Antiga rodoviária de Porto Velho fazia parte da estrutura do recém criado estado de Rondônia

Novo prédio terá dois pisos, mais de 8 mil metros quadrados de área construída valorizando aspectos regionais

Texto: Augusto Soares Foto: Ricardo Farias
Publicada em 24 de abril de 2023 às 10:03
Antiga rodoviária de Porto Velho fazia parte da estrutura do recém criado estado de Rondônia

Com cerca de 40 anos de existência, a antiga rodoviária de Porto Velho será totalmente demolida a partir desta terça-feira (25), para dar lugar a uma nova e moderna estrutura. Alí foram vivenciadas histórias emocionantes de encontros e desencontros, com lágrimas de felicidade, mas também de muitas saudades.

O prédio foi construído pelo governador Jorge Teixeira de Oliveira, na mesma época em que o então território federal de Rondônia passava à condição de estado. A rodoviária fazia parte de um complexo de estrutura para que Porto Velho fosse a capital de Rondônia.

Professor conta a história do local e como foi a estruturação do terminalProfessor conta a história do local e como foi a estruturação do terminal

“Jorge Teixeira veio para cá em 1979, verificou que era necessário receber bem os colonos. O governo tinha um programa para trazer colonizadores para cá, o novo Eldorado. Rondônia necessitava de algo assim. Até então, a rodoviária ficava lá embaixo, na avenida 7 de Setembro”, conta o professor e historiador Célio Leandro.

De acordo com o professor, Jorge Teixeira também construiu avenidas que ligavam o porto Cai N’água até a rodoviária e pavimentou a BR-364. O terminal fazia parte do processo de estruturação daquele período, assim como o atual aeroporto, que deixou de ser Aeroporto Belmont e recebeu o nome de Governador Jorge Teixeira de Oliveira.

“Naquele período, isso aqui era algo grandioso até em nível de Brasil. As pessoas chegavam e se assustavam com a grandiosidade que era a criação da rodoviária. A rodoviária vai fazer parte desse contexto de ocupação, desse contexto de desbravamento, uma importância econômica para a região, na medida em que recebia os colonos que o governo federal estimulava virem para cá”, disse o professor.

Lucas de Souza ajuda a mãe, que é permissionária há 28 anos na rodoviáriaLucas de Souza ajuda a mãe, que é permissionária há 28 anos na rodoviária

Conforme o professor e historiador, antes da construção da rodoviária, o terreno era ocupado por pequenos comércios clandestinos, pontos de bebedeiras e vendas de drogas. Em 1993, grande parte desse terreno foi desapropriado.

“Mas hoje a gente percebe que é uma rodoviária que não condiz de forma nenhuma com a capacidade de Porto Velho, que passou por um fluxo econômico recente muito grande, no período das usinas. Agora estamos muito entusiasmados e ansiosos que tenha de fato uma rodoviária com cara de uma capital”, comentou Célio Leandro.

EXPECTATIVA

Não apenas o professor e historiador, mas também os comerciantes que trabalham na rodoviária estão em grande expectativa pela chegada do novo terminal. Um deles é Lucas de Souza, estudante que ajuda a mãe Tatiana Souza. Há 28 anos ela é permissionária de um box onde vende lanches.

Diariamente embarcam até 870 passageiros e desembarcam cerca de 850Diariamente embarcam até 870 passageiros e desembarcam cerca de 850

“Nossa expectativa é que vai ser uma coisa bem bonita. A População merece. Já são muitos anos com a mesma estrutura defasada e insalubre. Acho que o prefeito acertou em construir uma nova rodoviária. Acredito que veio na hora certa”, afirmou

Para Michele Passos, presidente da Associação dos Permissionários da Rodoviária, que trabalha no local há 40 anos, a nova rodoviária será um sonho que vai se realizar depois de muitos anos de espera.

“A gente merece uma rodoviária de referência para o estado de Rondônia. Já passaram várias gestões da prefeitura, várias promessas, então eu creio que agora vai ser realizado, vai sair do papel e do projeto”, acrescentou.

ESTRUTURA

A antiga estrutura rodoviária, segundo o administrador, Fernando Henrique, possuia um fluxo diário de 60 a 65 ônibus. Diariamente embarcavam até 870 passageiros e desembarcavam cerca de 850 pessoas.

A estrutura estava composta por 36 boxes comerciais, sendo 15 de agências de viagens, cinco restaurantes e lanchonetes, sorveteria, guarda-volumes e uma associação de taxistas, entre outros. Ao todo, 135 taxistas atendiam no local, mas o espaço interno só comportava sete veículos.

A rodoviária tem um fluxo diário de 60 a 65 ônibus A rodoviária tem um fluxo diário de 60 a 65 ônibus

Entre os maiores problemas enfrentados, ele cita a estrutura defasada e com muitos problemas. “A população merece ter uma rodoviária digna, para não dizer a melhor da região Norte”, acrescentou.

O prédio antigo também era composto por dez banheiros masculinos e femininos, 12 bacias sanitárias, duas delas para pessoas com deficiência (PCD), três mictórios, oito chuveiros, dez lavatórios, sendo dois para PCD e fraldário.

Localizada na avenida Jorge Teixeira, a rodoviária antiga tem 3.133,05 metros quadrados de área construída, em um terreno de 10.629,88 metros quadrados.

NOVA RODOVIÁRIA

O investimento na construção do novo prédio será da ordem de R$ 44 milhões, sendo R$ 22 milhões provenientes de emenda parlamentar de autoria da ex-deputada federal Mariana Carvalho, e os demais, contrapartida da Prefeitura.

Com dois pisos e uma estética moderna e que valoriza aspectos regionais, o pavimento térreo será composto por 13 plataformas de embarque e desembarque de passageiros, três escadas, um elevador, dois conjuntos completos de banheiros, um fraldário e até sala vip para passageiros.

Também haverá uma faixa para embarque e desembarque, duas faixas para circulação, 86 vagas para carros no estacionamento, 20 vagas para motos, 20 vagas para taxistas e ambiente de apoio e mais 20 vagas para mototaxistas também com ambiente de apoio.

Já o andar superior terá 11 lojas, quatro lanchonetes, um restaurante, banheiros, e 12 salas comerciais. Ao todo serão 8.200 metros quadrados de área construída.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook