Operação garante qualidade, transparência e confiabilidade dos produtos comercializados durante o período da Páscoa

A Operação foi realizada com o objetivo de garantir a qualidade, transparência e confiabilidade dos produtos comercializados, durante o período da Páscoa

Fonte: Texto: Bruno Eduardo Fotos: Daiane Mendonça Secom - Governo de Rondônia - Publicada em 02 de abril de 2024 às 16:55

Operação garante qualidade, transparência e confiabilidade dos produtos comercializados durante o período da Páscoa

As amostras foram submetidas a exames periciais, no laboratório especializado do Ipem-RO

Com o objetivo de garantir a qualidade, transparência e confiabilidade dos produtos comercializados durante o período da Páscoa, o Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia (Ipem-RO) realizou em diversas cidades do Estado, a “Operação de Páscoa”, visando verificar a quantidade dos produtos relacionados à data comemorativa. As atividades desempenhadas em conjunto à uma ação nacional, abrangeram as cidades de Porto Velho, Ariquemes, Machadinho d’Oeste e Itapuã do Oeste.

A operação teve início em fevereiro, com a coleta de produtos em diversos estabelecimentos comerciais. Posteriormente, as amostras foram submetidas a exames periciais no laboratório especializado do Ipem-RO, durante o período de 20 a 26 de março.

Segundo o presidente do Ipem-RO, Carlos Albuquerque, as equipes do Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia trabalharam para coletar os itens de Páscoa em supermercados, distribuidoras de doces e pescados, garantindo uma vasta abordagem, que incluiu vários tipos de produtos típicos dessa época do ano.

AÇÃO PREVENTIVA

Durante a operação, foram identificadas algumas irregularidades, tanto nos pontos de comércio quanto nos exames oficiais realizados no laboratório de pré-medidas do Instituto. Essas imprecisões resultaram em laudos reprovados, e na emissão de autos de infração.

Nos estabelecimentos comerciais, uma das irregularidades encontradas foi a ausência da “tara” (peso do recipiente que é usado para pesar alguma mercadoria), nos produtos etiquetados, o que influencia diretamente no peso final e na quantidade correta do item. Já no laboratório, foram identificadas falhas no envase, como o glaciamento de pescado (gelo), e chocolates com peso inferior ao indicado.

Diante das constatações, o Ipem-RO reforçou a importância dos consumidores verificarem sempre se a embalagem (tara) foi corretamente descontada no peso final do produto. Além disso, é recomendado, ainda que, as embalagens estejam bem fechadas e, em caso de qualquer violação, o consumidor pode acionar a gerência do estabelecimento. Caso não haja retorno satisfatório, é fundamental entrar em contato diretamente com o Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia para reportar à situação.

Operação garante qualidade, transparência e confiabilidade dos produtos comercializados durante o período da Páscoa

A Operação foi realizada com o objetivo de garantir a qualidade, transparência e confiabilidade dos produtos comercializados, durante o período da Páscoa

Texto: Bruno Eduardo Fotos: Daiane Mendonça Secom - Governo de Rondônia
Publicada em 02 de abril de 2024 às 16:55
Operação garante qualidade, transparência e confiabilidade dos produtos comercializados durante o período da Páscoa

As amostras foram submetidas a exames periciais, no laboratório especializado do Ipem-RO

Com o objetivo de garantir a qualidade, transparência e confiabilidade dos produtos comercializados durante o período da Páscoa, o Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia (Ipem-RO) realizou em diversas cidades do Estado, a “Operação de Páscoa”, visando verificar a quantidade dos produtos relacionados à data comemorativa. As atividades desempenhadas em conjunto à uma ação nacional, abrangeram as cidades de Porto Velho, Ariquemes, Machadinho d’Oeste e Itapuã do Oeste.

A operação teve início em fevereiro, com a coleta de produtos em diversos estabelecimentos comerciais. Posteriormente, as amostras foram submetidas a exames periciais no laboratório especializado do Ipem-RO, durante o período de 20 a 26 de março.

Segundo o presidente do Ipem-RO, Carlos Albuquerque, as equipes do Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia trabalharam para coletar os itens de Páscoa em supermercados, distribuidoras de doces e pescados, garantindo uma vasta abordagem, que incluiu vários tipos de produtos típicos dessa época do ano.

AÇÃO PREVENTIVA

Durante a operação, foram identificadas algumas irregularidades, tanto nos pontos de comércio quanto nos exames oficiais realizados no laboratório de pré-medidas do Instituto. Essas imprecisões resultaram em laudos reprovados, e na emissão de autos de infração.

Nos estabelecimentos comerciais, uma das irregularidades encontradas foi a ausência da “tara” (peso do recipiente que é usado para pesar alguma mercadoria), nos produtos etiquetados, o que influencia diretamente no peso final e na quantidade correta do item. Já no laboratório, foram identificadas falhas no envase, como o glaciamento de pescado (gelo), e chocolates com peso inferior ao indicado.

Diante das constatações, o Ipem-RO reforçou a importância dos consumidores verificarem sempre se a embalagem (tara) foi corretamente descontada no peso final do produto. Além disso, é recomendado, ainda que, as embalagens estejam bem fechadas e, em caso de qualquer violação, o consumidor pode acionar a gerência do estabelecimento. Caso não haja retorno satisfatório, é fundamental entrar em contato diretamente com o Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia para reportar à situação.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook