Eyder Brasil manifesta indignação com a falta de ação da prefeitura da capital para enfrentar o coronavírus

Deputado fez discurso duro contra a gestão municipal, que na visão dele não adotou nenhum protocolo para proteger a população

Eranildo Costa Luna-ALE/RO | Foto: Marcos Figueira-ALE/RO
Publicada em 30 de junho de 2020 às 22:21
Eyder Brasil manifesta indignação com a falta de ação da prefeitura da capital para enfrentar o coronavírus

O deputado Eyder Brasil (PSL), líder do Governo na Assembleia Legislativa, na sessão desta terça-feira (30), para manifestar a sua indignação contra o que classificou como "falta de ação da prefeitura de Porto Velho, para enfrentar a pandemia do coronavírus".

Ele iniciou a sua fala citando que, "em 20 de março, foi registrado o primeiro caso de coronavírus em Ji-Paraná. Em 30 de março veio a óbito uma senhora em Porto Velho. E desde esse tempo, nada foi feito para a saúde da capital. Nada de protocolo foi feito pela prefeitura, infelizmente, mostrando descaso e total incompetência".

Segundo Eyder Brasil, "os outros 51 municípios não podem pagar pela incompetência da gestão municipal de Porto Velho e ter as atividades econômicas suspensas . O que foi feito com o recurso encaminhado para a prefeitura da capital, para o combate ao coronavírus? Quanto foi adquirido de medicamentos para fortalecer a atenção básica e proteger a população dessa terrível doença?"

O parlamentar relatou que "meu pai faleceu há uma semana vítima da covid-19, enfrentou uma maratona para confirmar a doença. Meus irmãos foram diagnosticados positivos e mandados para casa. É inadmissível aceitarmos uma coisa dessas! Na maior cidade de Rondônia, na capital do Estado, não tem ninguém que faça nada!".

Para piorar, de acordo com o parlamentar, "o prefeito ainda vai à justiça para pedir o lockdown do comércio. Ele não fez a sua parte, em mais de 100 dias, não adotou nenhum protocolo e deixou a população á míngua. E a única coisa que ele sabe fazer é fechar o comércio, para piorar ainda mais a situação. É inaceitável e fico indignado com tamanha covardia contra o nosso povo". 

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook