O que não pode faltar em um site de e-commerce para ter clientes satisfeitos

Experiência do usuário é fator determinante para o bom desempenho dos negócios on-line

Da redação/Foto: Imagem: Freepik
Publicada em 22 de junho de 2022 às 15:27
O que não pode faltar em um site de e-commerce para ter clientes satisfeitos

Sites de e-commerce da América Latina ainda deixam a desejar quando o assunto é a experiência do usuário. Realizado em 2021, o levantamento E-commerce Quality Index (EQI) analisou mais de três milhões de páginas de produtos de lojas virtuais do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, México e Peru. O resultado foi uma avaliação de 44 pontos, numa escala entre zero e cem.

De acordo com o relatório do EQI, o resultado está aquém dos 60 pontos necessários para considerar a experiência do usuário como positiva. Para a avaliação, foram considerados critérios como o número de imagens presentes nas páginas, a quantidade de palavras no campo de descrição dos produtos, a nota média do produto atribuída pelos consumidores, os comentários deixados na página, o número de caracteres no título e a categorização do item no e-commerce.

A experiência do usuário influencia diretamente no desempenho dos negócios. No caso de um e-commerce, ela é uma das principais responsáveis pela decisão do cliente de abandonar o carrinho virtual e não concluir a compra.

Especialistas das áreas de programação web e marketing afirmam que a experiência do usuário deve ser priorizada desde o momento da idealização do site. Para esse trabalho, além do domínio das linguagens de código, como HTML e CSS, é necessário ter atenção à usabilidade.

Brasil deve investir em ferramentas de interação

Na análise individual dos países da América Latina feita pelo EQI, o Brasil foi o que apresentou a melhor pontuação — um total de 45 pontos. Ainda segundo a pesquisa, o resultado mostrou avanço em relação ao ano de 2019, quando a avaliação chegou aos 43 pontos.

O e-commerce brasileiro tem investido cada vez mais em títulos completos, imagens de qualidade e na categorização dos produtos. No entanto, o principal desafio do setor é com relação à ausência de notas e reviews dos consumidores.

Como garantir uma boa experiência

Para garantir um site de qualidade ao seu negócio, a primeira orientação é buscar um profissional da área de tecnologia que realize um bom trabalho. É ele quem tem o conhecimento sobre o que é e quais são as funções do HTML, linguagem responsável pela estruturação das páginas na internet.

O bom profissional da área de tecnologia também é capaz de organizar e otimizar o visual das páginas tornando as informações mais amigáveis, o que é fundamental para uma experiência positiva do usuário. Para isso, ele utiliza uma linguagem de estilo chamada de folhas de estilo em cascata, que vem do inglês Cascading Style Sheets (CSS).

Dentre as principais vantagens do CSS estão a possibilidade de realizar formatações e mudanças de forma simples e ágil. Este tipo de linguagem também facilita a configuração do site para diferentes navegadores.

Para assegurar uma boa experiência ao usuário, é preciso que a navegação no site seja agradável. No caso do e-commerce, deve-se ter cuidado com a formatação; criar um design com uma boa estética e que também favoreça a usabilidade; apresentar as informações necessárias sobre os produtos; categorizar os itens de forma prática; ter imagens com boa resolução, mas que não sejam pesadas e prejudiquem o carregamento das páginas; e disponibilizar espaços para o feedback dos consumidores, como destacou o EQI.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook