. Podem participar do projeto pessoas com 21 anos ou mais, independente de classe social, através de três modalidades de apadrinhamento:

Programa busca sensibilizar população sobre os acolhidos em abrigosPrograma busca sensibilizar população sobre os acolhidos em abrigos

Padrinho provedor: É aquele que oferece suporte material ou financeiro à criança e ao adolescente, seja com a doação de materiais escolares, calçados, brinquedos, ou até mesmo com o patrocínio de cursos profissionalizantes, aulas de reforço escolar, práticas esportivas, dentre outros.

Padrinho prestador: É aquele profissional liberal que pode atender, conforme sua especialidade de trabalho, as crianças e adolescentes acolhidos institucionalmente. Além de pessoas físicas, pessoas jurídicas, clínicas ou instituições também podem participar.

Padrinho afetivo: É aquele que se dispõe a oferecer afeto à criança e ao adolescente, tendo disponibilidade para visitas regulares, buscando abrigo para passar finais de semana, feriados ou férias escolares em sua companhia, garantindo assim a convivência familiar e comunitária.

Os interessados em apadrinhar uma criança ou adolescente podem entrar em contato com a equipe técnica do “Apadrinhando uma História” por meio do Departamento de Proteção Social da Semasf, localizado na avenida Pinheiro Machado, nº 1718, bairro São Cristóvão. Também é possível entrar em contato por ligação ou WhatsApp através do número (69) 9 9251-3923 e pelo e-mail: [email protected]

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook