Homem que matou a guardou orelha da vítima, em Vilhena, é preso acusado de outro assassinato, em Cerejeiras

Primeiro homicídio foi registrado na véspera do natal de 2009

Rildo Costa/Folha do Sul
Publicada em 21 de setembro de 2020 às 17:05
Homem que matou a guardou orelha da vítima, em Vilhena, é preso acusado de outro assassinato, em Cerejeiras

Há quase 11 anos, na véspera de natal de 2009, o FOLHA DO SUL ONLINE, cujo portal era recém-inaugurado na internet, publicou uma notícia escabrosa.
 
Aldori Rodrigues Borges, então com 29 anos, matou Ataíde Teixeira, então com 48 anos, com 24 facadas, em Vilhena. No crime, ele ainda cortou a orelha e quase decepando a perna da vítima. Na época, o caso abalou a população vilhenense. A polícia prendeu o acusado logo em seguida (LEMBRE AQUI).
 
Já neste ano, no dia 12 deste mês, o mesmo homem foi preso novamente, desta vez acusado de matar o comerciante Cecílio Dias da Rocha, de 52 anos, em Cerejeiras. Aldori, hoje com 40 anos, matou o dono do bar com golpes de faca (VEJA AQUI).
 
Após ser preso pelo segundo crime, Aldori continua na Cadeia Pública de Cerejeiras, onde deverá aguardar o andamento do processo.
 
O FOLHA DO SUL ONLINE procurou a Polícia Civil de Cerejeiras para saber sobre a situação jurídica do acusado no momento em que ele cometeu o segundo crime. Ao site, o delegado Mayckon Pereira informou que este levantamento está sendo realizado pela PC no Tribunal de Justiça de Rondônia.
 

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook