MP move ação por ato de improbidade contra secretário de Administração de São Miguel do Guaporé

O Ministério Público de Rondônia ajuizou ação civil pública contra o secretário de Administração e Fazenda de São Miguel do Guaporé, Valcir Silas Borges, pela  prática de atos de improbidade que afrontam os princípios da Administração Pública.

MP
Publicada em 24 de abril de 2018 às 16:56
MP move ação por ato de improbidade contra secretário de Administração de São Miguel do Guaporé

 

O Ministério Público de Rondônia ajuizou ação civil pública contra o secretário de Administração e Fazenda de São Miguel do Guaporé, Valcir Silas Borges, pela  prática de atos de improbidade que afrontam os princípios da Administração Pública.

A ação foi proposta pelo Promotor de Justiça Jônatas Albuquerque Pires Rocha, após investigações do MP que apontam que Valcir Silas Borges, valendo-se do cargo comissionado de Secretário Municipal de Administração de São Miguel, patrocinou, beneficiou e privilegiou, diretamente, interesses de empresas privadas perante a Administração Pública.

Conforme apurou o Ministério Público, o esquema envolve as empresas que atuam no ramo de materiais de construção, construção e publicidade.

Na ação, o MP relata que o secretário, entre outras condutas, prestou informações estratégicas acerca de certames licitatórios do Município de São Miguel, fornecendo orientações privilegiadas sobre como proceder em tais certames e inteirando as empresas envolvidas no esquema sobre os demais licitantes. Como resultado da prática, algumas das empresas favorecidas sagraram-se vencedoras nas licitações.

Diante dos fatos, o Ministério Público requer a condenação de Valcir Silas Borges pela prática de ato de improbidade administrativa que afrontaram os princípios da Administração Pública (artigo 11, da Lei nº 8.429/92).

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook