Prefeitura exige lockdown de duas semanas

A intenção é, via liminar, cassar o decreto estadual que aprovou a abertura do comércio

Sérgio Pires
Publicada em 24 de junho de 2020 às 21:32
Prefeitura exige lockdown de duas semanas

A grande surpresa da quarta-feira foi a decisão do prefeito Hildon Chaves de determinar que a Procuradoria do município ingressasse com ação na Justiça, exigindo um novo lock down na cidade, dessa vez de duas semanas. A intenção é, via liminar, cassar o decreto estadual que aprovou a abertura do comércio. A ação é assinada pelo procurador-geral do município, José Luiz Storer, e será analisada pelo juiz Edenir Sebastião Albuquerque da Rosa da 2ª Vara da Fazenda Pública. O principal argumento apresentado ao magistrado são números crescentes de casos de infectados pelo novo Coronavírus e a média de 10 mortes por dia entre os dias 16 e 22 deste mês. As duas semanas de isolamento rígido seriam necessárias, segundo a petição, para “assegurar a devida estruturação do sistema público municipal e estadual de saúde, inclusive, com a chegada de medicamentos que hoje estão em falta na rede pública de saúde”. Desde o final da semana passada, a posição da Prefeitura da Capital foi contrária à liberação do comércio e abertura do Porto Velho Shopping, por exemplo. Até a noite da quarta, nem o Governo estadual e nem as entidades empresariais tinham se pronunciado sobre a liminar pedida pela Prefeitura.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Lucas 25/06/2020

    Prefeito e demais governantes de RO, O comércio também esta morrendo e isso é praticamente irreverssível. A população precisa trabalhar! Parem de saquear os cofres usando como pretexto a pandemia! Esse lockdown é mero interesse seu e de sua turma do que um interesse popular!

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook