A estranha desculpa de Marcos Rogério pelo sumiço na votação da Reforma Tributária

A falta de Marcos Rogério no plenário chamou a atenção, principalmente considerando sua designação para combater a proposta, que Bolsonaro descrevera como "reforma tributária comunista"

Tudorondonia
Publicada em 09 de novembro de 2023 às 10:34
A estranha desculpa de Marcos Rogério pelo sumiço na votação da Reforma Tributária

A votação da Reforma Tributária no Senado Federal foi marcada pela ausência notável do Senador Marcos Rogério (PL), apesar de sua recente nomeação pelo ex-presidente Jair Bolsonaro para liderar a oposição ao projeto. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) relacionada à reforma foi aprovada, com votos divididos entre os senadores de Rondônia: Jaime Bagattoli (PL) votou contra, enquanto Confúcio Moura (MDB) se posicionou a favor.

A falta de Marcos Rogério no plenário chamou a atenção, principalmente considerando sua designação para combater a proposta, que Bolsonaro descrevera como "reforma tributária comunista". Esta quinta-feira, em resposta aos questionamentos sobre sua ausência, a assessoria do senador enviou uma declaração ao portal Tudorondonia, esclarecendo sua posição.

Segundo o comunicado, Marcos Rogério se opõe à versão atual da Reforma Tributária proposta pelo governo do PT, justificando sua ausência como um ato de protesto contra o projeto. Ele reiterou seu apoio a uma reforma que simplifique as regras tributárias, reduza a carga de impostos e distribua melhor a arrecadação, mas enfatizou que a proposta aprovada não atendia a esses critérios.

Segundo sua assessoria, a estratégia de Marcos Rogério de não votar, considerando que a aprovação de uma Emenda Constitucional exige uma maioria qualificada (49 votos favoráveis), pode ser interpretada como um voto tácito contra a matéria. No entanto, a ausência física do senador em um momento tão crucial gera debates sobre a eficácia dessa abordagem e as implicações políticas para seu papel como líder da oposição.

A votação da Reforma Tributária, e a subsequente aprovação, representam um ponto de virada significativo na política fiscal brasileira.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Carlos 09/11/2023

    No governo anterior ele estava mais preocupado com pautas conservadoras do que o que realmente importa. Porque não apresentaram uma reforma tributária então? Em resumo, apenas um pateta com mandato.

  • 2
    image
    luiz brito 09/11/2023

    Senador de meia tigela, senadorzinho de mer.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook