No Norte, 5 em cada 10 dívidas negativadas em outubro foram pagas em até 60 dias por empresas inadimplentes, mostra Serasa Experian

Destaque ficou com o Paraná, que teve o maior percentual de pagamentos da região

Assessoria/Serasa/Foto: Envato Elements
Publicada em 26 de fevereiro de 2024 às 14:54
No Norte, 5 em cada 10 dívidas negativadas em outubro foram pagas em até 60 dias por empresas inadimplentes, mostra Serasa Experian

 

São Paulo, 26 de fevereiro de 2024 – Os dados do Indicador de Recuperação de Crédito das Empresas da Serasa Experian mostraram que, no Norte do país, do acumulado de dívidas das companhias que foram negativadas em outubro de 2023, 5 em cada 10 (53,9%) foram regularizadas em até 60 dias após a negativação. O Amapá registrou o maior percentual de pagamentos da localidade (64,0%%). Confira, no gráfico abaixo, os detalhes das Unidades Federativas (UFs) da região:

Na visão nacional, em outubro de 2023, do total de dívidas que foram negativadas, 50,5% foram pagas ou renegociadas em até 60 dias após o mês de referência, segundo o Indicador de Recuperação de Crédito da Serasa Experian. Este foi o maior percentual dos últimos 12 meses. Na visão por valores das contas inadimplentes, aquelas acima de R$ 10 mil foram as que registraram maior porcentagem de pagamentos (67,7%). Veja, no gráfico e na tabela a seguir, o levantamento completo: 

“A queda de juros e da inflação a partir do segundo semestre de 2023, possibilitaram que os consumidores pudessem também sanar dívidas negativadas, gerando maior estabilidade na inadimplência. Esses pagamentos inquestionavelmente são destinados a empresas que ganham mais caixa e fôlego para liquidarem seus próprios débitos”, avalia o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi. 

A idade das dívidas mais contempladas em outubro de 2023 foram as que possuíam até 30 dias de vencimento (52,9%) e as com mais de 1 ano (50,5%). Em seguida, ficaram as dívidas com 60 dias (49,1%), depois as com 1 ano (46,7%) e as com 180 dias (37,7%). 

Na visão por setores, “Bancos/Cartões” foi o que recebeu mais pagamentos (55,7%) e “Telefonia” com o menor percentual (15,9%). Veja, no gráfico a seguir, a análise completa por segmento:

Piauí lidera a recuperação de crédito das empresas 

Ainda segundo o Indicador de Recuperação de Crédito das Empresas da Serasa Experian, o Piauí registrou a maior taxa de recuperação de crédito em outubro de 2023 (73,6%), seguido pela Paraíba, Amapá, Roraima e Pernambuco como o top 5 do ranking. A seguir, a visão com todas as Unidades Federativas (UFs): 

Para conferir mais informações e a série histórica do indicador, clique aqui.

Metodologia

O Indicador de Recuperação de Crédito da Serasa Experian considera o número de dívidas incluídas no sistema de inadimplência em cada mês específico. A medida de até 60 dias para quitação dos compromissos financeiros deste indicador foi selecionada por refletir a régua comum utilizada pelas soluções de cobrança, mas esse tempo pode variar de acordo com cada credor. Além disso, a série histórica do índice ainda é curta, com dados retroativos desde 2017, dessa forma, não é possível afirmar períodos de sazonalidade, uma vez que seria necessário contar com no mínimo 05 anos de observação para fazer essa análise.

Solução Serasa Experian Recuperação de dívidas 

Recuperar crédito pode ser um processo difícil, principalmente quando a empresa precisa cobrar seus clientes inadimplentes ou está com dificuldades financeiras para cumprir com os compromissos financeiros firmados com credores, parceiros e fornecedores. Ter um bom processo de recuperação de crédito é a saída, pois garante que a saúde financeira do negócio não seja prejudicada. Para isso, é necessário entender o perfil dos devedores, as regras de cobrança e as legislações vigentes para não gerar problemas maiores. 

Com a solução de Recuperação de Dívidas da Serasa Experian, desenvolvida exclusivamente para pequenas e médias empresas, os empreendedores economizam tempo e dinheiro, além de evitar desgastes por conta de inadimplência. Mais informações estão disponíveis aqui

Mais informações estão disponíveis na página oficial da Serasa Experian

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook