Suspeito de cometer latrocínio é preso após vender a moto que era da vítima

 Ele  levou os policiais até a casa de Geilson,  que não se encontrava, porém a mãe dele se comprometeu em o levá-lo  até o quartel da PM.

Tudorondonia
Publicada em 29 de abril de 2019 às 09:01
Suspeito de cometer latrocínio é preso após vender a moto que era da vítima

Nova Mutum, distrito de Porto Velho, Rondônia - Geilson Santos de Souza, 20 anos, foi preso logo nas primeiras horas da manhã de Domingo (28), por uma equipe da Polícia Militar de Nova Mutum, distrito distante 120 quilômetros de Porto Velho, acusado de ter matado para roubar o idoso Aristeu Gonçalves, 56 anos, em uma propriedade localizada no KM 988, às margens da BR- 364.

A Polícia chegou até o suspeito após a moto ter sido localizada de posse de um jovem que informou ter pago pelo veículo o valor de R$ 2 mil  ao  suspeito  Ele  levou os policiais até a casa de Geilson,  que não se encontrava, porém a mãe dele se comprometeu em o levá-lo  até o quartel da PM.

Depois de alguns minutos,  a mulher chegou com o filho e o apresentou para os PMs,  que o questionaram sobre como havia adquirido a moto. Ele  disse que também havia comprado, mas passou a fornecer várias informações desencontradas,  entrando em contradições. Depois de alguns minutos,  acabou confessando a autoria do crime,  dando riquezas de detalhes, informando que deu várias pauladas na cabeça da vítima. Diante dos fatos,  recebeu voz de prisão e foi conduzido para delegacia.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook