Alegando que é para atender médicos, prefeita de Vilhena aumenta o próprio salário em mais de 50% 

Rosani Donadon promete que o excedente será retido na folha de pagamento.

Folha do Sul 
Publicada em 15 de maio de 2017 às 09:15
Alegando que é para atender médicos, prefeita de Vilhena aumenta o próprio salário em mais de 50% 

Vilhena, Rondônia - Em mensagem enviada à Câmara de Vereadores na  sexta-feira, 12,  a prefeita de Vilhena, Rosani Donadon (PMDB), pede aos parlamentares a aprovação de um projeto de lei de autoria dela, que aumenta seu próprio salário e do vice, Darci Cerutti (DEM), em mais de 50%.

Em sua justificativa, Rosani alega que a medida visa cumprir a lei e atender os médicos, uma vez que nenhum salário pode ser superior ao dela. Segundo a explicação, reforçada por release enviado pela assessoria da mandatária à imprensa, profissionais médicos estariam se recusando a prestar serviços no Hospital Regional em virtude dos “salários defasados”.

Garantindo que o aumento tem por objetivo apenas facilitar a contratação dos médicos, Rosani anuncia que reterá na folha de pagamento o que passar dos R$ 19.800,00, sua remuneração atual. O vice, que pela proposta iria ganhar R$ 20.800,00, vai continuar com os atuais R$ 10.800,00, caso a retenção seja mesmo cumprida.

Clique aqui e leia, na íntegra, as explicações da prefeita.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook