O DIA NA HISTÓRIA 23 DE FEVEREIRO!

23 – 1941 – O consulado da Bolívia publica convocação a todos naturais do país, na faixa de 19 anos, que devem retornar para cumprir o serviço militar

Lúcio Albuquerque
Publicada em 23 de fevereiro de 2024 às 12:26
O DIA NA HISTÓRIA 23 DE FEVEREIRO!

RONDÔNIA:

1930 – O 1º Superintendente (prefeito) eleito de Porto Velho, Joaquim Augusto Tanajura (1917/1920), é nomeado prefeito de Manaus.

1940 – O governo federal designa o major Aluízio Ferreira para comandar o mapeamento da futura rodovia Porto Velho a Vilhena, e verificar se existem ou não as minas de Urucumacuã. 

23 – 1941 – O consulado da Bolívia publica convocação a todos naturais do país, na faixa de 19 anos, que devem retornar para cumprir o serviço militar.

1949 – O prefeito de Guajará-Mirim, George Oliver pede que o governador Araújo Lima libere logo, do orçamento do Território, recursos para construir o hospital daquele município.

1983 – O público não teve acesso ao interrogatório de acusados da morte do comprador de ouro Assis, que tem, dentre acusados, vários policiais.

1990 – A decisão do TSE, autorizando eleitor em trânsito, no próprio Estado, a votar, foi criticada pelo deputado federal Arnaldo Martins, que considera isso incentivo à fraude.

HOJE É DIA:

Dia Nacional do Surdo-mudo. Dia Nacional do Movimento Municipalista Brasileiro. Dia Internacional e Nacional do Rotariano. Católicos celebram Santa Josefina Vannini, São Policarpo de Esmirna,  

BRASIL:

1901 — Criação do Instituto Butantan (SP), o maior produtor de imunobiológicos e biofarmacêuticos da América Latina.

MUNDO:

1455 – Publicada a Bíblia de Gutenberg, o 1º livro ocidental impresso com tipo móvel (levou 5 anos para ser impressa). 1765 – O químico e físico inglês Henry Cavendish descobre o hidrogênio. 1905 – O Rotary Club é fundado em Chicago. 1954 — A primeira inoculação em massa de crianças contra a poliomielite com a vacina Salk.

FOTO DO DIA: PRELAZIA CHEGA AO CENTENÁRIO

A comunidade católica de Porto Velho se prepara para comemorar o 1º centenário da Prelazia Nullius de Porto Velho, cuja data maior será a 1º de março de 2025, mas instalada pelo bispo do Amazonas, d. Pedro Massa, a 25 de julho daquele ano.

A terminologia Nullius é anterior ao Vaticano II, e denominava-se prelazia nullius, uma forma abreviada de prelazia nullius dioeceseos (de nenhuma diocese). 

A prelazia, a partir de 1946 administrada pelo bispo Dom João Batista Costa, passou à condição de diocese e, a 12 de outubro de 1982 foi nomeada arquidiocese, tendo como primeiro arcebispo dom José Martins da Silva, depois dom Moacir Grechi, dom Esmeraldo, sendo o arcebispo atual dom Roque Paloschi.

Fazem parte da Arquidiocese o município de Alto Paraíso, Ariquemes, Buritis, Cacaulândia, Campo Novo, Candeias, Cujubim, Itapuã, Machadinho, Monte Negro, Rio Crespo, Anari e Porto Velho. São 26 Paróquias e 04 Áreas Missionárias (Alto e Baixo Madeira, São João Batista, Vista Alegre do Abunã e N. Sra. Aparecida da Vila DNIT) e mais de 900 comunidades. (*)
(*) https://arquidiocesedeportovelho.org.br/paroquias/

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook