Governo determina que peritos de 150 agências do INSS devem voltar ao trabalho imediatamente

De acordo com o governo, quem não voltar a trabalhar vai sofrer descontos no salário

Marquezan Araújo/Brasil 61
Publicada em 20 de setembro de 2020 às 10:55
Governo determina que peritos de 150 agências do INSS devem voltar ao trabalho imediatamente

Depois que peritos médicos do INSS se recusaram a voltar ao trabalho na última segunda-feira (14), o governo federal publicou um edital de convocação para que os servidores de 150 agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltem a atender o público presencialmente. A determinação é destinada a peritos médicos federais e supervisores médico-periciais e foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União nesta sexta-feira (18).

A medida engloba todas as agências da previdência social que foram inspecionadas e consideradas adequadas para a prestação do atendimento presencial pela Perícia Médica Federal. O documento indica que, na medida que mais unidades forem inspecionadas, novas convocações serão feitas.

INSS inicia inspeção em agências e agiliza retorno do serviço de perícia médica

INSS inicia projeto-piloto de prova de vida por biometria facial

De acordo com o governo, quem não voltar ao trabalho presencial vai ter desconto no salário.

A lista completa de agências pode ser conferida no edital de convocação imediata publicado no site do Ministério da Economia. (https://www.gov.br/economia/pt-br)
 

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Juliana Gonçalves 20/09/2020

    O INSS continua fazendo perícia médica online ou não

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook